PplWare Mobile

HomePod tem um custo de componentes de apenas 216 dólares


Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

41 Respostas

  1. Helder says:

    Eu vou ao Leroy Merlin, por esse dinheiro trago peças para dois, chego a casa, faço um trabalho melhor com o meu martelo e o meu serrote.

  2. Jorge Carvalho says:

    Não vou comentar preços de componentes , ainda por cima mal calculados , ( basta ver que o A8 tem em preço de $25 , claro que o custo de RD foi pago com outra coisa qualquer ). Em relação á mancha o Sonos faz a mesma coisa , mas ao longo destes anos ninguém se queixou 🙂

    Abc

    • Helder says:

      E em relação à mancha, só com madeiras com cera ou óleo, que não são usadas há muitas décadas em Portugal e em qualquer país decente.

      Em Portugal, utiliza-se verniz até para os tacos.

      Esse tipo de problemas só acontece nesse tipo de acabamentos que é próprio deles…

      • Belmiro says:

        Tens sempre uma resposta na ponta dos dedos a favor da Apple, muito bem.

      • Toni da Adega says:

        LOL
        Madeira é pouco utilizado em portugal porque a maioria da mobila é tipo IKEA/fórmica (normalmente por ser mais barata).
        Se queres mobília de qualidade que dure tem que ser em madeira natural e sim nos países decentes ainda se utiliza mobília com cera ou óleo.

      • Não Interessa says:

        “há ainda relatos que este equipamento está a manchar as mobílias ao deixar umas marcas brancas. A Apple já recomendou que os utilizadores coloquem a “coluna inteligente” noutro local.”
        Como de costume, o utilizador é burro e não sabe usar os produtos, pk o produto é excepcional e nunca tem falhas!

  3. Silva says:

    Convém mencionar que as mesmas fontes que referiram esses custos de materiais, realçaram o facto de, entre os “grandes da tecnologia” (Amazon, Google e Apple), quem menos margem de lucro tem é precisamente a Apple. Estão a materializar o lema “go big or go home”.

  4. Asdrubal says:

    Que raio de geringonça.

  5. Joel Reis says:

    Tanto?! O.O
    Para onde vai o lucro depois de somar as outras despesas?
    “A Apple já recomendou que os utilizadores coloquem a “coluna inteligente” noutro local.” Tipico! 😀

  6. Francisco Ribeiro says:

    Artigo muito pobre, a conclusão a tirar é precisamente a oposta. Se os números estiveram correctos (duvido), a margem de lucro da Apple é bastante reduzida, custo de produção de 216 dolares não é nada baixo para uma coluna destas.

  7. Joaquim Moreira says:

    Desculpem lá aminha pergunta esta noticia serve para quê? o custo dos componente nao conta para nada …. vejam lá qual um custo dum CPU (especialmente os dos PCs mas tambem pode ser dos Tablets, Telemóveis,etc….) e o custo de desenvolvimento, testes, artigos para Trocas em Garantia, etc. quem escreveu isto devia ser “inginheiro”!!!!!!!!!!

  8. JS says:

    Muitos dos artigos comercializados por grandes empresas de distribuição têm margens de lucro , pelo menos, acima de 100%. Chegam a existir situações em que margem é de 700% 800% e mais ( sim, ou seja,compra por 1 e o pvp é 10 com iva incluído ). Curiosamente a maioria destes artigos entram todos os dias em nossa casa, sendo consumíveis como p.ex. simples barras de chocolate com preço de 10 cent a ser vendidas por 99 cent ou mais, lâmpadas a custar cerca de 1 Eur e a serem vendidas por 6,99 ; 7,99; etc. Quem não se lembra da famosa campanha do Pingo Doce em que tudo estava a metade do preço ( toda a loja ! ) e não houve vendas a baixo do preço de custo…aliás, lembro me do dono da empresa dizer em entrevista que isso era praticamente impossível ( pudera! ). Portanto, se cadeias de distribuição, que não fabricam, apresentam esta margem de lucro, agora imagine-se quando o fabricante é simultaneamente o distribuidor,como é muitas vezes no caso da apple.

