PplWare Mobile

Análise: 10 dias de Apple Watch


Destaques PPLWARE

  1. JJ says:

    De uma forma geral, gostei da forma como foi feita analise, sendo de certa forma isenta.

  2. David.pt says:

    Boa análise. Já tive oportunidade de experimentar um mas sinceramente não gostei… É pena porque estou a pensar em comprar um smartwatch… Até agora o que agradou mais foi o da Motorola embora não seja tão bom como este

  3. Sergio J says:

    Correção

    São 3 os modelos que a marca disponibiliza, Watch Sport, Watch e Edition,.

    Se são 3 citem os 3 e não apenas 2.

    • Daniel Pinto says:

      Se leres bem, estão lá os 3……

      • Francisco Pinto says:

        boa analise Daniel Pinto

        não referes na tua analise que o AW aprende com o gps do iphone e após essa aprendizagem não necessita de estar ligado ao mesmo para medir a distancia de uma corrida! não chegaste a testar ou isso não se verifica!
        Segundo alguns relatos e informação da apple isso acontece.
        Li até que a margem de erro seria à volta dos 3% que para um amador até aceitável

    • Sergio J says:

      Na realidade estão lá citadas as 3, apesar que chamarem só de Edition confunde. Pelo menos confundiu-me a mim.

    • Sergio J says:

      Daniel, apesar de logo no inicio do artigo ter feito aquele reparo (porque realmente me confundiu. reli 3 vezes o paragrafo e mesmo assim não vi) devo-te dizer que o artigo está muito, muito bom.
      Além de muito bem escrito, gostei da forma como davas sempre a tua opinião pessoal, que era o que realmente interessava no artigo.
      Os meus parabéns pelo artigo.

      Já agora empanquei também noutro sitio. Provavelmente está correcto ou é simplesmente uma questão de estilo. Ou é só a minha dor de cabeça a embirrar comigo.
      Na frase “Caso tenhamos a a função não incomodar activada no iPhone […]” não ficaria melhor “Caso tenhamos a a função não incomodar activa no iPhone […]”

      Mais uma vez parabéns pelo artigo.

  4. Ricardo says:

    Tenho o Pebble e estou muito satisfeito, serve perfeitamente como complemento ao telemóvel, que é o que se espera de um smartwatch!

  5. Sergio J says:

    Já pensei seriamente comprar um Pebble por causa do Runstatic. Esta é principal razão porque quero comprar um smartwatch, mas não sei se será nesta versão.

    Pessoalmente nunca gostei daquela bracelete metálica. Terei de ver ao vivo.

  6. FG says:

    Como possuidor de um Apple Watch, está é das piores reviews que já li, e é o que os leitores querem ler, e não se reflecte no que é o relógio.

    Basicamente, tudo o que li aqui, já tinha lido em outros lugares, e é biased.

    • Daniel Pinto says:

      Então dá lá a tua opinião sobre a tua experiência, se for assim tão diferente estou mesmo interessado em ouvir.

      Claro que é biased (a palavra da moda) visto que é a minha opinião. Se eu tivesse a mesma opinião que tu, tinhamos comprado os mesmos relógios.

      Pelo menos esta está escrita em Português.

      • FG says:

        Quanto àbateria, essa do Bluetooth comer 10% da bateria é para rir… Toda agente sabe que nos chip modernos, não passa dos 1 ou 2%, o iOS regista o consumo de bateria total das apps (incluindo BT, GPS, background, dados móveis, etc…) e o Apple Watch não passa de 2 ou 3% no meu…

        Comparas a duração de bateria com o moto 360, mas no Apple Watch, tens de certeza o HRM e os acelerómetros sempre activos (ele automaticamente regista caminhadas mais longas), e no moto, sempre desactivados. Fazes chamadas e notificações com som no Apple, mas no moto não fazes, isso é só o que consome, de longe, mais bateria, devido à coluna ser tão pequena e sem ressonância (mais potência tem de ter)…

        Dizes que é difícil, mas não explicas o que é difícil de usar… Quando é igual ao iPhone, que toda a gente está habituado… Qualquer criança pega num é começa a usar…

        Depois faltam muitos, muitos detalhes da review, como o WiFi, como a personalização da face do relógio, como o carregador magnético, como etc…

        Claramente, como a review da Verge, essa das notificações é só para dizer mal, para não parecer tão bom… Pois só tens as notificações que queres, se tens apps que dão notificações de lixo, desactivas as notificações para essas apps, ou desactivas as notificações no relógio para elas…

