PplWare Mobile

iPhone 6 deverá vir com suporte para a tecnologia NFC


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Bruno Nunes says:

    E já vem muuuuuito tarde!

    • D! says:

      Sim porque de certeza que usas N vezes o NFC (not)

      Não acredito que venha, eles desenvolveram o passbook por isso mesmo.

    • Benchmark do iPhone 5 says:

      ZDNet:

      – “While NFC payment terminals are often seen in Europe” – já viram algum? Ela não está a confundir com cartões dos bancos com tecnologia RFID que não tem nada a ver com NFC. Por acaso tenho um cartão de débito desses (ditos, contactless) e ainda não encontrei nenhum sítio onde utilizar.

      – “If the next generation of iPhones are equipped with NFC, it may come at the right time as card providers including Visa begin the switch to chip-and-PIN in the US, and business cashier terminals will likely be upgraded across the country in the next few years as a result.” – tirando o “if” não sobra nada de concreto. O curioso é dizer-se “se a Apple adoptar, a coisa vai para a frente” (se não o NFC continua encalhado, como tem estado.

      De maneiras que acho o título acertado: “deverá/poderá” … pode ser que sim ou que não. Em todo o caso a Apple tem muito dinheiro e patentes em NFC. Nunca lhe viu foi utilidade, e em vez disso foi pelo BLE. Se, por exemplo a Visa, for para um sistema de pagamentos por NFC, a Apple instala-o.

      • Pedro Pinto says:

        Benchmark do iPhone 5 🙂

        • Benchmark do iPhone 5 says:

          Aproveito a deixa para dizer que os cartões de débito/crédito contactless dos bancos, com tecnologia RFID, são o principal inimigo do NFC.

          Se, com o cartão, os bancos controlam o processo todo, para quê meterem-se com sistemas informáticos complexos (smartphones) que não dependem deles? Ficam com um sistema de caixas Multibanco que necessita do cartão e vão instalar terminais de pagamento para NFC dos telemóveis? Se toda a gente tem cartão para que é o sistema NFC para telemóvel? Se o cartão for contactless (parece que já há em alguns sítios para pagamentos até €20), é mais difícil de apresentar que o telemóvel com NFC? E para quê um sistema distinto para pagamentos até €20?

          Tem-se falado que a Visa e tal pode ir para um sistema desses. Não me cheira.

      • Só um gajo says:

        Os terminais de pagamento por contacto estão bastante presentes.
        Se reparares melhor, consegues ver que há mesmo em muitos locais. Desde pequenas a grandes superfícies.

      • Carlos says:

        RFID e NFC são nomes diferentes para a mesma coisa.

        Quer dizer, na verdade RFID é um subconjunto do NFC.

        E terminais de pagamento por NFC tens aos pontapés, vai a qualquer McDonalds, por exemplo. Mas a ideia é usar o NFC para mais coisas do que só pagamentos, teoricamente também seria possível substituir os cartões do metro e autocarros por uma aplicação no telemóvel. Aliás, a Carris andou a testar isso durante uns tempos mas nunca mais ouvi falar de nada.

        E além disso, a CGD, e suponho que outros bancos também, tem cartões que podem ser usados para fazer pagamentos “contactless” (os cartões Caixa On), em que a ideia é o comprador nunca ter de passar o cartão para a mão do vendedor nem introduzir o cartão em máquina nenhuma. Voltando ao Mac, nas máquinas lá basta pousar o cartão na máquina, e tanto faz se está de pernas para o ar ou ao contrário, para fazer o pagamento.

      • rmcrys says:

        Eu tenho Samsungs com NFC e a função é muito util para emparelhar com colunas ou wifi direct,mas dou-te razão que é uma função muito pouco usada, e nada com o qual não se possa viver.

        Eu viajo imenso entre Portugal, Espanha, Alemanha e italia, agora estou de férias na Florida e não vi UM único sitio (assinalado) com conexão/pagamento por NFC. É bom ter, mas muito longe de ser uma função a ter. Eu por exemplo tenho o meu NFC desligado visto gastar bateria (muito pouco é verdade) e usar um par de vezes ao ano. Se gastarem o dinheiro em baterias maiores é muito mais importante.

