PplWare Mobile

Siri do HomePod fica longe do que concorrência oferece


Pedro Simões

Apaixonado por tecnologia, encontro no Pplware a forma ideal de mostrar aos outros os meus conhecimentos e de partilhar tudo o que me interessa neste intrincado universo

Destaques PPLWARE

46 Respostas

  1. Belmiro says:

    Eu não acho nem este nem os da concorrência produtos interessantes, para além do potencial de serem hackeados (seja NSA, sejam russos, etc) e as conversas domésticas e privadas aparecerem na rede. Já nem digo destes aparelhos poderem estar a gravar permanente o que dizemos e a Google, Apple e afins estarem a ouvir as nossas preferências és venderem esses dados para as seguradoras etc

    • António Fagundes says:

      Isso é secundário e ninguém que possa ter interesse num produto destes quer saber disso.
      Aqui o grande ponto de venda da apple pode ser o facto da qualidade de som do homepod, prevejo muitas pessoas a comprar o homepod mesmo sem ser para usar as features da siri ou apple music ou sequer ligado à internet, quando um produto de 350USD é melhor que muitos de 1000USD, as coisas simplesmente acontecem.
      Tal como nos iMacs que uma pessoa comprava um LCD e tinha de “oferta” um pc, aqui as pessoas compram uma coluna a um excelente preço e têm de oferta toda a componente de AI e afins, usa quem quer.

  2. João Tavares says:

    Apple em espiral descendente…..

    • Francisco Mota says:

      Disparate. Cada vez tem mais produtos da melhor qualidade à venda.

      Este é mais um produto para gerar receita e dizem ser realmente muito bom.

      • TugAzeiteiro says:

        lol… ainda estás a viver na época do SJ!

        • Helder says:

          Na época do Steve Jobs anunciaram receitas de 90 milhões em um só trimestre?

          • André R. says:

            Não anunciaram, mas aposto contigo que os produtos e software tinham muito boa qualidade, comparado com os de agora. Já uso mac desde 2006 e tenho notado um decréscimo na qualidade

          • Belmiro says:

            Helder, tu és dos que compra e avalia uma empresa pelo status ou ganhos dela, quando isso está longe de representar a qualidade dela. O SJ aliava ganhos a qualidade de hardware e software estrema, estes artistas tentam ordenhar a vaca sem atenção à qualidade do leite. Eu não vejo num MBP atual mais qualidade que num laptop Xiaomi nem num iPhone X que num S8 de 60% do preço. Entenda-se qualidade e/ou interesse. Ainda este fds estive com um amigo com iPhone X e é bem menos interessante que o meu S8.

            Mas acho que está claro que a tua opinião sobre a Apple está tão desfasada da realidade como a maioria dos produtos atuais da Apple, a ver quanto tempo mais a vaca dá leite sem a Apple ter que mudar de estratégia radicalmente …

        • Francisco Mota says:

          Não percebo, a empresa mostra resultados, ainda há dias foi dado a conhecer que a Apple teve um aumento exponencial de vendas do Apple Watch (que alguns azeiteiros disseram na data de lançamento que era produto para morrer), deu a conhecer números de vendas do iPhone a mostrar crescimento e mesmo assim ainda há quem venha dizer o contrário do por puro azeite. Parece que ficam felizes pelas empresas fecharem, pelas empresas terem de despedir pessoas. São mesmo atrasados.

          Critiquem cenas que façam sentido. Parece que vos foi o sucesso dos outros. Bando de invejosos.

    • V.T. says:

      Qualquer parecença com uma marca finlandesa é apenas e tão só “pura coincidência”.

    • pedro says:

      Neste tipo de produtos, quanto pior, melhor.

  3. Francisco Mota says:

    No som dizem que bate a concorrência. Iremos ver este equipamento para música, para sim dos vídeos via AirPlay 2 com apoio Apple TV, iremos ver este equipamento a ser usado como gestor de Home Kit é pouco mais.

    O som é que parece ser superior á concorrência.

    Quando chega a Portugal?

    • Alberto says:

      A ideia principal deste tipo de equipamentos não é a qualidade de som, para isso compra-se uma coluna portátil que fica bem mais barato.

      • Helder says:

        Que coluna portátil tem a qualidade e volume do HomePod…

        • Balmer says:

          N delas, só procurares.
          Não queiras defender o HomePod como um dispositivo para reproduzir musica ambiente, não é ai que ganha…. mas também não é esse o seu objectivo, mais um efeito secundário.

