Quantcast
PplWare Mobile

Há um novo iPhone! Conheça o iPhone 12 mini da Apple

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. David says:

    AMOLED ou LCD?

  2. André Meireles says:

    Fi-nal-mente um telemóvel de tamanho pequeno (abaixo de 14 cm) com características de topo.. Estou à bastante tempo reticente em trocar de telemóvel, mas acho que finalmente encontrei algo que me agrade dentro de todos os lançamentos atuais!

    • Alko says:

      Sem duvida que o android fica a perder pois so vendem tijolos de 6.5 polegadas. Finalmente vou mudar para ios e quero um mini de 5.4.

      • ZéBoss says:

        o valor do iphone mini 128 gb é muito caro para o que tem..
        talvez para o ano consiga trazer um dos EUA sempre sai mais barato.

      • André Meireles says:

        Nem mais, sempre gostei mais de Android que iOS por poder “brincar” mais livremente com o equipamento, mas de facto já me cansei de ter um tijolo no bolso quando está mais que visto que com otimização de espaço seria possível criar dispositivos mais pequenos e igualmente úteis!

  3. TS says:

    Alguem explica como a apple decide os preços em PT? 699$ em US e 829€ em PT? nem as taxas explicam

    • André Meireles says:

      Os 699 USD são os preços sem IVA (nem taxas de importação, a taxa de PT do armazenamento digital,…). Nos EUA todas essas taxas são adicionadas depois, estado a estado!

    • acs says:

      Na America o IVA é aplicado pelo estado por isso todos os preços que vês em $ seja de que empresa for é sempre anunciado sem impostos. Em portugal, como os impostos são iguais em todo lado os preços têm todos os impostos no produto final. (não é so o IVA)

      Ainda há pc tempo se falava que a tesla queria um carro a custar 25 mil. É 25 mil sem impostos.

    • Gonçalo says:

      $699 é com a Verizon, um acordo especial, com outras operadoras ou desbloqueado começa em $729. Cá só vendem desbloqueados, e como disse o André Meireles, há o IVA e outras taxas adicionadas à conversão do preço em euros

  4. Trumpetas says:

    829 euros (699 dólares)

    fdssss, que cambio é este? o euro esta assim tão baixo?

  5. PM says:

    Olá iOS, adeus Android…

    • Andre says:

      eu digo exatamente o contrario ahah acabou nao vou dar mais quase 1000 euros para nem ter carregador na caixa e um ecra com notch

      • Raul Oliveira says:

        Tens toda a razão.
        Não é para quem quer, é para quem pode 😉

        • Andre says:

          concordo plenamente so alguns é que podem ter a burrice de comprar um telemovel com noth 60 hz sem touch id e sem carregador, tu deves achar mesmo que es superior por teres um iphone ahah amigo vou te dar um novidade para as pessoa inteligentes nao passas de um gajo com mania que so compra porque tem la a maça

          • Njag says:

            Ainda bem que tem Face ID em vez de Touch ID, e em termos de carregador daqui a 2 aninhos a tua marca preferida vai fazer igual não te preocupes, e depois quero te ver aqui a dizer mal.

          • Andre says:

            A minha marca por agr por 400€ ainda me da um carregador de 30 w portanto ate la vamos ver quanto ao face id boa sorte com isso deve ser chato tirar a mascara cada vez que se quer desbloquear mas por mim é igual tenho os dois, e so para avisar que o ipad tem touch id

          • Raul Oliveira says:

            Sempre usei Samsung, só o ultimo ano mudei para a Apple devido ao trabalho, por isso não, não é pelos looks 🙂
            Da maneira que falas, sei que estou a falar com uma criança, para não dizer pior.

      • Ze says:

        Sim, esse carregador deve-te fazer uma falta tremenda na tua coleção de carregadores que já tens em casa fechados numa gaveta

        • Woot! says:

          Que eu saiba a Apple não usa USB-C.
          Que eu saiba só o ano passado a Apple ofereceu “fast-chargers”.

          Esse argumento não tem lógica.

          • Tadeu says:

            A Apple usa a norma eléctrica do USB-c, o que significa que é compatível com carregadores USB-c. Tendo em conta que a maioria destes carregadores permitem usar diferentes cabos isso significa que podes usar um desses carregadores com o iPhone usando o cabo que vem com o iPhone.

