PplWare Mobile

Keynote Apple: Que novidades poderá mostrar amanhã?


Autor: Vítor M.


  1. Nelson says:

    Vitor M

    Seria um erro crasso a Apple não lançar Apple TV’s.

    Sabes porquê?

    Porque a partir do momento que a Google faça um “android para a TV” sério, certas e determinadas marcas, nomeadamente:

    Samsung
    LG
    Sony
    Panasonic

    Ou seja, a maior parte das fabricantes de TV’s, têm dois caminhos: beijar o anel da Google, e fazer Smart TV’s com Android (e Play Store), ou esquecerem de vez as linhas de smartphones e tablets Android.

    Mais tarde ou mais cedo, as Smart TV, vão precisar de um sistema operativo “a sério”, não vejo grandes futuros para os SO’s das Smart TV’s atuais, nem vejo um futuro onde compras uma TV, e tens de andar a comprar a box á parte, nem vejo um futuro de VOD onde tenha a App para a TV do teu vizinho, mas não tenha para a tua TV. Muito menos um futuro onde o VOD não seja igualmente possível no teu tablet, smartphone e TV e se calhar, até carro. Além disso, que SO achas que os fabricantes pequenos vão usar nas TV’s, achas que têm capacidades para desenvolver uma plataforma?

    Não!

    Vai ser android!

    E se for android, tem de ser o Android com as cenas fechadas todas da Google, porque esses mesmo fabricantes de televisões, também são os fabricantes de tablets e smartphones!

    E um fabricante, ao beijar o anel da Google, isto é, ao utilizar o “Google Play Services”, e a “Google Play Store”, beija em todos os dispositivos que faça. Por exemplo, a acer teve a (infeliz) ideia de pôr um Android chinês no seu telemóvel, sabes o que aconteceu? A Google deu-lhe um ultimato, ou continuava a usar o Android chinês, ou nunca poderia pôr as Apps da Google (inclusive Play Store, e API’s) nos seus dispositivos, PARA SEMPRE.

    Claro que a acer recuou.

    Felizmente, alguns fabricantes têm o seu plano B (p.ex. a LG tem o WebOS), mas já se sabe, isso é mesmo pequenino, não há apps, e não há os serviços mais cobiçados da Internet: Gmail, Gmaps, Getc’s…

  2. Alexandre says:

    Há quem diga que a Apple vai manter o actual iPad Mini e o novo, como fez com o iPad 2 que ainda é comercializado hoje.
    Seria uma boa maneira de ter um tablet “mais barato” para combater o Nexus 7 e Samsung Tab 8.
    Vamos ver.

  3. Vítor Silva says:

    A que horas começa (Hora portuguesa)?

  4. Nunes says:

    O iPod Touch já teve uma actualização quando saiu o iPhone 5S – nova cor escura! Por isso não é de esperar mais nenhuma novidade!
    Não me parece que faça grande sentido um iPad dourado, não tem o mesmo “valor” como objecto pessoal que o iPhone para ter essa opção. Um iPad dourado corre o sério risco de afectar a imagem como alternativa a um portátil.
    Tb não se deve esperar um iPad mini de plástico, o “mini” actual tem margem suficiente para baixar o preço em 50$, e segundo os rumores certos modelos ainda existem em stock em grandes quantidades, provavelmente já a preparar para a nova gama baixa.
    Uma coisa que muito provavelmente vai ocorrer é o desaparecimento do iPad 2!

  5. D says:

    Estou à espera de novidades do iPad 🙂

  6. Laurinda says:

    Podiam anunciar a da Nokia também. 🙂

    • Tavares says:

      Laurinda,deves estar a brincar!! Com uma apresentação da Apple no mesmo dia querias que o Pplware se “preocupasse” com a Nokia..?? Talvez lá para a semana dêm alguma “noticia”…depois de até sabado(pelo menos!) escalpelizarem bem as “novidades” que a “maçã” vai apresentar!!

