Quantcast
PplWare Mobile

Apple disponibiliza resultados dos testes de bateria do Watch

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Mikes says:

    “ainda as impressionantes 72 duas horas de utilização” Impressionantes só se for pela negativa. Só durar 72 horas na função de somente ver as horas é muito pouco – um relógio normal, digital, com uma pilha barata dura 1 ano.
    O relógio é feio, caro e no fim, praticamente inútil para o dia a dia devido à sua dependência de carregamentos e do iphone.

    • Marco says:

      insere tb todos os smart watch que estão no mercado.

    • Não Não says:

      Tanta hipocrisia!

      Olha os droidboy que dizem que o relógio deles dura 2 dias, se desligar à noite, ou seja, 40 horas só de notificações, e poucas…

      O Apple dura 48, com software beta….

      Queixavam-se de ser muito grosso… 9.5mm… dos mais finos até agora…

      Falam dos ecrãs… têm os ecrãs maiores e com mais pixels até agora…

      Nos telemóveis, o NFC era tão, tão importante, e era uma crítica não ter carregamento sem fios… Nenhum os tem dos Android…

      Criticaram a Apple pelo iPhone 6 já não ter safira, e antes criticavam pela safira partir muito com o impacto… O Watch dá as duas opções: ou ionx ou safira…

      Só, mas só hipocrisia…

      • pedro says:

        Who cares não não? Eu continuo a usar o meu relógio de 5€ e serve-me muito bem. Quero aplicações? Uso o smartphone. Ponto. Este tipo de gadgets vai revelar-se um fracasso tão depressa que até vou já buscar as minhas pipocas para assistir ao filme.

      • Rafael Rodovalho says:

        relógio moto 360 tem carregamento sem fio. Vc fala do que não sabe.

    • Nuno_p says:

      O relógio digital que tenho, a pilha dura cerca de 10 anos.

      • Joao says:

        e notificacoes? sensores? controlar musica do tlm? mudar o background do relogio? atender chamadas? siri? aplicacoes? enviar mensagens “emogi”? Pois para so mostrar as horas mesmo que durasse 100anos n faz mais nada.. Para quem diz que o apple watch e horrivel, alguem ja se esqueceu do samsung gear com maquina de 2mpx?? LOL

        • Rogerio says:

          *emoji sff. Se és iFan ao menos aprende o lingo.

        • Johnny says:

          E useless crap?

          É tudo o que um smartwatch é, seja Android ou IOS.

          Um relógio foi feito para ver as horas, não para atender chamadas, jogar, ver mails, etc.
          Para isso existem os velinhos tamagotchis!
          Depois do Smartwatch virão os Smartglasses, porque toda a gente vai passar a usar óculos por danificar a visão de passar o dia todo a olhar para ecrãs minúsculos.

          E depois dos Smartglasses ainda virão as Smartchairs, porque não tarda os humanos já nem andar sabem…

          • João Serra says:

            nao estou a defender o watch até porque os telemoveis foram o motivo de ter parado de usar relogios. Mas pensa nisto como uma pulseira e nao como um relógio… está mais para um BIPer sofisticado… mas nem para isso é bom porque o objectivo do biper era notificar a pessoa a qualquer altura

    • Joao says:

      mal posso esperar para instalar o meo go no apple watch e ver tv no relogio enquanto conduzo

    • Johnny says:

      1 ano????

      Tenho um Casio que tem a pilha há mais de 10 anos e a imagem continua “forte”…

  2. Ricardo Lopes says:

    Mais uma vez os novos dispositivos deixam muito a desejar por falta de uma melhor bateria.

    Todos os dispositivos inteligentes têm este problema. Parece que é necessário investir forte no mercado das baterias, pois quem conseguir evoluir este segmento de certeza que terá uma enorme vantagem em relação aos outros concorrentes.

  3. Jorge Cunha says:

    FLOP! É assim que chamo os smartwatches. Enquanto as baterias tiverem estas durações, NUNCA terá uma adesão massiva por parte dos consumidores.

