Quantcast
PplWare Mobile

Afinal Apple partilhou dados dos clientes com o governo dos EUA

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Simões


  1. Bartolomeu says:

    Quer dizer que ninguém sabia dos relatórios que a Apple periodicamente publica na sua página da internet a indicar a quantidade de mandatos a que responde vindos de autoridades governamentais de diversos países?
    Quer dizer que ninguém ouviu o CEO da Apple a dizer basicamente o mesmo quando foi o caso do terrorista? Até usou as mesmas palavras, têm uma equipa disponível 24h para avaliar os pedidos.

    • Alpha says:

      “Strong encryption does not eliminate Apple’s ability to give law enforcement meta-data”
      Ia jurar que eles apregoam exatamente o contrário…

      • Bartolomeu says:

        Tu ías jurar, mas o facto é que eles já disseram publicamente que dão dados de contas iCloud em caso de mandato, a lei até obrigaria a isso dentro dos trâmites legais. E se leres o mail completo ficas a perceber como é dito basicamente o mesmo que já disseram antes. Uma coisa é defender a tecnologia de encriptação de dados dos dispositvos, outra seria eles negarem que não colaboram com as autoridades em nada.

        • Alpha says:

          Então a “strong encryption” é… Um faz de conta (no que a privacidade respeita)?

          • Bartolomeu says:

            :S really? Encriptação protege dados estacionários no aparelho, protege a privacidade no aparelho.
            Dados na rede é outra área de privacidade, e é impossível não deixar qualquer rasto de actividade nos servidores dos serviços que as pessoas querem usar na rede. A pessoa tem a escolha de usar ou não esses serviços, daquilo que partilha com esses serviços, e escolher com base nas garantias que esses serviços dão. Mas se quiser usar o aparelho que comprou não tem grande espaço para escolhas dos dados que usa, e esses devem estar bem protegidos.

          • Alpha says:

            Então isso quer dizer que os dados encriptados estão seguros?

          • Bartolomeu says:

            Isso quer dizer que é preciso encriptação de dados para construir a segurança dos dados no aparelho, sem isso torna-se fácil pegar no aparelho e ler os seus dados, …

          • Alpha says:

            Os dados encriptados estão seguros ou não?

          • Bartolomeu says:

            Num iPhone dados estacionários encriptados usando uma boa password estão seguros.

          • Alpha says:

            Tão seguros como os que estavam no telemóvel do terrorista a que os EUA acederam?

          • Bartolomeu says:

            O telemóvel do terrorista não tinha uma boa password, tinha um PIN, fiz essa distinção.

      • MLopes says:

        não é verdade. sempre disseram que davam metadados. mas também sempre disseram que não íam quebrar a encriptção ou criar backdoors e não o fizeram, tanto quanto se saiba

  2. MiguelDias says:

    Claro que o comum policia não tem acesso a isto, nem FBI tem.

    Isto só mesmo NSA e talvez CIA, agora que tem acesso a tudo não duvidem.

  3. PP says:

    É o confirmar do que já havia sido dito anteriormente. Basicamente tudo o que passa por um aparelho da Apple vai parar às agências governamentais americanas e a quem eles mais quiserem. Idem para a Microsoft (já alguém se deu ao trabalho de ler as políticas de privacidade da Microsoft? Leiam na totalidade… e bons ataques cardíacos!). E idem para o Facebook. E supostamente idem para a Google, apesar de da Google ainda não haver muito fumo, penso eu.

    Sempre que alguém publicitar que fazem isto e aquilo para a nossa conveniência e para nos dar mais isto e aquilo é chapa 5, é a conversa da treta para nos irem comer tudo o que está ou passa nos nossos aparelhos.