          Agora, se dizem que não faz o seu trabalho devidamente isso já é mais preocupante.

          • Jorge Carvalho says:

            Nope, o objectivo do HomePod é combater com a Sonos no mercado de som. E foi assim que foi criado. Levou 6 anos. O que não é concorrência são os assistants , dado que nao foi feito para esse mercado.
            O modelo de negocio dos assistants assenta na analise das tuas preferencias para venda para de publicidade orientada.

            A Apple não tem interesse nenhum nesse mercado.

            Abc

          • Helder says:

            N delas, ou seja…. nenhuma!

            O Jorge Carvalho já teve paciência para te responder…

        • Nuno Fernandes says:

          Já reparei claramente que és fanboy da Apple, daqueles que não aceita uma crítica menos boa da marca. Mas digo-te que a marca está longe de ser perfeita, aliás, já esteve bem mais perto da perfeição do que está.
          Agora respondendo ao assunto, há dezenas de colunas a custarem menos que o Home Pod que oferecem uma qualidade de som muito superior.
          Por metade do preço tens as Mackie CR4, Edifier R1700BT ou até mesmo as M-Audio AV42. Por valores semelhantes tens ainda mais, mas por exemplo da KRK tens as Rockit 5 que dão 10-0 a qualquer coluna do género da Home Pod.
          Ou seja, não sejas ridículo ao ponto de querer dizer que uma coluna multifunções inflaccionada pela marca (custa o dobro do sistema equivalente da Google e da Amazon) consegue superar em qualidade de som colunas (monitores) dedicados. É ridículo dizeres isso, principalmente a quem perceber do assunto. Nem foi com esse intuito que a Apple lançou o Home Pod sequer!

          • rodrigo says:

            ‘há dezenas de colunas a custarem menos que o Home Pod que oferecem uma qualidade de som muito superior.’

            Ora mostra la provas disso sff. Mostra testes feitos que demonstra que essas colunas que mencionaste tem melhor qualidade de som do que a Home Pod.

            Se nao conseguires demonstrar guarda a tua opinião no bolso 😉

          • Helder says:

            “Já reparei claramente que és fanboy da Apple, daqueles que não aceita uma crítica menos boa da marca.”

            O que o outro fez, não é uma crítica.

            É uma acusação, e um insulto aos compradores do objecto, mas sem qualquer fundamento, sem qualquer prova.

            “Por metade do preço tens as Mackie CR4, Edifier R1700BT ou até mesmo as M-Audio AV42”

            E nenhuma desta sequer se compara ao HomePod!

            Além disso, nem sequer são colunas wireless, por isso nem sequer é a mesma categoria de produto!

      • Silva says:

        Queres comparar a qualidade sonora de uma coluna portatil alimentada a bateria com um Google Home Max ou HomePod?
        A “ideia principal” deste “tipo de equipamentos” nao existe. É um pouco cedo, na minha opiniao, para se concluir que a ideia principal desta tao jovem categoria de produtos já esteja definida.
        É verdade que há muita concorrência semelhate, que abordam o tema de formas quase idênticas, mas ainda há margem para explorar e abordar o mercado de outros ângulos, que é precisamente o que penso que a apple está a fazer.
        Um ponto de acesso ao seu serviço Apple Music (que nos EUA está bem a caminho de ultrapassar o spotify), com capacidade acima da média de captar discurso (vantagem referida em quase todas as reviews) e cerca de 6 anos em desenvolvimento.
        Quem já ouviu a qualidade de som de um macbook ou mesmo de um iPad Pro percebe o que estou a dizer; estes 6 anos de R&D tem surtido efeito em quase todos os produtos.
        Como já é habitual, a apple executa com atenção ao pormenor e com ideias bastante fixas (e por vezes limitadoras) em relacao ao modo de interagir com o equipamento. Um exemplo dessa limitação é mesmo o facto do equipamento estar “trancado” ao apple music. Sendo a Siri e Apple Music ambos propriedade da Apple, é possível tornar a Siri mais competente no âmbito musical . Em quase todas as outras disciplinas, a Siri está uns furos abaixo da concorrência. No entanto, na minha opiniao, prefiro esperar até que seja possível conversar de forma espontânea com uma IA do que ter que dizer as palavras exactas pela ordem exacta, à lá CLI (Alexa skills anyone?)