  4. Marc says:

    Não quero criticar o Apple Watch, mas sim a maneira como são efetuadas estes testes.

    O meu LG G3 tem na minha utilização média uma duração de 2 dias, utilizando consideravelmente muito WiFi, 4G e chamadas.

    Se em stand-by (4G) dura 600 horas (25 dias) e eu ligar rapidamente o ecrã 5x por hora rapidamente para verificar as horas, utilizar uma aplicação 45min e receber 5 notificações por hora creio que consiga passar a semana sem carregar. Mas obviamente nunca será o caso.

    • Joao says:

      Marc es troll so pode, nenhum android dura 1 semana nem que deixes o tlm numa mesa..so a rede do tlm come a toda mais os processos do google services.

    • PSL says:

      Que troll este gajo.

      O que é que o teu telemóvel tem a ver com este relógio?

    • Marc says:

      Olha que dois iFans a trollar! Ja cheguei a ter 3 dias e meio de bateria (contudo sem WiFi) com uso normal. PSL não estava a fazer comparações de um telemóvel com um relógio, mas sim como este teste de bateria foi realizado (aprende a ler).

      João, vai a PhoneArena e ve o valor do stand-by time…

      Resumidamente quero dizer que a forma como a Apple realiza este testes serve para terem os headlines nos jornais a dizerem “Apple Watch battery last 18 looong hours!”

  5. gFan says:

    Mas que raio de testes são estes?
    Onde está a capacidade em mAh?

  6. piri_vm says:

    Ainda alguém pensa que estes equipamentos servem para alguma coisa? Nunca irão substituir o relógio.

    • zeze says:

      Concordo, estes equipamentos pouco vão ser usados.
      Talvez o pessoal que os use mais sejam os programadores, para andarem a brincar com as suas aplicações.
      Agora uma pessoa normal, a única utilidade que estou a ver a darem a estes dispositivos é zero, vais ser só mesmo para dizerem “Eu tenho um e tu não”

      • Nuno Gonçalves says:

        Cheira-me que não vai ser bem assim.
        Na altura do iPad também pensava que não ia haver utilidade nenhuma, e enganei-me! lol

      • Isso… as pessoas também só precisavam de telemóveis para fazer chamadas e mandar SMS… ler email? Isso só executivos! Ir à net? Fogo, num ecrã tão pequeno dão dá jeito nenhum! Tirar fotos? Eish, para isso tenho a minha máquina fotográfica!

        Vejam lá se acordam para a vida. É claro que tem utilidade, os únicos constrangimentos são mesmo a bateria devido à limitação do tamanho. Estes dispositivos, no mínimo, conseguem tanto sucesso quanto as bandas de fitness, que se têm vendido aos milhões…

        E a parte de substituir o relógio, já vão tarde, uma vez que o meu telemóvel já o substituiu há muito. O meu e o de muitos milhões de pessoas, e nem precisa de ser um smartphone…

      • Luis says:

        Concordo contigo, embora toda a gente dizia isso sobre o ipad….

        • Joselito says:

          Então eu devo estar ainda mais a frente, pois já deixei os meus ipads e tablets de lado e voltei ao notebook, pois para mim é muito mais produtivo.

      • pedro says:

        Vai ser só para mostrar, tal como a maioria das pessoas que eu conheço que tem aparelhos da Apple ou outros também dos caros (isto, falando de smartphones e tablets).

