PplWare Mobile

Cuidado utilizadores! O iPhone 11 Pro emite o dobro da radiação permitida


Fonte: Popular Mechanics

Autor: Pedro Simões


  1. Necro says:

    Já tinha lido esta notícia em vários sites da especialidade e mesmo o artigo em que este se baseia não “embeleza” os produtos, sejam Apple ou não, como vocês fazem.
    Não consigo compreender esta falta de isenção – o artigo original refere que há várias instituições que dizem que radiações elevadas provocam problemas de saúde – este vosso artigo diz que não há provas concretas?
    E depois a Apple indica uns valores, vocês dizem que o smartphone é seguro de usar, depois os testes mostram que os valores são muito superiores e depois é a FCC que está a descurar os testes? Ou seja a culpa é da FCC? E onde está a culpa do fabricante?
    O artigo original fala em muito mais, a FCC está a falhar mas os fabricantes fazem estes testes para obterem os resultados que quiserem. Faz-me lembrar o diselgate: os carros no controlo emitiam menos gases que na realidade – o iPhone 11 nos testes emite muito menos radiação que o iPhone 11 que se compra numa loja…

  2. art says:

    Pelo que li , não será só o Iphone……e eu que estava quase a comprar um …..depois quando os testes oficiais são feitos , os valores já se apresentam normais …..o que leva a pensar que os Iphones cedidos pela empresa para a FCC podem vir com um software que reduz a radiação….onde é que eu já ouvi isto ?…havia por aí uma certa marca de carros…..

    • Sujeito says:

      Até os testes dos routers wireless, quando são testados foram apanhados a ser medidos com as ondas em fase invertida e sem transmissão de dados significativos.

  3. Miguel says:

    No futuro vamos ver que certos cancros relacionados com o sangue estão relacionados as RF, já existe alguns mas poucos estudos que trazem alguma clarividência.

    • rjSampaio says:

      Não existe um único que demonstre que radiação não ionizantes provoque cancro.

      • Sujeito says:

        Que tnhas lido queres tu dizer. Procura pela própria documentação da marinha americana aquando do começo do uso de micro ondas. Tem muito boa informação.

        Sugiro também literatura que investigue os efeitos da radiação não ionizante na derme, na melatonina e efeitos cumulativos.

      • f242 says:

        Para quem acha que há poucos estudos – pura ignorância, e que goste de ler – são 1500 páginas, pode dedicar alguma atenção à compilação de estudos e informação do Biolnitiative Working Group, em bioinitiative.org

  4. Rodrigo says:

    O “tuga” importa-se lá com isso. Desde que tenha a última versão do iPhone no bolso para mostrar aos amigos, para ele está tudo bem.

  5. irlm says:

    Agora que percebi, porque pegam o tlm à distancia quando estam a telefonar com alta-voz ou com auricular no meio da rua.
    Parace que estam a falar sozinhos 🙂

  6. iSad says:

    Who cares? We are all going to die!

  7. Joao says:

    Mas alguém usa ainda o smartphone para telefonar?

  8. Jorge says:

    E uma pessoa a pagar tanto dinheiro por um equipamento assim??
    e ninguem faz nada a apple esta cheio de dinheiro para pagar tudo e todos para venderem os seu produtos como querem sem regras e contra a saude publica
    é muito grave

  9. Vitolas says:

    Recordo-me tão bem dos accionistas da apple que andam aqui no pplware a falar das radiações dos telemóveis da Xiaomi, ah e tal porque é chinês..

  10. Ricardo says:

    Também emite o dobro do preço permitido.

  11. Roni says:

    Apple, think diferent

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.