    Um dia destes ainda vou é comprar um telemóvel que tenha o Ubuntu como sistema operativo, pelo menos aí é só o operador de rede que me anda a espiar. Digo eu, se calhar até o Ubuntu anda a ver as fotos que tenho nos meus aparelhos e a ler as mensagens que manda e recebo neles e a ler os meus documentos…
    Qual era o sistema operativo do ZX Spectrum? Ainda vou é ver se dá para instalar esse em tudo o que tenho cá em casa! 😀

    • Bartolomeu says:

      :S Não é nada disso que é dito. O que é dito não passa de uma repetição do que a Apple já falou sobre os dados que partilha com as autoridades sobre as contas de cliente, isto é, dados nas contas iCloud.

  4. MiguelDias says:

    Mesmo que a própria apple não deixa-se bastava por ordem do presidente entrar em contacto com algum director da apple ou programador e pronto o “dever para com a pátria”.

    Quer dizer a NSA/CIA investe milhões para terem contactos por todo o mundo e pensam que não iam mandar na sua própria casa?

    Já vivi 4 anos na América, e posso vos dizer que o ppl Americano está sempre pronto quando se trata da bandeira americana!

  5. censo says:

    La vem a história costume sobre a privacidade, seja la o que isso for. É evidente que as empresas, sejam quais forem, tem o dever de colaborar com as autoridades. E quem diz o contrário é porque sem sabe o que é isso de ter uma empresa.

  6. MLopes says:

    para além de uma redação diferente do artigo, nada de novo.
    contudo o último parágrafo é impreciso e tenta lançar a confusão. no caso referido o que foi recusado foi a criação de um backdoor universal, não o acesso a metadados ou dados da icloud.

    • Bartolomeu says:

      É pior que impreciso, a Apple na altura chegou a dizer expressamente que colaborou com as autoridades e lhes forneceu dados que tinha relativo à conta iCloud associada ao aparelho, isto é, disse basicamente o mesmo que o que é descrito neste email.

  7. Pedro A. says:

    Mas alguém tinha duvidas. Já se sabia que tinha sido buraco nas contas dos utilizadores e não do iCloud.

  8. David says:

    Deve ter sido através da porta USB-C. O FAB deve saber…..

  9. iSad says:

    Same shit different day.

  10. 007 says:

    Só os cegos que ñ querem ver, quanto mais você eu acreditamos que temos privacidade total, mais nos iludimos, e mais controlo têm de nós.

    Ninguém no mundo que faz o uso de redes sociais, Marcas de telemóveis top, coloquem algo na cabeça estão longe de terem privacidade absoluta.
    Pior quando se trata de produtos americano (USA).

  11. Alpha says:

    A imagem do artigo encaixa (mesmo) muito bem 😀

  12. Sujeito says:

    São os americanos com os terrorista e os portugueses com a Apple. Mal ouvem, desligam o cérebro e mandam larachas.

    Isto não é novidade. informem se, percebam as circunstâncias.

  13. TenhoDito says:

    Onde é que anda a appledefenseforce tambem conhecido como FAB? É tudo protegido e não sei o que e eles nunca partilham nada. Afinal o MacOS é que é uma Botnet oh FAB.

    • toni da adega says:

      Há certa informacao a ser enviada, a propria Apple assume isso, mas agora até onde vai esse envio é que já nao se sabe.

      Segundo a Apple:
      “The longer you use Siri and Dictation, the better they understand you and the better they work. To help them recognize your pronunciation and provide better responses, certain information such as your name, contacts, and songs in your music library is sent to Apple servers using encrypted protocols.

      If you have Location Services turned on, the location of your device at the time you make a request will also be sent to Apple to help Siri improve the accuracy of its response to your requests”

      • TenhoDito says:

        Claro, e todas o fazem se querem ficar relevantes. Informaçao de usabilidade é uma coisa essencial para melhorar um produto.

        O problema é que a Apple adora, mas adora mesmo, mandar areia para os olhos dos clientes e praticar uma segurança atraves de fumo.
        Na conferencia do ano passado, disseram que nenhum tipo de data era enviado era tudo tratado no telemovel por exemplo, o que é uma barbaridade e qualquer pessoa que esteja minamente dentro da area sabe perfeitamente que isto é impossivel a não ser que eles queiram ficar completamente atras da concorrencia. Depois usam discursos que o sistema deles e o mais seguro e tentam fazer PR stunts em tribunal para dar essa ideia e que se preocupam com a privacidade dos seus clientes.

