Quantcast
PplWare Mobile

Saiba já quanto vão custar os novos iPhones 14 em Portugal

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Alecrim says:

    De $999 para 1349€. Lindo….

  2. secalharya says:

    Pro Max com 1TB: 2149€

    Baratinho…

  3. Duck says:

    E o 13 vai descer uns 100€ ?

  4. Rui says:

    Como é que um telemóvel que custa 600 dólares no us fica a 830 em Portugal? Mesmo com IVA dá apenas 740 euros… Esta tudo 100 euros acima do justificado, ou pelo menos aparenta estar…

  5. Rui says:

    Alias pelo que vejo tanto o 12 como o 13 está 100 euros mais caro do que estavam no site da Apple antes do invento…

  6. Andre says:

    Mas não tem o processador dos modelos do ano passado?

    • Vítor M. says:

      Se ainda são os mais poderosos do mercado, e ainda estão longe do seu limite, o importante é o desempenho e as novidades. Que são muitas 😉

      • Pedro Fernandes says:

        Mas, no vosso artigo anterior dizem isto:

        “Há também que contar com o novo SoC A16 Bionic, que garante mais poder de processamento e melhorias substanciais face aos modelos do ano passado”

        Estou confuso. Afinal o soc do ano passado justifica os mais de mil euros, ou o novo soc é que justifica, uma vez que traz melhorias substanciais?

      • Daniel says:

        Vitor M. vamos ver o que diz de sua justiça o Sr. Louis Rossman quando os novos brinquedos da Apple lhe começarem a aparecer na loja para reparação!
        Se há pessoa neste planeta capaz de destruir em argumentação a Apple é este tipo!
        https://www.youtube.com/user/rossmanngroup

        • Vítor M. says:

          Esse ganhou a vida com a Apple 😉 por isso, ele fala fala mas ganha o seu e a Apple está-se a marimbar para ele. Se calhar as marcas vão deixar os negócios para os outros, queres ver? 😉 o mundo da tecnologia não é para quem dorme, muitas marcas dormiram e foram-se. Olha a Toshiba, Sony, a Samsung e outras marcas no segmento dos computadores. Se fosse fácil…

          • Daniel says:

            Ele sempre assumiu que ganha dinheiro com a Apple.
            As críticas dela a Apple dividem-se em três aspectos. A dificuldade que ele tem em encontrar peças não contrafeitas para reparar os produtos Apple. Demonstra as más práticas da Apple para com os clientes em que os clientes são constantemente enganados em relação a possibilidade de um equipamento ter reparação por um preço muito mais baixo que a marca cobra substituindo partes inteiras muito mais caras. E finalmente ele expõe com detalhe técnico mas com linguagem muito simples falhas de concepção de produto e má qualidade de construção do produto expondo muitas vezes a falsa publicidade a características anunciadas pela marca.
            Sim ele às vezes tem um discurso um bocado radical, concordo. Mas que mete bem os dados na ferida,
            Não é um Ronaldo em termos de seguidores mas 1.72 milhões de seguidores é bastante decente para um youtuber “electronic need”.
            Compreendo também que um tipo que consegue argumentar ao nível técnico com um Apple fan boy, deixe os fan boy com os nervos em franja. Eu pessoalmente vejo os vídeos dele para aprender mais qualquer coisita de reparações de electrónica e divirto me com a desconstrução que ela faz do mito Apple. Mas isso é um gosto pessoal vale pelo que vale.
            Nota ele faz videos também de reparações de outros equipamentos não Apple, e têm tido influência no movimento “right to repair” nos EUA onde tem feito lobby junto dos governos estatais em alguns estados norte americanos. Recomendo ver alguns dos vídeos que são bem interessantes para se ver como os lobistas das grandes marcas se movimentam nos bastidores

          • Vítor M. says:

            Sim eu sei, mas lá está, ganhar dinheiro com eles e ao mesmo tempo abrir uma guerra contra a forma como ele ganha dinheiro… estás a ver aquela cena marada que padecem os americanos? É a cena dele.

