PplWare Mobile

Código fonte do iPhone divulgado por ex-funcionário da Apple

Vítor M.

Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

30 Respostas

  1. Bruh says:

    Mais uma estratégia da apple, para ver se convence mais fanboys que ainda têm iphones antigos, a comprarem os novos, que pelos vistos, não andam a vender tanto.

  2. Hugo Gomes says:

    Coitadinho do estagiário vai preso e ainda vai ter de pagar milhões a maça 😀

    • ACS says:

      Preso não vai mas que a apple se quiser aruína a vida do puto financeiramente.

      • bola says:

        Só se provarem que foi mesmo ele que divulgou o código, não basta alguém dizer que sim, é preciso emails (comprovados) ou mensagens (comprovadas) etc…

        • amon says:

          no Brasil, basta um SIM, para que se prenda alguem.
          Emails, mensagens (quem dira comprovados), nao veem ao caso!

          • Baruck says:

            Excepto para ex-presidentes corruptos do PT, esses até candidatos a presidente e até quem sabe presidente podem ser, mesmo que tenham roubado o país inteiro à vista de todos 😀

    • Miguel Sousa says:

      Lembras-te que há 3 anos atrás a Apple anunciou que 10 pessoas da empresa tinham perdido os Iphones com o localizador? Em 8 dessas, até ganharam destaque nas televisões com, supostas, invasões de casas para recuperar os iphones. No final, afinal foi 1 iphone que foi deixado, de propósito, num bar tendo em vista se era possível segui-lo. Tudo manobras de imprensa. Com esta “fuga” a Apple ganha uma razão para deixar de suportar o IOS9 já a partir de Maio… e TODOS os utilizadores lhes vão dar razão.

  3. Spoky says:

    Qualidade paga-se, é isto meus amigos que os preços da Apple pagam! Estagiários com acesso a dados e ferramentas que podem vir a se tornar sensíveis e críticas.

    É com isto meus amigos, que o vosso dinheiro que gastam e compram nos iPhones, iPads servem! Pagar 800-1000€ para ter “leak” disto, no minimo dos minimos era a Apple devolver o dinheiro daquilo que levou “leak” preços altamente caros e ainda vêm com estas desculpas!?

    Mais uma vez, aos pseudo fãs da Apple que pensam que é tudo é seguro na Apple, é só mais um abre olhos! Clap clap.

    • ACS says:

      O pessoal assina contratos por alguma razão. Eventualmente o pessoal tem de ter acesso a código. Ficava lixado com a apple é se deixasse um estagiário lançar código critico para algum lado sem qualquer revisão ou assim.

    • B says:

      Quer dizer que a Apple é que tem pessoas que se julgam fãs, mas que na verdade não o são? Ou quererá dizer que a Apple não será assim “tão top” quanto se julga? É que colocar em causa quem gosta e defende um artigo, marca só porque não se gosta, ou não tem capacidade de obter um torná-lo num pseudo crítico… Just saying

    • Miguel Sousa says:

      Isto acontece em TODAS as empresas de tecnologia. 97% dos criadores de software são estagiários que recebem ordenados de miséria por 400 horas de trabalho mensal. O objectivo é mostrarem que são melhores que os outros estagiários para serem contratados para um dos lugares de desenvolvimento de programas. Daí que são tantos estagiários e só 3% acabam por ficar na empresa. Só que isso acontece em todo o mundo e em todo o lado. A maioria das equipas são lideradas por 1 engenheiro da empresa e que tem 30 equipas de 20 estagiários, a desenvolver programas. É assim que se faz dinheiro e se incentiva à escravatura, para poderem ganhar muito dinheiro.

  4. Marco B. says:

    O fundo da questão aqui é, como um estagiario nume empresa desta dimensão, tem acesso a source code tao sensivel como este?

    • Miguel Sousa says:

      Muito facilmente: fazia parte da equipa que devia desenvolver programas que operam a partir do boot do sistema. Para os poder criar, testar e desenvolver, precisava do código fonte para até realizar correcções de falhas.
      Deve ter tido acesso até a muito mais que isto… incluindo mesmo os drivers que são a peça mais importante dos telemóveis e tablets da Apple.

      • asd says:

        se isso for verdade já deve andar o codigo fonte do iphone a ser vendido no mercado negro por alguns milhares de euros… e quando digo alguns, refiro-me a alguns que servem para comprar um bom iate e ir viver para Abu dhabi…
        porque pensemos, o codigo é do iphone 9, agora tamos no 10, acham mesmo que o boot do iphone 10 será muito diferente do do 9? provavelmente ainda se vem a saber que é 99% igual… fora o resto do codigo que o crianço poderá ter tido acesso…
        o i10 não é reescrito, basicamente o que se faz pega-se na versão anterior e faz-se as modificações necessárias, tavamos lixados se um dev fosse a criar o software todo do zero a cada 2 anos… por isso duvido que os problemas explorados sejam apenas para i9, da mesma maneira que uma vulnerabilidade do Wxp pode afetar o w10, assim como uma vulnerabilidade do android 2.3 pode afetar o 6, as vulnerabilidades do i9 podem afetar o i10, porque infelizmente hoje em dia tamos no tempo do meio feito… ainda nem resolveram os bugs, já estão a criar outra versão do software/jogo, enfim…

    • Manuel says:

      Nas grandes empresas existe uma grande liberdade por parte dos trabalhadores a acederem ao core dos produtos, como o caso da Google. Grande parte dos engenheiros conseguem criar a sua propria instancia de Gmail se quiserem.

  5. sakura says:

    Não acredito que esse código é da apple……..
    No “assets” do iphone8 para compilar…. a ptc função (temperatura da bateria) tem comentado a lei de ohm(LOL, LOL), e o ADC (LOL) só mesmo um KID, faria isso 1 Eng, de Elec.
    nunca precisa de comentar */ /* leis tão básicas. + o calculo está ERRADO, não é linear….. Hm…. não é de admira que o iphone não trabalhe aos 0 Graus centígrados omg.

    https://pt.wikipedia.org/wiki/Term%C3%ADstor
    https://pt.wikipedia.org/wiki/Conversor_anal%C3%B3gico-digital

    • pois..... says:

      já foi confirmado por eles (Apple)
      mas se dizes que não é, pronto a gente acredita 😀 deves saber mais que eles 😀

      • sakura says:

        só me refiro ao código do iphone8. em devboards até aceito que a apple queira ver o que os “”novos”” podem fazer, mas dai só podem sair ideias…… não credito que esse software entre em produção…… no mínimo tinha que verificar as matemáticas..lol.

  6. Joel Reis says:

    A questão que ecoa na minha cabeça é mais como é que a Apple o conseguiu manter em segredo até agora.
    Por outro lado, “roubou o código fonte iOS, originalmente distribuiu-o a cinco dos seus amigos que faziam parte da comunidade iOS jailbreak.”; como eu sempre digo, andam os users todos confiantes na suposta segurança, mas a segurança está a ser comprometida sem que isso venha a público, o jailbreak é um exemplo com consequências conhecidas, outros haverá que não chegam a público, fiem-se na segurança que a Apple “garante” que fazem bem.

  7. Não Interessa says:

    Se fosse assim tão seguro não dependiam do segredo do código fonte para o manter seguro.
    A google tem o código do android publico para quem o quiser ver…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.