Quantcast
PplWare Mobile

SoundHound para iPhone – Excelente!

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Vítor M.


  1. Bruno Silva says:

    Quais as grandes diferenças para o Shazam?

  2. Emannxx says:

    Grande banda ^^

    E o programa em si é espectacular! Que me dera que existisse para o próprio PC! :S

  3. fran says:

    aqui podes cantarolar e mais umas coisinhas…

    basicamente este tem mais opções de descobrires as musicas e o shazam tem uma melhor base de dados de musicas

  4. fran says:

    vitor reparei que tens o evernote… podias fazer uma review a essa app.

    é daquelas apps que me entusiasmam mas depois de a instalar nunca a utilizo pk nao a axo pratica… acabo sempre por a retirar do iphone pk so está lá a ocupar espaço

  5. A friend says:

    Não conhecia este. Tenho que experimentar, espero que a base de dados seja tão rica quanto a do Shazam, porque em termos de funções pelo menos parece estar. 😉

    [offtopic]
    Um video que está a circular no Youtube, que mais uma vez dá que pensar. Cada um tem a sua teoria, mas esta vem reforçar mais um pouco aquilo que eu e muitoas acham e é sempre interessante ver.
    [ https://www.youtube.com/watch?v=JpOB4xkpjgQ ]

    • Shadow says:

      Caso ainda não tenhas reparado essa Dra é conhecida por após um acidente rodoviário em 1996 estar ligada a OVNIS e teorias da conspiração etc….. ( cucu )

      • A friend says:

        Por acaso desconhecia esta senhora e tenho tentado ver que argumentos ela tem sobre tais assuntos, e enfim, entre muita coisa questionavel, ela até tem outros tantos argumentos bastante interessantes e que fazem certo sentido, como é no exemplo deste video [ https://www.youtube.com/watch?v=KC-Lfdy5Jbg ]

        Coisas como a tecnologia actual já ter sido inventada a bastante tempo atrás, e como as pessoas são manipuladas e deu o exemplo da votação que elegeu George W. Bush, que essa polémica é bem conhecida… Acho que tudo é sempre muito questionavel como é obvio, mas não deixo de achar interessante certas teorias 😉

        Já me faz lembrar o avião F117, aquele triangulo voador que existe desde 1981 e os primeiros prototipos remontam aos anos 50.. Quem diria naquela altura se o visse voar, que seria um avião? Ele fazia testes na Area 51 e muita gente afirmava ver OVNIS a lá aterrar, quando no facto poderia ser bem esse avião de forma irregular, entre outros mais, a fazer testes de voo. Se naquela altura já tinham esta tecnologia, imaginem nos tempos de hoje.. dá sempre que pensar 😉

  6. CarlosMC says:

    Já viram isto:
    http://consumerist.com/2009/11/smoking-near-apple-computers-creates-biohazard-voids-warranty.html

    Ao que parece, a Apple está a anular a garantia a fumadores, com a desculpa que é nocivo… para os seus técnicos, pelo “risco de fumo passivo”!
    Como pergunta alguém noutro site, e quando se peidam, na Apple, também evacuam as instalações?

    • A friend says:

      A sério? LOL ..isso é mesmo real?!

      Parece mais um daqueles casos que aparecem na web sem fundamento, mas se for verdade é o cumulo (e não, não sou fumador.. lol..)

      • CarlosMC says:

        Vendo bem, à primeira vista até pode parecer um abuso (e provavelmente até há um bocado de exagero à mistura), mas sabendo o uso que algum equipamento tem, até mudo de opinião.

        Dois comentários no site:

        “My sister smokes & her PC was starting to do strange things, so she dropped the thing off to me. (I don’t smoke, and smoke makes me sick)

        I opened up the case, and it looked like sticky-poop looking muck all over the PC – on top of the processor heat sink (just under the fan) was a layer of this muck. It’s like smoke in a solid form. Canned air would not even dint this muck – a screwdriver was about the only thing to work. It finally started to make me sick that I told her it was fried and she needed a new PC – it was beyond fixable.

        I would guess the computers in the story was not this bad, but I can see the point of people not wanted to work on them… I will most likely never work on my sister’s computer again.”

        “I worked at the Apple Depot in Memphis for almost a year (friggin layoffs), and it was common practice to not work on machines that had horrible tar. Its not so much that they were hazardous (gloves!) but that there was so much that had to be done. Here in Memphis, most of the workers are lazy, and opening a machine and and seeing tar covered MLB, HDD, ODD, and LCD panel is grounds for BER status, no matter what it is. Hell, just the MLB, HDD, and ODD would be grounds for it to be put in requote or sent back as a biohazard. Thats just how it is.

