As tecnologias que o iPhone X traz e que foi buscar ao Android


Destaques PPLWARE

171 Respostas

    • kakak@sapo.pt says:

      Tendo isto em conta era equipamento no maximo para 400€ mas não é Apple o burro paga ….
      Comparar alho com bugalhos.
      mais de 1000€ por um telemóvel que faz o mesmo que 1 de 200€ Não obrigada
      Que eu saiba um tlm serve para ir net, chamadas, gsp e um ou outro jogo …
      Nada que um smartphone de 200€ não faça e hoje em dia de forma rapida e fluida como caso do Asus zenphone max 3 ( e com autonomia de 3dias)
      Por 1000€ compro um bom PC… ta tudo doido depois andam o ano inteiro a passar fome so para dizer que tem o novo iphodes x…
      Enfim ainda a gente que acredita nas cantigas da Apple e gosta de pagar o dobro … Acordem hoje em dia mais de 300€ por um tlm é crime lolol

      • RATM says:

        Este tipo de comportamento tem um nome pomposo: “status”. Pessoalmente chamo-lhe cagança. Sim, é mt bonito, mas é absurdamente inflacionado pela propaganda “Appliana”. Mas quem se achar mais avantajado na carteira que banque

      • Olé says:

        Ninguém tem culpa de seres pobre, faz-te à vida e junta para não andares ressabiado com o teu wiko de 100€. Até porque se em 400€ conseguiste meter a produção, o desenvolvimento, a investigação, os recursos humanos, o marketing e a distribuição então és um génio. Um Renault 5 também faz as mesmas coisas que um m6, um PC de 400€ tbm faz o que um de 1000€ faz, uma camisa da feira tbm serve para uma reunião…

        • RATM says:

          Pobre,sim,claro que sou. Só estás a criticar alguém que acha absurdo pagar mais de 200€ por um telemóvel,qt mais 1200… Serás mesmo assim tão rico? És um belo assalariado da Apple,pelos teus argumentos… Já disse,querem pagar,que paguem. A minha opinião vale tanto como a tua. Esse teu argumento sobre a minha pobreza é demasiado infantil. Faz bom proveito!

        • RATM says:

          Ah, por acaso não estou ressabiado, nem peço empréstimos para comprar telemóvel. Já agora,uso um xiaomi,não um Wiko,e não custou 200€.

        • Nuno Oliveira says:

          Pois não. Ninguém tem culpa dele ser pobre. Assim como ninguém tem culpa dos que são burros e lá fazem o crédito para comprar o iPhodasse nem que os putos tenham que ficar com as sapatilhas velhas mais 1 anito…
          E depois pedem ajuda porque não conseguem meter um toque mp3 como no telemóvel anterior…

    • MLopes says:

      ponto prévio: não vou comprar nenhum smartphone enquanto o meu iphone 5s não morrer definitivamente.
      o que é descrito no texto é totalmente irrelevante e constitui uma não notícia.
      quando se produz algo inovador não é necessário que haja no produto qualquer tipo de tecnologia nova. muitas vezes vezes basta pegar em tecnologias já existentes, ás vezes melhorá-las tornando-as mais user friendly e/ou mais fluidas e/ou mais estáveis, etc, e juntá-las todas num único produto, esse sim no global inovador.
      é o caso atual do iphone x. pegou em várias tecnologias que até já podem existir há muito, melhorou-as e juntou-as todas num único produto.
      isto significa que eu vou a correr comprar um? claro que não. o preço é elevadíssimo para o meu nível de vida e não tiro qualquer proveito das novidades apresentadas ou da capacidade do aparelho como um todo. nunca daria um valor como este ou sequer perto deste por um smartphone. mas o facto é que é este o preço para quem quer andar sempre na vanguarda da tecnologia, quer precise quer ache que precisa (o que na minha opinião, formada por mero empirismo, acontece com a vastíssima maioria das pessoas)

  1. Luis says:

    Clap…Clap…Clap…
    Excelente artigo. Parabéns!!! Este artigo espelha muito bem o que penso há muitos anos. Infelizmente, trabalho há cerca de 25 anos com equipamentos apple, desde os velhinhos Mac Quadra até aos mais recentes. Até agora ainda não vi a Apple a inovar ou a criar algo de realmente novo. Já vi, sim muitas vezes, conceitos abandonados ou até mesmo mal sucedidos a serem revolucionados e apresentados com outra cara e outro marketing. Mas algo de realmente novo, ainda não vi. A marca paga-se e de que maneira, o conceito também.

    • José Fonte says:

      Muitas vezes o mérito não está em desenvolver algo realmente novo mas sim implementar de forma assertiva tecnologias já existentes e muitas vezes sub-aproveitadas. Por exemplo a Microsoft há muito que tinha o conceito de tablet antes do boom dos tablets, a tecnologia touch já lá estava mas a forma como foi implementada não era a melhor (ambiente gráfico etc). Nesta parte acho que a Apple trabalha muito bem, obviamente que o markting da Apple também tem muita influência nisso. Sou utilizador android, não daria por um telemóvel o que um iphone custa, no entanto não sou faccioso e reconheço méritos na Apple

    • iDespairing says:

      WOW! Nem durmo esta noite. Mas um aparte logo no inicio deste artigo melhor re-escrever. Não vejo nenhum android fazer reconhecimento facial desta maneira.
      http://www.independent.co.uk/life-style/gadgets-and-tech/news/iphone-x-8-apple-features-face-id-a7944646.html

      • Bruno says:

        É! Também não entendo como é que colocam no mesmo saco. Ter um objectivo semelhante não a torna no mesmo tipo de tecnologia. Também não entendo como é que classificam a tecnologia no Android como segura.

        • Diogo Silva says:

          Estão a falar de algo que vos apresentaram… deixem o equipamento vir para o mercado para ser testado… Ver se realmente não ha forma de passar pelo FaceID. Não vamos por a carroça a frente dos bois… E vamos esperar, pois todos os vendedores dizem que isto e aquilo tem tudo e é brutal… mas todos nos sabemos que não existe sistema perfeito… vamos aguardar colegas.

          • Bruno says:

            Não é por ser testado que a tecnologia passa a ser a mesma que a já existente em aparelhos Android. Também não é preciso esperar para saber que a dita tecnologia Android não é propriamente segura. Quanto à segurança do FaceID isso não aparecia em lado nenhum do meu comentário, por isso é estranho que venhas falar em ” por a carroça a frente dos bois”, mas é certo que existem logo à partida vários argumentos para considerar que é mais segura que a tecnologia do Android.