        Coisa que não é possível em qualquer outra plataforma, por exemplo…

        Mas é claro, é Apple, se não for minimizado, não pode ser…

        Assim como na concorrência, não se pode dizer mal, não se pode dizer as verdades, como reboots a meio do dia, traseiras de plástico que partem, tintas pretas que saem, conectares e cobre que corroem a pele dos utilizadores… Não é Apple, há que fazer vista grossa…

        • Francisco Pinto says:

          Não percebi a onde viste que o Daniel está a minimizar o AW! Bem pelo contrário! Tudo que dizes que ele não fala ele fala excetuando o Wi-Fi e Ok o carregador magnético. E depois comparar está review com a de Verge tem que se lhe diga, essa sim foi feita para minimizar o AW que nem fala em aspectos bem Mais importantes que o do carregador, que o Daniel fala como tapar o AW com a mão para o silenciar, poder-se desativar as notificações das App que não se quer, espelhar as definições do não incomodar do iPhone no AW, etc
          Quanto a mim foi uma boa review e em Português:)

          • Mrsz says:

            Pior que a review da verge, é difícil… Eles até dizem que o ecrã tem um “air gap” quando todos os utilizadores dizem (e mostram) que é laminado, como o iPhone.

            E depois de dizerem mal do sensor de batimentos, a ConsumerReports e outros, mostram com testes ao vivo, que bate certo…

        • Carlos says:

          Isto é que é biased.

        • Daniel Pinto says:

          O não passar de 1 ou 2% não é verdade, pode ser no teu caso no meu não é.
          O iPhone não te diz quanta bateria usou a mais com o BT…

          Comparo a duração da bateria com o 360 pois foi o SmartWatch que utilizei antes do AW não estou a perceber o teu ponto.

          Digo que requer habituação o uso, o que queres que diga que é difícil? O force touch? É só ver os vídeos que a apple disponibiliza e convida a ver.

          O wifi? Digo o suficiente, que está ligado ao telefone e que a cobertura obviamente é melhor ou é necessário dizer que suporta 802.11 b/g/n com velocidades de 2000MBs para sacares o jogo. Personalizar a face posso concordar contigo podia ter falado. O carregador magnético… lol… o que há para dizer? E não é que carrega de forma única? É só encostar e pronto…

          A das notificações não é para dizer mal, é um alerta e digo que dá para desactivar.

          A minha traseira não partiu, a tinta do meu não saiu (porque será), conectores (?), a alergia que foi reportada será ao níquel e não a cobre, mas EU NÃO sou alérgico, logo não posso dizer que me aconteceu nem vou dizer que há alguém que supostamente tera tido uma reacção alérgica.

          Por fim, não percebo o que queres dizer com “Não é Apple, há que fazer vista grossa”. Eu estou a falar de Apple, não estou a falar de outro produto.

          Em suma, como fui eu que escrevi claramente dei a minha opinião sobre a utilização. Mas estás à vontade para falar da tua experiência e dizer quantas vezes o teu AW reiniciou de forma inesperada… Dos 3 que tenho aqui e que são utilizados todos os dias, ninguém se queixa.

          • FG says:

            Eu não disse que o Apple Watch reiniciava sozinho…

            Só estou a dizer que vocês têm duplos standards, ta bem que o AW dura 1 dia a 2, como “outros”, mas os outros não estou a fazer as mesmas coisas que o Apple Watch… e isso é só um exemplo…

            Existem problemas com outros relógios que são comprovados, e nem menção. Com o da Apple, até inventam coisas…

          • Daniel Pinto says:

            Sem cenas nenhumas: Todos sabem que eu gosto muito da Apple, posso ser contra as políticas mas gosto e tento ter os produtos que acho que vou gostar, mas também gosto muito do mundo Android pelos diversos motivos, mais que não seja o USB-OTG.

            Eu não falei mal de nenhum, pelo contrário eu ate queria demonstrar que a bateria do AW é boa e que estou satisfeito com ela, nunca tive de o voltar a recarregar (duas vezes no mesmo dia).

            Este artigo é sobre o AW, porque é que no meio disto haveria de dizer que o ecrã do Moto 360 é uma coisa pixelizada e horrível? Não encaixa.

            O que é que EU inventei?
            Abraço

  7. LP says:

    Falar para o relógio lembra-me sempre o “kit vem-me buscar”, lol!
    O lag citado é irónico 😀
    Eu resumiria como é bom, mas não é fantástico, ou talvez, não está à altura daquilo que a Apple nos habituou, não se diferencia suficientemente da concorrência.

    • Daniel Pinto says:

      Qual lag?