            Claro que a Apple não quer peças contrafeitas nos equipamentos, não quer que sejam terceiros não autorizados a reparar os equipamentos, não quer que possam “mudar” determinada arquitetura que possa “infiltrar” malware nos sistemas. Depois tem, claro, a parte comercial. A Apple é uma empresa que visa o lucro e nisso só temos de apoiar. Se fosse uma TAP era preocupante.

          • Daniel says:

            Se me disseres que os amreicanos têm uma maneira muito própria de ver o mundo sou o primeiro a concordar, porque aqui na Arabia Saudita onde trabalho com mutos, posso garantir consegeum ser dos seres mais estranhos e marados com que alguma vez interagi. É bem verdade que aqui aparece a fina nata da “espécie Redneck” mas isso dava pano para mangas para outra conversa.

            Em relação ao Louis Rossman e sua verticalidade nos negócios é igual a qualquer outro negócio de reparação. seguindo a tua lógia não deveriam exisitir reparadores não autorizados:
            Eu até consigo compreeder esse argumento num mundo utópico perfeito, tudo deveira funcionar na perfeição até ao dia em decidiammos que já não queriamos usar mais um produto, e que, só em caso de acidente grave com um equipmento era ncessária a intervenção da marca e somente a marca.
            A luta dele é tornar possivél que o cliente, seja Apple, seja de qualquer outra marca, possa ter a opção de escolher o que quer fazer com o equipamento é dele por direito se nã oquiser optar pele proposta da marca e a marca disponiblize as peças para reparação e manuais a quem queira reparar desde que não altere o produto conservando a integridade do mesmo, não usando peças contrafeitas ou altere componetnes.
            No fundo ele domonstra que de certo modo quem compra Apple não é verdadeiramete dono do produto porque está a mercê da marca.
            Mesmo depois ter pago na integra um produto a marca dá-se ao luxo de extorquir dinheiro desnecessáriamente ao cliente por algo que pode custar uns poucos euros a reparar por um tecnico qualificado sem alterar ou adulterar o produto.

            Já agora quando dizes que a Apple se está marimbar para o Louis Rossman dá uma vista de olhos a este artigo da iFixit de 2016… e o homem ainda está no activo…
            https://www.ifixit.com/News/8210/rossmann-repair-legal-threat

            Já agora esta reportagem da CBC é muito interssante de ver:
            https://www.youtube.com/watch?v=o2_SZ4tfLns

            Depois tens aqui o “duo maravilha” 🙂 Louis Rossman e o Linus da Linus Tech Tips a dar na cabelça da Apple, juntos têm “SÓ” mais de 16 milhões de subscritores com muitos milhões de visualizações por video, portanto não são uns “putos” lá do bairro a queimar fusiveis.
            https://www.youtube.com/watch?v=EdwDvz47lNw

      • Boss says:

        Muitas, tirando o sos por satélite nao vi nada.

    • David Guerreiro says:

      O A15 é do ano passado, mas é o de topo com mais cores na gráfica. Basicamente querem forçar a gastares nos Pro para teres o último SoC. E assim aproveitam os A15 para os da gama mais baixa.

  7. Tiago says:

    no site da apple diz 1349 euros no iPhone 14 pro e não 1189, como e que é possível tal diferença de preço em relação aos 999 dólares? ridículo

  8. José says:

    Efetivamente exageraram bastante no preço…se não estou em erro o iPhone 13 Pro saiu por 1179€, agora o 14 Pro tem um valor de 1349,00€, temos assim uma diferença de 179,00€.

    Mesmo com o Dólar mais forte que o Euro não me parece que se justifique tanta diferença…

    Nem 999 USD + variação Dólar vs Euro + Taxas = 1349 ???

    Cenas…

  9. Antonio Santos says:

    1349 € a 2049 € por um telemóvel??!… nope!… thank you very much!

    • David Guerreiro says:

      Não se preocupe, que não lhes vão faltar clientes.

      • secalharya says:

        Claro, estão viciados no consumismo e depois admiram-se de não sair da miséria. Gastam 2-3 ordenados num aparelho eletrónico só para estar na moda…

        • Paulo T. says:

          Cheiras a comuna que vive de subsidio.

