Quantcast
PplWare Mobile

Afinal há muitas mais apps do iPhone a ler em segredo o clipboard do iOS

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Pirata das cabernas says:

    Para os que passam a vida a defender ios ou só a criticar Android.. Está aqui mais uma pedra das que gostam tanto de atirar..
    Seja ios ou Android temos que ter muito cuidado com o que se instala… Esse é que é o problema

    • saldoso says:

      cuidado com o que se instala não é suficiente! Há aplicações insuspeitas a olhar para o clipboard, algumas de forma transparente, outras nem por isso, quer no iOS, quer no Android.
      Quanto a iOS e Android… ao menos agora sabemos onde poderemos ser avisados do comportamento das aplicações.

    • Rrrrrr says:

      Estás a confundir as coisas.
      Estás a confundir Google (onde o modelo de negocio principal sao dados dos utilizadores, publicidade etc e onde á partida, os utilizadores ja sabem que estao sujeitos a isso) com a Apple ( onde o modelo de negocio é hardware e software.

      o problema aqui sao as apps de 3os que utilizam informacao (possivelmente) sem ser necessario e para proveito proprio.
      O que a Apple aqui está a fazer é alertar os utilizadores sempre que esta accao acontece.

    • Corsário dos Mares says:

      A diferença é que a Apple bane estas aplicações todas e não voltam a entrar até o código ser corrigido. No Android, piscas os olhos e aparecem 100.000 aplicações por minuto a fazer a mesma coisa. Isto não é uma questão da Sony fazer X e da Toshiba fazer Y. A grande questão aqui é na forma como os fornecedores lidam com esta questão. No Android por norma estás exposto, no IOS hoje em dia isto não é normal, mas é corrigido com mais velocidade que nos outros. Mais depressa sai uma bolacha ou chocolate novo no Android do que é aplicada uma forma de prevenir ou tentar corrigir isto.

  2. Pirata das cabernas says:

    Para os que passam a vida a defender ios ou só a criticar Android.. Está aqui mais uma pedra das que gostam tanto de atirar..
    Seja ios ou Android temos que ter muito cuidado com o que se instala… Esse é que é o problema

  3. Jota says:

    Esta notícia não devia ter um “Cuidado” no inicio?

  4. ervilhoid says:

    Algumas poderão aceder, mas será que copiam o conteúdo?

    já tinha pensado há uns tempos nisto, deveríamos ter opção para o clipboard limpar ao fim de x tempo

  5. Fiu says:

    Afinal….afinal…sempre estes pseudo-artigos do afinal como se de uma grande novidade se tratasse. Afinal….

  6. Fulano says:

    Novidades só no Continente…

  7. Euéquesei says:

    Apps do iPhone a espiar?
    Só por causa desta inovação aumenta o preço 100 euros… Apple, sempre na vanguarda da rectaguarda.

  8. O Joaquim anda ca says:

    Não faz no android? E faz no ios? Dps a Apple é que é segura.. Lolol
    Não faz no android porque não consegui.. Simples, até porque tinha mais alvos que no ios.
    Assim se vê as fragilidades da Apple… Dizem que é segura porque ninguém se da ao trabalho de ver as vulnerabilidades deles..

    • saldoso says:

      Tens noção que é dito no artigo que o mesmo acontece no Android?
      Aliás a pessoa que, há uns meses atrás, chamou à atenção para este comportamento das aplicações, diz que no Android é ainda pior já que as aplicações podem aceder ao clipboard mesmo quando estão no background.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.