Robô Curiosity aterra com sucesso no planeta Marte


Destaques PPLWARE

108 Respostas

  1. Miguel Almeida says:

    Estes projectos da NASA são excelentes mas nada baratos… Vamos ver se valerão a pena no futuro.
    Resposta ao passatempo: RIP, OSPF e BGP (foi pedido um mas aqui ficam alguns :D)

    • NT says:

      Boas,

      Isto sim é investimento na humanidade, se fores a ver esta missão é muito mais barata do que os “bailaouts” que apenas serviram para que grandes companhias (bancos) pudessem ficar com mais dinheiro que a eles não custaram nada e para ti custa mais 10% ou 20% depende da taxa de juro… E se achas que isso é coisa de Americano… BPN…
      É pena que a máquina de guerra Mundial não se vire para o espaço ou até mesmo para as “profundezas” do nosso planeta…(já conseguimos meter robots em marte mas não conseguimos meter robots a explorar o fundo do oceano)…

    • Jorge Castro says:

      Pode ser que o robo encontre lá o John Carter…

    • Flip says:

      9erro nos titulos, se ele pisa marte não aterra. :)

  2. Filipe Delgado says:

    Será que é desta que vamos conhecer os nosso “vizinho” galáticos??? lol

    OSPF é um protocolo de encaminhamento suportado pelo RouterBoard MikroTik RB2011L-IN.

  3. Ricardo Roque says:

    OSPF

  4. Pedro Ferreira says:

    Com tanto dinheiro investido é bom que corra tudo bem. Mais uma boa noticia.

    Resposta: OSPF

  5. José R says:

    5*. Um brinquedo destes dava imenso jeito! Vamos lá ver se afinal temos vizinhos!

    O RouterBoard MikroTik RB2011L-IN suporta OSPF, RIP e BGP.

  6. Rebel says:

    desde que nao encontrem a minha casa de ferias tass bem xD

    agora falando a serio mesmo que encontrem sinais de vida nao sei se sabem interpetar que aquilo é vida pois os sinais de vida de outros planetas nao sao idênticos aos terrestre com por ex: plantas animais ou “humanos”

    para os religiosos vou ser um pouco sarcastico 😀

    a ver vamos se nao encontram deus la a apanhar banhos de sol 😛

    • João Reis says:

      Vida poderá existir bacteriana, mas serão aliens como os que temos aqui na terra, em zonas com condições climatéricas agrestes.

      Temos de perceber que Marte está aqui ao lado, mesmo ao lado quando passa perto da Terra de 2 em 2 anos (ambos os planetas tem tempo orbital diferente daí essa “janela” de 2 em 2 anos).

      Se queremos imaginar o que é o Universo e as possiveis combinações que existem, imaginem que só na nossa galáxia (via lactea) onde o nosso sistema solar esta inserido, existe milhoes de sistemas solares, existem milhoes de sois com possíveis planetas em redor, já muitos destes sistema foram detectados por hubble e primos dele.
      Portanto quando estamos a falar em possível vida que tenha existido ou existe temos de entender que é apenas um teste probabilistico, se existe em Marte mesmo aqui lado, ou seja 2 planetas com vida ou já tendo tido vida no mesmo sistema solar, as probabilidades que existem em vários dos outros milhões é enorme e muito maior, já falamos quase como é impossível não existe vida, mais do que ao contrário que se falava até ao final do ano 2000.

      A questão não é se existe Vida para além da Terra, a questão é…ONDE está a mais inteligente 😉

      • Rebel says:

        Completamente de acordo e muito bem elaborado o comentario sim esse e um dos pontos da importancia desta expediçao a marte

        contudo o meu comentario destinou se aos que pensam que “vida alem terra” passam por pequenos homenzinhos verdes como foi inventado nos filmes de mistificado pelos americanos nos mitos gerados em torno da area 51 o que e um perfeito disparate

        e aos religiosos que usam celebres frases que deus fez o homem a sua imagem e bla bla

        em que ninguém “” se apercebe que somos apenas pequenas particulas de uma cadeia de acontecimentos apos o big bang

        • Carlos Nascimento says:

          Vai com calma, não mistures ciência com teologia… a menos que tenhas noções sobre as duas, caso tenhas essas noções vais entender que são assuntos diferentes.

          A teologia e a ciência respondem a questões diferentes e não há conflito entre elas se cada uma não ultrapassar o seu próprio âmbito de competência. A teologia não tem competência cientifico-natural nem a ciência tem competência teológica.