    • diogo says:

      o artigo quando fala da concorrencia so falou uma vez no wphone/mobile
      mas olhem que eu acredito piamente que a microsoft irá ganhar terreno nos prox. anos mesmo sendo uma empresa que passou um mau bocado desde que deixaram se levar pelos anos sem se porem finos.. eles ao contrario da apple teem oportunidade para crescer assim como a samsung e google.. a apple se nao ficar no mesmo nivel que a concorrencia e continuar a ser”grande em tudo” vai se dar um bocado mal nos prox anos
      nao me culpem por dizer isso aqui mas toda a gente gosta do que é caro e nem sempre é o melhor para 99% das pessoas que o usam,um IMAC todo xpto com toutch e tal todo catita se nao deixar o cliente “burro” usar 90% do que usa facilmente o cliente”esperto”sem ter que gastar dinheiro adicional a comprar isto ou aquilo essa politica terá somente um ou dois momentos de gloria nada mais.. antes de ir ao charco para voltar a crescer outravez mas com menos credibilidade(banalidade)..

  2. RUI says:

    A apple já foi inovadora. Agora, anda sempre uns anos atrás. E para ajudar à festa, os consumidores tendem a comparar android de 100€ com iphone de 1000€. Claro que neste caso há sempre vantagem na maça. Devem comparar android de 500€ com os de 1000€ da apple e vão ver que a maçã realmente está podre.

    • Nuno Oliveira says:

      Calma lá que tive uma bosta de um Wiko de 149€ ao mesmo tempo que um iPhone 5s de 700€ e se tivesse que escolher um como smartphone para o futuro, o iPhone não tinha a menor hipótese…

  3. joguirian says:

    Curioso que os ecrãs foram sempre apontados como forma distintiva entre apple e android e muitas vezes li comentários do género, “na apple a qualidade do ecrã é infinitamente melhor…” e agora voltam-se para os mesmos ecrãs da samsung? Em que é que ficamos? afinal durante anos estávamos enganados?

  4. Luís says:

    LOL.
    Os fan boys da apple a esta hora devem estar em pânico.

  5. iurie solomon says:

    o que varias tecnologias existem em varios smartphones android, o iphone x em contrapartida, tem tudo.
    btw, mto provavelmente po ano as tecnologias incorporadas vao ser mais baratas, por isso, provavelmente o iphone 11 tb vai ser mais barato.

  6. Adalberto says:

    E quem vai comprar o 8 sabendo que existe o X ? Os consumidores nunca vão aguentar não terem o X.
    Mas alguem tem de pagar o edificio não é ?

  7. Ricardo Céu says:

    É certo, e não tenho duvidas que a Apple tem perdido mercado inovador, e por vezes até leva vários anos a adopta essas novas inovações (era do Steve Jobs já não volta). Mas, a verdade é que quando se integra em uma tecnologia, esta passa a fazer parte do nosso quotidiano… porque será? A verdade é que até aqui, poucos são os locais, e até mesmo pessoas que ao meu redor usam o carregamento wireless, acredito que, depois da Apple implementar isso nos seus dispositivos veremos mais locais (públicos) a integrar essa tecnologia e ai sim, passará a fazer parte do nosso quotidiano. O investimento e os produtos que a apple apresenta dão mais credibilidade aos utilizadores. A realidade aumentada será o mesmo principio, assim que a Apple pega na tecnologia, tudo muda!… É uma opinião, vale o que vale.

    • Nuno Oliveira says:

      Uso carregamento wireless há 3 anos no meu carro…
      Os espaços que suportam esta tecnologia têm vindo a crescer e vão continuar.
      A diferença é que agora os Apple fan boys vão começar a ver estes espaços e a achar que foi por causa do iphone..
      Mas não, os aeroportos internacionais, os carros, os cafés, as bibliotecas onde isto já existe não estavam à espera deste iphone..

    • celso says:

      Vai ao ikea que encontras lá até mobilia com carregadores wireless.

    • Cortano says:

      Existem muitos locais com carregamentos wireless, o problema é que quem usava iphone não sabia para que aquilo era.. devia pensar que era uma base de copos e então assumiu que ninguém usava carregamento QI.
      Como já referiram, até há moveis do Ikea com QI existem.

    • Vitor Herold says:

      Concordo com o Ricardo. Muitos também demonizam a Apple, lógico que ela não tem inovado muito, geralmente ela espera pra entregar algo mais aperfeiçoado. De qualquer jeito, uma verdade é: eles impulsionam o mercado com tudo. Seja a retirada do headphone jack, o carregamento sem fim, a realidade aumentada… etc. Logico que há moveis da ikea com carregamento, alguns aeroportos, alguns cafes com esta tecnologia, e tem crescido isto. Mas a Apple entrando no mercado sempre impulsiona muito, até mesmo por sua dominação do mercado, o que obriga as empresas se adaptarem. Acredito que ser fanatico é tão burrice quanto ser anti-fanatico, e tudo que uma empresa faz, já se critica sem nem mesmo pensar

      • Cortano says:

        Eu não estou a criticar a Apple, o que disse foi que já existe uma boa base de utilizadores de Qi.
        Concordo plenamente que quantas mais marcas usarem melhor para o utilizador, e concordo que a apple talvez venha a impulsionar ainda mais este sistema.

  8. Nuno says:

    A Apple usa esta estratégia de apresentar como novidade tecnologia há muito consolidada noutras pľaformas, como o Windows CE ou Windows Mobile, e posteriormente android, desde o primeiro iphone. Seria surpresa se o deixasse de fazer.

  9. joão rei says:

    ora nem mais! sendo eu um cliente Apple, não deixo de ver que …tirar delas o que de melhor podem oferecer, integrando-as no iPhone X, é verdade! Mas o X é um grande equipamento, caro para mim!

  10. ricardo says:

    atraso de vida esta Apple…

    • rjSampaio says:

      “Imitação é a melhor forma de elogio”, excepto se fores imitar a Apple, ai da direito a indemnização…

      Ainda sou do tempo do lema da Apple ser “does more costs less it’s that simple”,
      mas ja na altura do apple3 se nao estou em erro o Jobs preferia designe a funcionamento, e a solução oficial para falhas no pc era dar pancadas no pc… porque as ventoinhas estragam o design…

  11. QuimRoscas says:

    Eu acho que deveria custar 2000€, porque a única novidade que vi foi o Animoji agora podemos brincar com emoji.