        Also, so people can’t say I didn’t work there and I have no clue what the hell I say, all of the apple techs are NOT apple employees. They are employed by Flextronics, so really no one cares.”

        Eu já comprei um gravador de cdês, em segunda mão, que não funcionava (acelerava e desacelerava constantemente); abri-o e tresandava a tabaco – depois de tirar e repôr os conectores internos não tive mais problemas com ele.

        • A friend says:

          Sim esses casos já fazem muito mais sentido, mas penso que está mais associado ao mau trato do que propriamente ao uso do tabaco e seus maleficios para os tecnicos 😀

          Não deixa de ser uma noticia engraçada, mas é como tudo, se eu tiver um aparelho e encontrarem lá dentro coisas externas que possam ter causado a anomalia ou mau funcionamento é natural que as garantias torçam o nariz. Mas aquilo que acho é que, dentro de alguns motivos fazem logo um filme sensacionalista à brava, mas também hoje em dia já ponho tudo em causa, tudo é possivel. 😉

    • Emannxx says:

      É mais uma polémica da Apple (pra variar!)

      Falência à Apple.. não se deseja.. mas é o melhor pois só está a servir para criar m*****, na tarda as outras marcas copiam.. ou nao.. lol

      Há coisas que não lembra o diabo..

  7. Pedro says:

    Utilizei a versão Symbian que postaram. Experimentei em duas músicas dos Green Day nem um único resultado(certo)…

    • A friend says:

      Pois, foi o que me aconteceu com musicas até bem conhecidas 🙁

      Eu já a pensar que tinha finalmente “encontrado” uma alternativa para o Symbian já que no meu o Shazam não funciona, mas pelos vistos não foi desta…

      • A friend says:

        Acabei de instalar e testar no ipod touch 2g, e precisamente com as mesmas musicas encontrou na perfeição… não percebo..
        Supostamente a base de dados não é a mesma, não interessa a plataforma usada?…

        Tenho que concordar com o Vitor M, a interface no iPod Touch/iPhone realmente não tem mesmo nada a ver…este pessoal parece que arranja uma inspiração diferente quando faz as “Apps” para aqui.

        Está simplesmente espetacular e parece mesmo estar sem duvida bem melhor que o Shazam! O derradeiro teste vai ser quando encontrar um amigo meu que quando queria saber o nome de uma musica house cantarolava.. “como se chama aquela musica que a batida é .. tunx tunx tunx…” … 😛 “WTF?!” 🙂

  8. Noé says:

    Steve Jobs tinha dita a uns anos que o iPhone iria mudar o mundo e a verdade é que tem conquistado tudo e todos. Nem os empregados da Microsoft escapam.

    A App Store continua a um ritmo avassalador, todos os dias em média são aprovados mais de 500 apps. É verdade que existe muito lixo (cerca de 80%), mas também existe muitos outros de tirar o chapéu.

    Para quem usa o jailbreak as possibilidades aumentam ainda mais já que o Cydia (no género App Store.app) junta muitas sources da comunidade com recursos não autorizados pela Apple como gravação de video para o 3G, backgrounder, ativar flash com iMobile cinema, ver videos Youtube sem net, emuladores, filtros, aumentar o desempenho, acompanhar o iPhone roubado com o ilocalis, Bluetooth, personalizar sons do sistema, personalizar todo visual com temas, stack estilo mac os x, e milhares de outros recursos.

    Sem esquecer a possibiliade de desbloquear o telefone com o Blascksn0w que ainda por cima é hacktivate.

    E mlhres de users também usam o App Sync que permite instalar os IPAS, ou seja apps crackeaos.

    Qual quer duvida não exitem em falar

    Abraços

  9. Mario says:

    Existe alguma maneira de tirar aplicações free para o iphone sem ter de me registar na apple store

  10. Noé says:

    Existe sim, deve ter o jailbreak e instalar a extensão App Sync no repositório cydia.haculo.us. Depois disso pode adquirir qualquer app através do http://www.appulo.us – alternativa a App Store onde o dinheiro não entra

  11. Noé says:

    Também pode fazer uma conta na App Store Americana sem necessidade de cartão ou quaisquer dados e assim fazer download dos apps gratuitos

  12. Tiago Ferreira says:

    Boas

    Parece ser de facto bastante impressionante, pena ser a banda pouco heterossexual que é :p

    Vou experimentar.

    Abraços

  13. slooney says:

    Para quem já experimentou esta App e o Shazam consegue indicar-me qual delas a mais rápida a identificar a música?

    O Shazam ao início era uma verdadeira máquina, super rápido, super eficaz, mas com as recentes actualizações tornou-se cada vez mais “pesado”.

    Obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.