PplWare Mobile

Quer ter o seu correio em formato digital? Adira ao viaCTT… É grátis


Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Paulo says:

    Uso a nível pessoal e empresarial. Não tem atualmente interesse.
    NÃO RECOMENDO
    Praticamente nenhuma instituição privada a usa

    • Pérolas says:

      De facto, as entidades privadas só o usam para receber o correio das finanças porque as finanças obrigam a aderir a este serviço… De resto, é mais uma m3rdice para chatear. Quando terminar a «concessão» este serviço devia voltar para o portal das finanças que está muito bom!

    • DF says:

      Mais uma medida socratiana, a trabalhar para a reforma

  2. Tuition says:

    Poucas entidades usam, outras mesmo depois de indicado, continuam a ignorar, mesmo estando presentes. Basicamente serve as finanças e uma ou outra. Deviam acelerar e aplicar o simplex, para a “morada única digital”

  3. jose says:

    Todo o correio é “digita”l? Ou poderá haver algum tipo de correio em papel que depois os CTT convertem em via-digital?

    • André says:

      Tudo é pelo meio tradicional exceto as poucas empresas que aderiram a este serviço. Ou seja, no fundo, praticamente só as notificações das finanças é que te vão lá parar, o resto vai tudo por correio normal.

      Portanto se a tua dúvida era se em vez de enviarem o correio da forma tradicional o digitalizavam e enviavam pelo Via CTT, isso não acontece.

  4. Ricardo Neto says:

    Não vale nada mas todos estamos a ser obrigados a ter. Isso não tenham dúvidas que as finanças nos obrigarão a usar para tudo.

  5. DoContra says:

    Embora tenha uma conta há muito, raramente a utilizo. Navegação lenta e demasiado confusa.

  6. Joao says:

    lol? mas sou obrigado a ter um servico que nao preciso? os ctts andam maus e nos é que temos que suportar akela bosta de empresa?
    se me kerem contactar por email é so ter um campo obrigatorio no portal das financas de email e mais nada.
    agora ter mais um conta so pq os parolos do governo querem arranjar mais um taxo?
    gratis ou nao gratis a obrigatoriadade é ou devia ser ilegal. voltamos ao tempo em que eramos obrigados a ter a pt e nao tinhamos hipotese de escolha? velhos habitos…

    • Luis says:

      é como a taxa do AudioVisual. pagas mesmo que nao uses. mesmo que nem tenhas tv! mesmo que a tv nao chegue a todos os locais.. mas pagas! e ate pagas 2 vezes. qd compras pacotes de canais, os da RTP ja estao incluidos na factura. mas voltas a pagar uma vez mais na conta da luz.
      tens rede electrica?entao pagas! e nao bufas! para que? para contribuir para a vida avastada de alguns..

      • Henrique says:

        Irónico é que depois de pagar a contribuição audiovisual (para mim é mais um imposto, só mudaram o nome) ainda pagas IVA da própria contribuição.
        Ou seja, aqui em Portugal pagamos imposto de um imposto!

        • Joao says:

          e ninguem faz nada? estes advogados da treta em tugolandia andam todos a dormir? ainda estamos na EU, é mandar processos para la.
          alguem sabe o que um mero trabalhador, pagador de impostos pode fazer para nao ser enrab*** pelo estado e no final ainda dizer obrigado?

        • Napoleon Bonaparte says:

          Nada de novo.
          Há anos que pagamos o IVA sobre o ISV quando compramos um veículo automóvel… Ou nunca tinham ouvido falar nisso?!
          Os nossos governantes podem ser fraquinhos em termos económicos, mentirosos em termos de cumprimento de promessas ou corruptos para aqueles que só pensam em orientarem-se. Mas que têm ideias para faturar, lá isso têm! Uns teimosos, outros engenhosos, ou outros habilidosos, cada um com as suas variedades, deixam-nos na palha!

      • Reina1972 says:

        Estou plenamente de acordo, pago 2 vezes a contribuição audiovisual só pelo simples facto de ter 2 leituras da eletricidade em duas moradas diferentes,quer dizer que pago 3 vezes a contribuição audiovisual porque cá em casa tenho um serviço tvcabo contratado.pouca vergonha,e anda um homem a trabalhar para manter a geringonça que tem um poço sem fundo que nem mesmo a própria luz escapa.

  7. CMatomic says:

    Um serviço de uma empresa privada , que não devia ter acesso aos dados pessoas dos cidadãos , e não é gratuito pois para aceder a tal serviço tem que pagar a um operador de telecomunicações o acesso a Internet , pois as redes publicas ” wifi” não garantem a segurança dos dados dos cidadãos .