        • “Queres comparar a qualidade sonora de uma coluna portatil alimentada a bateria com um Google Home Max ou HomePod?” => Olha que não trabalham sem estar ligadas à corrente.

          • Silva says:

            Precisamente a minha questão. Uma coluna portatil, à partida e por suposto princípio, não consegue competir com uma ligada à corrente, pelas mais diversas razões.

      • Daniel says:

        A ideia principal deste equipamento é precisamente a qualidade do som. Ao contrário das ofertas da Google e da Amazon, o HomePod é em primeiro lugar, uma coluna de som. Dito pela própria Apple.
        Aparentemente, o HomePod está a bater a qualidade de som de colunas que custam 1000 dólares. Fonte: https://www.reddit.com/r/audiophile/comments/7wwtqy/apple_homepod_the_audiophile_perspective/

      • Marco says:

        Acho que não viste a apresentação do produto, mas pronto.

  4. V.T. says:

    Só o facto de a Siri estar tão somente no horrível português do Brasil já é uma demonstração do estado actual da Apple. Cá está, primeiro os lucros e só muito depois o cliente!

    • Douglas Ferreira says:

      Bem, não querendo criar briga, mas essa questão de “horrível português do Brasil” é uma questão regional. Nós, brasileiros, também achamos o português lusitano ruim, principalmente por conta do sotaque… e sofremos disso dentro do nosso próprio país, é tão grande que se percebe diferença mesmo entre brasileiros: de acordo com a região em que morem, brasileiros falam quase que uma outra língua, tamanha as distinções entre sotaque e vocábulos utilizados.

      A verdade é que nossa língua está sempre em evolução. Tenho certeza de que o português que você fala hoje é bem diferente do português que falavam há 500 anos. E no Brasil, por conta das diversas etnias e nações que participaram da colonização, temos uma língua mais fluida que incorpora termos estrangeiros com menos resistência pelos nativos.

      Imagine-se morando num país como a Suíça, que possui quatro línguas oficiais: alemão, francês, italiano e romanche. Você acha que o francês que eles falam é idêntico ao francês da França? Muito provavelmente cada uma as quatro línguas sofreram, e ainda sofrem, influências das outras três.

      Mudando de assunto, acho sim que a Apple deveria disponibilizar a Siri com português de Portugal. Mas é lógico que as empresas priorizam mercados maiores. Talvez as vendas aqui sejam mais significativas do que em Portugal: nós somos mais de 200 milhões, e vocês, 10.

      • António Fagundes says:

        Com o que vocês ganham achas que as vendas são mais significativas?
        Até podiam ser 500 milhões.
        A questão está que com BR chegam a todo o lado, Brasil, PALOPS, Portugal, emigras, com PT-PT só chegavam a Portugal que por si só é um mercado muito pequeno.

        • Marco says:

          Deixa de ser limitado, lá há quem compre o iPhone X a pronto com nota batida e por um preço muito superior ao de cá, sim eles têm pobreza mas tb tem gente muito rica. São 200 milhões deves achar que é tudo pobre.

    • Marco says:

      E a Google e a Microsoft já têm as suas assistentes em português de Portugal? Mete na cabeça que somos só 10 milhões, qualquer estado brasileiro tem mais do que isso, há grandes cidades brasileiras com mais do que isso.

  5. Francisco Pinto says:

    Em contrapartida esmaga a concorrência em qualidade do som
    https://9to5mac.com/2018/02/12/homepod-impresses-audiophiles/

  6. Francisco Pinto says:

    Em contrapartida esmaga a concorrência em qualidade do som
    https://9to5mac.com/2018/02/12/homepod-impresses-audiophiles/

  7. Helder says:

    Treta, estão sempre a dizer mal da Siri e bem dos outros.

    Em Portugal, nem sequer há Google Assistant, e nem vendem o Home.

    Nos EUA, a Siri é a assistente mais usada, deve ser porque é má, e as pessoas gostam de ter más experiências, pois…

    https://tctechcrunch2011.files.wordpress.com/2017/07/personal-assistants-mobile-use.png

  8. rodrigo says:

    Software tipo Siri pode ser melhorad com upgrades mas a qualidade de som ja nao.

    Este apple Homepod bate ate as melhores colunas.

    ‘…The HomePod actually sounds better than the KEF X300A….The HomePod is 100% an Audiophile grade Speaker.’

    https://www.reddit.com/r/audiophile/comments/7wwtqy/apple_homepod_the_audiophile_perspective/?sort=confidence

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia