PplWare Mobile

Apple confirma evento de dia 22 de Outubro


Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

  1. The Man says:

    O link da homepage “Apple” não está correto.

  2. Laurinda says:

    Só medo da nokia. 🙂

  3. Nunes says:

    Eu não teria muita esperança que o novo iPad mini 2 trouxesse um processador A7 ou variante. Creio que é mais provável que traga o A6X, se calhar fabricado pelo processo de 28nm

    • martins says:

      who cares…

      • Nelson says:

        Como este blog é escrito em Português, não muita gente…

        Mas se fosse escrito em Japonês, Coreano ou Chinês, tinha gente muito interessada (Sony, Lg e Samsung, HTC, Acer, etc), para saber o que vão ter/como vão ser os novos iPads, para depois copiarem nos seus…

        • Quim says:

          Claro claro..especialmente para saber como é produzido o A6X ou o A7 lolol

          E vinham ao blog para ter informações (rumores) para começarem a copiar uns dias antes da apresentação oficial né?

          • Nelson says:

            Sim, como é que utilizam a mesma produção da Samsung, e conseguem melhor performance… coisa que no caso da Samsung, precisa de recorrer á Qualcomm…

          • Quim says:

            Ora deixa lá ver..

            A Samsung iria recorrer a blogs para “apanhar” informações/detalhes sobre o fabrico de processadores que é ela que os faz? LOOOOOOOOOOOOL

            E depois isso não é tudo preto no branco, eu aqui também posso fazer os moldes das peças mas às vezes é preferível comprar fora 🙂

          • Nelson says:

            Era só uma ideia…

            Então como é que é, faz CPU’s, e depois os seus próprios, não têm tanta potência, nem são tão eficientes como a concorrência?

            Como é que é?

        • Nuno Vieira says:

          Hmm, então foi isso que a Apple fez quando lançou o iPad Mini, Copiou a concorrência…

          • Nelson says:

            Copiou a concorrência como assim?

            iPad mini = cópia do iPad, mas mais pequeno

            A concorrência toda é que copiou o iPad em primeiro lugar…

          • Nuno Vieira says:

            Isso é a mesma coisa que dizer que o iPad é igual ao iPhone mas maior. Por favor…

            E como é que alguém copia a Apple se já existiam tablets bem antes do iPad. Ou seja a Apple pegou em algo que já existia e melhorou-a, algo que a Google também está a fazer.

          • Nunes says:

            @ Nuno Vieira
            Não sei onde é que encontras alguma coisa que se parecesse com o iPad antes dele surgir! O conceito geral de tablet sem dúvida que já existia, mas todos os produtos comerciais denominados como tablet tinham um funcionamento muito diferente a nível de software e hardware!
            Quanto à questão de cópia, não vejo como é que reduzir ou aumentar o tamanho de ecrã dum produto pode ser visto como cópia de concorrência, quando funcionalmente e em termos de hardware é igual ao que já estava a produzir!

          • Nelson says:

            @Nuno Vieira…

            Sim, o iPad é igual ao iPhone, mas maior, sim, mas a Apple também inventou o iPhone. LOL… grande lógica…

            Tablets antes do iPad? Aonde?

            Existam PC’s com um ecrã com sensor resistivo por cima…

            É como comparar um vinil com um CD, ambos são redondos, ambos servem para ouvir música, mas fica por aqui.

            Se não fosse, a MS não criaria a linha “Surface RT” e “Surface Pro”…

          • Nuno Vieira says:

            Desculpa-me Nelson, mas que eu saiba o Android não é um SO de PC. O primeiro tablet Android apareceu em 2009, o iPad apareceu em 2010. Pois é, a memória curta ou a cegueira é tramada.

          • Nelson says:

            Então… 2005 não é antes de 2009?

            Há uma diferença entre fazer “um tablet” e fazer “um tablet”, mas bem…

          • Nuno Vieira says:

            2005? Que eu saiba o iPad saiu em 2010.

            Mesmo que o iPad tenha saído melhor que as primeiras iterações de Android isso não quer dizer que a Apple não tenha ido lá buscar ideias. Só uma pessoa cega como tu é que pensa que a Apple inventa tudo e os outros copiam…

    • Benchmark do iPhone 5 says:

      Um ecrã Retina parece certo.

      • Nunes says:

        Não sei! Há informações contraditórias quanto à produção do ecrã! De qualquer forma o ecrã não obriga a usar o novo A7; o A6X já dá conta do recado

        • António says:

          Os ecras “retina” devido ao mundo todo adotar este tipo novos de ecras são baratos e produzidos em massa. No passado esse tipo de ecras não veio para o mini por gastar mais bateria, ser mais caro de produzir e limitar a produção desses ecras para o outros productos. Agora são produzidos para todo o mundo por isso já não se justifica nenhum produto da apple sem um ecra igual ou melhor que os retina. A unica razão neste momento é só para poupar bateria.