      Olha que é muito diferente da concorrência 😉

      • LP says:

        “Qual lag?”
        “O tempo que demora a carregar uma aplicação”

        “Olha que é muito diferente da concorrência”
        “não se diferencia suficientemente da concorrência”

        • Nunes says:

          carregar uma aplicação que trabalha no telemóvel, não as aplicações centrais que trabalham no próprio Watch! E muitos dos problemas são com as aplicações de terceiros que como é óbvio têm ainda muita margem para optimizar…

          • LP says:

            É lag! Seja pela estupidez de ter de ir buscar ao telemóvel ou não, é lag que vais ter ao usar…

          • Nunes says:

            há uma grande diferença entre lag em algumas aplicações acessórias que é a pessoa que instala e lag generalizado no aparelho, nas funções importantes!

          • Paulo says:

            Eles arranjam desculpas para tudo…

            Como é que o Apple Watch sabe, p.ex. o valor das acções de ticket X? Adivinha? Não vai ter que usar o telemóvel para sacar os dados?

            Como é que sabe a meteorologia? Não vai ter que sacar?

            Só demora nas apps que precisam de ir buscar dados à net! Mas isso é normal, e só demora o normal…

          • LP says:

            Lol! O que tu queres dizer é que diferença entre lag Android e lag Apple… lol! Há lag na utilização, seja pelo que for, é lag, é chato, está lá, temos pena (de quem comprou).

          • Nunes says:

            @ LP
            Quem está a falar no Android és tu, eu limto-me a fazer te ver que o lag na abertura de algumas aplicações é compreensível considerando que as aplicações podem usar o próprio telemóvel para processamento.
            Mas se queres falar em Android Wear, que tal começares por comparar o que é possível fazer com as aplicações, ou o uso do WiFi para reduzir o tempo de espera na realização de tarefas, etc
            Mas sim, já se viu que bom senso não é contigo!

          • LP says:

            ” o lag na abertura de algumas aplicações é compreensível”… lol!
            Só pode ser mesmo para rir… Que é que a mim me interessa se é porque precisa de usar o telemóvel, se é por falta de Ram, se é por falta de processador, ou o que seja? O lag e seu incómodo é todo igual para quem usa!

          • Nunes says:

            @ LP
            interessa porque tal só acontece com algumas aplicações, de forma previsível e com o benefício de usar a maior capacidade do telemóvel para realizar trabalho, ao contrário do lag que tanta gente reclama que parece vindo do nada!!!

          • LP says:

            E tu a dar-lhe se ele vem do nada, se vem do telemovel, se vem de casa do vizinho… o que interessa é se existe ou não, se interfere com a utilização ou não… buscam o poder de processamento ao telemovel e arranjam um bottleneck na latência da transferência de dados… grande solução!

          • Nunes says:

            meu caro, podes espernear por todos os lados a fazer querer que isto é um problema generalizado, mas não é, e em boa parte dos casos é um resultado de quem fez os programas ainda não os ter optimizado…

            ” um bottleneck na latência da transferência de dados…”
            tal como tens um bottleneck quando acedes à internet ou obrigas a fazer transferências por bluetooth… tudo coisas que as pessoas se apercebem e encaixam na compreensão do funcionamento… muito diferente do lag no interface que pode criar confusão

          • LP says:

            Mas quem disse que é generalizado?
            Tu é que esperneias insistindo que o lag da Apple é melhor que o dos outros… a sério?! O lag do Android é mau, as pessoas não o compreendem… como é que dão 50 euros por um telemovel e depois tem lag?? Na Apple é diferente, não é em tudo, é só nalgumas coisas, as horas funcionam sem lag e como deram umas largas centenas de euros pelas duas traquitanas compreendem perfeitamente o bottleneck que a Apple criou por querer por a carroça à frente dos bois…

          • Nunes says:

            @ LP
            não tens qualquer bom senso!
            Não só foste tu a vir com o Android para esta questão, como continuas a não perceber que a maioria das funções principais do aparelho não sofrem qualquer demora.
            “Mas quem disse que é generalizado?”
            Quando alguém não se cala a falar em lag e chega a ignorar propositadamente que tal é só referido em aplicações de terceiros… creio que fica bastante claro como avalias isto de forma completamente desproporcionada e exagerada. Nem sequer reconheces que em boa parte dos casos o problema é da falta de optimização por parte de quem fez a aplicação, não do aparelho… Nem reconheces as vantagens que as aplicações funcionarem no iPhone podem trazer… Como digo, falta de bom senso

          • LP says:

            Tu fazes a festa, mandas os foguetes a apanhas as canas. Falta de bom senso por afirmar que o lag é generalizado sem nunca o ter afirmado, falta de bom senso por avaliar de forma exagerada e desproporcionada quando nunca fiz nenhuma avaliação ás proporções; apenas disse que existia lag, o resto é tudo invenções da tua cabeça.
            Não é falta de bom senso, é falta de fanatismo; se fosse fanático pela Apple como tu, também acharia aceitável qualquer lag nos iDevices, e inaceitável nos restantes, mas não sou e por isso sem dizer que é generalizado, até porque tu já estás farto de deixar claro que é só nalgumas coisas, o que nunca contrapus por ser verdade.
            Queres ocultar o lag com as vantagens… Afirmas que o terramoto no Nepal foi uma acontecimento positivo porque trouxe vantagens a alguns? Cegueira seletiva…
            Se as aplicações não estão otimizadas, cabe à Apple rejeitá-las… não é a tal que tem elevados padrões nas apps que aceita?

