Quantcast
PplWare Mobile

Se está preocupado com a sua privacidade no iPhone, é melhor apagar já o Facebook

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Reis says:

    Problemas com privacidade? Não usem smartphone nem internet. O facebook pode bem usar os meus dados a vontade, também gracas ao facebook montei o meu negocio e mantenho contacto com varias pessoas e familiares e ate conheci a minha atual esposa lá. So posso dizer abencoado facebook

    • Maria says:

      Bem…
      Eu quando era pequena era parecida contigo.
      Dizia muitas mentiras.
      Uma mulher conhecer o marido pelo Facebook…
      Bem, só se estraga uma casa

      • LarilasOS says:

        Tens outra solução para os tempos que correm?
        Hoje em dia, abordar uma mulher é considerado assédio…
        Ah, a não ser,recorrendo a uma agência matrimonial…acredito que um dia o futuro passa por aí ..só quem tem dinheiro é que compra o amor…é o capitalismo a funcionar.

  2. Miguel says:

    Agora é moda falar mal do facebook mas dps toda a gente usa..instagram e whatsapp sao fundamentais para qualquer pessoa com vida social, ja o facebook é perfeito para eventos, aniversarios, negocios e conhecer pessoas. A quantidade de pessoal que conheci em grupos de erasmus e yoga….tempos de loucura 🙂

    • Vilna says:

      “instagram e whatsapp sao fundamentais para qualquer pessoa com vida social” é um pouco exagerado. Quem centra a sua vida social nas redes sociais é essencial mas quem centra noutras formas não é essencial.

      Instagram é apenas para mostrar pés e pouco mais. Whatsapp é um igual a muitos outros – prefiro signal ou telegram.

      Quem tem negócios acredito que essas redes sociais ajudam e muito. Aí sim essenciais nos dias de hoje. Agora essenciais para a vida social de uma pessoa é um argumento muito tendencioso e relativo.

      Não sou contra as redes sociais, mas prefiro redes com recurso a melhores políticas de segurança e privacidade.

      • Miguel says:

        Redes sociais com melhores politicas de seguranca tipo o que? O amigo posta la uma fotografia sua para partilhar com as pessoas e quer privacidade da sua foto ? Se for a um restaurante tb pede privacidade e fica a comer num quanto a parte ou fica exposto com outras pessoas? Sinceramente essa da privacidade e usarem a internet e para rir…Se querem privacidade nao se espoem tao simples quanto isso. Em relacao ao signal tal como outras apps precisam de fazer dinheiro porque nao vivem de ar logo vai dar ao mesmo, se nao for a vender dados metem ads ou sao pagas. Quem acredita que existe software pago com apenas doaccoes entao acredita no pai natal tb. Deixem se de coisas e usufruam do que ha! Quem dera aos nossos pais e avos haver facebook no tempo deles. As redes sociais permitem as pessoas estar em constante contacto, de tal forma que sms e telefonemas sao coisa do passado. Videochamadas em apps como whatsapp, eventos por facebook, partilhas no instagram sao o que realmente mantem as pessoas sempre em permanente contacto.

        • FAR says:

          Felizmente que no tempo dos meus avós não havia facebook, assim houve tempo para educar os meus pais que por sua vez me educaram a mim.

          Ninguém precisa do facebook para se manter em contacto com o que quer que seja a não ser coscuvilhar o que os outros andam a fazer (ou a dizer que fazem). Para comunicação com quem se quer manter em contacto usa-se apps de comunicação (WhatsApps e afins) a app do Facebook não mantém nenhum contacto saudável.

          Não sei se leu o artigo ou se passou logo para a parte de despejamento idealogico falacioso, mas é claramente indicado que o problema deste tipo de aplicações (no que toca a privacidade em particular, problemas têm elas de sobra) é o facto de usarem sensores para recolher e reenviar informação com a qual não se deu permissão.