          Vamos lá a Marte e o mais longe que pudermos tentar descobrir vida caso ela exista, essa é a intenção, não se trata de descobrir vida em Marte e postular imediatamente que Deus não existe.

          Ausência de prova não constitui prova de ausência.
          Se usarmos este principio de forma honesta ele será tão válido para a vida para além da terra como para a existência de Deus.

          Quanto ao “blá blá blá” que tu citas, pelo menos cita-o correctamente:para além de Deus ter “feito o homem à sua imagem”, “Deus fez os céus e a terra (o cosmos num todo) e tudo o que eles contêm”, se Ele resolveu criar vida aqui e por todo o universo é um problema Dele, e aí sim… somos “pequenas partículas”, concordo, comportemo-nos então com a humildade de pequenas partículas e tentemos chegar o mais longe possível em busca de conhecimento e, quem sabe, de vida para alem da terra.

          • Anónimo says:

            e, meio off topic, a questão do dinheiro: Os 2.5 mil milhões gastos são investimentos de um Estado em empresas, técnicos e know how, seus, do seu país. É investimento que promove a tecnologia do país, fomenta o emprego, e transmite orgulho nacional aos seus cidadãos. E como um colega disse antes: é menos do que certos resgates por causa de disparates de banqueiros.

          • O meu comentário vai se basear-se a cerca da da NASA, uma das questões é: Deus criou o cêu e a terra sim, e na terra colocou o homen,animais,plantas etc…,para poderem habitar nela, isto qr dizer q em outros planetas podem sim vir existir vidas mais não vidas humanas, e agora espero q estais investigações não possam vir causar danos aos seres humanos porque é real que nós os seres humanos queremos saber mais do que menos e isso um dia poderá levar-nos há um erro que ninguém vai conseguir corrigir.

  7. Rodrigo Santos says:

    Vamos ver se esse robô revela algo de novo!
    R:OSPF, RIP e BGP

  8. Luís Carlos Ramos Jacinto says:

    Excelente noticia! Agora vamos lá ver se a curiosidade não mata o gato!!!

    Resposta Passatempo: OSPF.

  9. Paulo . Cunha says:

    É desta que tiramos fotografias a homenzinhos verdes 😀 LOL…

    Já se encontrou vestígios do que se pensa ser água 😀 Por isso, onde ha aguá pode haver vida.

    Resposta: BGP

  10. NT says:

    O melhor mesmo é começar-mos à procura de nova casa… :)

    E acredito que tenha existido (ou ainda possa existir) vida em Marte e mesmo em outros planetas. Vida, como podemos observar em vários pontos da terra não conhece limites, tipo temos seres a viver no gelo e temos outro extremo seres a viverem em fumarolas no fundo o oceano com pressões incríveis e temperaturas extremamente elevadas.
    Agora temos é que esquecer que temos que ter sapatinho da marca X, de ver as desgraças no chamado “terceiro mundo”[podemos resolver os problemas deles], e investirmos em nós SER HUMANO!!!

  11. João Neves says:

    Comentário: Agora é só aguardar resultados!
    Resposta:suporta OSPF

  12. Luis Maia says:

    Resposta – BGP

  13. Carlos Viegas says:

    Só espero que não o percam por lá, a exemplo do Pathfinder de 1997…

    Passatempo:
    Indique um protocolo de encaminhamento suportado pelo RouterBoard MikroTik RB2011L-IN?
    Open Shortest Path First (OSPF)

  14. Fernando Cunha says:

    Nada como ocupar a mente humana com os problemas da sua existência e buscar resposta para a sua continuidade…
    Será que temos tb direito a um metro quadrado do espaço, já que pagamos para outros o explorar?

    Indique um protocolo de encaminhamento suportado pelo RouterBoard MikroTik RB2011L-IN?
    R: por exemplo o protocolo OSPF.

  15. Augusto Cruz says:

    Será melhor corrigir esta parte:
    “A satisfação por para dos membros da missão de controlo”

    Acho que é muito bom que o ser humano continue a investir em conhecimento. Somos curiosos por natureza e isto é somente mais uma prova de curiosidade :)

    OSPF

  16. Nuno sobral says:

    Os homens verdes com antenas estão à vista :)
    Resposta:OSPF,RIP e BGP

  17. Resposta ao Passatempo RouterBoard MikroTik RB2011L-IN:
    Este RouterBoard suporta tanto OSPF como RIP e BGP.

    Muito Obrigado :)
    Cumprimentos,
    Tiago Almeida

  18. Miguel Correia says:

    O investimento até mete medo…

    Resposta: OSPF

  19. Tiago F. says:

    isto trabalha a quê? energia solar? baterias nao vao ficar viciadas? isto passo 1 ano vai tudo abaixo lol

  20. lcf says:

    Excelente noticia.