          • Nunes says:

            Falta-te bom senso porque nunca te calas com isso e nunca reconheceste até aqui que o problema só acontece em certas condições e que se há problemas tb há vantagens. É esta atitude que mostra uma posição desproporcionada e algo fanática/obsessiva sobre o assunto, e que leva qualquer um a assumir que acreditas que seja generalizado!

            “se fosse fanático pela Apple como tu, também acharia aceitável qualquer lag nos iDevices, e inaceitável nos restantes”
            Nunca me viste a dizer que o lag noutros aparelhos era inaceitável, no máximo poderás ter lido uma explicação para a diferença! Mas as situações não deixam de ser diferentes, num caso é lag por salto de frames em animações, noutro caso é lag por esperar por comunicação entre dispositivos. Se queres comparar com alguma coisa então compara com o tempo para abrir aplicações ou aceder à rede!

            “Afirmas que o terramoto no Nepal foi uma acontecimento positivo porque trouxe vantagens a alguns? Cegueira seletiva…”
            Que pensamento doentio o teu!!!

          • LP says:

            Tu é que não te calas que é só aqui e ali e que tem vantagens; também te falta bom senso por não reconheceres que o lag é incómodo independentemente da causa? Se reparares eu até me referi ao “O lag citado”, já agora: “O tempo que demora a carregar uma aplicação varia muito, principalmente quando o Apple Watch precisa de pedir alguma coisa ao iPhone… não é algo instantâneo esperar entre 2 a 10 segundos”, portanto, está implicito no meu comentário que o lag é nos mapas (não foram referidas outras aplicações, foste tu que depois acrescentaste) e que é quando precisa de fazer um pedido ao iPhone, é só ler, Nunes, ai, ai…

            ” posição desproporcionada e algo fanática/obsessiva”:
            “É lag”…”Há lag na utilização”…”O lag e seu incómodo é todo igual para quem usa”…” bottleneck na latência da transferência de dados”…”quem disse que é generalizado?”…
            Como podes ver o fanatismo e a obsessão estão todos na tua cabeça (o que não é novidade). As queixas que vejo no lag do Android é na latência de abertura de aplicações e não no salto de frames, isso seria talvez em versões muito anteriores.

            “O mal de uns é o bem de outros”, é este o pensamento doentio do povo, mas já vi que és daqueles pseudo-moralistas…

        • FG says:

          LOL!

          Agora o “lag” é quando uma app tem de ir a net buscar informação, e o utilizador tem de esperar!

          Lag é quando usas um android, que carregas nos botões, e dá para ir tomar um café até responder…

          • gFan says:

            Claramente não sabes o q ue significa LAG nem a origem da sua palavra, mas aconselho-te a ir ao wikipedia.

            “In online gaming, lag is a noticeable delay between the action of players and the reaction of the server.”

            Respondendo à tua pergunta: SIM Lag é quando uma app tem de ir a net buscar informação e o utilizador tem de esperar!

            Para te dar um exemplo: no mundo dos jogos on-line (origem da palavra Lag), podes ter a maquina mais rápida do mundo, mas sem uma boa ligação à internet vais ter LAG.

            Fan Boys, lá por terem um produto da apple não significa que vocês percebam de tecnologias de informação, até pelo contrário, isso só ajuda para que percebam menos.

          • LP says:

            Se não sabes o que é lag, para que opinas?
            “delay between initiating an action and the effect”
            Agora se é porque (na verdade) tem de recorrer ao processador do telemóvel, se é porque tem de ir a casa do vizinho pedir sei lá o quê, é indiferente.

          • Paulo says:

            Só é lag quando o sistema pára de responder.

            Por isso, não tem lag.

          • LP says:

            Paulo, não percebes Inglês?

    • Paulo says:

      Lag?

      Olha os missionários do Android já a tentar espalhar FUD!

      Já rezaste virado para a Google hoje?

