Quantcast
PplWare Mobile

Como reduzir e comprimir imagens (e a história da Lena)

PUB

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. Migael says:

    O melhor algoritmo de compressão é o do pied piper…

  2. Nuno José Almeida says:

    Aconselho este site/plugin. Faz compressões extraordinárias.

    https://tinypng.com/

    Em PNG por exemplo, apesar de ser lossy, vale a pena.

  3. Joao Costa says:

    Esse é de facto um problema importante em muitos sites. Eu costumo usar o RIOT, antes de colocar as imagens online, onde outro optimizador verifica e optimiza só mesmo em caso de necessidade.

  4. Jorge Xavier says:

    Boas dicas. Mas agora fiquei curioso com isso da Lena… 😛

    • Ru says:

      Pois, também eu. Vamos ter que esperar pelos próximos episódios e esperar que contem nesta temporada.

    • Quim says:

      Compressão a mais e deixou de estar visível….

    • Ze pombo says:

      Boas Jorge,
      Brincando um pouco, eu diria que você não tirou eng informática. É que quem o fez de certeza que na cadeira em que lidou com algoritmos de compressão de dados, inclusive imagens, teve que levar com a moça do chapéu… aliás, cheguei a detestar a moça, de tanto olhar para ela sem obter o resultado que queria lol
      Cumprimentos

  5. Rui says:

    Eu fotos tiro em 2 formatos em simultãneo, RAW + JPEG. Guardo ambos em discos externos + NAS com RAID 6 e verifico sempre no fim se a cópia foi bem sucedida.
    Depois disso e se for para usar as imagens na internet, etc, utilizo o resize da foto feito a uma cópia da foto em jpeg. Se precisar de melhorar a foto, utilizo o Camera Raw do Bridge (Photoshop), feito normalmente numa cópia do ficheiro RAW. Nunca abro as fotos originais, só as cópias 🙂 (ao copiar as fotos dos cartões para o PC, depois copio do PC para o NAS e para o disco externo e passo ter ter disponível no pc de fotos que posso utilizar.
    O RAW, como certamente vão ter oportunidade de referir, é eterno! Nunca perde qualidade, ao contrário do jpeg.
    Outra coisa que faço, cada vez que tiro as fotos dos cartões, guardo numa pasta com o seguinte nome: DVD xxx 2017 09 15 – Corrida de motos + corrida de carros + ……
    Dou um nome de DVD, apesar de por vezes conter 30 Giga de espaço 🙂
    E começo a numeração em 001, 002….. etc
    Dessa forma tenho sempre as pastas mais antigas em cima e as mais recentes em baixo. E já sigo esta numeração à 12 anos!!!!!!!

    • Mário says:

      Adoro quando as pessoas são assim bem organizadas! Eu também tenho um método de arquivo parecido ao teu, tudo organizado por pastas com os nomes bem escritos. às vezes vejo certas pessoas com tudo tão desorganizado e fora do lugar que me pergunto como é que conseguem encontrar seja o que for! Parabéns!

  6. Leo says:

    Os meus arquivos de fotografias estão organizados por dois critérios.
    Primeiro as pastas principais por nome do equipamento utilizado (importante por dar logo a qualidade das fotos). Dentro dessas pastas, por pastas para cada mês: formato ano-mês, aaaa-mm.
    Finalmente, os duplicados por temas, por exemplo: pessoas, eventos importantes, viagens muito consultadas, etc. Neztas pastas estão apenas as melhores e/ou as mais documentativas das fotos, numa selecção temática pronta a utilizar no futuro (dispensam a pesca no arquivo histórico geral).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.