  7. Nelson says:

    Quanto ao mac pro, já se sabe…

    “uhuhu, eu, com menos, faço um PC mais potente, junto uma geforce xpto, um intel core i7 xyz, mais um SSD SATA bláblálbá, e depois ponho-lhe um overclock, e já está!”

    • wishmaster says:

      Estás a ver como tu até sabes..? 😉

      Pessoalmente, estou a borrifar-me para o design da caixa onde estão os componentes. Aliás, em desktop, quanto maior, melhor.

      • Nunes says:

        “em desktop, quanto maior, melhor”
        em termos de refrigeração, caixas grandes têm problemas.
        A ideia desta máquina é ter grande performance com óptima refrigeração, e com a expansão que se quiser, sem estar limitado pelo tamanho da caixa!
        Se resulta… é o que se vai ver! Mas acredita que não é uma máquina que consigas montar barato indo a uma loja!

      • Nelson says:

        Não é a mesma coisa!

        Xeon
        Quadro/FirePro
        ECC RAM
        Dual CPU

        É tudo muito mais caro que as versões PC, é uma Workstation, e vais á Dell, e vês que também são caras.

        Mas não interessa, não te interessa? Deixa na borda do prato.

        Além disso, design também conta, quanto melhor o design, mais tu gostas de usar, mais queres usar, logo, tens mais pelo mesmo dinheiro. Explicado.

        • Nelson says:

          PS: PCI-X 3.0, etc. etc. etc…

          Há, e Thunderbolt, que é mel para que edita video… e então se codificares video 4K ou mesmo 1080p em 4:4:4, é indispensável…

        • wishmaster says:

          O meu não tem design quase nenhum e gosto de usar na mesma. A imaginação e criatividade vêm do teu cérebro, não da máquina.

          Quanto à refrigeração, vais ver se ele não fica quentinho…O meu no Verão tá sempre fresquinho e nem tem um grande cooler.

          • Nunes says:

            Embora a relação não seja linear, para se poder arrefecer uma caixa maior é necessário mais ventoinhas e mais energia. É por isso que as melhores caixas tentam criar zonas isoladas entre componentes para que o arrefecimento de certas áreas seja mais eficiente – na prática estão a reduzir volumes! Mais ventoinhas implica tb mais barulho, e para trabalhar implica enfiar a máquina longe dos ouvidos!
            Usando um sistema que tira partido do fenómeno de convecção e direcciona o calor para uma zona central, passa a ser possível usar uma única ventoinha com grande eficiência e muito mais silencioso!

    • Nuno Vieira says:

      Eu por acaso preferia a versão antiga do Mac Pro. Esse sim era uma boa máquina e era o Mac Pro mais expansível (embora a Apple pro algum motivo acha o contrário). Preferia que lançassem um Mac Pro com as especificações do novo mas com a forma do antigo.

      Se alguém quiser fazer um upgrade do GPU pode logo tirar o cavalinho da chuva que neste está fora de questão visto utilizar um conector proprietário. Em caso de avaria do GPU fora da garantia o preço também não deve de ser nada simpático.

      Não ter conectores disponíveis PCI-Express também limita a expansibilidade do computador.

      Algures no desenvolvimento a Apple esqueceu-se que estava a desenhar o Mac Pro e desenvolveu um Mac Maxi.

      • Nunes says:

        Não sei onde é que vais buscar essa informação mas parece-me claro que estás um pouco mal informado.
        Quem quiser fazer um upgrade irá certamente ter opções para o fazer, sendo teoricamente possível usar placas gráficas e outras placas PCI por expansão externa através do Thunderbolt 2. Será certamente uma das coisas em que a Apple trabalhou – é uma das razões para a Apple esperar pelo Thunderbolt 2 para lançar o novo Mac Pro.
        Terá a vantagem de não ficar limitado pelo tamanho duma caixa ou número de slots, pois não só poderá usar mais do que uma caixa externa como poderá escolher diferentes tipos de expansão! E isso traz outro benefício, pois poder-se-á usar esse hardware com diferentes computadores caso seja necessário.
        A única questão que fica é em termos de performance, mas para responder a isso há que esperar pela máquina!
        Quanto a substituir o GPU dentro do computador, não há qualquer questão com o conector. O problema é que será necessário usar uma placa feita para tirar partido do sistema de refrigeração do Mac Pro. Mas parece claro que a Apple vai apostar forte em ter placas de grande performance para este computador. O facto de usar duas mostra bem onde a Apple quer chegar – OpenCL!