    • Nelson says:

      Já vem muito tarde?

      LOL!

      Até parece que existem coisas que fazem uso do NFC, por aí, em massa…

      A festa não começa sem a Apple chegar…

      • Bruno Nunes says:

        Se Fosse outra marca lançar um telemovel recente sem NFC (embora sem o usar), era logo criticas por todo lado!

        Mas como é a fantastica apple está tudo bem! 🙂

        nota: Uso neste momento um iphone 5, um HTC one M8 e um ONEPLUS.

  2. Paulo says:

    A Sony já tem esta tecnologia há bastante tempo, pelo menos desde o Sony Xperia S

    • MM says:

      Tal como a Nokia (os Lumia trazem NFC mesmo nas gamas mais baixas e desde o início), que a par da Sony e outras estiveram na frente e desenvolvimento esta tecnologia.

  3. Leandro Sousa says:

    Bom dia Apple!

  4. Spooky says:

    O mal amado OnePlus One também tem.
    E é um pouco mais barato que o iphone 6.

  5. Eusébio Simões says:

    Só deixar aqui facto curioso.
    As marcas que apostaram no NFC, foi somente porque que tinha surgido noticias que a Apple poderia apostar na tecnologia, essas mesmas marcas que quiseram inovar primeiro que Apple e agora estão a pensar retirar essa tecnologia dos telemóveis devida a fraca utilização.

  6. Nunes says:

    “notícias que confirmam que o mesmo virá ”
    em lado algum há confirmação de que vai usar NFC!
    Continuam a ser notícias a usar fontes desconhecidas… Não há qualquer informação da Apple. O que se pode dizer é que já há muitos a dizer o mesmo, o que dá a este rumor algum grau de credibilidade.

    • Pedro Pinto says:

      Apple obviamente que não. Isso tens de esperar até dia 9. Mas vais ver que se vai confirmar!

      • Nunes says:

        sendo assim porquê dizer “notícias que confirmam” ou “a Apple informou que está a trabalhar com a empresa “?

        • Claudio Catarino says:

          Qualquer noticia que saia sobre a proxima geração de iPhones e no que poderá ser apresentado no dia 9 é tudo rumores, visto que a Apple so revela no próprio dia. Mas isso toda a gente já sabe. O pplware como os outros sites mostram algumas coisas do que poderá vir em base de rumores e certos deslizes das produções. Mas acho que isso já devias saber 🙂

          • Nunes says:

            quando se noticia rumores não se diz que a empresa informou, ou foi confirmado, pois se a empresa informa passa a ser algo oficial, deixa de ser rumor, se foi confirmado deixou de ser rumor… é uma questão de lógica e rigor, não confundir quem lê

          • Claudio Catarino says:

            Neste artigo não vi onde está a afirmação que a Apple disse que o iPhone 6 iria ter NFC. A única afirmação em relação a Apple que se encontra no artigo é a data do evento. O resto é tudo especulação como a frase : “Relativamente ao iPhone 6, surgem agora notícias que confirmam que o mesmo poderá vir já com tecnologia NFC para realização de pagamentos.” Aquele poderá muda tudo.

          • Claudio Catarino says:

            E uma outra confirmação da Apple foi que está a trabalhar com uma empresa de semicondutores.

        • Nunes says:

          @ Claudio Catarino
          Originalmente dizia
          “notícias que confirmam que o mesmo virá ”
          o poderá faz mesmo diferença quando não estava lá!

          “E uma outra confirmação da Apple foi que está a trabalhar com uma empresa de semicondutores.”
          Não tens nenhuma confirmação de nada disso, tens apenas alguém a dizer que alguém disse que a Apple está a trabalhar com tal companhia. Não é nenhuma informação fornecida pelas partes envolvidas.

  7. David Guerreiro says:

    Antes quando não tinha NFC era porque não fazia falta, agora que vai ter, já vão todos os fanboys dizer que faz muita falta.

