PplWare Mobile

A Apple vai subir os preços na Índia para manter a conotação de “luxo”


Rui Bacelar

Desenvolveu desde cedo o gosto pela escrita e comunicação. Em leis formado, tem como hobbies a aquariofilia e a música. Mas é na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e no Pplware a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.

Destaques PPLWARE

  1. TugAzeiteiro says:

    Bem.. se pensarmos na percentagem de “ricos” na Índia face ao total da população, vai na volta até têm ali um bom mercado…. agora não esperem que os Indianos sejam para sempre “tapadinhos”….

  2. Toni da Adega says:

    Este artigo só vem provar o que há muito se sabe, muitas pessoas procuram produtos caros (principalmente Apple) pelo simples facto de terem algo com conotacao de luxo (o que no dia a dia vale 0 (Zero)).

    E dada a risória quota de Mercado (1 % a 2% dependendo da fonte) é uma medida um pouco arriscada.

    • Wishmaster says:

      Escreve-se irrisória.

      Parece arriscado naquele mercado…Mas numa população de mais de mil milhões de pessoas…com certeza existirão muitos ricos 🙂

    • Ricardo says:

      É mesmo isso.
      É um pouco como os “clássicos”. Valorizam com o tempo.
      Vamos aumentar os preços porque .. porque …. ah, porque somos de luxo.
      Na realidade é como muitas marcas de luxo. Fabricado na china, sem mais valor acrescentado e depois, mete aí um tag de 5000€ por uma bolsa de senhora.

    • Joao says:

      Tens noção de que 1% na India é mais que toda a população portuguesa certo? Independentemente disso quem compra apple procura qualidade e suporte algo que a concorrência não tem, o luxo é uma falsa questão quando se fala de smartphones. Abraco

      • Toni da Adega says:

        O artigo fala em preço e luxo não fala em fazer um dispositivo com mais qualidade ou funcionalidade, fala em preço somente pelo luxo. Sim Apple tem qualidade mas não é a única com qualidade.

      • Luis says:

        Luxo é fabricar smartphones com trabalho escravo e com materiais de baixa qualidade como alumínio e vidro.
        O que adianta dá 5 anos de suporte se a maioria das pessoas trocam de smartphone a cada 2-3 anos e se não trocar, o smartphone ficará mais lento ao se aproximar dos 5 anos a fim de forçar o utilizador a comprar um novo iPhone.

        • Ze says:

          Se dura 5 anos é porque ninguém precisa. Se não durar 5 anos não vale nada. Vai-se lá entender as pessoas.

          • Luis says:

            O problema é que não dura exatamente 5 anos, pois fica lento, então ele dura mais não dura, entende? Acaba trazendo problemas pro usuários ao se aproximar dos 5 anos.
            A própria Apple já disse que realmente deixa os smartphones lentos de forma proposital.
            Quero ver alguém dar suporte OFICIAL de 5 anos ou mais sem deixar lento. Aí eu pago pra ver!

    • Ze says:

      O Toni da Adega dava um grande CFO!!

  3. Jorge Carvalho says:

    Se ao menos fossem ler o artigo original…

    Abc

  4. César Oliveira says:

    É de luxo porque é caro. Ridículo.
    Mas mais ridículo é comprar produtos Apple para mostrar que se é rico.
    Ricos pobres que vivem de aparências também elas ridículas.

  5. Nelson Cabral says:

    Fui o único a ler “lixo” em vez de “luxo”? lol

  6. Não Interessa says:

    Então em vez de produzirem um produto melhor e com features novas que o distinga de tudo o resto e cobrar mais por isso e realmente ter o status quo, não. Simplesmente aumentar preços pk sim e aumentar os lucros à pala dos burros.
    Parece-me bem (not)

  7. Flavius says:

    Pronto queres ver que o mercado da China tá em declínio, porque os fãs Apple já deram um rim e agora não conseguem dar o segundo rim .
    O que se faz ? Outro mercado Índia….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.