          Meter uma foto do meu gato no facebook dá direito à aplicação (e por conseguinte a empresa, Meta, agora se chama) de saber onde é que eu ando e quantas pessoas tenho à minha volta e o que ando a fazer com o meu smartphone? – é esta a questão levantada pelo artigo.

          Desça do cavalo amigo.

          • Miguel says:

            Deste permissao ao governo para aumentar os impostos ou fazer subir os precos da gasolina? Nao e por isso que nao deixam de subir. Quem usa redes sociais abdica da privacidade e nao tem nenhum mal. Atualmente em todas as cidades europeias existe videovigilancia, em Portugal as pessoas nao queriam por questoes de privacidade mas em 2022 vao ser obrigados a ter. Quem quer privacidade nao use facebook mas vai perder a privacidade noutra app qualquer, acaba por nao fazer sentido tanta preocupacao. Alem do mais usufruis de servicos gratuitos logo eles tem todo o direito de rentabilizar da forma que lhes convem. Os teus avos iam agradecer o facto de ter facebook como agradecem o facto de terem radio e tv e os avos deles nao terem tido…chama-se evolucao e convem o amigo acompanhar e deixar de ser velho do restelo.

          • FAR says:

            @Miguel

            Continua no seu despejamento de falácias… tanto que até decidi ir ler um pouco para lhas evidenciar.

            1. “Deste permissao ao governo para aumentar os impostos ou fazer subir os precos da gasolina?”

            Como que se houvesse algum tipo de comparação com as medidas que um governo toma com a informação que um telemóvel que é propriedade minha dissemina sobre mim. “Straw Man” chapado.

            2. “Quem usa redes sociais abdica da privacidade e nao tem nenhum mal.”

            Assumir que uma coisa significa invariavelmente a outra. Um absurdo cada vez mais aceite e normalizado (infelizmente).”Slippery Slope” com uma pitada de “Causal Fallacy”.

            3. “Atualmente em todas as cidades europeias existe videovigilancia, em Portugal as pessoas nao queriam por questoes de privacidade mas em 2022 vao ser obrigados a ter. Quem quer privacidade nao use facebook mas vai perder a privacidade noutra app qualquer, acaba por nao fazer sentido tanta preocupacao.”

            Perdido por cem perdido por mil, é essa a sua ideia? Lá porque uma certa vertente remota da minha “privacidade” é controlada devo abdicar por completo de toda e qualquer privacidade que tenha? Bom, respondo-lhe com outra falácia: então para isso porque usa chaves de casa ou cortinas ou porque não me dá as suas credenciais bancárias? Por favor…

            4. “Alem do mais usufruis de servicos gratuitos logo eles tem todo o direito de rentabilizar da forma que lhes convem.”

            Certo e errado. É óbvio que qualquer serviço gratuito é rentabilizado de alguma forma. Já o facto de ser de -qualquer forma- já me deixa um pouco reticente. Exemplo mórbido: vou criar uma app que a única coisa que faz é stream de raptos em que as vítimas são mostradas seguidas de um número bancário para onde deverá ser transferida uma certa quantia de € senão a vítima é maltratada – a app em sí é gratuida, mas a forma de a rentabilizar poderá ser um pouco para além do aceitável, não acha?

            5. “Os teus avos iam agradecer o facto de ter facebook como agradecem o facto de terem radio e tv e os avos deles nao terem tido…chama-se evolucao e convem o amigo acompanhar e deixar de ser velho do restelo.”

            Gostei especialmente desta 🙂 Quase poética na sua ironia. Vamos por alguém da geração pós-facebook a ler interessadamente os Lusíadas? Bora lá!

            Ab e bom fim de semana

        • Vilna says:

          Esse argumento é também ele tendencioso. A questão não se prende com os meus amigos partilharem as minhas fotos pelas redes sociais ou com uma câmara fotográfica na vida real, tem a ver sim com a recolha de dados indevida e partilha com terceiros.

          Mas isso é uma discussão e uma preocupação para quem a quer ter. Quem não quer dá tudo a toda a gente. Amigos como dantes.