          • Nelson says:

            E o CPU do mini, o do iPad 2, depois ir-se-ia arrastar nos jogos com a resolução “retina”…

          • Nunes says:

            baratos e produzidos em massa? Ainda não vi nenhum tablet com a resolução que um iPad mini Retina deverá usar, no seu tamanho!
            Tem sido comentado que os fornecedores não têm sido capazes de produzir o ecrã nas quantidades necessárias para o lançamento. Essa será a única razão para não aparecer agora. O consumo de bateria resolve-se aumentando a bateria – é aliás um dos rumores

          • Nelson says:

            O consumo de bateria, não, não se resolve aumentando o tamanho da mesma, porque estámos a falar da Apple, e o produto tem de ser o melhor, tem de ter determinado peso para o tamanho, para causar o mínimo de desconforto ao usar.

          • Nunes says:

            @ Nelson
            aumentar a bateria foi a estratégia seguida no iPad quando passou a usar ecrã retina, por isso é certamente uma das possíveis opções para a Apple caso seja necessário. Muito provavelmente agora terá menor impacto no peso do aparelho, pois o ecrã deverá ser mais eficiente, mas é óbvio que acabará por consumir mais do que o ecrã que é usado no actual iPad mini

    • António says:

      Tens razão e explica-se bem a razão. além de o tornar mais barato não vai prejudicar o iphone e o ipad 5 pois esses dois equipamentos vão ser limitados na venda devido à limitações na produção do chip e do sensor de impressões digitais. Ou seja acredito que o mini também não traga para já essas duas tecnologias.

      • Nunes says:

        não me parece que tivesse qualquer problema de produção do SoC para não poder usar o A7 em mais produtos, pois necessitará sempre de ter capacidade de produção para fabricar um chip, e essa capacidade prepara-se com antecedência.
        Também não me parece que o preço justifique, pois a diferença não dever ser mais do que 5 dólares, se tanto. É sempre dinheiro, mas se o objectivo fosse usar o melhor o SoC, facilmente se justifica a diferença de dinheiro – por alguma razão a Apple usa alguns dos SoCs mais caros!
        A única razão para não usar um A7 é para distinguir melhor os iPads

  4. Francisco says:

    Isso é bom??? Só se for para o vitor. ehehehehe

  5. Sergio J says:

    eu acho que há um claro trocadilho com a palavra cover. Teremos de certeza novidades relativamente às smart covers. Teclados?

  6. xbuzzy says:

    mais um bom dia para ver invejosos a salivarem 😀

  7. Nuno Vieira says:

    Se lançarem o iPad espero que para além de este ser mais fino, também seja mais leve. Sempre achei o iPad um pouco pesado para usar em períodos longos quando não tenho este pousado em algum sitio.

  8. João Dias says:

    Estranho como ninguém fala do Mac Pro…

  9. RF says:

    Tenho um iPad 3 que gosto bastante pela sua simplicidade e funcionalidade.. no entanto o portátil do meu pai avariou e colocou-se a hipótese de se comprar um Tablet (uma vez que ele só utilizava o portátil para ir à net e ver os e-mail’s.. já que tem um portátil profissional). No entanto como gosta bastante de fotografia e de passar as fotos que tira para um disco externo que tem, o iPad ficou logo excluído! (atenção eu sei que dá.. mas tem que se fazer jailbreak, alimentar o disco, instalar um file explorer.. em fim uma complicação para ele!!) Resumindo.. o eleito foi o novo tablet da Microsoft, o Surface 2 de 64Gb uma vez que poderá ligar o tal disco externo pela porta USB e copiar o que quiser sem complicações, e ainda pode ter o Office para qualquer coisa que precise! Ou seja, eu que tenho um iPad e gosto dos produtos Apple, fiquei na dúvida se o irei manter precisamente pela funcionalidades.. Ou seja, para mim já era hora do iPad crescer em funcionalidades, e ter mais uma vez aquele efeito Wow que vem a faltar à Apple nestes últimos anos!

    • Benchmark do iPhone 5 says:

      Faz bem. Com um computador a intermediar não há problema nenhum em transferir as fotografias do iPad para um o disco externo. Com o computador avariado, já é azar, não consegue. O iPad não tem nem vai ter portas USB para transferências de ficheiros para pens/discos externos. Se lhe tira muito ou pouco Wow, não sei.

      O Office também dá jeito. Ballmer falou num Office para iPad mas não é para já. Há porradaria de “offices” para iPad, incluindo o iWorks que agora é gratuito, mas nem toda a gente se entende com eles. Eventualmente, com um tablet com Windows Pro ficava melhor servido.

    • Nelson says:

      Fez bem então… mas depois como é vai editar as imagens? Há apps competentes para isso?

      Em vez de um Surface 2 de 64, porque não ir para um Macbook Air de entrada?

      É um computador 100% completo, x86, com o software que o teu pai vai gostar, então o iPhoto, é o software ideal para quem gosta(va) de editar fotos, mas não saber usar softwares mais complicados, nomeadamente, Photoshop e Lightroom…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.