    Não entendo num pais democrático , o estado não ter os seus próprios correios para distribuição de correio estatal , expondo os dados dos cidadãos a empresas privadas .

    • Paulo Martins says:

      O serviço foi criado enquanto os CTT estavam na alçada do Estado, e a lei que torna a sua utilização obrigatória também. Agora embora tenha criado uma conta à anos nunca lhe dei uso, porque não há entidades que a usam.

      • Joao says:

        se o paradigma mudou, a lei tem que mudar…a evolucao dos acontecimentos assim o obriga…mandar multas ca pra fora sabem fazer…corrigir problemas que eles proprios criaram isso ja é outra coisa….

  8. Gonçalo Santos says:

    “Registe-se no site ViaCTT em “Adira Já” e depois envie os documentos de identificação pessoal indicados no registo para o serviço ViaCTT”… Isyo é é ilegal, fazer cópia dos documentos de identificação pessoal?

    • Rui RM says:

      se o registo for feito a partir do portal das finanças não é preciso enviar nada.. em 2 minutos fica tudo feito

      • Joao says:

        o que a tua resposta tem a ver com a do goncalo santos? ele esta a referir a akele forma especifica de registar.

        • Rui RM says:

          mania de complicar.. se existe uma forma de o fazer sem ter de enviar nada.. para quê complicar. e assim já não é preciso estar a discutir se é legal ou não mandar as cópias (que tanto quanto sei não é ilegal se for com o consentimento da pessoa em questão)

  9. Rodrigo says:

    Segura e fiável? Hehe. Nem sei como é que ainda não fechou. Tem resistido.

  10. Não Interessa says:

    Isto é obrigatório para toda a gente?

  11. Cristóvão N says:

    Mais uma grande treta que apenas serve como sugadouro de dinheiro dos contribuintes. Ainda por cima é obrigatório para empresas…

  12. ---- says:

    Isto pelo que li é apenas obrigatório para :
    Os sujeitos passivos de IRC (empresas, entidades públicas, IPSS e associações);
    Os sujeitos passivos enquadrados no regime normal de IVA (que entreguem a declaração periódica de IVA, mensal ou trimestralmente).

  13. Bruno says:

    Eu tenho o meu email pessoal fiabilizado e nunca tive problemas.

  14. Pedro Oliveira says:

    Todos os contribuintes com atividade profissional liberal, Empresários em Nome Individual e Empresas são obrigadas a ter uma caixa postal no serviço VIACTT.
    Estão agora a serem enviadas notificação pela AT com coimas e não são pequenas.
    Atenção… é uma palhaçada e este governo entro nela!

  15. says:

    Qual a diferença entre isto e um email?

    Não bastava pedir para indicar um endereço de email com a indicação que as comunicações para aí feitas teriam valor legal?

    Isto é o mesmo que eu ter uma caixa de correio à porta e obrigarem-me a ter um apartado, só porque lhe apetecem.

  16. Márcio says:

    O serviço seria útil se englobasse pequenas coisas como envio de registo de cartas por exemplo.
    Para aquilo que permite fazer atualmente, não serve para nada.
    Até às comunicações das finanças recebemos por e-mail.

  17. Filipe says:

    É vergonhoso o estado obrigar os seus contribuintes a ter um registo em VIAVCTT e por sua vez partilhar todo o tipo de informação a uma empresa privada!!! O correio ou alertas deveriam continuar a ser recebidas nas contas de mail “pessoais” ou por nós mencionadas como já era anteriormente. Além de mais o Site atribui e obriga a ter um número de acesso que não pode ser alterado.

  18. Agostinho Teixeira says:

    Esclareçam-me uma coisa… Para pessoas como eu que trabalho por conta de outrem, ou o caso do meu pai que é reformado e a minha mãe que é Doméstica, também somos obrigados a fazer isso? Ou é apenas para empresas (incluindo empresas em nome individual)?

  19. Paulo says:

    Já não sou profissional liberal. Ainda tenho esta conta.
    Serve para receber os avisos do IMI.
    De resto … não tem utilidade.
    Um ponto que não vi referido nos comentários: se essa coisa da morada digital (seja lá isso o que for) avançar mesmo, vai servir para quê? E para quem? Só podemos ter uma conta de email?
    Num organismo público? Ou numa empresa pública? É para vender aos chineses assim que a adesão passar dos 2/3 do possível?
    Ou o plano é competir com a cloud da MS ou da Google? Deixa adivinhar: vem aí o renascimento do CaixaMágica 🙂 🙂 🙂

  20. Nokas says:

    Um exemplo do que não se deve fazer com a tecnologia. Ou seja, não serve para nada de jeito, só complica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.