        • Nuno Vieira says:

          Eu espero que estejas a brincar com a ideia de utilizar o thunderbolt para ligar um GPU. A diferença entre as duas versões não são assim tão grandes. A largura de banda total mantêm-se inalterado com a nova versão. A grande diferença é que na nova versão pudemos agregar dois canais duplicando a largura de banda. Mesmo assim a nem sequer chega próximo à largura de banda necessária para utilizar o x16 PCIe 3.0. É por isso que o protocolo suportado pelo Thunderbolt 2 é o mesmo que a primeira revisão, 4x PCIe 2.0. Tudo bem em usar o thunderbolt para ligar um GPU para usarmos no dia a dia, agora utilizar uma conexão 4x PCIe 2.0 para ligar-se um GPU de workstation é no mínimo ridículo.

          O conector onde liga o GPU é proprietário, não é o conector usado pelas outras placas PCIe. Por isso não é assim tão simples como fazer crer, criar uma placa que se consiga ligar no Mac Pro.

          No ultimo ponto tens razão esta é a primeira vez que a Apple utiliza um GPU decente no Mac Pro, mas lá está, antes tínhamos a hipótese de o substituir.

          • Nunes says:

            No Thunderbolt 2 a largura de banda utilizável por um periférico passa para o dobro, por isso a diferença é considerável.
            Quanto a ligar a um GPU por Thunderbolt, sim, faz todo o sentido se quiseres aumentar a capacidade de cálculo do teu sistema, resta saber se a Apple já conseguiu aperfeiçoar o software de distribuição de recursos, mas tendo em conta o uso tão proeminente de duas placas no próprio computador, eu diria que sim!
            São duas placas de origem no computador, isso não é coisa para ignorar. Quase de certeza que haverá opções para trocar essas mesmas placas, no mínimo da Apple. Poderão ser mais caras, mas existirão!
            Quanto ao conector ser proprietário, não fazes ideia, ninguém ainda teve forma de ver como é que liga, mas será certamente compatível com PCIe por isso de proprietário será pouco, no máximo é uma conexão não standard. Mas como eu disse não é isso que importa ao caso, pois será necessário que a placa se adapte ao sistema de refrigeração, por isso é uma placa à medida!

      • Nelson says:

        Para que é que queres fazer um upgrade do GPU?

        Fazes um upgrade do GPU quando fizeres um upgrade do CPU, da RAM mais rápida, I/O mais rápido.

        Isto é uma maquina de trabalho, não é uma maquina de jogos! Já dizia Seymour Craig, pai do super computador que é fácil fazer um CPU rápido, difícil é fazer um computador rápido.

        A maior parte das críticas vem de pessoas que acham que “grande computador”=maquina de jogos.

        Workstations, seja apple, seja HP, seja Dell, seja sun (bons velhos tempos), seja apple, seja o que for NÃO SÃO MÁQUINAS DE JOGUINHOS!

        Informa-te sobre o thunderbolt e os seus acessórios!

        Ainda não há Mac Pro e já existem acessórios, como codificadores externos h.264, com a saída deste, deverão começar a escoar equipamentos TB, e se quiseres, aposto que não sabes, mas podes converter PCI-X para thunderbolt, inclusive, gráficas.

        • Nelson says:

          *PCI-Express

        • Nuno Vieira says:

          Mas por acaso onde é ouviste-me a dizer que o Mac Pro é um computador para jogos? Que eu saiba um computador de jogos não precisa de um CPU de Workstation/Server, bem como não precisa de um GPU de Workstation ou de memórias com ECC.

          E a minha crítica é essa mesma. Se isto fosse um computador para jogos eu compreendia a sua forma. Mas não é, é uma Workstation.