    • Antonio says:

      Isso sempre foi o argumentos deles, se não tem é porque não faz falta, e se os outros puseram foi porque a apple disse que iria por.
      Um dos argumentos que guardo como piada é o tamanho dos equipamentos.

  8. Luis says:

    Mas esta tudo parvo?! Eu tenho NFC no meu telemovel e usei 0 vezes…foi muito util! Porque raiu vai a apple meter uma coisa que ninguem usa?! Digo ninguem porque nem nunca vi publicitado em loja nenhuma pagamento por NFC e vivo e ando as compras em Madrid…Esta moda de ter só por ter esta a dar cabo do mundo dos smartphones….

    • Luis says:

      Desculpem…menti…tenti usar uma vez com um familiar para passar uma foto entre um Samsung Galaxy Note II e um LG G3…e advinhem…foi impossivel e acabamos a enviar por email…muito util sem duvida, e estamos a falar de duas pessoas entendidas na materia, eu tecnico de sistemas ele curioso de informatica e com bastantes conhecimentos á largos anos.

      Por isso acordem para a vida e deixem de pedir para ter so por ter, deixem as marcas trabalhar e deixem de correr atraz das tecnologias inuteis so por que é giro!

      • filipe sa says:

        O nfc para transferencia de ficheiros é inutil, mas para autoamtizar certos processos ja é completamente diferente. Se usou um note, devia saber que se usa se o sbeam, que o nfc faz o contacto com outro telemovel e activa o wifi share , tornando o processo de partilha facil bastando encostar o telemovel. é claro que isso so funciona entre samsungs.

        • Ricardo Correia says:

          Já troquei ficheiros através de NFC, usando um S3 e um N5.
          Resultou á primeira!

        • Joao says:

          inutil? já me deu muito jeito, sempre que passo fotografias e ficheiros é via nfc.. não se esqueçam que o BEAM tem que estar ligado e por vezes o bluetooth tbm

          • David Ferreira says:

            isso porque não estás a fazer transferencia via NFC, o que estas a fazer é usar o NFC para estabelecer ligação WIFI direct e por sua vez a transferencia via WIFI direct

      • Antonio says:

        já usas-te a bússola? Lá porque não usas determinados funcionalidades não quer dizer que outros não as usem. Tenho familiares com smartphones que por exemplo nunca usaram o GPS, o 3G e ou o dual sim que os seus equipamentos possuem.
        Quantos mais funcionalidades os smartphones/tablets possuírem maior é a sua potencialidade para a diversificação de aplicações. Se puxares pela imaginação vais ver que o NFC pode ser muito útil tal como outras tecnologias de comunicação, no fundo é como o wifi, Bluetooth etc.
        Já agora o meu pc traz Bluetooth e nunca o usei, o que não quer dizer que não venha um dia a usar.

    • MM says:

      Eu uso, até patchs tenho programados para o que pretendo.

    • Sérgio says:

      não vou dizer que o uso do NFC seja algo “massificado” mas eu costumo usar tags NFC para desligar/ligar wifi e som, abrir apps e mais algumas coisas que podem ser feitas e que me poupam alguns segundos.

      Para mim, tem alguma utilidade o NFC, mas claro não é nada que seja hoje em dia amplamente usado nem algo de que não possa prescindir

    • Nelson says:

      Porque a VISA vai passar a usar NFC.

      E se a Apple não poser lá o NFC… podes adivinha que se usará mais…

  9. enese says:

    o pessoal diz que o nfc não serve para nada, eu uso-o todos os dias no meu xperia z1c na coluna portátil que basta colar na coluna que ja faz o emparelhamento, na camera fotográfica também para emparelhar, no carro pus uma tag e faz o emparelhamento automaticamente com o sistema de som, o nfc é a melhor coisinha que existe para simplificar a vida a uma pessoa

  10. piri_vm says:

    Onde eu trabalho usam cartões RFID, mas quem tem telemóvel com tecnologia NFC não necessita destes cartões.

    Acho que é algo útil.

  11. MarioM says:

    Perfeitamente dispensavel.
    Pagamento via telefone na vou nisso.