    • FG says:

      Falar para o relógio, sim, é estúpido, só mesmo a Google para ter uma ideia tão parva, como fazer um relógio, cuja interacção principal é falar para um computador (Google Now) através do relógio…

      • Carlos says:

        Onde me posso inscrever para ser defensor da Apple em blogs? Pagam bem á hora? Agradecia resposta estou desempregado e precisava mesmo de uns trocos, é urgente.

  8. Mrsz says:

    “O facto de ser quadrado e não circular fez-me pensar um pouco ao início”

    Então quais são as vantagens, tão importantes de ser circular?

    Se fosse circular, os quadrados é que era bons, como é quadrado, o circulares é que são!

    • Daniel Pinto says:

      Tanta agressividade… É uma opinião, simplesmente um relógio circular é mais natural.

      • Sergio J says:

        Eu percebo o que queres dizer, mas os relógios digitais não são quase todos quadrados?

        O relógio redondo é mais natural quando é em ponteiros, pois há um movimento rotacional. Num relógio digital já será menos natural, porque há display. Mesmo que faças um display redundo haverá um claro desaproveitamento de espaço.

        É tudo uma questão de gosto. Mas daí é dizer que redondo é mais natural.

        • Daniel Pinto says:

          Um relógio redondo é mais natural. Quanto relogios digitais existem com um formato redondo?

          Em relação aos SmartWatches podemos falar do Moto360, G R e penso que me estou a esquecer de algum.

          Agora sim, se olhares bem, os relógios por norma são redondos.

          • Paulo says:

            “Agora sim, se olhares bem, os relógios por norma são redondos.”

            A maioria dos smartwatches vendidos são quadrados.

          • Daniel Pinto says:

            Só dei a minha opinião pessoal em relação à minha experiência, penso que não é preciso um alarido por casua disso. A mim fez-me confusão e por causa disso é que ando com 3 no pulso, porque assim olho para onde quero.

          • Mrsz says:

            Porque não por lado a lado, e comparar tamanhos, por exemplo, materiais e aparência…

          • Mr.Antunes says:

            Esta gente não sabe o que são relógios, devem ter ficado a pensar que os relógios são e sempre devem ter sido na sua maioria quadrados…

            O sucesso dos smartwatches circulares em relação aos quadrados só pode ser embuste 😉

          • Nunes says:

            Relógio redondo é o formato mais compacto tendo em conta o mecanismo dos relógios mecânicos, mas não é necessariamente o formato mais natural ou prático para um objecto como o relógio digital. Pode é ser um formato que te agrade mais

          • FG says:

            @Antunes, os relógios inteligentes mais vendidos são, de longe, quadrados.

            O Apple Watch, o mais vendido, de todos, é quadrado.

            A Samsung era a que vendia mais, e são todos quadrados.

            A pebble, que também vendia mais que qualquer marca android wear, são todos quadrados, e vão continuar a ser…

            Só os geeks é que querem relógios redondos, como se isso fosse alguma coisa do outro mundo…

            Aliás, os primeiros relógios de pulso, os redondos eram para senhora, e os quadrados, como o icónico Santos de Cartier, era, e é, quadrado.

          • Sergio J says:

            Diz-me quantos relógios digitais existem com formato redondo? Não estou a falar dos smartwatch. Nos anos 80-90 todos os relógios digitais eram quadrados. Nos anos 2000 deixei de olhar, pois deixei de usar relógios, apesar de ganhar um gosto grande pela alta-relojoaria e aí são todos redondos. Mas como já disse, aí é natural ser redondo, porque os ponteiros fazem um movimento rotacional.
            Já agora, sabes qual é o mal de ficarmos fascinados pela alta-relojoaria? É que depois olhamos para os outros relógios e não queremos. E como não temos dinheiro ficamos sem nenhum. 🙁

            Acima de tudo e como disse, são gostos. Que fique claro que eu também prefiro os relógios redondos. Contesto é a afirmação ser mais natural.

          • Nunes says:

            @ Sergio
            Tb encontras relógios de alta relojoaria que não são redondos! Mas não deixa de ser verdade que nos smartwatches o formato redondo cria problemas desnecessariamente.

          • gFan says:

            “Só os geeks é que querem relógios redondos, ” LOLOLOL

          • Mrsz says:

            “apesar de ganhar um gosto grande pela alta-relojoaria e aí são todos redondos@

            É com cada uma…

            Richard Mille
            Cartier Santos
            Frank Muller
            JLC Reverso…

            Enfim… Não dizias nada…

        • LP says:

          O nosso corpo e em particular o punho é curvilineo, daí o redondo ser “mais natural”…
          Quanto ao “corte da interface”, ambas são “cortadas”, uma na forma de retangular, outra na forma circular, dada própria interface com os icones dispersos e redondos, o circular até resultaria melhor; as apps, só teriam de se adaptar ao formato, afinal de contas os nossos dedos são redondos e não quadrados.