        • Fusion says:

          2 -3 ordenados? No meu caso é um ordenado e ainda sobre dinheiro.. se o senhor não trabalha ou não se esforçou na escada social para ter um bom emprego não venha culpar os outros.. quando era novo via os outros irem para os copos todas as noites e eu ficava a estudar. Hoje em dia tenho uma boa vida, eles continuam nos copos e a fazer comentários desses 😉

          • Nuno says:

            Fusion, eu andei nos copos a minha vida estudantil toda e hoje ganho para cima de 5000 euros, que não deixa de ser um ordenado simpático. Esse mito está desfeito.

          • Fusion says:

            Bom para ti Nuno, no entanto és a exceção a regra, pois a maior parte das pessoas que conheço que eram amigos do bon vivant ao invés de estudar, hoje esta a fazer entregas, McDonalds e afins

          • David Guerreiro says:

            E há quem tivesse estudado muito, e hoje ganhe pouco. Essa teoria vale o que vale. E até há quem não tenha estudado nada e ganhe muito (ex tachos partidários).

          • Fusion says:

            David disse estudar, mas também podia ter dito trabalhar. Obviamente que existe sempre exceções, mas normalmente quem quer trabalhar e que mais acredita que consegue se não é de uma forma é de outra.. quantos é que não conhecemos que se queixam que não têm trabalho ou que são mal pagos mas depois não fazem nada para mudar isso? Ah isso não quero ou isso não gosto…
            Muitos em vez de perderem tempo todos os dias na Netflix ou nas redes sociais podiam procurar certos cursos online tentar aprender uma area nova, olha area do IT por exemplo.. mas lá está é mais fácil queixar e dizer que ganham pouco e o pais é uma treta (o que até posso concordar) do que efetivamente fazer pela vida

          • Boss says:

            Um ordenado e aonda sobra, olha que ganhas muito pouco, eu posso dizer que é um 1/3 do ordenado e andei nos copos quando devia andar e estudar quando devia estudar. Não vejo necessidade alguma de teocar por exemplo um 12 pelo 14 mas isso sou eu. Não tem nada disruptivo mas é claro que enquanto houver compradores os preços não vão baixar qualquer empresa faz o mesmo se consegue vender a 1000 porquê vender a 500.

      • Luis says:

        verde, os clientes da cofidis

    • Toni da Adega says:

      Actualmente tudo que seja abaixo dos 1000€ vai ser considerado budget ou low cost

      • David Guerreiro says:

        A Apple é como a Ferrari ou a Lamborghini, fazem carros para quem pode, não para quem quer.

        • Luis says:

          sim, até parece que 30% da população tem um ferrari. Deves ser mais um que comprar o iphone às prestações para mostrar o dinheiro que não tens.
          Eu felizmente tenho posses para comprar um iphone (a pronto), simplesmente escolho não o fazer.

  10. Lulu says:

    Lá tenho que ir para segurança social para poder comprar o iPhone

  11. DFS says:

    A diferença do preço de Portugal para EUA deve-se essencialmente a importação, iva, e ao facto de garantia ser de 3 anos em vez de 1.
    O euro desvalorizou num ano cerca de 20% pelo que nada me surpreende esta diferença. Aliás, a média do preço de venda dos smartphones em geral aumentou 20% este ano.
    Vamos ver qual o aumento dos salários para o ano, mas começa a ficar mais difícil para a generalidade dos portugueses comprarem um Iphone.
    Tendo em conta a diferença do 13 para o 14, penso que deve compensar comprar o 13, ou para quem tiver muito dinheiro comprar o 14 pro.

    • secalharya says:

      Compensa é comprar um 11.
      Comprar um 13/14 é deitar €€€ para o lixo. Demasiadamente caros.

    • David Guerreiro says:

      O mercado português é uma gota no oceano. Só o mercado britânico, o japonês e o norte-americano dava para a Apple viver à grande e à francesa. A Apple não está a pensar em quem ganha pouco, isso é o cliente que não lhes interessa. Eles querem é o cliente que paga sem perguntar o preço. Vais a lojas num shopping no Dubai e não tem preços afixados. Se perguntas o preço é porque não podes pagar. Os emiratis chegam lá e dizem quero isto e aquilo, o valor pouco importa.