  12. Paulo Cardoso says:

    A minha televisão Sony tem NFC e posso confirmar que consigo apresentar o ecrã do telefone na TV sem me levantar do sofá nem comprar um chromecast, appletv, etc..
    O NFC tem muitas vantagens se for eficazmente utilizado. Por exemplo já o usei várias vezes para passar fotos para outros telemóveis no entanto, não é uma tarefa que funcione sempre…

  13. Sergio J says:

    A questão não é ter a tecnologia, é como torna-la realmente útil. Normalmente é aí que a Apple dá cartas.

    Tipicamente os inventores do produtos raramente são os engeneiros electrotecnicos (onde me incluo) ou informáticos. Estes são quem materializa o invento. Um invento é muito mais que a implementação tecnica. O mais importante é o conceito. Não adianta assemblar tecnologia, se não há um conceito subjacente.

    • ACS says:

      Disseste tudo. É como tudo na vida, que adianta “inovares” se nao consegues mostrar ou provar ás massas que são uteis.

      Se quiserem mesmo que o nfc exploda rezem para que a apple implete isso, pois todos sabemos que depois da apple implementar alguma coisa como esta toda a gente faz o mesmo.

      E outra coisa que diferencia a apple dos outros. Esta nao se limita a meter tech nos produtos, eles fazem acordos com outras empresas para que essa tech seja útil.

      Acreditem que se a apple lançar isso vai lá um gajo de uma empresa qualquer como o visa ou whatever explicar o quanto vai ser util pode ser às pessoas. É aqui que se distingue o bom do mau markting e uma boa ou uma má implementação.

    • Antonio says:

      Estás a confundir as coisas. A tecnologia NFC foi criada por engenheiros com um propósito bem definido(comunicação a curtas distâncias, baixo consumo energético e por aí adiante). Agora onde e como a usas passa pela imaginação e criatividade das pessoas. As tags nas lojas de roupa usam NFC à muito tempo e é muitos útil.
      Por exemplo os microfones não foram criados para os telemóveis e hoje em dia é onde são mais utilizados.

  14. DC says:

    Uso com frequência o NFC e fico contente por ver que vai finalmente chegar à Apple. Uso-o muitas vezes para passar coisas simples, seja uma foto ou simplesmente uma página que tenha aberta e é chato quando é para enviar algo para alguém com iPhone, lá tenho que mandar mail ou mensagem (não é nenhum drama mas se pudesse evitar, melhor).

    Uso também em conjunto com o tasker e o trigger para configurar o telemóvel a gosto quando chegou ou saio de casa ou do carro.

    Acho que podia ser muito útil para pagamentos rápidos mas infelizmente faltam terminais ainda. Nas lojas, por exemplo, podia ser aproveitado para as mesmas partilharem informações ou promoções de forma rápida e simples (do género do que já se faz com QR codes mas dava outra liberdade).

    Por isso, acho que entrada da Apple neste mundo só pode ser bom, automaticamente aumenta imenso o lote de utilizadores e permite divulgar e alargar a utilização da tecnologia.

  15. David Ferreira says:

    Por acaso em portugal ainda nao vi nenum terminal com NFC, vejo os bancos a cobrarem mais pelos cartoes com NFC mas terminal que é bom ainda nada. Já tenho 2 cartões de bancos diferentes com NFC á mais de 2 anos e até agora nunca usei por indisponibilidade dos estabelecimentos ou bancos lol

    Mas o engraçado é que em inglaterra e itália já os vi :S

    • Benchmark do iPhone 5 says:

      Os cartões dos bancos não usam NFC. Os cartões contactless (sem contacto), os que têm um símbolo parecido com o do Wi-Fi) usam RFID, que não tem nada a ver com o NFC.

      Resumindo. Os terminais de pagamento para esses cartões não dão para NFC (pelo menos nunca ouvi falar em terminais que dessem para os dois).