          • Paulo says:

            LOL!

            Essa é que boa…

            O que é que interessa a face do relógio, com a forma do punho?

            E por acaso, o braço é um pouco achatado, mas outros 500…

            A verdade é que isso é conversa de Apple hater…

            Se fosse redondo, devia ser quadrado, se fosse quadrado, devia ser redondo.

          • LP says:

            Estás a falar a sério? Imagino a tua vestimenta… “o que têm as calças a ver com a camisola, ou o casaco?” O.o E lá vais tu de calções, sobretudo, chinelos e meia branca…

            A tua conversa é que é de iSheep, sem argumentos, só com as mesmas baboseiras de sempre… ou então vives no minecraft e tens punhos e dedos quadrados…

          • Nunes says:

            Como é que uma característica tridimensional do corpo [ser curvilíneo], torna natural algo bidimensional [uma circunferência]!?? A ires por aí então o natural era algo tb curvilíneo!
            As únicas coisas que são realmente naturais no meio disto tudo são as dimensões do objecto caberem dentro da área do pulso e usar algo flexível como uma pulseira para prender à volta do pulso. Isto sim, são coisas que se adaptam ao que é o corpo.

          • LP says:

            Nunes, estética, padrões… misturar círculos com quadrados… não é o meu forte, mas é fácil ver que o mais natural é curvas com curvas e não curvas com rectas.
            Como já te tinha dito, o mais correcto seria ele ser côncavo na parte inferior, por uma questão de ergonomia, quando na verdade é côncavo.

          • Nunes says:

            @ LP
            Rectas!?? mais outra coisa definida por um plano bidimensional?? E dizes como se um relógio com face redonda tb não tivesse rectas e vértices!!! deixa-te de teorias sem pés nem cabeça!!! A face redonda de relógios não tem nada a ver com o corpo humano!

            ” o mais correcto seria ele ser côncavo na parte inferior, por uma questão de ergonomia, quando na verdade é côncavo.”
            Eu não sei como é o teu pulso, mas o meu tem uma área bastante plana onde fica o relógio… Só faz sentido vires com essa teoria se quiseres construir um objecto que envolve o pulso, mas não é assim que são feitos a maioria dos relógios, pois são feitos com tamanhos proporcionados!
            Quanto a ergonomia os relatos que se ouve é que é bastante confortável. Uma boa parte da ergonomia do relógio vem de como a pulseira prende e se liga à estrutura do relógio

          • LP says:

            Tu é que deves andar com as ideias numa quarta dimensão… Para além de haver retas em planos tridimensionais, retas não são naturais na medida em que o nosso corpo é essencialmente composto por curvas, de curvatura variável. Fala-se na forma global do relógio e tu já vens misturar pormenores para baralhar. Eu não percebo muito de estética, mas tu muito menos por aquilo que vejo…
            O meu pulso é rítmico e cheio. O punho não é côncavo em cima, se o teu é posso assegurar-te que tens um problema.

          • Paulo says:

            Tamanha estupidez…

            A superfície do braço é plana, e os relógios também.

            É isso que interessa…

            O braço é redondo, e é para isso que servem as braceletes.

            Agora se a face do relógio é redonda ou quadrada, não interessa para nada…

            Enfim…

          • Nunes says:

            santa paciência que é preciso!! Por acaso fazes ideia como é que os relógios de pulso apareceram, e a verdadeira razão para muitos terem face redonda!? Deixa-te mas é de invenções, se não daqui a nada estás a explicar que as bússolas são circulares para estarem em harmonia com com a tua mão ou com a Terra!!

            “Para além de haver retas em planos tridimensionais, retas não são naturais na medida em que o nosso corpo é essencialmente composto por curvas”
            tanta confusão que vai nessa cabeça… quer dizer que os teus braços e pernas são tortos, estão aos “Ss”!???? E formas curvilíneas não é circunferências, nem um objecto com arestas, que é o que muitos relógios por sinal têm!

          • LP says:

            Se não entendes a diferença entre um relógio e uma bússola (e as questões estéticas associadas), “santa paciência”.

            Sabes o que é uma reta? Os teus braços e as tuas pernas são retas? O.O
            Eu atrevia-me a dizer que não existe uma única recta no nosso corpo. As circuferências não são formas curvilineas?! Que é que andas a fumar?!

