Quantcast
PplWare Mobile

Apple é responsável por 94% dos lucros da venda de smartphones

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Simões


  1. Derrr says:

    E bem merece. São produtos excelentes. Só é pena serem construidos na chinezada.

    • FM says:

      se construído na china não significa que é mau…. eu posso ter uma empresa rota em Portugal e uma de excelência na china… lá por ter fama não quer dizer que seja mau…

    • witherwings says:

      Até parece que as outras marcas não são construídas/escravizadas lá

      • Andr8 says:

        Ou até parece que ao lado dos iPhones, não são fabricados outros telemóveis de outras marcas… pois…

        Ao menos a Apple tem cuidado com os fornecedores, ao contrário dos outros!

    • miguel says:

      Não admira, com a margem de lucro que eles tem comparado com a concorrência.
      Do quer dizer uma coisa fabricam barato e vendem caro.

      • Derrr says:

        Deviam mudar as fabricas todas para eua e europa.
        Não me importava de pagar a mais para poder ler MADE IN EUROPE num preduto de excelência.

        • miguel says:

          Mais ainda?? que??3mil euros??? por um telemovel.
          Descansa que eles não iam baixar a margem de lucro.
          Ele é barato não haja duvida.
          Podiam era deixar de ser tão gananciosos, digo eu.
          se tem uma grande margem de lucro podiam baixar…
          Mas era mau para o marketing,passava a ser uma produto banal. “em vez de ser uma produto para mostrar aos outros”

      • JBM says:

        A concorrência vende aparelhos com margens de lucro semelhantes. O problema da concorrência é que não consegue vender muitos desses modelos, a maioria dos seus clientes compra os aparelhos mais baratos com pequenas margens que não cobrem todos os custos, daí os prejuízos.

    • jose says:

      loucos sao quem contribui para estes lucros…………..tanto lucro significa que o produto é vendido muito mais caro do que realmente vale como é logico

  2. João Ferreir says:

    Estranhamente a soma de todos os lucros não deveria de dar 100%

  3. Gabriel says:

    É triste ver que alguns competidores vão deixar o mercado em um futuro não muito distante.
    O que significa menos concorrência, menos opções e menos inovação.
    É o darwinismo aplicado no mundo dos smartphones.

  4. Realista says:

    Porque não se entende a questão das perdas SE o gráfico mostra tudo positivo…

    • Sergio J says:

      É uma grafico de cotas. Relativamente ao lucro total, qual a percentagem que cada uma representa. Em cada momento a soma de cada cota tem de dar 100%. Inicialmente achei estranho pois em 2013 e em 2015 a Apple e a Samsung juntas representam mais de 100%. Isto só é possivel porque existem empresas com prejuizo o que reflete uma cota negativa. Agora o mais interessante: para que a soma dê 100% significa que nas restantes empresas tem de haver mais empresas com prejuizo do que empresas com lucro. Obviamente que basta uma empresa com prejuizo para que isto aconteça. MAS isso mostra bem o peso que estas empresas tem na cota de lucro. Ou seja, quase só a Samsung e Apple é que são viáveis.

      Falta saber se a Hauwei com o seu crescimento brutal de 63% no ultimo semestre teve lucro.

  5. Ruben says:

    É normal…

    Eles realmente fazem o produto completo, sim, compram coisas por fora, mas isso todas as marcas têm que fazer, mas desde o OS, ao hardware, ao ecossistema, ás lojas, ao pós-venda, fazem um grande produto, e não montes de produtos diferentes à espera que o consumidor aposte num para ser enganado e dizer “para a próxima vou para o outro, a culpa é minha porque escolhi errado”, logo é normal.

    As margens de lucro deles, são inferiores ao IVA português, não é o iPhone que é caro, são os Androids e Windows Phone que fabricam e armazenam telemóveis em muito excesso do que vendem, e depois têm lucro em cada unidade, mas prejuízo no geral.

  6. José Fonte says:

    Lucros é a diferença entre os custos para fazer algo e o que o cliente final paga
    🙂

    • Artur says:

      Lucro é o valor acrescentado que é criado através da atividade produtiva ou, mais facilmente, a diferença entre o custo de produção/distribuição e o preço desse mesmo bem

  7. Rui C says:

    Quando se produz qualidade na solução completa tudo o resto é uma boa de neve.
    Tirando em 2013 que existiu uma quebra dos lucros por parte da Apple em que a Samsung teve a sua época dourada, de resto tem sido sempre a crescer. O que curiosamente vai em contra ciclo das outras marcas.