      • David Ferreira says:

        Tens a certeza do que estás a dizer? oO, e que os meus telemoveis conseguem ler o cartao do banco (só que encriptado)

      • David Ferreira says:

        ora vê, este é um dos meus bancos, este e o BPI
        http://www.semanainformatica.xl.pt/sector-financeiro/sector-financeiro/credito-agricola-ja-usa-tecnologia-contactless

        “No futuro, a responsável espera estender o contactless a pagamentos de valor superior a 20 euros, e numa fase posterior, avançar para o NFC, suportando os pagamentos com o telemóvel. Pilar Teixeira garante que toda a infra-estrutura da Caixa Agrícola já está a ser preparada tendo em vista este roadmap evolutivo rumo à mobilidade. «Esperamos no ano que vem poder desenvolver um piloto nesta área», assegura a directora.”

      • piri_vm says:

        No banco que trabalho as portas abrem com cartões RFID e/ou telemóveis com NFC que estejam autenticados. Ou seja é um terminal que lê as duas tecnologias. E é da Siemens.

        • David Ferreira says:

          se RFID for o que penso é muita chato pá, de x em x tempo preciso de “autenticar”/”recarregar” o cartão para ele funcionar nas portas xD….aqui no edificio chega a ser chato quando deixo de cá vir 3 dias :p

          • piri_vm says:

            Penso que estás a confundir, visto que o meu cartão, apesar de já não usar algum tempo, uso o telemóvel, ainda funciona. Eu sei a diferença das duas tecnologias, mas confirmo que o terminal de abrir a porta, ou subir a um andar bloqueado, pode ser desbloqueado com o telemóvel que tenha a tecnologia NFC e que foi previamente autenticado na base de dados.

      • Antonio says:

        O meu cartão da CGD sempre teve NFC penso que desde 2008. Em 2012 tive um LG L7 e bastava encosta-lo ao telemóvel para interagir com o equipamento. Uso-o (cartão) ainda para abrir portas.

        • Benchmark do iPhone 5 says:

          Usas o cartão da CGD para abrir portas, quais portas, as da CGD? Está a falar de um cartão para passar portas das instalações da CGD ou de débito/crédito?

          • Antonio says:

            estou a falar de um vulgar cartão de débito que alem do chip, barra magnética tem chip NFC, uso-o para abrir portas de sala de aulas.

          • Benchmark do iPhone 5 says:

            Os cartões dos bancos não têm chip NFC. Têm chip RFID. Parece a mesma coisa mas não é.

            Agora não tenho tempo mas certamente se pesquisares por “difference between rfid and nfc” encontras a explicação.

            Parabéns aos pessoal da escola que faz abrir as portas com o cartão de débito do banco. Mas do que se está a tratar é do contrário – se os terminais de pagamanto, para cartões de débito do banco (e os cartões contactless não precisam de contacto) aceitam telemóveis com NFC. E se os bancos estão interessados nisso.

          • David Ferreira says:

            por acaso vi no cache da google, parece que o conteudo foi modificado,mas pronto, deite o exemplo também do site que fala sobre o credito agricula.

            Olha faz assim, se tiveres um telefone com NFC, saca o NFC reader da playstore, e se tiveres algum cartão….tenta lá =)

            Depois falas…. a não ser que o chip do telemovel de NFC leia as outras tecnologias, estás completamente equivocado

          • Antonio says:

            Benchmark do iPhone 5 -> Se fosse RFID não necessitaria de colocar a carteira encostada ao leitor, bastava estar alguns metros perto da porta.

          • Nunes says:

            @ David Ferreira e Antonio
            Procurem saber o que é cada uma dessas tecnologias!
            NFC é específico para telemóveis, é baseado em tecnologia RFID, mas usa protocolos próprios. Para conseguires ler algum cartão RFID necessitas de instalar software capaz de ultrapassar as defesas de segurança do cartão – estás a fazer um hack, não é uma coisa suportada!
            O cartão bancário é RFID, não NFC

            “Se fosse RFID não necessitaria de colocar a carteira encostada ao leitor, bastava estar alguns metros perto da porta.”
            tens vários protocolos de RFID que funcionam a diferentes distâncias. Isso não quer dizer nada!