          • Nunes says:

            @ LP
            que fartote de rir!!!! lol
            tu é que pareces não entender donde é que vêm os relógios de pulso e porque é que muitos têm faces redondas! Mas enfim já se viu que não te interessa a lógica e a história.
            “Os teus braços e as tuas pernas são retas?”
            os meus braços e pernas formam rectas, mas imagino que as tuas sejam aos “Ss”, ou então recusas-te a ver isso; mas sendo assim tb terias que aplicar o mesmo critério a outros objectos curvilíneos

            “As circuferências não são formas curvilineas”
            circunferência/círculo não é um objecto tridimensional, é uma forma dum plano/superfície, e não vês nenhuma superfície do teu pulso que seja uma circunferência. Nem em muitos objectos que as pessoas muitas vezes usam para adornar os pulsos, se vêm circunferências, o que segundo essa tua teoria deveria acontecer por razões de estética!
            E por incrível que pareça, as mulheres, que tantas vezes se preocupam com a estética, têm à escolha uma enorme variedade de relógios que não têm faces redondas.

          • LP says:

            Vens com lógica e história quando se fala de estética e padrões naturais… a mim não me dá vontade de rir quando se tenta discutir alhos com alguém que insiste em bugalhos.
            “Formam rectas”… esferas alinhadas também formam rectas, vamos afirmar que as esferas são rectilineas! Podes formar rectas em todo o lado, mas por mais que inventes não tens nenhuma recta no teu corpo a não ser que tenhas alguma prótese: https://bvmo.files.wordpress.com/2010/09/artificial-leg1.gif
            Uma perna é retilínea (artificial), a outra é curvilínea (natural), não há volta a dar, pára de inventar.

            “As circuferências não são formas curvilineas”…”circunferência/círculo é uma forma”… retilinea, queres ver??

          • Nunes says:

            @ LP
            incrível como simplesmente inventas a teu belo prazer!
            Então quer dizer que os relógios de bolso já eram redondos porque já estavam a imaginar a pôr no pulso!? Quer dizer que os relógios marítimos de há séculos atrás, já eram redondos a imaginar que agora tu ias querer ter essa teoria!? Quer dizer que tantos relógios de parede são redondos para que alguém com imaginação os coloque no pulso!?? enfim…
            Isto é história, e a lógica das face redonda advém do mecanismo e optimização do espaço ocupado.
            A estética e design trabalham isto para chegar a muitos e diferentes modelos, vários deles sem face redonda e que custam fortunas!

          • LP says:

            Incrível é tu acusares os outros daquilo que tu fazes.
            Para deixar isto claro, antes de partir para os bugalhos em que tanto insistes, a conversa era sobre a “forma mais natural” e não sobre o motivo de ser redondo ou não.
            Mas deixando os alhos que é a discussão de formas/padrões e partindo para os bugalhos que é o motivo dos relógios serem redondos, diz-me lá então segundo a tua teoria, porque é que a maioria dos relógios continua a ser redondo; porque é que os relógios de parede que referiste, mesmo tendo o mecanismo retangular continuam a ser redondos?
            O que faz sentido é serem redondos por causa do movimento circular dos ponteiros, e por isso ainda serem maioritariamente redondos, não?
            O motivo para o AW ser retangular? Porque é um mini-iPhone, como já te tinha dito, é mais fácil/barato ser assim.

          • Nunes says:

            “a “forma mais natural” e não sobre o motivo de ser redondo ou não.”
            Tanta confusão que vai nessa cabeça! Quer dizer que esse latim todo que gastaste afinal não é para explicar por que é redondo!?? Falar em “Forma mais natural” implica uma explicação para a natureza/origem das coisas. Se agora dizes que não é uma razão para ser redondo então estás numa profunda contradição!

            “porque é que os relógios de parede que referiste, mesmo tendo o mecanismo retangular continuam a ser redondos?”
            :S mecanismo rectangular!??? Os relógios mecânicos usam ponteiros, e o seu movimento ocupa uma área circular [faz parte do mecanismo], é a isso que sempre me referi, à ocupação mais eficiente do espaço!!!

            “O motivo para o AW ser retangular?”
            Porque muita da informação é apresentada em texto e a formatação do texto numa área não rectangular é uma autêntica dor de cabeça sem edição manual! É por isso que os relógios circulares que existem sofrem críticas por apresentarem muito texto cortado.
            Um ecrã rectangular permite uma forma mais eficiente de apresentar muita da informação e outros conteúdos!

          • LP says:

            “afinal não é para explicar por que é redondo!??”
            E é na minha cabeça que vai a confusão… desde o inicio que falo em alhos e tu insistes nos bugalhos e só deste conta agora… Nem aqui: “Vens com lógica e história quando se fala de estética e padrões naturais” ???

            Natural não significa o que te apetecer, natural significa ” Da natureza ou a ela relativo … Produzido pela natureza”. A natureza produz curvas, o Homem é que vai acrescentando rectas, e como já te disse mais que uma vez “não tens nenhuma recta no teu corpo “, até te mostrei uma prótese (enquanto não-natural(, mas nem assim percebeste… bem, vale mais tarde que nunca.