    Resposta: OSPF

  21. SexOnaSal says:

    Será que isto não é uma cambada de “photoshop” ou “sony vegas”?

    E não estarão num armazém ao lado, com umas rochas e uma quantidade de terra?

    Aquilo tem 6 rodas, e se virar ao contrário? Espero que tenha sistema de voltar a indireitar-se

    Já agora nao percebo… com tanto dinheiro gasto e tanta tecnologia, porque as imagens são a preto e branco

    Cumps

    • Nelson N. says:

      O tamanho das imagens a cores é muito maior que 1 em cinzentos. Estamos a lidar com Milhoes de Kilometros a enviar dados por frequencia. Eu nao faço ideia de quanto tempo deve demorar enviar 1 foto apenas, mas diria que com compressões e tal, a coisa fique reduzida as uns 2 ou 3 kb, e demore talvez 10 minutos a chegar cá… digo eu.

      Mas imagino que seja algo do genero. Peço a palavra aos ententidos.

      • Nelson N. says:

        Descobri a resposta.
        “It depends on how far away Mars is at the moment.
        Mars varies from 36 million to 250 million miles from Earth, so at the speed of light (186,282 miles per second) it would take between 3.2 and 22.4 minutes for a radio transmission (of a picture, or whatever) to reach Earth from Mars.”

    • João Reis says:

      São as qeu são transmitidas por telemetria na hora. Elas são tiradas a cores mas convertidas e comprimidas para envio para a Terra. Suponho que com o tempo ele irá enviar as originais a cores, na missão anterior aconteceu isso embora também concordo que com tanto dinheiro envolvido as camaras são um pouco foleiras.

    • Fh1337 says:

      Em marte não há vento, portanto só se aparecer algum transformer e o virar ao contrário, de resto não há possibilidade de isso acontecer

      A questão das imagem, imagina o que é enviar uma imagem ou video de alta qualidade através de milhoes e milhoes de km, acho que o pensado é que aquando da recuperação deste robot, se faça um ‘download’ de toda a informação que recolheu, fisicamente claro.

      • João Reis says:

        O robot não irá ser recuperado, ele morre por lá tal como os outros até hoje. A imagem vai sendo enviada lentamente durante o resto do dia, o resultado dos testes também será enviado, mas em tempo real ou quase, as imagens são fraquinhas.
        Na ultima missão não teve assim tantas imagens a cores. O foco da missão é nos testes que ira realizar.

      • SexOnaSal says:

        Não há vento, mas há rochas.. Pode sempre dar uns trambolhoes

        Digo eu 😛

    • Bruno says:

      As imagens são a preto e branco porque são as primeiras a ser tiradas, apenas para verificações iniciais. A Curiosity tem uma série de câmaras, umas a preto e branco (hazard Cams) e outras a cores (Navcams). Essas a cores estão localizadas num mastro, que será accionado assim que estiverem verificadas todas as condições mínimas de segurança.
      Texto explicativo aqui: http://www.nasa.gov/mission_pages/msl/news/msl20120803.html

      😉

  22. Mark Silva says:

    De veras um marco na historia… uma pessoa imagina algo como carros telecomandados, mas o robot tem o tamanho de um carro :o!!!

    Um protocolo de encaminhamento suportado pelo RouterBoard MikroTik RB2011L-IN é Open Shortest Path First (OSPF).

  23. Heliognr says:

    O RouterBoard MikroTik RB2011L-IN? suporta OSPF

  24. Eu vi isto em directo na nasa, mas pensei que fosse algo mais fervoroso para os leigos, mas adorei pena ser de madrugada.

    Resposta ao passatempo: RIP, OSPF e BGP.

  25. Hugo Esteves says:

    Pagava para trabalhar nisto. Mesmo. :)
    Resposta ao Passatempo: OSPF

  26. Luís Miguel says:

    Resposta: OSPF

  27. Juliano says:

    Imagina a complexidade desde robo, 500.000 linhas de código zero bugs é fera.