  7. Nuno says:

    Sou fã da Apple mas este é um aparelho muito difícil de defender… Não há nada que o distinga dos outros smartwatches e o design é no mínimo desinspirado. Então o preço… comparando o com o moto 360 (250€) com pulseira em aço inoxidavel e vidro de safira, o equivalente na Apple custa quase 1000€…

  8. Alibaba says:

    Bem melhores que qualquer smartwatch -> http://tinyurl.com/pg6ogo7 😛

  9. David Ferreira says:

    E viva o LG G Watch R e os seus 2 dias e meio sempre screen on xD

  10. Benchmark do iPhone 6 says:

    A juventude gostava de ver a capacidade da bateria em mAh. A Apple preferiu, parece-me mais acertado, exprimi-la em “tempo de utilização normal”:

    – 6,5h em playback de música, emprelhado com um iPhone por Bluetooth
    – 7h em uso contínuo de aplicações emparelhado com o iPhone e com o sensor do ritmo cardíaco ligado
    – 18h – 90 consultas das horas, 90 notificações, 45 minutes de uso de aplicações e 30 minutos de playback de música via Bluetooth
    – 48h – utilização, em cada hora, cinco vezes (4 segundos de cada vez) de aplicações emparelhadas com o iPhone.
    – depois de entrar em “reserva de energia” mais 72h de utilização apenas como relógio.
    Carregamento a 80% em hora e meia e a 100% em duas horas e meia.
    As utilizações podem ser diversas. As 18h tanto podem chegar a 48h como ser escasso, tudo depende do uso. Só com utilização diária se pode aferir.

    Alguém tem tempos de “utilização normal” de outros modelos para comparar?

    • pedro says:

      Só tenho uma coisa a dizer sobre estas autonomias deste tipo de aparelhos: dado a roubalheira de preço que pedem por uma coisa que para muita gente irá ser inútil, é ridículo.

    • Rafael Rodovalho says:

      Se a fabricante acusou 3h de uso. Na hora que vc colocar no pulso esse tempo cai para metade. Isso é o que a maior empresa de tecnologia do mundo pode fazer?

      Não se esqueça que um projeto ridículo como esse tem mais de 2 anos de planejamento.

  11. ricardo says:

    Digam me para que quero ver o facebook no relógio. Se isto faz sentido. Enfim. Querem meter tudo num relogio claro que a bateria não dura. Mais valia ter poucas funcionalidades mas boas e eficiente do que ser assim. Prefiro dar 300 euros por um lindo diesel para sempre.

  12. Alexandre says:

    Nada com o Pebble Steel..

    6 dias ligado e com todas as notificações.. e por metade do preço!

  13. José Toninho says:

    adorei … vou já comprar nenhum

  14. Luisbad says:

    Vai vender que nem tremoços.
    Venham cá daqui a um ano e depois logo falamos.

  15. Luis Silva says:

    A pior “inovação” de todos os tempos. não faz sentido nenhum esta tecnologia. é simplesmente um assalto à carteira dos colecionadores da apple, que não vão deixar de adquirir mais um dos seus produtos.

  16. Rui Carrico says:

    Então para a Apple o dia tem no máximo 18 horas… Se não usarem o relógio, se usarem pode ter só 3 horas?

    • Joao says:

      se so usares para ver horas tens bateria 3dias, se usares para musica/desporto/notificacoes dura 1 dia a vontade.

      • Rogerio says:

        Para ter um smartwatch e poupar bateria a ver apenas as horas, compra-se um Casio daqueles antigos. O meu pai teve um durante 15 anos e só estragou porque ele sofreu um acidente de motoca.
        Tu sendo iFan devias ter um bocadinho de senso comum oh João… Oh.. Espera… iFan =/= Senso Comum

  17. miguel says:

    Ainda me lembro de ha uns meses, varios users virem dizer o seguinte: “A apple agora diz 1 dia de bateria, pq depois no dia da apresentaçao dizem que afinal dura 2 dias e os fanboys ficam delirantes”, parece um grande fail da parte da apple, 18 horas vao passar a 12 ou 3 ou ate menos, a capacidade vai diminuir e os usos intensivos vao dar cabo dela.

    Quem usar pouco safa se melhor mas mm assim para a grande apple, cheia de coisas boas e novas todo o momento fica aquem do que se pretendia.

