PplWare Mobile

Apple Watch detetou queda grave num ciclista e avisou o socorro e a família


Responsável pelo Pplware, fundou o projeto em 2005 depois de ter criado em 1993 um rascunho em papel de jornal, o que mais tarde se tornou num portal de tecnologia mundial. Da área de gestão, foi na informática que sempre fez carreira.

Destaques PPLWARE

  1. Jota says:

    É cada notícia mais encomendada…! A apple está mesmo em desespero!

    • João Oliveira says:

      Ó chatice ó aborrecimento de não ter um smartwatch da maçã trincada. Dores pélvicas assolam os dias tristes sem um gadgetzito para mostrar que tem jota louco, nem mesmo um xines cópia da genesis. Pobre jota pobre jota que se junta a maçã num coro silêncio a estender a mais por um punhado de dólares. No cartaz dizia e ainda diz “ a apple está mesmo em desespero!” a vossa moeda pela almas.

    • Patricio says:

      por mentalidades destas que o pais esta assim…falar sem se informar primeiro..

    • Wishmaster says:

      Neste caso, até nem acho que tenhas razão…
      Isto é a demonstração de aplicação prática da funcionalidade disponível no Apple Watch e tem a vantagem de nos fazer perceber melhor a importância que a mesma tem.
      Eu já sabia desta funcionalidade, mas, apesar de ter achado importante, não achei tanto como ao ver a sua aplicação na realidade.
      Portanto, a notícia é muito útil.
      Além disso, pratico BTT em trilhos muito técnicos, com descidas íngremes e por vezes fazem-se descidas a mais de 50km/h, entre árvores, pedras, galhos e troncos caídos. Evito ir sozinho (quando vou sozinho nunca arrisco grandes velocidades) porque sei que se cair, será grave e provavelmente perderei a consciência… Agora imagina: no meio do nada, com acesso dificílimo, em que para lá chegares a pé demoras mais de uma hora…cair e ficar inconsciente, provavelmente com ferimentos graves (hemorragia interna, por exemplo…)…Esta funcionalidade salva-te a vida.
      Sem Apple Watch é para ficar lá caído mais de 24horas…

    • Louro says:

      Aquele momento em que vens aos comentários e mesmo antes de chegar já sabes que um dos primeiros comentarios vai ser alguém azeado porque é Apple.

      Se fosse outra marca, certamente que nao terias feito este comentário.

    • Mateus says:

      Eu conheço um caso de uma vizinha que passou mal e desmaiou, o Apple Watch detectou e enviou uma mensagem de emprego para o filho dela, não é questão de desespero é questão doque o relógio pode fazer.

    • Miguel says:

      querias era ter um…

  2. Ivan Leonardo says:

    Não sou fã da Apple, mas tenho q valorizar que as funcionalidades descritas podem ser uma melhoria para a qualidade da vida de uma pessoa, fiquei curioso se os restantes fabricantes têm funcionalidades semelhantes.

  3. Emanuel says:

    Epah, descupe lá quem não sei porquê, odeia a Apple, cada um tem o que quer.
    O Apple Watch sempre esteve, pelo menos no que toca á parte da saude, á frente dos outros, seja no software ou seja nos sensores. A coisa funciona, e bem.
    Se ajuda a prevenir ataques cardiacos ou numa queda, avisa os serviços de emergencia e contactos, só vejo vantagens.
    Custa dinheiro, muito, custa, mas não é só para ser bonito e fazer figura.

  4. Bob says:

    Um excelente exemplo da tecnologia a funcionar em prol da humanidade 🙂
    Seja de que marca for….
    Se o serviço funcionar cá, e para quem tiver um, que o configure devidamente!

  5. Joao says:

    Este serviço funciona em Portugal? Em caso afirmativo, em que consiste o contacto com os serviços de emergencia?

  6. O novo do restelo says:

    Estes relógios funcionam com Android?

    • Vítor M. says:

      Não. Estes dispositivos, embora tenham já um grande grau de autonomia, porque já têm loja de apps própria, porque já atualizam sem recurso ao iPhone, precisam do iPhone para emparelhar e ter várias funcionalidades agregadas à app Watch, existente no iOS.

  7. Fixo says:

    Por razões que não vêem ao caso, conheço pessoas de idade que vivem sozinhas. São autónomas exceto em caso de quedas.
    Uma impresiona-me bastante. A casa tem R/C e 1.º andar e, como não sobe escadas, usa uma cadeira-elevador, mas o risco de cair é grande.
    Já tive um familiar que ficou horas caído sem se poder levantar até aparecer alguém.

    Convém que que não se riam mas a história é verdadeira: num casal, ambos bastante surdos, que usavam aparelho auditivo, à noite, quando os dois tinham tirado os aparelhos auditivos: a mulher tinha sido operada e estava de cama; o marido veio ao R/C, caiu e não se conseguia levantar; chamavam um pelo outro e não se conseguiam ouvir; foi assim que a filha os encontrou na manhã seguinte quando foi lá a casa.

    Não é a primeira vez que leio notícias como a do post:sobre deteção de quedas pelo Apple Watch. Num caso, o Apple Watch, usado por uma mulher com uma doença neurodegenerativa comunicou ao marido uma queda. O marido contactou um vizinho que abriu a porta e encontrou a mulher caída. As quedas são um assunto frequente e importante a partir de certa idade (cair ao andar de bicicleta, enfim, nem por isso, o normal é que quem cai se levante).

    Por isso, em vez de comentários patetas do tipo: “É cada notícia mais encomendada…! A apple está mesmo em desespero!” pensem duas vezes.

  8. Fixo says:

    … Por razões que não vêm (de vir) ao caso – e não “vêem ao caso. Vêem é de ver (com “dois olhos” os “ee”, que com o acordo ortográfico perderam o ^)

  9. AL-TINO says:

    esse reloge tá a ficar perigose… e se tou a esgalhar o pessegueiro e o watch liga para a minha mãe ? forget about it.

  10. Necro says:

    Por sorte ainda tinha bateria!!

  11. sergio says:

    Não têm mais nada que escrever. Saudades da sensura. Se ainda o relógio tivesse avisado o ciclista que iria ter um acidente…. isto já seria notícia.

  12. Francisco says:

    Se fosse Samsung ou Xiaomi ao cair rebentava todo e nunca mais dava. Mais uma vez, Apple a demonstrar quem manda

  13. zé tolas, o grande! says:

    então se o relógio cair ao chão e um gajo não der conta, passado um bocado tem o inem à porta, não?…

  14. pedro says:

    Tendo o apple watch 4 justifica-se o o series 5? Ou basicamente é so pelo always on?

  15. Jorge says:

    Realmente, o que há de mais interessante nesta noticia são os comentários.
    É fantástico ver que não conseguem ler uma informação importante sem terem que descarregar o que têm.
    Gostaria de poder oferecer aos meus familiares mais idosos esta ferramenta de ajuda nas suas vidas. Pouco me importa se é da marca A, S ou X… ou outra qualquer. O importante é o que a “ferramenta” pode fazer por elas, pelas pessoas. Felizmente que há tecnologia disponível e inteligência para a colocar ao nosso dispor. Isso si, tem que ser apreciado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.