    Apple = fiabilidade/qualidade/inovação. 🙂

    • Slzr says:

      Apple = lucro = preço de venda – custos
      Gasta pouco e vende caro.

      • MAC says:

        Então como explicas de os preços de 600/700/800/900 € do Samsung S6 Edge? Têm 10 cêntimos de lucro por unidade vendida?

      • Wistfultale says:

        Como se alguma vez soubesses como a Apple funciona.

        • miguel says:

          LOOOL è facil fazer as contas:
          A apple não tem 94% da cota de mercado.
          LOGO: só se tive-se 94% da cota de mercado é que podiam ter uma margem de lucro igual a concorrência.
          tendo uma cota de mercado inferior a 94% que dizer que eles tem uma margem de lucro superior a concorrência.
          Concluão: gastao pouco e vendem caro como o Slzr disse

          • JBM says:

            Como se os topos de gama de várias das empresas concorrentes não tivessem margens semelhantes!
            A diferença é que na concorrência os clientes que compram os topos de gama são uma minoria, enquanto que na Apple são a maioria

        • Slzr says:

          Não importa como a Apple funciona, o dinheiro funciona sempre da mesma maneira, a não ser que a Apple faça o milagre da multiplicação do dinheiro.

      • Andr8 says:

        Gasta pouco?

        Explica-te!

        Qual é a marca que tem o seu próprio OS, para ser melhor, desenha os seus próprios processadores, Xcode para programar Apps, com LLVM, que é a base do Xcode, que agora é usado também pela Microsoft, pois é open source, WebKit é a base do iOS, e como é open source, Android também, as suas lojas, um nível de assistência, mesmo em países sem Apple Stores como o nosso, muito acima de qualquer outra marca, responsabilidade ambiental (telemóvel mais capaz de ser reciclado, energia solar, florestas), responsabilidade de fornecedores, etc. etc. etc….

        Aqui quem tenta gastar pouco, e vender caro, são os Androids: mesmo SO (poupar), mesmo CPU (mediatek, cores genéricos), nada de assitência, vendas pelo correio sem sequer pagar IVA (chinesada), logo… como é que é isso dos gastos e lucros?

  8. Sergio J says:

    Isto dos smartphones parece quase uma bolha. Todos a querer um lugar ao sol pq daqui a uns sobrarão apenas alguns players e nessa altura que as que conseguiram sobreviver terão lucro. É normal da evolução do mercado.
    A História tem mostrado que é assim.

  9. LG says:

    Pena embora ser uma marca não doar um tostão à caridade como outras o fazem…

  10. abdu says:

    É sinal que estão a chular bastante por cada um, visto que globalmente não tiveram 14% de cota de mercado

  11. Marco B. says:

    O pessoal esta a confundir lucro com qualidade. So pode…
    A lucro é a diferença entre o custo de fabrico e o preço ao publico este caso. Isto so quer dizer que pedem um valor demaseado alto em comparação ao custo de fabrico. Por outras palavras é o smartphone overpriced. Boa qualidade mas mesmo assim overpriced, dai o lucro.

    • Daniel says:

      O valor de mercado de qualquer produto não é determinado pelos seus custos de produção mas pela oferta e pela procura. Se há procura pelo produto àquele preço, então esse é o valor dele.

      Relativamente ao lucro/qualidade, concordo contigo, mas não te esqueças que no longo prazo, as empresas que apresentam mais lucros são aquelas que estão mais dispostas a continuar no negócio e, mais importante ainda, com capacidade financeira para investir em investigação e desenvolvimento, necessário para criar novos e melhores produtos.

    • Sergio J says:

      Já pensaste o contrário? Será que está overpriced, ou os outros é que estão cut-priced?

      • Marco B. says:

        O custo de fabrico de um iphone 6s são +/- uns 200 euros e e PVP são uns 750 euros.
        O custo de fabrico de um Samsung Galaxy s6 são +/- uns 275 euros e o PVP é uns 580 euros.

        Ou seja a Apple tem uns 550 euros de lucro por telemóvel, já a Samsung uns 305 euros por telemovel.