        Mas isto não vem de agora, vem de ha muito tempo atras, eles escondem-se atras da falta de interesse que havia por parte de crackers e hackers no seu sistema para dizer que ele era seguro. Mas na realidade, quando alguem queria entrar, entrava e era bastante facil tal como foi demonstrado em varias competições de hacking. Depois temos aquele enorme fiasco que houve com os leaks da icloud em que eles mostraram bastante bem a incompetencia que vai dentro daquela companhia a nivel de segurança e boas praticas, em vez de terem um numero maximo de tentativas de acesso ou outra proteçao semelhante do lado da API de acesso, era necessario essas tentativas e proteçoes serem implementadas em cada app individualmente. Quando alguem se deu ao trabalho de ir a procura e aceder directamente a API, aperceberam-se que podiam fazer inumeras tentativas ate acertar na palavra pass certa, o que sendo feito com um ataque de dicionario e afins torna bastante facil aceder a umas quantas contas.

        Com isto tudo quero dizer que o problema, a meu ver, não é tanto o facto de isto ter acontecido ou falhas que eles tenham(porque isso todas a companhias tem), é sim a maneira como eles tentam esconder e vir com discursos de markting e futeis, enquanto mandam pedras aos telhados dos outros quando eles nem telhados tem, é esse o tipo de atitude mediocre e sem qualquer base de apoio que faz a companhia ficar mal vista quando depois se vem a saber a verdade.

        • Toni da Adega says:

          O pessoal tem a mania de colocar certas marcas em pedestais coisa que não faz sentido.
          Apple é simplesmente uma empresa de tecnologia como qualquer outra, mas com uma máquina de marketing tremenda.
          Todos os sistemas recolhem informação dos utilizadores, muitas assumem mais outras menos. A yahoo e a google já foram apanhadas a espiar o conteúdo dos emails, dropbox faz o mesmo.
          Amazon, ebay, facebook, google partilham certa informação entre eles.
          Windows e android recolhem informação, e são o diabo outros sistemas fazem o mesmo (incluindo algumas versões de Linux) e já está tudo bem.

          A Apple tem uma patente em que ao pesquisar num site de e-commerce vai filtra os resultados consoante o saldo bancário. Se isso um dia for avante (duvido pq é ilegal) todos batem palmas e apoiam.

          As coisas precisam de ser vistas como são na realidade e não como as vendem.
          Tenho saudades de quando a tecnologia era uma ciência, agora parece religião

  14. Marco says:

    Digam um nome de um gigante tecnológico americano que não o faça…
    Até a Disneyland é uma fachada para as secretas americanas 🙂

    • Mota says:

      A diferença é que a Disney não ganha milhões com brainwashes de segurança.. certo?

    • Bartolomeu says:

      Mas a Apple já por diversas vezes disse que colabora com as autoridades com os dados que tem nos seus servidores, dos serviços que as pessoas usam. O que aparece no email não diz que a Apple tem acesso aos dados do utilizador que estão encriptados

  15. Dark Mode says:

    Ena! A sério?!…
    Não acredito…
    Estão a brincar…

  16. FAB says:

    Claro que só se lembram de fazer acusações destas depois da Apple lançar novo hardware.

  17. Pedro Amaral Couto says:

    Na mensagem não é dito que foram passados dados encriptados. Diz que foram passados outros dados, nomeadamente meta-dados (ex: destinatário, data, local, …), que não são encriptados.

  18. Vitor Correia says:

    Não sou fanboy mas tenho de admitir que aqui a Apple está a “apanhar por tabela”. Com as capacidades que hoje em dia a NSA e outras empresas não governamentais tem as empresas ou partilham os dados a bem … ou a mal. Desengane-se quem pensa o contrário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.