  9. Hugo Gomes says:

    Tao mas isto ligado apanha moscas,melgas e mosquitos 😀 ta bem feito sim senhor a Apple tem gosto o siri vai dando som ao pessoal

  10. Jobz says:

    Não foi apenas a alguns dias atrás em que mostraram que o HomePod é o pior do mercado?
    Os custos de produção pouco interessam quando o produto em si é mau (segundo o que aqui foi referido, á excepção da qualidade de som, que ao que parece é melhor que a concorrência).
    Como ainda não experimentei pessoalmente nenhum, não posso dizer nada.

    • Sujeito says:

      Para a maioria das pessoas, o fato de ter o melhor som significa então que é o melhor. Eu incluído.

      O que falha em grande é só suportar aparelhos iOS. Compreendo. Mas não gosto.

      • Toni da Adega says:

        Melhor som nao é assim tao linear. Dá uma olhadela nas reviews do Google Home Max, até sites pro-Apple dizem que o som é muito bom (há quem diga que é superior). Com a vantagem que suporta BT

        • Sujeito says:

          Não me espantaria. A Google está a atingir um ponto em que a magia do A.I. que aplicam no software está a fazer maravilhas. E com essa vantagem de suportar dispositvos extra, melhor.

    • rodrigo says:

      nao, nao ‘e o pior do mercado. Nem ha um artigo com esse titulo. Cada um le o que lhe convém.

  11. Daniel says:

    Tenho dificuldade em perceber porque o Homepod é o “gadget do momento” quando fica atrás dos concorrentes…

    • Sujeito says:

      Deve ser por motivos.

    • Helder says:

      Na tua cabeça…

      • Daniel says:

        Factos meu caro, factos.

        Mas podes ignorar os factos à vontade e comprar um Homepod… é inteiramente contigo se quiseres ter algo que faz menos (ou tanto mas pior) que os da Amazon ou da Google. Ter algo subpar só por ser Apple não deveria desculpar nada.

    • rodrigo says:

      fica atras dos concorrentes? como assim?

      • Daniel says:

        Por onde começar? Só funciona com iPhone; só funciona com Apple Music (tudo o resto só via AirPlay, se estiverem a pensar em Spotify fica a dica); qualidade de som é on par com o Sonos 1 e Google Home Max (mas mais caro que ambos); não permite emparelhar diversos Homepod para ter som “stereo” (se for uma questão de preço: umas colunas wireless Bose, que têm excelente som e são menos de metade do preço, emparelhadas juntas e tem-se a festa feita… mas há rumores que a Apple eventualmente lançaria essa feature, a ver se não é numa nova iteração do produto deixando os actuais donos lixados… não seria a primeira vez); não faz diferenciação entre utilizador pelo que se eu pedir para ler o último sms recebido ou enviar um sms na casa de alguém com Homepod e tenha configurado essa funcionalidade não irá distinguir-me do dono do iPhone e enviará a mensagem; não consegues pedir para fazer chamada via Homepod (mas podes começar a chamada no telemovel e passar ao Homepod, via AirPlay, aparentemente), tal como não consegues fazer milhentas outras coisas via Siri no iPhone como fazer set a multiplos timers ou verificar o calendário… Siri no Homepod não é somente limitado em relação à concorrência, é também limitado em relação à Siri presente num iPhone.
        Só alguns exemplos.

        A coisa boa, a qualidade de som é melhor que o Echo ou o Google Home (mas não o Google Home Max).

      • Toni da Adega says:

        Embora tenha bom som, como smart Speaker é considerado muito mais limitado e com menos funcionalidades que os concorrentes.

      • Sujeito says:

        Se fores Apple User, e as tuas exigências se enquadrarem nas capacidades, então é uma boa compra. Regra geral, se for reproduzir musica por wireless, estás mais que bem servido.

        Se queres um assistente pessoal, que também dá música, então a concorrência parece ter a vantagem.

  12. Ribeiro says:

    Não acredito que seja tanto, pois assim a Apple basicamente teria perdido por cada coluna que vendia.

  13. Rui Barbosa says:

    “um poderoso sistema de som” quase alta-fidelidade.

  14. ACS says:

    O SoC A8 que é usado para processar toda a inteligência do HomePod tem um custo de 25 dólares. Custo de produção porque o seu desenvolvimento in house faz esse custo subir

  15. Douglas Ferreira says:

    Faltou ainda o custo com pesquisa e desenvolvimento do hardware/software, custos com marketing/divulgação, custos logísticos para distribuição, treinamento da rede de suporte técnico etc.

    Esses custos são considerados em todos os produtos de todas as empresas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.