          • Sergio J says:

            António, que barbaridade!! O RFID tens de estar relativamente próximo.
            E não confundas com o da via verde, que utiliza uma bateria

          • Sergio J says:

            Que barbaridade o meu comentário. 🙁
            É o que dá escrever por impulso

          • Antonio says:

            O NFC não é exclusivo dos telemóveis. O meu cartão era reconhecido pelo NFC do telemóvel e abre as portas com leitor de rfid. sei que a caixa já usa NFC nos seu cartões, agora se traz rfid ou NFC não sei. De qualquer forma para mim NFC e rfid é “tudo farinha do mesmo saco” a tecnologia é toda a mesma.

          • Benchmark do iPhone 5 says:

            Bom, desde que não confundam NFC com RFID (se confundem precisam de ler mais umas coisas), se quiserem começar a ler sobre cartões inteligentes podem ler este artigo.

            Convém é perceber que os cartões contactless são o maior inimigo do NFC dos telemóveis porque o torna desnecessário. São primos inimigos 🙂

            http://en.wikipedia.org/wiki/Contactless_smart_card

          • Nunes says:

            “De qualquer forma para mim NFC e rfid é “tudo farinha do mesmo saco” a tecnologia é toda a mesma.”
            pois, mas não é.
            Por exemplo: o NFC foi desenhado para telemóveis, permitindo comunicação nos dois sentidos. O RFID é sentido único, é uma tecnologia já com mais de duas décadas!

  16. Tiago says:

    O famoso iwatch esta confirmado? Acho que se está a especular. Oxalá tenham razão. Pela maneira que afirmam no artigo parece que esta mesmo certo.

  17. Miguel says:

    LOL até agora o Iphone não precisava do NFC…

    Estou para ver a desculpa dos fanboys!

  18. Joselito says:

    Levanta a mão quem vai precisar gastar mais £700 só pra ter o NFC em um peso de metal?!? Porque inovação mesmo, não tem faz uns 5 anos!!! Kkkkkkkk

  19. Carlos says:

    Faltou dizer que para fazer pagamentos por NFC não basta ter um telemóvel com essa função, também é preciso que o SIM tenha a função de pagamentos. E isso depende do operador móvel, mais do que da Visa ou da Mastercard ou lá de quem for.

    • David Ferreira says:

      O paypal já te permite =)

    • Nunes says:

      Não há nenhuma questão técnica para só ser possível com um SIM com função de pagamentos.
      Isso só se torna uma necessidade porque os telemóveis não têm uma zona segura para as credenciais de pagamento, certificada por entidades bancárias – tipo VISA.
      Dado que a Apple tem bastante peso e controla o hardware e o software, basta-lhe fazer um acordo com alguma entidade para certificar o telemóvel, incorporando o hardware necessário, obviamente.

  20. Francisco says:

    Pagamento por NFC ou RFID, mais uma excelente oportunidade para os amigos do alheio conseguirem o abono de família extra para casa

  21. Mario Junior says:

    E mais uma vez, a Apple muda o mundo de novo.

    Só que não! 😛

    • Benchmark do iPhone 5 says:

      Ou arranja uns rumores do caraças 🙂

      Diz lá qual é a marca em que os rumores são tão importantes? Com o NFC é o mesmo, está toda a gente à espera “Se a Aplle introduzir o NFC desta vez é que é”.

      – Mas há dois anos foi “Tchee … porcaria do iPhone 5 que não traz NFC, essa tecnologia maravilhosa, do futuro! O Galaxy S4 é que é”.

      – O ano passado foi: “O iPhone 5s vai trazer NFC” … “Olha, afinal não trouxe! Ainda por cima vende mais que o novo Galaxy S5. Se calhar o NFC não serve mesmo para nada”

      Este ano está a ir pelo mesmo caminho 🙂

  22. Benchmark do iPhone 5 says:

    (Continuando uma conversa lá mais para cima, mas que estava a ficar apertada numa coluna estreitinha)

    O RFID clássico é read-only, permite ler o que está gravado no microship, mas não se pode alterar. Os modernos cartões inteligentes contacteless, dos bancos, podem conter um microship gravável através de ondas de rádio, ou seja, pode já não ser o RFID clássico.