          Quanto ao permanente contacto e tudo mais, existe mais mundo que o facebook e instagram. Mas cada um usa o que quer.

        • Maria says:

          És mesmo o Reis…

    • poooo says:

      Há quem desinstale o Facebook do telemóvel mas mantenha o acesso diretamente no browser do PC. É uma alternativa para não desligar dessa rede social informática. Quem queira estabelecer a sua rede social da vida tem o espaço do café, do trabalho, da escola, da faculdade, da rua. Não negando o valor que ainda tem, há muitas outras formas de conhecer pessoas sem ser pelo Facebook!

      • Miguel says:

        Mas a experiencia no browser do smartphone é francamente pior, perdes todas as funcionalidade de sync eventos com o calendario e notificacoes e acaba por ir dar ao mesmo tendo em conta os cookies.

        • poooo says:

          Correto Miguel, por isso falei no browser do PC em que pelo menos fica mais integral a experiência. Depois são os cuidados normais a ter, navegação em modo anónimo se não se quiser guardar cookies ou passar algumas outras informações que o Facebook recolhe.

    • andre l says:

      “instagram e whatsapp sao fundamentais para qualquer pessoa com vida social” isso é sua inteira opnião. Não queria fazer dos seus costumes os dos demais.

  3. Estefâneo Empregos says:

    Que espertalhões têm este Facebook! Esperemos que a Apple faça alguma coisa.

    • Vítor M. says:

      Isto é muito bom 😀 só mostra como o Facebook é um polvo. Agora, estão a abrir uma guerra que vai ser interessante seguir. A Apple vai agora fazer a sua movimentação das peças. E vamos ver a seguir.

      O Facebook, desde há uns meses, está a dar cabo do alcance das publicações das empresas de comunicação, os “Influenciadores” estão alarmados com a fraca propagação, isso mostra que o Facebook quer que quem depende das redes sociais para os seus negócios invista mais dinheiro ou então ficam sem alcance. É uma guerra surda, uma chantagem que estas redes, incluindo o Google Search, faz com o povo que vive do alcance das suas publicações nas redes sociais.

      Quem está a dar cartas e a apanhar este mercado é o TikTok.

      Vamos ver até onde isto vai 😉

      • Estefâneo Empregos says:

        O Facebook está mesmo a entrar por caminhos muito apertados. Estão a dar tudo.
        Não vai ficar por aqui claro…
        “Bora” comprar as pipocas 😀

      • Maria says:

        Percebo o uso de graça em troca de publicidade.
        Não percebo a recolha de dados a não ser para alimentar IA que terão todos os defeitos dos humanos utilizadores convertidos em estatísticas.

  4. TT says:

    Já desinstalei do iphone! Acabou para mim!

    • poooo says:

      Mas para que não sobrem dúvidas, desinstalar a APP não significa fechar a conta de Facebook.
      Se pretende não ter um corte tão abrupto na sua utilização do sistema, experimente fazer o que sugeri num comentário meu acima: usar o browser do PC para aceder ao Facebook.

  5. Ónesto says:

    Só a Apple é que não recolhe dados para depois dar ao Partido Comunista Chinês e vender a terceiros…. Tudo “jente ónesta”

  6. SteveRobs says:

    Quando o FB apareceu foi tudo a correr para ele e o resto das plataformas sociais online, que essas sim eram interessantes e úteis, como os forums temáticos morreram.
    O FB é uma montra de vaidades e eles exploraram bem esse defeito humano.
    Se não gostam das politicas do FB deixem de usar! Temos pena.

  7. LarilasOS says:

    Então e por causa dessa cena, o shor Tim Cock vai proibir a app existir na App Store e nos iPhones? Tipo Donald Trumpetes que mandou acabar com as negociatas entre Google e Huawei? Á pala desse palhaço que não tem outro nome, o meu Huawei P9 que me custou 460 paus a prestações à NOS ficou estagnado na versão 7 do Android

    • Vítor M. says:

      Vai proibir? Como assim? Qualquer aplicação/programador ou entidade que não cumpra as regras, sabe que está elegível para ser sancionado. Se tu fores prejudicado com um comportamento desviante de terceiros, exigiras que as regras se cumpram para veres estabelecida a tua liberdade. Ou não é assim?

