PplWare Mobile

A falha no Facebook, Instagram e WhatsApp foi uma autêntica dádiva para o Telegram


Desenvolveu desde cedo o gosto pela escrita e comunicação. Em leis formado, tem como hobbies a aquariofilia e a música. Mas é na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e no Pplware a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.

Destaques PPLWARE

  1. Filipe says:

    Aposto que muitos já voltaram aos serviços de onde vieram, pois hoje já funcionam normalmente. A reacção do homem também foi um bocado de desinteresse pelas pessoas como clientes; apenas pelos números.

    • eu says:

      Também tive essa sensação.

    • Spoky says:

      Sim a maioria volta de onde veio, mas sempre existem utilizadores que permanecem e dão uma chancê embora a probabilidade seja menor. Ela existe e duvido muito que dentro desses 3 milhões nenhum deles, tenha ficado satisfeito ou convencido a utilizar o Telegram.

      Quantos, não sei. Mas de certeza que os numeros aumentaram muito mais do que antes. E agora é muito mais conhecido e todos nos sabemos que a fama ajuda e muito a ser mais popular e ser usado com mais frequência.

    • Luisa says:

      Não doí nada deixar o Telegram e WhatsApp instalados no smartphone e usar ambos.

  2. Pedro says:

    É sempre bom lembrar que o telegram não usa encriptação ponta-aponta por padrão, ficando todo o seu histórico de mensagens armazenado nos servidores do telegram. Apenas o chat secreto usa criptografia ponta-a-ponta.
    Além disso, o código do servidor não é livre e a versão oficial do app costuma estar algumas versões a frente da versão como código disponibilizado, ou seja, a versão presente na play store não possui seu código-fonte disponível, apenas a versão da f-droid possui.

    resumo: o telegram é um app muito questionável, e sua segurança se resume a “confia em mim, sou seguro”. Se querem algo seguro de verdade, usem Wire, signal, tox etc

  3. Beatriz Gosta says:

    “true privacy” lol

    Signal, é o UNICO que realmente faz o que promete neste dominio

  4. Gonçalo Damas says:

    Instalei e rapidamente voltei a desinstalar visto que só tinha um contacto que também tinha Telegram.

  5. Jorge Gomes says:

    Se o facebook, o instagram, e o messenger, desaparece-se da internet seria uma mais valia para toda a humanidade deste planeta, até o planeta ficava mais limpo, e as pessoas com mais saúde.

  6. censo says:

    Lá vem a conversa tonta da privacidade. Isso só existe em offline. Acordem para a vida! Querem privacidade sussurrem ao ouvido uns dos outros. Privacidade no online é coisa que não existe. É ficção. Agora não digam que não avisei.

    • Daniel says:

      Só os burros acham isso.
      Se fosse assim as redes de pedofilia e outros crimes cibernéticos, como os feitos pelo anonymous seriam facilmente descobertos.

      • censo says:

        Só os ingénuos acreditam nisso. Não há nenhum que escape. O problema é sempre o flagrante delito, obtenção de provas e fazer valer tudo isso na barra do tribunal. Mas isso são outros “quinhentos”. Agora…privacidade ? Não há meu caro. Não sejas ingénuo.

        • Daniel says:

          Claro que há, você pode até não consegui algo a nível de 100%, mas quanto mais próximo de 100% melhor, ainda mais em um mundo online.
          Sugiro que leia o site PrivacyTools para obter maiores informações e parar de se doer porque existem pessoas que se preocupam com a sua privacidade.

          • Luis says:

            Senhas de bancos, e-mails, dados pessoais, fotos privadas. A privacidade é importante nesse aspecto.
            Você não pode dar seus dados a todos.

          • censo says:

            Luís, senhas de bancos e dados pessoais? Não é este o sítio adequado, mas eu poderia-te dizer quantos funcionários bancários são repreendidos e mesmo despedidos por violação de dados…todos os anos e em todos os bancos.

          • Luis says:

            Eu uso banco descentralizado com criptomoeda. Não uso os bancos da modinha.

        • Sujeito says:

          Claro que há. Não venhas com essa demagogia de sabichão mete-medo.
          Exige é mais trabalho do que tu estás disposto a ter.

          • censo says:

            Meu caro, não há. E olha que eu sou quem te da o melhor conselho. Pensa bem no que pões online e se queres que esteja mesmo online. O resto fica ao teu critério.

          • Alex says:

            Podes muito bem enviar dados falsos online, pões teu ISP numa VPN caseira + pfSense (firewall). Usar a rede tor ou GWG também ajuda, fazer uso de distros como Tails ou Heads ao invés do ruindows.

          • censo says:

            Alex, podes fazer tudo o que tu quiseres. É contigo. Mas se queres privado, mantém o que queres privado longe de qualquer rede. Qualquer rede.

    • blablabla says:

      Conversa de totó.

  7. censo says:

    Fala-se do Telegram que é o mesmo que falar de russos e privacidade online, conceito que por si só já é contraditório, só pode ser para rir. Falar de outras apps e privacidade…é outra comédia. E portanto, temos uma discussão bem disposta por aqui… Estas ideias generalizadas que pairam nestas mentalidades justificam e legitimam os ataques online sejam eles quais forem. Está tudo explicado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.