          • Tadeu says:

            e para continuar, para além dos carregadores USB-c doutras marcas, a Apple há vários anos que tem carregadores que permitem fast-charging para o iPhone, não foi só no ano passado. No ano passado é inclui na caixa do iPhone um desses carregadores, mas iPads, MacBooks vêm com carregadores desses, para além dos outros que foi vendendo directamente.

          • Woot! says:

            Muito bonito, mas até há uns anos (ano passado??) a Apple (e o suporte da Apple) só recomendavam carregadores feitos com o MFi program e que tinham aquele logotipozinho do made for iphone ou então os originais.

            O que mudou? Este é “mais resistente” aos carregadores de outras marcas?

            Quanto ao outro argumento, a maioria das pessoas ainda não tem carregadores USB-C. E mais, já experimentaste por um carregador de fast-charging da Huawei a carregar um Samsung por exemplo?

            Pois…porque de fast não tem nada. Não sei qual é a diferença mas não funciona. Será que funciona com o iPhone?

            A maioria das pessoas que comprar agora um iPhone provavelmente não comprou nenhum nos últimos 2 anos…Os argumentos podem ser muito “bons” mas vê-se perfeitamente que não tem nada a ver com o ambiente. Se tivesse tinham carregadores USB-C.

            Isto no Android era muito mais aceitável porque já existem carregadores fast-charging e USB-C há uma porrada de anos.

          • Tadeu says:

            Woot!
            isso é falacioso. Não confundas o programa MFi que segue padrões de qualidade da Apple, com compatibilidade.
            Qualquer carregador que use as normas eléctricas USB pode ser usado no iPhone, assim como computadores, tomadas com USB, carros com porta USB, etc, etc! Não é de agora, é desde sempre.
            Se já existem carregadores USB-C há uma porrada de anos então há uma porrada de anos que existem carregadores que podem ser usados com iPhones.
            Quanto ao Fast Charging, infelizmente parece que cada empresa decide criar as suas normas e não seguem as normas do USB-c para carregamentos a maiores potências. Enquanto que a Apple usa a norma USB-c.

          • Woot! says:

            Não estou a confundir ambos os conceitos, o facto é que quando havia um problema num iPhone, a Apple pedia para incluir o carregador e perguntava sempre se tinha usado um carregador original ou mfi, ou seja, os “compativeis” estavam de fora.

            Essa é a minha duvida, continuam a estar? Ou a Apple agora vai suportar carregadores de terceiros? A Apple é a empresa que menos dá suporte a 3rd party, vai dar suporte a carregadores?

            Já estou a ver muito boa gente a carregar com o seu brick antigo do “chinês” e a levar para a garantia que depois não resolve nada porque foi usado um carregador “compatível” e não o original.

          • Tadeu says:

            Woot!
            o que dizes é falso. A Apple não pede pelo carregador, aliás nas notas de explicação de como enviar para reparação diz para a pessoa ficar com o carregador e cabo.
            O facto de ser ou não MFi em nada afecta por si só a garantia do aparelho.

            O iPhone usa as normas eléctricas do USB desde o primeiro modelo, pode ser carregado por qualquer porta USB que respeite o standard sem qualquer indicação da Apple do contrário.

        • Nuno says:

          Tens assim tantos carregadores que usam USB-C? Eu cá nem tenho nenhum, por acaso. Ou vais comprar o da apple por 20€? Que amigos do ambiente…

  6. Black Russian says:

    Continua com o pixel queimado no topo do ecrã …….. até para para o ano, pode ser que no próximo lançamento, venha já sem defeito no ecrã (notch) !!!

    Até lá, boa navegação em 5G………em PT.

  7. TugAzeiteiro says:

    Portanto na “guerra” de iPhones de entrada (preço), será o iPhone SE 2020 por 499€ e o iPhone 12 Mini por 829€. Ou então ir para o iPhone 11 por 709€….
    Agora percebo porque é que o SE vende tanto…… a maioria não compra por o ecrã ser mais pequeno, mas sim por ter um iPhone a 499€

  8. Ricardo Gaio says:

    Pena é o preço… A medida é a “ideal”…
    Pode ser que os fabricantes de Android sejam espicaçados por este regresso a medidas aceitáveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.