      • LarilasOS says:

        Nada disso, eu só quero saber se posso comprar o iPhone 14 (que acho que irá saír sem aquela nodge enorme mas sim um hole punch) e continuar a usar o Face das bocas ou é melhor continuar com o meu Redmi Note 9S e se quiser trocar, ao menos que seja por um Android ?

    • ervilhoid says:

      com 1 P9 já lhe tinha metido uma custom ROM

      • LarilasOS says:

        ah, eu não percebo nada dessas coisas…e depois ter de andar nos fóruns a ler em americano como é que se instala e qual é a melhor rom…apah, nã gosto de perder tempo c essas coisas! então na altura mudei pro Xiaomi Mi A2…que era uma porcaria porque vinha com o Android One…ah e tal, precisas de gravar a tela tinhas de instalar uma app para isso….e então com tantas apps que instalava, o telefone ficava lento pra cacete…então vim pro Redmi Note 9S que traz a MiUI 12 e é muito boa…parece iPhone (pelos icones e pelo centro de controlo) mas tem muitas mais funções que qualquer iPhone…ah…e Aplicações Clonadas? Sim, a MiUI 12 já tem isso há dois anos…parece que é uma novidade do Android 12 que ainda nem saíu em todos os dispositivos!

        • ervilhoid says:

          compreendo, por não querer perder muito tempo com isso mudei para iOS.

          e sim, a MIUI era fantástica e algo similar ao iOS

          • LarilasOS says:

            A feature que eu mais gosto na MiUI é poder abrir qualquer vídeo no YouTube e tocar o vídeo com o ecrã desligado….e não é nenhum apk nem nada de premium….simplesmente veio com o telemóvel…é muito fixe ir nos transportes públicos, ouvindo um concerto no YouTube com o ecrã desligado e o telemóvel no bolso…não conheço nenhum telefone que traga isso de fábrica.

  8. Mário says:

    Eu apago logo o Facebook, ocupa muito espaço. Por carga de água tenho de dar o meu nome real? Tenho uma conta com um nome alternativo, apaguei a minha conta original porque os meninos não apagaram as fotografias que eu eliminei, continuavam nos servidores deles. O youtube uso para ver, não publico Fotos nem digo o que vou fazer tal como no Twitter .

  9. lopes says:

    A malta fala, fala, fala, wiscas e saquetas mas depois não passam sem as rede sociais, nada de novo.

    Eu uso e abuso e nem me preocupo pois ele só cuscam o que eu lá meter, fora isso, são ferramentas de interação com amigos, familiares, negócio, empresas.

  10. gfasdsdf says:

    Comprei um telefone de 1300 euros para ter privacidade e agora nao posso utilizar o facebook ? que cambada…

  11. ervilhoid says:

    será que o Messenger sofre do mesmo?

  12. Miguel says:

    Espero que a Apple toma uma posição sobre isto e a Europa aplique uma multa bilionária.

    Está na altura de alguém parar o Facebook, já vimos que o poder na América não vai fazer nada já que o Facebook se deita todos os dias com NSA, FBI, CIA e por aí fora…

  13. says:

    Investem sabe-se lá quanto para saber onde andas ao segundo, com quem falas e o que falas para depois atirarem com um anúncio de m**** que nem a 1% de quem pára para ler interessa?
    isto realmente dá asas a teorias da conspiração que existe é “alguém” com maior interesse em saber onde as pessoas andam que usam os serviços do Facebook.

  14. Hugo says:

    Pois, os iPhones são tão bons que nem deixam bloquear essas coisas..
    Mudem para Android bloqueiam o que querem, tem essa opção… Seja livres….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.