  12. Trolha Men says:

    TOP TOP, OBRIGADO GRANDE APPLE.
    Com os 125 em Outubro na conta, vou comprar é para isso que serve o dinheiro INFLAÇÃO.

    • Trolha Men says:

      Observação: ganho ordenado mínimo.

    • David Guerreiro says:

      Ao comprares o iPhone, na verdade ajudas a manter a inflação, pois a inflação é o resultado de um desfasamento entre a oferta e procura.

    • Boss says:

      Um ordenado e aonda sobra, olha que ganhas muito pouco, eu posso dizer que é um 1/3 do ordenado e andei nos copos quando devia andar e estudar quando devia estudar. Não vejo necessidade alguma de teocar por exemplo um 12 pelo 14 mas isso sou eu. Não tem nada disruptivo mas é claro que enquanto houver compradores os preços não vão baixar qualquer empresa faz o mesmo se consegue vender a 1000 porquê vender a 500.

  13. Ricardo says:

    Ainda gostaria de perceber como é que um telemóvel que mantém o preço nos estados unidos sobe 200 euros na Europa…

    • ERUS says:

      Então o transporte para cá e a carga fiscal a somar, querias comprar as coisas o preço de lá sem pagar impostos maravilha…

      Até acho pouco a Apple devia era cobrar mais ainda, já tem filas de espera para comprar…

  14. Jane Doe says:

    Os casais com 15 filhos podem comprar um com o subsídio do Costa! 😀

  15. claudio says:

    Este Iphone agora ja dá para ligar para os outros planetas. Ligações ao universo.
    Gastar 1000euros num telemovel é um desperdicio, para mais que para o ano vai sair outro que há de custar 2000 e 2000 e tal que faz o mesmo que este ou então que faz ligações para o impossivel.

  16. SANDOKAN 1513 says:

    Mais 110 euros para a versão mais básica,relativamente ao ano passado ?? 2021-929 euros ; 2022-1039 euros. Tá boa esta. 🙂

  17. Manelito Pereira says:

    Vou comprar um de cada! DASSS Por o andar da carruagem um iPhone de $999 na Europa vai custar 2000€

  18. Rui says:

    Bem, pelo menos os pro já não tem aquele horrível e ultrapassado notch. Quem andar com um iPhone com notch, seja dos novos ou antigos, é quase como ter um android… 🙂

    • SANDOKAN 1513 says:

      O notch foi substituído pela Dynamic Island.É uma zona sem pixeis que alberga a câmera frontal e que está inteligentemente integrada com animações do ecrã.

    • Zion says:

      Olha que não incomoda, quem anda com Iphone nem se lembra do notch, até porque não afecta em nada. Poderia não existir?sim, mas não é um factor determinante para quem compra.

  19. SANDOKAN 1513 says:

    Se não estou em erro o iPhone 13 já foi retirado da loja online da Apple.Eles não perdoam.É logo na hora. 🙂

  20. Tiago says:

    O telemóvel não vale isso. Por 1500 euros compra um de 500 e com os 1000 vão de férias. Mas, infelizmente esta população tem falta de literacia financeira.

    • Nuno Silva says:

      Para que comprar um de 500€ … Compro um por menos de 300€ e faz o mesmo que qualquer um de +1000€ … Dizem os entendidos que este é x segundos mais rápido … em vez de usar o telemóvel 30 min por dia tenho que usar 35 min he he he …

  21. Paulo T. says:

    Sao o melhor que saiu ate hoje. Tecnologia de deteçao de acidentes e ligaçao por gps muito bom. Depois o iOS nao da chance ao android muito muito melhor.

    Pena que ainda nao consigo ir ao iPhone 14 plus mas vou pensar no proximo ano trocar o meu xr.

    Bom bom e ver os choroes do costume e dizer mal porque são uns choroes. XD

    • O meu nome? says:

      “Sao o melhor que saiu ate hoje. Tecnologia de deteçao de acidentes e ligaçao por gps muito bom. Depois o iOS nao da chance ao android muito muito melhor.”

      Mas quê , estás a contar ter muitos acidentes para o próximo ano ? … Ouçam , 1500€ tá barato, tem deteção de acidentes!!!!