    R: Suporta OSPF

  28. Pode ser que tenha lá alguma coisa.

    Resposta ao passatempo: O RouterBoard MikroTik RB2011L-IN suporta OSPF, RIP e BGP.

  29. João Sousa says:

    daqui mais uns aninhos já vão homens a Marte :), vamos ver se é bom para nós vivermos lá ou não, pelo menos (pelo o que tem dito) à água em estado sólido, que já é um principio de haver lá vida

    Resposta: RIPv2 é um dos protocolos de encaminhamento suportado pelo RouterBoard MikroTik RB2011L-IN,

  30. MS says:

    Que peça de engenharia esse robô. Vamos ver como se porta o bicho. :)

    Resposta: um dos protocolos de encaminhamento é OSPF (Open Shortest Path First).

  31. Bónus says:

    One small step for man, one giant leap for mankind! :)
    Fabuloso!

  32. says:

    Grande avanço…sim senhor…!!

    passatempo: protocolo OSPF

  33. Rui Costa says:

    Ja há uma cadeia de televisão a querer enviar pessoas para marte para um big brother.

    Resposta: OSPF

  34. João Silva says:

    Mais uma boa noticia para a humanidade sera que vamos encontrar alguns companheiros neste vasto universo no futuro?
    Resposta passatempo: OSPF

  35. José Furtado says:

    Ao menos lá o Passos Coelho não manda!

    Resposta Passatempo: OSPF.

  36. A evolução humana não pára!

    Pergunta do passatempo:
    Indique um protocolo de encaminhamento suportado pelo RouterBoard MikroTik RB2011L-IN?
    OSPF

  37. Rafael Paiva says:

    Gostei foi especialmente da festa que fizeram na NASA.
    Vamos ver se traz boas notícias, qualquer dia temos humanos a viverem em Marte, depois eles pedem independência, tornam-se poderosos e temos uma guerra de mundos eheheh..

    Resposta à questão: Esta RouterBoard suporta RIPv2, entre outros protocolos.

  38. ruben says:

    Espero que este robô nos traga respostas para algumas das dúvidas que a comunidade cientifica e outras pessoas têm relativamente a Marte.

    Resposta passatempo: BGP4

  39. Vagner Fellipe says:

    Muito investimento em pesquisa, acho que parte de toda essa verba poderia ser destinada a preservação já que os EUA são um dos países que mais emitem poluentes na atmosfera.

    Resposta: RIP, OSPF e BGP

  40. Miguel Nuno Rocha Ribeiro says:

    Resposta à Pergunta do Passatempo:
    O RouterBoard MikroTik RB2011L-IN suporta OSPF, RIP e BGP.

    E que tal darem os 2,5 mil milhões de dólares para a população mundial que passa necessidades e países subdesenvolvidos…

  41. Pedro Pinto says:

    Resposta ao Passatempo: O RouterBoard MikroTik RB2011L-IN suporta OSPF, RIP e BGP.

  42. Pedro says:

    Parabéns NASA por mais um bom projecto.

    O RouterBoard MikroTik RB2011L-IN suporta OSPF

  43. fernando felipini says:

    2,5 mil milhões de dólares…..

    OSPF RIP BGP

  44. Tomahawk says:

    Após terminar a missão, como será resgatado esse robot, voltando a terra inteirinho?

  45. Ruben M, says:

    O RouterBoard MikroTik RB2011L-IN suporta OSPF, RIP e BGP.

  46. MarioM says:

    Conhecem mais sobre o Universo do que sobre o fundo dos Oceanos.

  47. Bruno Miguel Silva Andrade says:

    OSPF.

    Curiosity, o nome diz tudo 😀

  48. Vasco Cruz says:

    Mais um dos grandes projectos da NASA. Grande em dimensão e em custo :)

    Resposta ao passatempo: BGP

  49. Henrique Sousa says:

    Comentário: Um grande investimento, a ver se trás informações para alimentar a nossa esperança da existência de vida lá.

    Resposta Passatempo: O RouterBoard MikroTik RB2011L-IN suporta OSPF.

  50. jrgaugusto says:

    Alguém sabe se exite algum sitio onde se possa ver em directo ( sim ainda escrevo assim…) imagens da missão!?? Já agora qual foi a missão que levou o nome dos participantes que se inscreveram na net?

    R:RouterBoard MikroTik RB2011L-IN é Open Shortest Path First (OSPF).