            A questão não está no mecanismo (no geral), mas na especificidade do movimento dos ponteiros.

            Não precisava de edição manual nenhuma, desde que a Apple tratasse dos templates adequados, quem te ouvir até pensa que há inúmeros ecrãs como em Android, mas também não acresentas nada ao “é mais fácil”…

  9. Gustavo Lima says:

    Não sou iSheep, mas tive a oportunidade de estar com um e testar por um longo período.
    Na minha opinião, é apenas mais um objecto para Hipsters, sem qualquer utilidade.
    Se tens dinheiro para gastar em inutilidades, e gostas de dar nas vistas, esta é uma boa maneira.
    E atenção, incluo qualquer “smart” watch nesta minha opinião, seja ele Apple, Samsung, Motorola, Peeble, Sony…..
    Não quer dizer que no futuro não venham a ter alguma utilidade, mas por agora, é mesmo um objecto de “moda”.

  10. ricardo says:

    Nao tenho iphone… Posso comprar o Apple watch e usufruir dele normalmente? Ligado a outros telemóveis?

    • Daniel Pinto says:

      Não, só funciona com iPhone.

      • ricardo says:

        Então para poder usufruir dum tenho que comprar iphone. Ou seja 350 euros o relógio mais 700 um iphone… Então pode se dizer para eu ter um Apple watch tenho que gastar mais 1000 euros.. Isto a escolher o modelo mais barato e iphone também… So eu vejo esta limitação ao utilizador…?

        • Nunes says:

          estás a pôr o carro à frente dos bois! O relógio é apresentado como um acessório para quem tem o iPhone, aliás quase todos os smartwatches são apresentados como acessórios para smartphones, dada a atenção que dão às notificações e ligação ao telemóvel.
          Se não tem um iPhone ou não está interessado num iPhone então não compra o Watch, simples.

          • ricardo says:

            “Quase todos os smartwatches são apresentados como acessórios para smartphones” eu tenho um smartphone lumia 1520. Porque e este não da para mim? Porque e que os gear e outros das outras marcas funcionam com outros modelos de smartphones diferentes e este não? Percebes a limitação?

          • Nunes says:

            Continuas a pôr o carro à frente dos bois! o aparelho não foi feito para pessoas que têm outros telemóveis… se não têm iPhone não compram. A limitação é para a Apple, por não vender a um leque maior de pessoas, mas tem o benefício de poder desenvolver de forma mais integrada e focada todas as funcionalidades, podendo apresentar como uma mais valia, em vez de tentar agradar a gregos e troianos e a ter que assumir compromissos por causa das diferentes plataformas.

            E tanto quanto eu sei é suposto os Gear só funcionar com telemóveis da Samsung – só o Gear com Android Wear é que foi feito para funcionar com outros!

          • Paulo says:

            Não comprasses esse Lumia…

            Já sabes que o ecosistema da Microsoft é fraco.

        • LP says:

          Enquanto não precisas de iLectricidade para o carregar já vais com sorte… é Apple, querias o quê?

  11. Faria says:

    E o AW para canhotos? Quando sai? E será que vai custar 350$ ou será mais caro por ter uma feature especial da coroa da rainha do lado esquerdo?

  12. Paulobao says:

    E esta discussão toda por causa de um gadget?
    Nem sei como é que conseguimos chegar tão longe (como espécie)! Estávamos à beira da extinção e fomos salvos por este (mais um) brinquedo! Obrigado, foi por pouco!

  13. João Cavaleiro says:

    É precisamente um smartwhatch como este que estou a procurar. Ainda não está bem bem no ponto mas já me faria desembolsar alguns €’s. Só preciso esperar que seja disponibilizado no mercado algo deste género mas para Android pois pelo que tenho visto nenhum chega a este.

    Obrigado pela boa análise. Toca precisamente em tudo o que é necessário saber para se entender se se temos ou não o perfil de um smartwatch user.

  14. Alves says:

    Não percebi bem: testaram um modelo com bracelete de borracha e outro com bracelete de metal, mas as de couro têm um toque de material barato?
    Esclareçam lá isso.

    • Daniel Pinto says:

      Estive com todos os relógios na mão e com todas as braceletes (incluindo os modelos em ouro).

      Não é preciso “testar” uma bracelete, basta experimentar e tocar-lhe 🙂

  15. Luiz says:

    Tenho um iWatch e o teste exibido não reflete a realidade, um toque acidental e a tela do meu watch riscou!! Como pode? Um relógio que pretende ser usado em esportes não pode ser tão frágil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.