          Em relação em teres GPUs a correr usando thunderbolt, lê o meu comentário mais acima (sou preguiçoso para reescrever tudo outra vez) para veres o quanto ridículo isso é.

  8. wishmaster says:

    Parece um caixote do lixo de WC….loooool

    https://www.youtube.com/watch?v=rqDioqNM-Kc

  9. Anderson Silva says:

    Eu só quero o Mavericks 😀 para o restante das novidades não tenho dinheiro mesmo 😀 para comprar …

  10. Pedro Graça says:

    O Note 3 já saíu.

  11. André Carvalho says:

    Boa análise Vitor, resta esperar por amanhã! 🙂

  12. Benchmark do iPhone 5 says:

    As novidades são:
    – iPad 5 mais fino e leve
    – iPad mini 2 retina display (2048 x 1536)
    – os dois com processador A7X de 64 bits
    – com “cover”/teclado à Surface.

    • D says:

      O iPad mini quase a certeza que não terá o mesmo processador! Muito menso 64bits! Quanto ao iPad 5, aguarda-se mais novidades!

      • Nunes says:

        Tb acho bastante provável que enfiem o A6X no iPad mini, mas há alguns rumores que falam na possibilidade de usar o A7 igual ao do iPhone5S.
        Certamente que isso impulsionaria uma adopção muito mais rápida do 64bits por parte dos programadores, e daria uma vantagem sobre os competidores!
        Esperar para ver

  13. Pedro Pinheiro says:

    Aposto numa smart cover do género do Surface para os iPads… Li a notícia hoje num outro site e parece-me fazer todo o sentido se pensarmos na frase do convite: “We still have a lot to cover”

  14. Hugo Soares says:

    Na minha opinião, seria bom para a Apple apostar num iPad Mini não retina em plástico e por consequência mais barato e num novo iPad Mini com ecrã retina com o novo A7. Desta forma conseguia estender a oferta nos tablets e tentar tirar, desta forma, partido ($$) disso.

    O mercado dos tablets está inundado de marcas, tamanhos e feitios. E por isso acho que a Apple devia apostar forte neste segmento ou tentar criar outros segmentos de mercado com a apresentação de novos produtos, como os smartwatchs, TV e afins. Se não me engano, li algures o Tim Cook a falar em impressoras… já faz algum tempo, mas quem sabe.

    • Nunes says:

      Não vejo a usar plástico no iPad mini, terá muito pouca vantagem na redução de custos, pois a diferença deve andar perto dos 5$! A única razão para terem usado plástico no iPhone 5C foi para diferenciar mais os produtos, coisa que no iPad mini não é muito necessária nesta altura pois haverá diferenças visíveis para um iPad mini que use ecrã Retina!

  15. Bolsa says:

    Ora bolas devia ter comprado acções da Apple hoje para vender amanhã…. 🙂

    • Nelson says:

      Já vão em 521 🙂

      Andou aí muito má publicidade a dizer que a Apple baixou em 35% o volume dos 5C…

      Só que depois disseram que aumento em 75% o 5S… pronto, eles já ficaram mais contentes…

  16. Link says:

    Como isto é sempre muito especulativo, acho que podem muito bem apresentar novidades em todos esses produtos excepto o SmartWatch e a SmartTV. Acho que se isso acontecer só para o ano a correr bem. Acho que os ipod touch têm muito mercado nos states.. Mas já vi muitos por estas bandas por isso duvido que o fim seja para agora. Com a apresentação de novos ipads acredito que lancem também o IOS 7.1 com diversas melhorias. Eu cá vou estar atento ao ipad mini, macbook pro retina, e ios 7.1.

  17. Bónus says:

    O que eu queria nem se ouve falar: Aperture 4!

  18. Sergio J says:

    Eu continuo a apostar nas covers (muito possivelmente key Covers). A apple é muito cuidadosa na escolha de palavras dos slogans. Não me parece que fossem usar essa palavra (sabendo que tem um produto com esse nome) se não houvesse um trocadilho de palavras. “Temos muitas Covers para apresentar”. Claro que este não é o sentido principal, mas parece claro o trocadilho

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.