        “Cut-priced” é a Oneplus que por cada telemóvel ganha uns 75 euros.

        • Marco says:

          não podes usar apenas o custo de fabrico, tens de entrar com outros custos associados até que ele chega as mãos do cliente e a esse preço final tens de tirar os impostos e percentagem de venda.

          • Marco B. says:

            Sim tens razao, contudo esses preços tbm sao valores aproximados, ja da para ter uma ideia das difefenças entre marcas. Se formos a ver os custos de transporte e publicidade os lucros vao ser mais pequenos, contudo a diferença entre marcas nao deve alterar mto.
            Continuo a achar que estas margens sao demasiado grandes.

        • Zaark says:

          Yah, até porque os funcionários da Apple trabalham pro bono e o desenvolvimento per se tem custo zero. Esta questão já foi debatida tanta vez que até custa acreditar que ainda é papagueada. Nota: uso Lumia, não iPhone, portanto “no iFan detected for sure”.

        • JBM says:

          O custo do iPhone para a Apple é muito mais do que isso, e o preço de venda ao público que citas inclui impostos que vão parar ao estado.
          O custo do Galaxy também não é esse, e o preço de venda já foi superior. E se pegares nos Galaxy que foram lançados na mesma altura do iPhone 6s verás que os preços até são muito semelhantes.

        • Ruben says:

          Isso de “custos de fabrico” sores entasis é complete mentor errado!

          Achas mesmo que um Galaxy é Maia Cato? lol, meter outp la dentro? E custos de produção? A Samsung tem o seu SO? Desenhas os seus processadores? Etc? Pois…

    • Margarida says:

      Overpriced? Talvez, mas nao ha opcoes na concorrencia a altura e por isso as pessoas o compram. Tive 3 androids 1 lumia e todos com vantagens ou defeitos nenhum me deu a satisfacao que o 6s me da neste momento ( o lumia 925 n tem apps e o SO muito limitado, porque ate adorava o tlm). O iphone n se deixa levar pelos octa cores nem 2k ecras e faz muito bem, rapido melhores apps fluido bom suporte…repito, caro? Talvez, mas o proximo tlm que comprar será iphone de certeza.

    • Andr8 says:

      LOL, não tem lógica nenhuma!

      Pela mesma lógica, fruta podre é que é boa (mesmo custo que a fruta normal, mas vendida mais barata, com menos lucro).

  12. Slzr says:

    Apesar de não ser a que vende mais, é a que lucra mais, tirem as conclusões.

  13. Alexandre says:

    Como já foi escrito aqui:

    Lucro = preço de venda – custo de produção

    Tirem as conclusões!

    Os utilizadores da Apple (especialmente de iPhone) criaram a necessidade de trocar de equipamento todos os anos e depois afirmam que o que compraram tem qualidade. Eu gostava de saber qual é o telemóvel que custa mais de 700€ e que durante 1 ano tem problemas que me obriguem a dizer “o telemóvel não tem qualidade”… qualidade é relativa

  14. Vitor says:

    Lucro = Proveito – Custos
    O alibaba.com também tem lucro elevadíssimos…
    Compra-se produtos tão bons ou melhores que iphones por metade do seu preço. Só não têm uma maça nas costas… Agr lembrei-m das capas dos iphones, só isto diz tudo….

  15. ruiuda says:

    Lucro de 50%. Os outros 50% são impostos, fabrico e transporte.
    A marca tem produtos que a concorrência inveja. Mas colocar os produtos para venda nesta fasquia de preços para o cliente se sentir único tem muito que se lhe diga. São tantos que no fim não dá piada adquirir um exemplar.
    Por esta e por outras razões prefiro continuar Android.

  16. Tony says:

    Ok um iPhone é excelente mas com preço completamente desproporcional ao que existe em paralelo no mercado, mas parecem hipnotizados pela marca, por uma maquina. Isto está tudo maluco?
    em 35 anos de personal computing já é tempo de ter visto “raise and fall” de tanta coisa. Quanto mais perto do topo está, é quando começa a descida. Sobretudo de uma empresa que apesar de ter o negocio em três ou quatro produtos (com as devidas variações) estão a espremer a vaca. Nem Jobs teria paciência para isto!

  17. David.pt says:

    Acredito que seja verdade. Embora na minha opinião não o mereçam

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.