    No entanto tenho de referir que n deixa de ser uma das maiores empresas em desenvolvimento tecnologico, mas tb uma das maiores “xulas” do mercado

  18. Joao says:

    a bateria é impressionante mas basta os sensores funcionarem bem para ser um sucesso. Os android com suor n acertam uma, e ate contam passos a conduzir.

  19. João Serra says:

    Noticia ultima hora!!!
    Apple anuncia que os dias agora só já têm 18 horas

    • Benchmark do iPhone 6 says:

      Notícia de última hora: o João Serra não se deita, coitado é 24 sobre 24h acordado, nem tem 2 horas em casa para carregar o smartwach 😉

      Deixa lá que se esqueceres de carregar ainda tens relógio para pelo menos mais 72h.

      • gFan says:

        Como se isso não fosse possível. Não tenhas pena do João, devias era ter pena de ti…

        O velhadas já não se sente capaz de fazer umas directas, coitadinho.

  20. Carlos says:

    Muita gente usa smartwatches para monitorizar o sono, ou a atividade física dum dia inteiro.

    24 horas de duração parece-me o mínimo exigível.

    Exceto pelos vistos para a Apple.

    Mas bom, não é a primeira vez, e não será com certeza a última, que se aplicam critérios diferentes para a Apple e para o resto do pessoal…

  21. LP says:

    Faltou acrescentar que desligado, a bateria dura uns meses…
    Autonomia ridícula… Para quem não trabalha “das 9 às 5” nem lhe dura “um dia”.
    Acredito que o compasso de espera foi na esperança de resolver este problema, mas não conseguiram, não conseguiram ultrapassar a concorrência como nos foi habituando, tendo até ficado aparentemente atrás… Tenho quase a certeza que com Steve Jobs não seria lançado até conseguiram uma autonomia decente, até deixarem a concorrência a ver navios… O “best or nothing” já la vai…

  22. Mr.Antunes says:

    Pebble SteelTime, 10 dias de bateria com ecrã sempre ligado e não vou falar do resto… 😛

    • Joselito says:

      Pois… não falas do resto porque não há mais nada de vantajoso. Se gastar dinheiro num smartwatch da Apple ou Android é dinheiro mal gasto, num Pebble ainda é mais.

  23. Benchmark do iPhone 6 says:

    Por falar nisso, alguém já leu em algum lado a capacidade de armazenamento?

    Vendo ao preço de custo, sem confirmação: 8GB com 2GB disponíveis.

    • Benchmark do iPhone 6 says:

      Já percebi. São de facto 8GB, mas os 2GB é o limite para as músicas (200 músicas), mais 75 MB para fotografias (100 fotos). Os 6GB são para o SO e as apps.

      P.S. A bateria é substituível pela Apple. Tem uma duração prevista de 3 anos.

      http://9to5mac.com/2015/03/10/apple-watch-includes-8-gb-of-storage-allows-2-gb-of-music-storage-and-75-mb-of-photos/

      • LP says:

        “substituível pela Apple” lol! Isso é o que se chama “não substituivel” (na tua lógica, tudo é substituivel). 6GB para SO (que pouco deve ocupar) para apps?! Nem que metesses lá as app´s todas da store que surgirem… e para musica que facilmente se ocupam muitos GB, só deixam 2?!

        • Benchmark do iPhone 6 says:

          Não vejo qual é o problema se tiveres outras músicas no iPhone podes ouvi-las no Apple Watch, em playback por sincronização por Bluetooth (6,5h de duração).

          Devias era notar outro aspecto:

          – Quem foi o estúpido que concebeu o Android Wear sem Wi-Fi, só com Bluetooth, dependendo totalmente da proximidade do smartphone? Andas pela casa, afastas-te do smartphone – perdes a ligação.

          Agradece à Apple ter mostrado como deve ser um smartwach, vai forçar o Android a evoluir, até em questões básicas.

          • Benchmark do iPhone 6 says:

            P.S. O espaço ocupado pelas apps no Aple Watch não o podes ver da mesma maneira que num smartphone.