    Pronto 1999€, já que o resto é tudo tecnologia presente noutros equipamentos 😀

  12. Daniel says:

    Não concordo com o reconhecimento facial e ecrã OLED. O reconhecimento facial da Apple envolve tecnologias que não estão presentes no Android e provavelmente só serão introduzidas no próximo ano ou daqui a dois. Os ecrãs OLED utilizados parecem terem, segundo o que a Apple informou no Keynote, uma estrutura clássica de sub pixeis RGB, o primeiro smartphone no mercado com esse tipo de ecra OLED. para além disso, a Apple já utiliza este tipo de ecrãs nos seus relógios.

    • Luis says:

      Já experimentou o windows hello?
      Os surface da microsoft ou mesmo os “velhinhos” lumia 950 e 950XL já o têm há mais de 2 anos, e não funciona só com o reconhecimento facial!

      • Bruno says:

        Não tens reconhecimento facial nos smartphones com Windows

        • Cortano says:

          É Iris Scan que está comprovado ser mais seguro – não existem 2 pessoas com olhos iguais, nem gémeos verdadeiros os têm, ao passo que a cara pode ser idêntica e enganar o sistema.

          • Bruno says:

            Não é isso que determina a segurança global dum sistema, e mesmo que todas as Iris sejam únicas isso não quer dizer que não há falsos positivos, pois os sensores não trabalham com imagens perfeitas de alta resolução. Já foi comprovado que os scanners de iris podem ser enganados intencionalmente com alguma facilidade.
            Caras idênticas ao ponto de enganar o sistema são raras – 1 em 1 milhão de falsos positivos, segundo a Apple. Tirando o caso de gémeos, isso não passa duma situação fortuita.

          • Cortano says:

            A apple diz 1 em 1 milhão para situações normais, a probabilidade aumenta quando há partilha de genes.
            Acerca da iris, sim, é possível enganar mas não está ao alcance de todos.

          • Bruno says:

            @ Cortano, por partilha de genes refere-se à probabilidade dentro de cada família, mas continua a ser uma situação fortuita, tirando o caso de gémeos. O certo é que a segurança do sistema não é medida pela ideia de que cada pessoa tem algo único, como tu defendeste, é definido pela resolução e implementação do sistema.
            É verdade que não está ao alcance de todos, mas parece ser bem menos complicado do que enganar um sistema de mapeamento tridimensional com capacidade para avaliar se é uma imitação.

          • Cortano says:

            @Bruno, deves estar a falar do sistema de leitura de iris da Samsung, que essa sim começou por ser um fail (que entretanto acho que melhoraram o sistema).
            Quando me refiro a sistema seguro falo do sistema utilizado nos Lumia 950 – ainda não vi nenhum artigo, caso concreto, etc., de que alguém o tenha conseguido enganar.

          • André says:

            @Cortano
            Também ninguém se interessou muito em procurar falhas naquilo porque poucas pessoas usam WM.
            (e não estou a tentar provocar uma battle entre WM e Android, é mesmo o que acho)

          • Bruno says:

            @ Cortano, o sistema de leitura de Iris do Galaxy não é o primeiro a ser enganado com fotografias. O do Lumia não sei se já foi enganado publicamente ou não, mas não será por causa do padrão da Iris que deixa de ser enganado.

    • Mário Alberto Victor says:

      Não é verdade Daniel. A Apple pede a fabricação de ecrãs a terceiros e eles não tem mais do que a tecnologia existente, não desenvolvem mais nada além de um marketing estrondoso. Quanto a reconhecimento facial existe à cerca de dez anos e foi apurado ao nível que eles apresentam à cerca de de três. Um Android velhinho lá de casa já fazia isso com bastante precisão e não se deixava enganar por fotografias.

      • Daniel says:

        Já deixei um comentário abaixo quanto aos ecrãs. Quanto ao reconhecimento facial digo mais uma vez:
        O TouchID não foi o primeiro sensor de impressões digitais no mercado, mas o salto tecnológico que apresentou permitiu a inclusão destes sensores como uma verdadeira alternativa às passwords tradicionais. O reconhecimento facial que a Apple apresentou envolve a câmara, uma câmara de infravermelhos, um infrared e dot projector e os microfones, acompanhados com o processador especializado a ler dados biométricos.
        Para além disso, o software por trás do reconhecimento facial também desempenha um papel importante na segurança, precisão, e velocidade.
        O FaceID da Apple não é -só- reconhecimento facial. Envolve muitas tecnologias por trás que não estão presentes nos outros sistemas equivalentes.

    • Filipe F. says:

      Há OLED e OLED… Obvio que um ecra amoled num galaxy j5 é diferente de um ecra oled do Note 8, o melhor ecra alguma vez feito num telemóvel. E obviamente a Samsung não ia vender à Apple paineis que nunca usou. A Apple compra componentes, nao inventa tecnologias.
      Portanto obviamente o OLED do iPhone X será bom, talvez o mesmo do S8, mas duvido que seja o do Note 8 que é o mais poderoso que a Samsung já fez. Nada como testes para comprovar dentro de 2 meses.

      • Daniel says:

        A tecnologia para a produção de OLED com aquela subestrutura é uma coisa relativamente recente, penso que do início de 2014. Mas a sua produção em escala para paineis deste tamanho é de finais de 2016. Não acredito que a Apple tenha usado pentile ou diamond nos telemóveis deles.

  13. albino negro says:

    Existe algum que tenha isto tudo?

    • Aquele tipo says:

      Antes que alguém pense atacar, não sou nenhum apple fanboy… a única coisa que tive da marca foi um ipod.
      Mas este comentário, é o que tenho pensado, sempre que leio o pessoal aqui a mandar bocas….
      Podem não ter sido os primeiros a utilizar as tecnologias… Mas foram os únicos que já as juntaram todas num único aparelho!

    • iSheepNot says:

      Galaxy S8+

    • João Rio says:

      Talvez sim ou talvez não, mas na apresentação eles mostraram como se tivessem sido eles a inovar cada uma das tecnologias. Não vimos ninguém na apresentação a dizer: “O primeiro smartphone com todas estas tecnologias que vocês bem conhecem”.