    • Pinto says:

      Ligação por GPS que so vai funcionar nos EUA

    • Pinto says:

      Deteção de acidentes tenho ADAS no carro e comunicação de SOS imbutido, ou tens dinheiro para iphone e conduzes sucata?

      • Nuno says:

        E se a sucata for um Ferrari 275 GTB/4 de 1967? Por este argumento não esperavas tu, ò Pinto! (estou a brincar, o ambiente está muito denso).
        1500 paus, se te salvar a vida, é de borla!

  22. Carlos says:

    Já fui utilizador de vários equipamentos da Apple nunca de iphones e já mais seria. Existes excelentes opções de outras marcas bem superiores e com preços bastante inferiores. O único equipamento que tenho é o imac 24 bastante inferior ao anterior que ficou no ios 10.6…

  23. Mercedes dourado says:

    Consome, mata a fome! Para certas pessoas sai cada vez mais caro preencher o vazio.

  24. iDespairing says:

    Esperem mais um ano ou dois para trocar de telefone e poupem para pagar combustíveis e electricidade neste Inverno e no próximo.

  25. jorgeg says:

    so barato deveria ser €5000.00 no minimo pela elevadissima inovacao de mudarem o nr de 13 para 14

  26. Zion says:

    Realmente só mesmo a Apple para gerar tantos comentários, a poucos dias atrás saiu um artigo sobre os novos produtos da Samsung (fold e flip) mas não vi tantos comentários acerca do preço. Cada um compra o que quer e ponto final, se for a pronto ou prestações é problema dele.

  27. Daniel says:

    Eh pá isso não se faz…. esses preços são 10x mais que a oferta de 125€ do Costa pá!

  28. PorcoDoPunjab says:

    Ainda não estão caros o suficiente para separar o trigo do joio.
    Não os quero…

    Passei a vida a beber copos e hoje sou enólogo premiado… Nasci para isto, talento puro.

  29. Joao Ptt says:

    O ambiente é tão importante que temos 14 (quatorze)!!! versões diferentes… porque o ambiente só importa às vezes, mas o lucro importa sempre.

  30. Anônimo says:

    Dúvida sem preconceito. Meu smartphone é um device que não posso classificar nem de apoio pois uso basicamente para comunicação . Qual a utilidade real de um smartphone poderoso?

    • Reis says:

      Trabalho, produtividade e lazer (jogos e vídeo). São estes os principais atributos de utilização de um smartphone poderoso. Eu por exemplo uso muito para trabalho , a parte dos jogos nem precisava de um processador poderoso porque não jogo nada de especial e como já referi , tenho um iPhone 8 que aguenta os jogos que uso no 12 … Sim, demora um pouco mais a carregar e às vezes trava um pouco mais mas nada que justificasse a troca.

      • Anonimo says:

        Perguntei porque não consigo me acostumar a fazer nada de relevante com uma tela tão pequena e um teclado incomodo, tentei muitas vezes, mas desisti, só uso para coisa trivial. Imaginou que seja mais má vontade de minha parte.

  31. Diogo says:

    Troco T0 por iPhone 14 Pro Max

  32. Reis says:

    Tenho o 12 pro com 256 Gb – MANTER ! Está perfeitamente bom – aliás tenho um iPhone 8 que apesar de em performance ser mais lento, ainda serve perfeitamente para tudo o que lhe atiro para cima (só adquiri o 12 porque os meus olhos já não gostavam muito do tamanho do 8)…
    A Apple desde o 12 que está com dificuldades em lançar algo que realmente justifique uma troca : sim o processador vai sempre evoluindo mas o software nos últimos anos não tem mudado assim tanto, quer ao nível da loja quer do próprio sistema operativo

    • Diogo says:

      É verdade que melhoram o processador. Mas qualquer iPhone é super rápido. Tenho um iPhone 11 que corre tudo e mais alguma coisa. Em vez de gastarem dinheiro a desenvolver processadores com capacidades que não conseguem tirar proveito, podiam empenhar-se em poupar nos custos de produção para venderem a um preço que alguém “normal” consiga comprar. Isso sim, seria algo “diferente” num lançamento da Apple. Mas mais de 2000€ por um telemóvel?… Sinto-me gozado. Mas a verdade é que há quem compre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.