  51. João Miguel Gonçalves Mascarenhas says:

    Onde se compra este brinquedo? 😀

  52. João Ferrinho says:

    Antes foi a lua, agora é a vez de marte

    OSPF

  53. Nuno says:

    Só uma correcção – ele não vai procurar vestígios de vida em Marte, mas sim se o planeta já teve condições de desenvolvimento de vida.

  54. Emannxx says:

    Vi a chegada da sonda em directo no live stream da Nasa (às 6:30 da manha)… é arrepiante ver ouvir o “Touchdown confirmed” :)

  55. douroin says:

    O RouterBoard MikroTik RB2011L-IN suporta OSPF, RIP e BGP.

  56. fernando martini says:

    O RouterBoard MikroTik RB2011L-IN suporta OSPF, RIP e BGP
    eu vi esa reportagem no fantastico, fabuloso a Nasa ter conseguido chegar em Marte, e explorar o local, e saber se exite agua, e microorgnismos, ou seja em um futuro nao tao distante c\ o nosso plnetinha Terra sendo destroido sobra outra opcao rs

  57. João Oliveira says:

    Vamos ver o que trás de novo.

    R: RIP and OSPF and BGP.

  58. Nuno says:

    Wow! Antes era um espanto ir até à lua, agora… MARTE! X)

    Resposta: OSPF

  59. Nuno Caixeiro says:

    Mais um passo em direção ao futuro. Avisinham-se novas descobertas, parece-me!

    Resposta: OSPF

  60. Artur says:

    Quero ver vídeos de Marte em 1080p!

    Resposta: BGP

  61. rubenduarte says:

    A ver vamos xD

    Resposta: OSPF

  62. Ricardo Mendes Silva says:

    R: por exemplo o protocolo OSPF.

  63. waldemar says:

    Aterrizar ou aterrar,
    Tenho visto constantemente esses termos, e ai eu me pergunto: aterrizar não seria na terra?
    Também o termo: Titã é uma lua de Júpiter!
    Lua não é o satélite natural da terra?
    Titã não é o satélite natural de Júpiter?
    Por favor me ajudem com essa duvida.

    • Carlos Nascimento says:

      Bem… de facto na lua, o satélite da terra, não se usa o termo “aterrar” mas sim alunar.
      No caso de Marte começa a complicar-se, “amartar” não soa lá muito bem.

      A questão de se chamar lua aos outros satélites de outros planetas julgo tratar-se de linguagem analógica, ie, tal como dizemos “as pernas da mesa”, dizemos isso por analogia às nossas pernas, no entanto se perguntar-mos a alguem “para que servem as pernas?”, a resposta normal será “para andar”, a mesa não anda. Acho que se usa a analogia por falta de outro termo.

  64. Sérgio Almeida says:

    Estou bastante entusiasmado para ver mais resultados!

    Resposta: OSPF

  65. Jorge Silva says:

    Resposta:
    OSPF (Open Shortest Path Firs) é suportado pelo RouterBoard MikroTik RB2011L-IN

  66. Nuno Miguel says:

    Qualquer dia temos uma sonda de Marte a aterrar no nosso planeta… lol

    OSPF é um protocolo de encaminhamento suportado pelo RouterBoard MikroTik RB2011L-IN.

  67. Patrick Igreja Carvalho says:

    Vamos lá ver o que o robô nos traz

    Resposta à pergunta: OSPF

  68. Stenio Elson says:

    Incrível como eles ainda mostram imagens em preto e branco de marte.

    Resposta ao passatempo: BGP

  69. Paulo Bastos says:

    Parabéns a NASA, outro projecto que também quero ver concretizado é o sucessor do Hubble, o James Webb Space Telescope esse ainda é bem mais caro, mas acho que vai valer a pena com as descobertas que vai trazer para a humanidade.

  70. Diogo Parreiras says:

    Incrível a tecnologia utilizada pela NASA

    Resposta à pergunta: BGP

  71. O contacto com outras civilizações será um grande marco na história da humanidade.

    Penso que estamos bem proximos desse contacto

    Será uma nova era.

    Cumprimentos
    César Oliveira
    http://www.profissionalweb.net

  72. e se por acaso houver vida no Marte, poderemos comunicarmo-nos, fazer migracoes, ou seja,haver contacto entre a gente?

  73. Leo says:

    A curiosity nao tem cameras em alta definição, ate fizeram piadas sobre as imagens em baixa resolução. a nasa explicou pelo tamanho dos arquivos e distancia dos planetas tornaria dificil a transmissão dos dados

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

*

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.