      Na verdade esta discussão que estamos aqui a ter, e que estará a decorrer em muitos sites de tecnologia, poderá ter sido precisamente a intenção da Apple, no sentido de que “não há má publicidade”.

  14. Diogo Nunes says:

    Excelente artigo. Obrigado por enumerarem tudo o que o iPhone copiou ao Android.

  15. Block says:

    Eu nao sou fanboy nem de android nem de iphone, mas quando saiu estas tecnologias em android nao eram grande coisa, agora que saiu no iphone, é a melhor coisa do mundo

    • LG says:

      Porque quando saio num Android ta la… Quando sai num iPhone, reservam-se 10min na keynote so para falar do mesmo…

      Durante 10minutos falou-se na keynote o que é 4K e HDR, que já muitos têm desde 2013…

      • Daniel says:

        Por mais incrível que pareça, tanto quanto sei, 4k a 60 fps por acaso até é novidade num smartphone.

        • Daniel Jesus says:

          Tendo em conta que o iPhone X só será lançado em novembro, a Samsung deve ativar o 4K 60 fps primeiro no note 8. Já é possível ativar com root, falta só o update para ser disponibilizado para todos.

        • Nuno Oliveira says:

          Sim, é. E não sendo fã de iPhone, apesar de ter um 7, foi a única coisa que me deixou curioso. Adoro a qualidade dos vídeos 4K downsampled para 1080p e com 60fps estou mesmo muito curioso. Só espero que o encoder não ande pelos 60mbps ou menos senão é mesmo só marketing…

          • Bruno says:

            Tenho a ideia que o encoder anda abaixo dos 60Mbps mas tens que ver que eles mudaram para HEVC, ou seja conseguem a mesma qualidade com menor bit rate.

          • Nuno Oliveira says:

            Acho pouco… Mas só vendo. Tenho vídeos 1080p a 50mbps em XAVCS que equivale aproximadamente a 30mbps em HEVC. Sendo 4k uma resolução superior, seria necessário 120mbps para ser equivalente. Mas estava a contar com uns 80mbps no mínimo.

            Mas estas coisas são menos teóricas e mais práticas e acho que só comparando 2 vídeos é que se pode achar um ou outro melhor ou pior. Não se pode só analisar a qualidade de cada frame…

      • Bruno says:

        Estás a misturar coisas! Gravação a 4k já existe há alguns anos no iPhone, e o HDR falado era sobre ecrãs, algo que só apareceu há pouco tempo noutros aparelhos, não em 2013.

  16. Alexandre says:

    Estou curioso para ver o comportamento da bateria face a tantas novidades em relação ao modelo anterior!

  17. Filipe says:

    USA no seu melhor, e é assim que vão poupando umas croas e não aumentam a divida publica, hahahaha.

  18. André says:

    A Apple foi buscar essas tecnologias a todos esses telemóveis e depois o preço final é a soma desses telemóveis todos.

  19. MAC says:

    Vou já deitar para o lixo o meu iPhone e comprar um Android.

  20. rui says:

    o que é certo é que os tansos dão 1000 biscas por esta treta e argumentam que vale os ditos 1000 porque tem toda essa tec num smartphone só. Tirem as palas dos olhos….

  21. Mário says:

    Os meus parabéns pelo excelente artigo.
    Sem fanatismos. Gostei, a pplware está de parabéns!

  22. Pedro says:

    Não querendo ser advogado do Diabo, acho irritante continuarem a apresentar uma lista infindável de dispositivos que já implementam estas tecnologias. É verdade que nada do que a Apple apresentou é revolucionário; mas também é verdade que mais nenhum telemóvel tem TODAS as funcionalidades que o iPhone X implementa; TODAS! NUM ÚNICO TELEMÓVEL! Se fizerem aquela contagem com tracinhos ‘|’ e seguirem a lista do outro artigo aqui da Pplware, vão ver algo tipo:

    Apple iPhone X: | | | | | | | | | | | | | | |
    Samsung G. S8: | | | | | | | | | | | |
    MiMx²MC xpto: | | | | | | | |

    Se por tracinho somarem 50€, também vão ver onde está o posicionamento do preço.
    Resumo: não, não houve novidade nenhuma; muita coisa é dispensável; pouca gente vai usar aquilo tudo; UNS GOSTAM OUTROS NÃO (na verdade, eu até nem gosto muito do design/ecrã sem-moldura); etc., etc., etc. Ainda bem que alguns de nós vivem em países onde nos é dada alguma liberdade para escolher comprar ou não este tipo de coisas; e ainda temos liberdade para nos podermos exprimir sem nos odiarmos uns aos outros.

    ps.: se alguém souber fazer os traçados diagonais por teclado, por favor responda.

  23. David Piçarra says:

    o primeiro Smartphone sem bezels não foi o Mi Mix foi o Sharp Aquos Crystal

  24. Goncalo says:

    O Google ajuda-te nisso. Estas so a procura de desculpas para justificar a aquisicao do telefone com o preco mais ridiculo de sempre, alegando que este sera um topo de gama, e sim, sera um topo de gama da marca da maca, mas com tecnologias usadas por outros ha alguns anos e que custam uma pequena fraccao do preco deste.

  25. Antonio Ferreira says:

    Bom dia, bom artigo. Na minha opiniao, como aqui se leu, mta tecnologia ja existia, mas, apareceu, e pouco se ouviu falar. O q me parece, é que, qd a apple aplica algo nos seus equipamentos, o mercado acorda e faz ser um standard a partir dai. Por exemplo, TouchID, poucos tinham, mas a partir dai, praticamente todos passaram a ter. OS a 64 bits, ui, tanto se falou, tanto se criticou, para q era preciso um equipamento ter mais de 4GB de memoria, etc, etc., mas o q é certo, tudo passou para os 64bits, e ate, equipamentos já com 6GB de memoria. O applePay, mais um exemplo, a samsung a seguir com algo semelhante.

    A meu ver, andem la ás turras uns com os outros, os advogados das respetivas empresas que guerreiem com quem copiou o que de quem, pois quem ganha com isto tudo, são e será sempre os mesmos, NÓS, os consumidores.

  26. Dimitri says:

    1.O Face ID não é comparável ao Android.
    Uma coisa é detectar semelhanças numa imagem 2d, outro num volume 3d, capturado pelos sensores.
    A Apple adicionou hardware para o reconhecimento ser instantâneo.
    Esta novidade é digna de relevo.