            Dando um exemplo de um processo que toda a gente conhece – a instalação de uma nova versão do SO. Chega comprimida, precisa de espaço para descomprimir (no caso do IOS também de espaço para fazer backups).

            No Apple Watch há também um processo idêntico – as apps precisam de espaço adicional para o processo de descompressão.

        • LP says:

          Se não precisas do espaço para musicas, então nem devia existir… se não tens nada ou quase nada no watch que não tenhas no iPhone, se calhar nem devia era existir o watch… mas não ligues, eu é que talvez seja demasiado pragmático.

  24. Jorge says:

    Convém assinalar o seguinte especialmente para quem não vê nenhuma utilidade neste tipo de gadgets. Já utilizo smartwatches e derivados há quase dez anos. Para quem não sabe, um dos primeiros relógios híbridos curioso e que utilizei foi o da sony ericson que tinha um visor analógico/mecânico e visor digital. Além de ter um design muito bonito e apelativo, dado que se assemelhava a um relógio normal (vide sony ericsson mbw 150) suportava notificações de mensagens ( a própria sms aparecia num visor diminuto, mas legível) e, emparelhado por bluethoot, permitia ainda ver quem telefonava, aceitar ou rejeitar a chamada, controlar o leitor de musica (evitando ter que tirar o telem do bolso etc) e….ser um relógio normal. Para que serve então isto? Para quem, como eu, está constantemente em ambientes em que não é aconselhável ou permitida a utilização de telemóveis, estando, no entanto, sempre com a noção de quem liga, quem manda sms ou se fôr algo urgente, ter a noção disso. É esta vertente que utilizava mais. Saber que posso ter o telemovel diariamente no silencio, mas estar a par do que se passa pelo menos em chamadas ou sms, discretamente e sem importunar o meu trabalho. Daí que, obviamente só quem utiliza este tipo de gadgets com este fim lhe pode dar o devido valor. Mais recentemente utilizo o smartwacth 2 da sony que é muito interessante. Não é o mais bonito se tivermos em conta os atuais da LG, mas é tactil e a bateria dura praticamente duas semanas. Adianto que de noite o desligo, já que não tem utilidade nessa parte do dia e não passo o dia a ver notificações, apenas quero estar a par do que referi anteriormente, apesar de ter muitas mais funcionalidades. Daí que ler a duração de bateria deste Apple…enfim…é constrangedor. Relembro ainda uma coisa que para mim é importante: este que utilizo pode ser carregado através do cabo normal micro usb do telemóvel e acreditem que esta componente é muitooooooo importante para mim, para não ter que andar com mais acessórios atrás cada vez que vou para outro local por um fim de semana ou férias. Odeio ter que andar sempre com periféricos proprietários ( coisa curiosamente tipica da Sony) e que aqui resulta em pleno. Daí que ler que este tipo de gadgets não tem utilidade nenunha, é algo surreal já que só não tem para quem não utiliza, necessita ou nunca utilizou.

  25. Luis says:

    Se vêm para aqui ler noticias, claramente são fãs de tecnologia. Um smart watch é isso mesmo, mais um pedaço de tecnologia que nos faz discutir os prós e contras. Já tive um gear 1, vendi para comprar o 360. Utilidade? Sim, uma vez que ando de mota todos os dias, mesmo não podendo atender às chamadas pelo relógio (no gear conseguia e com a mota parada mas a trabalhar ouvia muito bem, poupava ter de tirar o telemóvel do bolso), agora perdi essa funcionalidade com o 360, mas ganhei outras. Não vivo em Portugal neste momento, e como seria de esperar não conheço a cidade onde vivo como conhecia por exemplo Lisboa, e é aí que entra o moto, assim que vão ao maps e tratam um destino, ele automaticamente mostra as direcções no relógio e vibra fortemente quando é suposto virar. Para mim, é muito prático e útil, tal como as notificações, mas isso toda a gente já sabe. Acabem lá com essas discussões ridículas entre as diferentes marcas e façam comentários construtivos e partilhem informações relevantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.