    Não tem nada a ver com o read-only vs. gravável, mas nestas coisas (RFID, NFC, BLE) convém distinguir leitor (reader) e tag (o reader lê a informação do tag). Um tag passivo transmite a informação usando a energia fornecida pelo reader (caso dos dos cartões inteligentes e da Via-Verde que se põe no pára-brisas) enquanto um tag ativo tem bateria e pode transmitir a informação com a sua própria energia. Equipamentos RFID ligados a tags ativos podem estabelecer comunicações a distâncias maiores (100 metros), tal como o BLE.

    O NFC e o BLE/Beacons (tal como o RFID, não clássico) permitem gravar instruções em tags. O leitor dessa informação tanto pode limitar-se a enviá-la para uma base de dados (“às tantas horas passou na portagem tal, o veículo X”, como, se for uma app “de um telefone inteligente”, fazer isto ou aquilo. Por outro lado, em certos casos, pode-se estabelecer comunicação nos dois sentidos – se o terminal de pagamentos lê os dados do microship do smartphone, ao mesmo tempo o smartphone pode ser leitor (e tratar) alguma informação do terminal.

    Mudando de assunto, por que é que o NFC está em estado comatoso? Primeiro, porque os cartões inteligentes (dos bancos, comboios, Andante, etc) o mataram: porque quem o emite tem o controlo de tudo, o que não acontece numa app para smartphone e porque toda a gente os usa (se já tenho um cartão Multibanco para que quero eu um smartphone com NFC, para ter mais chatices?). Segundo porque tem um raio de ação de uma redicularia de 4cm. Terceiro, porque tecnologias com um raio muito maior, como o BLE, fazem o mesmo. Quarto, porque a Apple adotou o BLE/iBeacons e o Android foi atrás.

    “Ah mas o NFC dá muito jeito para trocar fotografias com a namorada!”. Que diabo, para alguma coisa há-de servir. Sabe-se que a Apple gastou muito tempo e dinheiro em investigação do NFC e tem diversas patentes sobre ele, antes de o abandonar. “Ah, mas uma moça que escreve uma coisas num site diz que uns holandeses disseram que…”. Só vendo.

  23. LP says:

    NFC? Há por aí muito fã que teria de engolir um sapo dos grandes, depois de tanto escarnecerem do NFC, porque a Apple tem o “insuperavel” iBeacon…
    Por exemplo o Nelson é melhor começar a aplicar vaselina ou coisa que o valha…

  24. João Reis says:

    Infelizmente não há utilidade com o NFC.

    Dúvido que venha mesmo para o iPhone, não vou usar isso é um facto. Digo isto infelizmente, precisavamos de um metodo seguro e facil para pagamentos, cartoes de credito acho que é coisa do passado até por serem muito simples de clonar.

    Gostaria de puder usar mas na inexistencia de locais onde usar, prefiro que nao venha NFC para consumir energia para nada.

  25. Bruno Nunes says:

    Isto vai ser como a tecnologia BEATS (Dr.Dre), nos HTC: ah e tal aquilo é so um equalizador que nao serve de nada e até amplifica demais os graves, blá, blá….

    Mas agora com a apple a comprar essa patente, a BEATS é que vai ser de outro mundo… o melhor do mundo em audio 🙂

    Desculpem mas é a realidade! O marketing vale tudo!

    abraços

    • Nunes says:

      Estás enganado! A Apple não “cobre” os seus aparelhos com marcas e mais marcas, e mais autocolantes – isso não faz parte do marketing que a Apple faz! Não vais ver a Apple a mudar o sistema de som só para dizer que tem Beats, quando os seus aparelhos já têm um bom sistema, e são bastante apreciados por profissionais na área…
      O que pode fazer é publicitar mais os acessórios da Beats com os seus produtos… e aproveitar a marca Beats para expandir a sua oferta, ao mesmo tempo que tenta expandir o serviço de música

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.