    2. A Apple quando lança uma nova funcionalidade, a robustez da implementação e aceitação do utilizadores são diferentes, talvez devido ao estudo exaustivo da interação homem-maquina.
    A excepção foi o Maps.

    Tenho Android e Ipad, mas o grau de satisfação como utilizador é diferente.
    O Android 7 e 8, aproximaram bastante, mas ainda falta um pouco para o requinte do iOS.
    Se verificarem o benchmark entre Java e objective-C talves ajude a compreender a utilização dos recursos.

  27. Oliveira says:

    Já agora podíamos perguntar também o que é que o Android foi buscar ao iOS? Certamente iríamos encontrar uma lista maior…

  28. censo says:

    A Apple é especialista na evolução, não na revolução.

  29. Daniel says:

    A apple arriscou um pouco ao retirar o touch ID e substitui-lo pelo Face ID, eu tenho algumas reticências sobre a simplicidade de uso. Hoje li uma informação de que apenas se pode guardar um rosto em contraposição às 5 impressões digitais, , o que impede que duas pessoas diferentes possam aceder ao mesmo equipamento. Para mim isto é um problema, tanto eu e a minha esposa acedemos aos nossos equipamentos, e o mesmo deve acontecer com muita gente.
    Por tudo isto, e pelo preço, prefiro o iphone 8 ao X.
    O problema da existência do iphone X é que o 8 acaba por ter menos novidades o que o torna num equipamento mais banal, mas 50 euros mais caro do que o modelo anterior.
    Haverá sempre quem compre estes novos Iphones, irão vender bem, mas por certo muitas pessoas que têm Iphone e que são mais sensíveis ao preço, ao substituir o equipamento poderão fazê-lo por equipamentos android de gama média.

    • Nuno Oliveira says:

      O face id não te deixa espreitar para o telemóvel debaixo da mesa de reuniões sem ninguém se aperceber… Não te deixa desbloquear o telemóvel com a cara meio enterrada na almofada quando só queres ler uma sms que acabou de chegar… Como se viu na apresentação não funciona a 100% já que falhou e o 2o iphone X usado já estava desbloqueado… No iphone 7, se der o mais breve toque no touch id, ele desbloqueia…
      Ainda estou curioso para ver isto a trabalhar numa disco cheia de luz uv, ir e outras sempre a mudar e com movimentos… A ver vamos, como dizia o cego…

      • Bruno says:

        tanta mentira ou desconhecimento.

        • Nuno Oliveira says:

          Onde?

          • Bruno says:

            Do princípio ao fim! Não há nada que impeça de usar o telemóvel debaixo da mesa – se tu consegues ver o telemóvel debaixo da mesa também a câmera consegue apanhar parte da tua cara para autenticar. Dizes que não é capaz de coisas sem saberes se é ou não – a cara não precisa de estar totalmente a descoberto, segundo o que a Apple mostrou na apresentação!
            Na apresentação não houve falha no funcionamento do FaceID, tal como a Apple já explicou. O 2º aparelho não estava já desbloqueado, até por mais do que uma vez foi mostrado esse mesmo aparelho a ser desbloqueado com o FaceID.
            Luz UV não tem nada a ver com este sistema, e é o próprio aparelho a iluminar a cara com um padrão conhecido, etc

          • Nuno Oliveira says:

            Eu nas reuniões quando espreito para o telemóvel tenho-o entre mim e a mesa apenas para ler a sms que chegou e não tenho todo o telemóvel à vista para a câmara do topo me ver. O objectivo é ser discreto. Claro que se não é para ser discreto, bem que o posso meter em cima da mesa.
            Quanto à da almofada, depois experimentas e comentas com a malta como se comporta.
            Quanto à luz, a radiação UV existente nas lâmpadas negras quando é reflectida transforma-se maioritariamente em radiação visível e infravermelho. E é precisamente esse tipo de luz que o aparelho emite. Daí eu ter falado em UV e IR, e como disse, só vendo é que se saberá.

          • Bruno says:

            Explico-te outra vez, se consegues ver o ecrã debaixo da mesa há forma da câmera também te ver, não perdes a possibilidade para ser discreto nesse método.
            Quanto à almofada, não eras tu que afirmavas categoricamente que “não te deixa”? Por te dizer que tu não sabes se deixa ou não, sou eu que tenho que experimentar e comentar? Que inversão de lógica!

            Hás de reparar bem na intensidade da radiação dessas lâmpadas nessas circunstâncias, tu não vais absorver radiação (não seria por reflexo) ao ponto de emitires mais IR do que durante o dia, ou sentir-te-ías bastante desconfortável com calor na cara. Há muito mais radiação durante o dia e ele aparentemente funciona, iluminando a cara com um padrão em infravermelhos.

  30. Luis says:

    Uma coisa era a apple de S.Jobs inventiva,brilhante outra é a de Cook vazia de idéias e muito “monkey business”. Grande Android cheia de criatividade e simplicidade e honesta no marketing!

  31. Carlos costa says:

    A apple continua a fazer algo muito bem: usar todas as tecnologias de uma forma madura.

    Mas é demasiado cara, de inovação não tem nada e na minha opinião não se justifica nem de perto

  32. Corvaland says:

    Onde a Apple poderá marcar a diferença nestes novos modelos será mesmo no processador. Aguardemos para ver o seu desempenho.

  33. Bruno F says:

    O problema é que temos que recorrer a 4 ou 5 terminais para ter tudo que o Iphone X tem num único.

    Não tem tecnologias inovadoras, mas é inovador na medida em que as agrupa todas.

    P.S: Android user

  34. Bruno P. Nogueira says:

    Antes de mais, parabéns pelo artigo. Para os mais cegos, penso que é um bom artigo.
    Não alimentando mais fanatismos, até porque não sou adepto de nenhum deles (Apple ou Android) penso que fazem muito bem comprarem um Iphone, principalmente o Iphone X. Penso ser um excelente equipamento e principalmente porque ajudam muita gente com esta compra.
    1) Ajudam a empresa a contratar mais empregados precários para fabricarem esta pérola.
    2) Ajudam os bancos com os possíveis creditos que fazem.
    3) Ajudam o estado, porque parte 1179€ fica nos cofres 23%, que dá um total de 271,17€ por telefone.

    Compre, está a ajudar muita gente 🙂

    • Pedro says:

      Só uma pequena correção: o estado não fica com 271,17€. Os 23% de IVA estão incluídos no preço.
      Desta forma, o estado “apenas” arrecada cerca de 220€

  35. Pedro Cook says:

    Só não consegue copiar no multitasking -_-‘

  36. Filipe F. says:

    Faltou mencional a dupla estabilizaçao otica nas cameras traseiras, onde a Samsung foi a primeira no Note8, faltou falar do IP68 que já existe no Android há mais de 1 ano em diversas marcas… e com ou sem valor, faltou falar de ter um botão ”dedicado” para o assistente pessoal, coisa que por exemplo a Samsung fez no S8 e agora a Apple fez também para a Siri, mas usando o botão de Power.

    • J T says:

      O note 8 acabou de sair, ip68 ja tinha o iphone7, a siri sempre teve atalho directo no botao home ainda nem a samsung tinha assistente, so mudou para o power porque o botao home ja nao existe no x…

    • Bruno says:

      Filipe F., se é no botão power então não podes vir falar dum botão dedicado, sendo que o iPhone há muitos anos que permitia activar o Siri via botão Home – ou seja apenas mudaram para outro botão.
      O iPhone não tem classificação IP68, mas já em muitos lados se viu que os modelos anteriores mesmo sem essa classificação superavam esse nível de exigência.

  37. Rui says:

    #FaceID: durante anos, milhões de pessoas andaram (e andam) “livremente” (ou inocentemente) a dar as suas impressões digitais.. agora mais uns milhões largos vão dar o seu reconhecimento facial.. tudo isto associado a IDs registados no tlm (facebook, email, numero tlm, contactos, check-ins, compras, viagens, twits, ………. and so on).. isto para a NSA (e outros) vai ser uma maravilha no futuro.. vai ser o tracking total de toda e qualquer pessoa (mais ainda do que já é possivel hoje). Não estou a criticar a tecnologia.. estou simplemente a pensar no uso que lhe vão dar (isto é mais que certo.. e é inocente pensar que estes sistemas são desenvolvidos e implementados em dispositivos que vão ser vendidos aos milhões por todo o mundo.. isto não é ao calhas e não é só para ficar bonito!!)

  38. dot says:

    Penso que as pessoas elevam a fasquia muito alta para a marca da Apple.

    Recuando uma decada quando Jobs apresentou o iPhone, o ecra touch ja existia… inovaram foi o conceito, deram outra vida. O mesmo acontece com tudo que tem apresentado, ninguém fala que eles inventaram, simplesmente melhoraram inovaram o que era bom mas passou a ser ainda melhor e é simples saber porquê… engenheiros a trabalhar todos juntos desde hardware a software dai ter qualidade e não quantidade como se vê com todas as outras marcas. As pessoas muito comentam que é mais do mesmo, que a Apple está atrasada etc… mas curioso fica o facto de com a Apple o “depois” torna-se padrão e quanto ao mais do mesmo… então porque sai todos os anos modelos novos de equipamentos… ups perdao meses… modelos marcas chinesas por exemplo…só muda uma coisa ou outra… só actualizam qualquer coisa e pimba mais caro… então a Apple é igual, não é preciso inventar muito basta melhorar o que existe, tirar 100% partido da tecnologia existente inovar o nosso dia a dia tornando-o mais simples e prático penso que é o objectivo destas grandes marcas e o melhor de tudo se todas se unissem é que sim iria ser o melhor equipamento alguma vez construido mas não vale a pena inventar isso é impossivel tornar realidade.
    e fanatismo a parte grandes marcas nos smartphones é Google e Apple o resto são histórias da carochinha se a samsung é tão boa porque não faz o seu proprio sistema operativo? pois não deve ser facil focar o SO para tanta demandada de equipamentos, é o verdadeiro segredo… temos o exemplo dos NEXUS/PIXEIS e iPhones.

  39. jorge says:

    O android ja usa o face id a muito tempo mas é considerado insegura ja o da apple……………..

  40. Lpsmr says:

    Tanto veneno para quê? Quantos fabricantes de terminais usam o Android como sistema? Dez? mais? Asim sendo, é muito natural que haja um maior desenvolvimento tecnológico. Verdade? A apple é um só. Fabrica software e hardware. Por esta razão, é muito natural que se utilizem tecnologias já desenvolvidas por outros fabricantes. E mais, o Android não é a Samsung, LG, HTC, etc… etc…, uma coisa são os fabricantes de terminais com as suas tecnologias e desenvolvimento, outra é o fabricante de software neles instalados.
    Não desmerecendo nenhum deles, todos contribuem para melhora as capacidades de mobilidade destes equipamentos. Quanto aos preços exorbitantes pedidos pelos apple X e restantes, é deveras escandaloso. No entanto, se dermos uma volta por outros fabricantes, que partilham o mesmo software Android, e com características idênticas, praticam +/- os mesmos preços que a apple. Felizmente ainda uso um NOKIA E51.

  41. Luis says:

    Esta publicação não faz sentido nenhum, o que é que o hardware (Carregamento sem fios, carregamento rápido, ecrã OLED, etc…) tem a ver com o SO (android)?

  42. Lagaffe says:

    Puxa um pouco pela cabeça e chegas lá, vais ver 😉

  43. Alvaro Campos says:

    No seguimento do artigo, convido-vos a verem este link: http://allaboutwindowsphone.com/flow/item/22460_iPhone_X_Ah_the_shiny_new_feat.php
    🙂

    • Wooden says:

      interessante… sem me alongar muito… nesse artigo comparam a Microsoft Wallet com a Apple Wallet? Ou a quantidade de apps disponíveis para um e para o outro?

      • Álvaro Campos says:

        Da mesma forma que essa comparação NÃO é feita aqui e não foi por isso que o artigo perdeu interesse nem interessados.
        A falta de aplicações é relativizada pelo utilizador e eu não sinto falta de nenhuma e até para o Hangout tenho alternativa…. Em relação ás carteiras é a mesma coisa porque o mercado Tuga é pequeno demais para essas apostas, olha só o caso da lingua Portuguesa na Cortana, Siri e da Google (peço desculpa por não me lembrar dp nome pois está sempre a mudar) existe mas em Português do Brasil…

        • Wooden says:

          Desculpa lá mas não percebo qual é a relação entre a dimensão do mercado Tuga e a Microsoft Wallet. Daquilo que sei, está anos luz atras da Apple Wallet. Nesse artigo comparam o que interessa comparar, o resto é ignorado porque não convém falar nisso.

          Esse 950 xl que é apresentado nunca seria a minha opção. Iria antes 1000x para um Android do que para Windows.

    • Ricardo MD says:

      Tinha com a impressão que a microsoft tinha desistido dos windows Phone!
      Comprei um há 4,5 anos para a minha mãe porque achei simples para ela se adaptar aos smartphone. Na altura nem FB tinha. Depois as apps foram aparecendo com o aumento de WP devices… e com a expectativa deste sistema evoluir para um misto com PC.
      Mas há algum tempo que o caminho tem sido o oposto! O market share do WP começou a diminuir e os desenvolvedores de apps começaram a deixar de dar suporte a WP. Ou há um investimento grande nesta plataforma ou a concorrência android aniquila o WP…
      Mudar para plataforma WP agora ou ter investido em algum momento num WP de topo algures no tempo, parece-me um caminho com retorno certo a Android ou a iOS!

  44. K says:

    Disso tudo até o que mais me custa é pagar 1000e pelo telefone e ainda ter que pagar um carregador de carga rápida à parte. Dass, 1000e não chegavam para incluir o carregador? E ainda por cima não faz nada que basicamente todos os telefones com quick charge já não façam à montes de tempo. E ainda por cima não é nada barato, segundo o site verge, são $25 só para o cabo lightning – USB c, e mais $50 para o carregador de 29w que o mais barato é o do mac de 12”. Ou seja $75 para o brinquedo de 1000 carregar rápido. A ser esses os preços, estou a espera da tradução directa dos números sem passar pela conversão, do costume, ou seja 75€ por um carregador fast charge.

  45. Carlos Dias says:

    Já verificaram a capacidade da bateria do dito? A continuar com capacidades como costuma ter bem abaixo de 3000 mAh é bem fácil atingir carregamentos de 50% em 30 minutos, quando há telemóveis dos chineses a fazer carregamento rápido de +5000 mAh em 90 minutos. Isto de ter de andar com power bank como adereço já acabou faz tempo.

  46. David says:

    Gosto de me sentar aqui e ver o sangue a escorrer. Até trago pipocas. Geralmente.

  47. Str says:

    A Apple já foi uma empresa visionária e inovadora, agora vive do prestígio e glórias do passado

  48. 1904_3526 says:

    Acho que em vez de iPhone X deviam chamar -lhe iCopy, porque nada do que foi apresentado neste novo telefone é novidade.
    Agora só falta vir o iBurro do Hélder a dizer o contrário.

  49. lol says:

    Quando vejo alguém com tlms topo, fico a mirar que carro usam e que pneus calçam… a maioria das vezes vejo carros velhos e pneus chineses, mas o tuga é assim msm ehehehheheh

    • htcu11 says:

      existe de tudo, nao podes generalizar. depende do valor que dao ao smartphone.
      conheco povo que anda de clio de ha 20 anos…que pode comprar uma casa a pronto e tem one plus 3 e nao vao mudar para o 5.
      conheco outros que tem iphones para a toda a familia que podem dar muito mais…
      tambem conheco quem tem iphones velhos que lhes chega e sobra e nao fazem upgrades….embora possam o fazer…
      tambem conheco quem tem iphones novos e compra as prestacoes so para dize que tem…

  50. Andre says:

    Quem lê estes comentários do ser pobre e rico é só estúpido e faz parte da realidade do nosso povo , eu tenho um iPhone 6 um s8 Plus um blublo s1 e um ZTE Núbia z9 , porque adoro tecnologia e gosto de experimentar, na minha opinião o s8 Plus não vale os 900 paus que dei apesar de ser grande máquina por isso 1200 euros por um equipamento seja Apple ou Samsung é um parvoíce de todo o tamanho tenha uma pessoa 100 euros ou 1 milhão de euros.. O iPhone vende em mais de 70 por cento das vezes gato por lebre os outros 30 por cento de verdade é bom isso é verdade mas não justifica, ainda me lembro de dar 600 euros por iPhone 3gs 3 4s e Samsung agora é o dobro anda tudo a ficar maluco.

  51. Peter says:

    Apenas digo isto. Qual o Android que dura 7anos com actualizações? Qual o Android que ao fim de 3 ou 4 anos vale pelo menos 100€? A ideia n está em já existir, a ideia é conceber na perfeição para o utilizador e aí a Apple quer queiram ou n faz bem e perfeito. Posso ter uma ideia brilhante mas se não a souber traduzir na prática a sua intenção, ideia, propósito, funcionamento prático nada vale. Já agora sobre este artigo, quando saiu o TouchID tb já existia no Android? É q agora n me consigo lembrar…

  52. Andre says:

    Deve ser os headphones que tem na cabeça que é da Apple e actualizou ao fim de 7 anos enfim..

  53. mavidoor says:

    Muito bom artigo.Parebens ao editor.
    Hoje aconteceu-me uma ridicula coincidencia….ja la vou…
    Ontem vi um pouco da apresentação do Iphone x no youtube,e reparei que a Apple uma das coisas que mais enfase fez foi a sua função de reconhecimento facial.Achei riducolo o marketing que fazem de uma tecnologia que ja tem pelo menos 6 ANOS!! isto porque?
    aqui vai….
    Tenho em minha posse um smartphone galaxy S2 que estava avariado (ofreceram-me),la o pus a bolir e tenho andado a testa-lo….até que vou ás defenições e na opção de bloqueio de ecran não é que tem lá o desbloqueio por rosto???
    Só achei ridiculo o destaque que foi dado na apresentação por uma tecnologia que ja existe á N…..
    PS:Para os doentes…..Para mim os IPHONES são e sempre foram bons terminais e com muita qualidade mas desde á muitos anos que não valem o preço PONTO.

  54. Applim says:

    Adoro ler comentários que falam de tecnologia não consolidada por estar em telefones Android, e agora está consolidada por aparecer no iPhone X. Fanatismos à parte, quando se opina convém fundamentar. Ainda ninguém aqui mexeu no iPhone X e já estão a dizer que função X, Y ou Z é melhor no iPhone que no Android. Ou são crianças a comentar ou adultos que não têm noção do ridículo, encorajados por isto ser a internet e ficarem no anonimato.

  55. Ricardo MD says:

    Não Penso que o carregamento sem fios venha a ser uma tecnologia de nicho! O nexos lançou-a há quase 5 anos mas ninguém reparou. O galaxy S6 deu-lhe alguma notoriedade, suficiente para o IKEA criar mobiliário e candeeiros com carregamento embutido, para algumas multinacionais de restauração terem mesas com pads de carregamento, e ainda suficiente para deixar os iPhone users à sua espera (que foi longa). A apple veio dar-lhe uma coisa que faltava: Importância! E provavelmente até nem vai ter o sistema mais sofisticado. Mas colocou os holofotes sobre esta tecnologia. Ou muito me engano ou os carregadores wireless vão-se multiplicar como cogumelos! We will see…
    Quanto ao Face ID, não sendo uma forma nova nova de desbloqueio, parece-me muito eficaz, rápido e seguro, o que o torna conveniente. Já vi o sistema de reconhecimento de íris da samsung e não é muito rápido. O sistema de reconhecimento facial da samsung parece rápido. A apple reclama ter o sistema mais seguro, mesmo que a tecnologia tenha sido comprada. O que eu acho errado é a retirada do touch ID! Não há nenhuma forma de desbloqueio que seja conveniente em todas as situações, e o tempo tratará de revelar essas situações. E a apple tenha uma tecnologia de desbloqueio supersónica – o Touch ID. É claro que não o ia colocar na frente 8por causa do escrã) nem na traseira, que não é prático, e já se manifestou contra essa localização. Mas aumentou o botão lateral, e esta é uma localização muito prática… Não se percebe como a apple introduz o touch ID nos computadores em Junho e o retina do iPhone em Setembro… Mas voltando ao Face ID, sendo o único sistema de desbloqueio, convém que seja mesmo fiável.

    • Bruno says:

      O FaceID não é tecnologia comprada.

      • Ricardo MD says:

        A apple comprou a empresa que desenvolveu a tecnologia. E apoderou-se dela!
        Não é nenhuma crítica. É preferível reconhecer a melhor tecnologia e adquiri-la do que tentar desenvolver uma de raíz a imitar – dá menos processos de patentes mais tarde…

        • Bruno says:

          Não, não comprou! Lá porque a Apple comprou empresas não quer dizer que a tecnologia é aquela que alguma dessas empresas já tinha. Se achas que é comprada diz qual é então!

          • Ricardo MD says:

            Não me exprimi adequadamente. A apple comprou a empresa que desenvolveu alguns dos LASERS e sensores usados para o reconhecimento facial. Mas a integração destes componentes e todo o desenvolvimento do Face ID é da Apple. Aliás até esteve quase 2 anos à espera da entrada da patente deste sistema de reconhecimento facial… (Ah! E não me lembro do nome da empresa, mas foi muito citada nos rumores que anteciparam a apresentação do iPhone, para mostrar a grande probabilidade de a apple vir a adoptar este sistema de desbloqueio.)

          • Bruno says:

            @ Ricardo, estás a meter os pés pelas mão. A Apple não comprou nenhuma empresa que desenvolveu lasers e sensores usados no FaceID. Os lasers e sensores nem sequer são da Apple ou duma empresa comprada pela Apple.

  56. João Bogia says:

    E se eu for o palhaço Tetê e quiser aceder ao meu iPhone X nos intervalos do meu espectáculo? Ele me reconhece? Ou manda-me passear como fez ao Tim? Por via das duvidas fico com o meu iPhone 6… com mini jack.

  57. Valeu_o_tempo says:

    Tanta gente a falar se deve ou não consigo parar o iPhone… Gente é um simples iPhone, daqui a 5 anos talvez criem outro superior , e aí o iPhone 6 tanto falado pode até já ser considerado um ‘lixo”, a vida continua e o ser humano sempre quererá mais , não importa o valor que isso custe. Muitos aqui ficam falando que sem dinheiro não dá pra comprar , outros ficam desrespeitando outros, sinceramente deve ser tudo farinha do mesmo saco, não se precisa ser rico , nem se fazer de rico ao pedir prestação para comprar iPhone… Eu posso ser pobre , falido, Zé ninguém , mas se eu juntar irei obter o que quiser, então o mesmo se encaixa com VCS , para que humilhação, á um ano atrás usava um Huawei de valor baixo , hoje posso dia com a curiosidade e a ajuda da vaidade… Possuo um P9 lite, P10, iPhone 6,7, e penso juntar para comprar esse tal iPhone X ,
    Resumindo não é “voce” se achando rico que vai me falar que não “consigo” comprar, e também não é VC se fazendo de pobre que mudará minha opinião. AS PESSOAS NAO SE IMPORTAM COM VOCE, INVEJAM AQUILO QUE ESTA COM VOCE.

  58. Alex says:

    Quase todas as coisas que a Apple coloca de novo já existiam no android.
    A principal novidade e ponto mais importante do novo X, é o ecrã que agora ocupa quase toda a superfície frontal.
    Se só recentemente (1 ano ou perto) existem telefones com quase só ecrã. A Apple sempre foi má na matéria, com um ecrã muito pequeno para a área frontal – coisa que critico há anos.

  59. Pedro Pereira says:

    E quantas destas tecnologias foram “inventadas” pelo/para o Android?? Pessoalmente acho o artigo muito fraco e envergonha a qualidade do pplware.
    Independentemente de todas as questões Android + Apple (que são estúpidas e uma perda de tempo já que não se compara um SO com um telemóvel), dizer que o iPhone copia do Android não é minimamente rigoroso. Até porque algumas das coisas listadas muito pouco ou nada têm a ver com Android, mas sim com hardware.

  60. JM says:

    Com tanta gente a defender e atacar as diversas marcas… deve haver por aqui muitos acionistas. Quanto a mim, o telemóvel (ou qualquer outro artigo) ideal será aquele que agrada, seja pelo design, preço, ou qualquer característica. Deixem-se de tretas, as marcas é que ganham milhões à nossa custa e na maioria dos casos com coisas, que vendo bem, nem servem para nada. Até porque o ser humano já existia, uns “anitos” antes de tanta tecnologia.

  61. TJ says:

    O artigo mais ressabiado que já li no Pplware. Digam-me por favor em que tempos da Keynote é referido que as tecnologias aqui listadas foram inventadas pela Apple.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.