Quantcast
PplWare Mobile

Dica: Farto dos widgets no Windows 11? Veja como os pode remover

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. Macopio says:

    W11 em pt/PT tem muitos bugs. Tive que reverter!

    • iDroid says:

      Estranhamente so apanhei ainda um: de vez em quando o explorer bloqueava, e passando uns segundos, quando tudo voltava ao normal, só as pastas abertas é que não reapareciam.

      Nas últimas duas semanas nem esse bug tem aparecido.

    • k says:

      Eu tenho alguns (estou a usar em inglês):

      – o menu dos widgets simplesmente não funciona de todo. Mostra uma janela a tentar fazer load, mas acaba por crashar sempre sem abrir nada. Mas para isso funcionar, obriga a meter uma conta microsoft, o que por sua vez, obriga a criar um pin para entrar o windows (não preciso de passwords para entrar no meu pc em casa, não queria mas para ter a função ele obriga). No final, não funcionou anyway.

      – as vezes, não sempre, o windows parece demorar mais a arrancar que no 10. Nada por aí além mas nota-se.

      – noto que o processador leva load com frequencia, mesmo estando parado no desktop. Eu noto porque tenho um perfil de fans que as torna audíveis quando o pc leva load/aquece. E isto acontece muitas vezes quando deixo os ecrãs desligados, com o pc apenas ligado no windows sem nada aberto.

      – com 2 ecrãs, o menu iniciar e o icon procurar não funcionam no segundo ecrã; O menu iniciar ainda abre mas fecha mal tentas fazer algo, o procurar nem abre.

      – há icons de aplicações abertas que ficam invisiveis na barra do menu iniciar (world of warcraft)

      – Clickar num icon no ambiente de trabalho, às vezes não clicka onde está o rato. Tipo, clicka 2x e abre o programa do icon ao lado; Movel com o teclado e enter resolve por isso é algo com o sitio que o rato está a registar onde está.

      – Clickar no icon da rede/som faz a barra do menu iniciar crashar com frequencia, volta a abrir logo de seguida;

      – Não é possível arrastar a barra do menu iniciar para o segundo ecrã, mantendo o primeiro como primário. Na verdade, eu so queria as horas e os restantes icons nos 2 ecrãs ao mesmo tempo, mas isso nem no win10 dá pra fazer;

      – o nvidia control panel continua a identificar este windows como o 10.

      – estou a fazer um esforço para usar o Edge (para testar). Nada de anormal a apontar, works as intended. O que é esperado, é basicamente o chrome mas com login na conta da microsoft em vez da do google.

      – Não é um bug, mas no menu que aparece ao clickar com o botão direito num sitio vazio da barra do menu iniciar, só tem uma opção, taskbar settings. Eu abria o Task Manager de lá com frequência. Não tem lá mais nada para já, no win10 tinha muito mais opções. Aqui acredito que seja de ser preview, e que seja acrescentado posteriormente; Tem aspeto de ser algo que ainda não foi implementado.

      – Eu uso uma sound blaster Z como placa de som. Há uma função de mudar a saida do som dos fones para as colunas no software da placa. Às vezes é preciso alternar 2x para realmente mudar a saida do som. Pode ser um bug do software da creative mas isto foi um upgrade do win10 e no 10 funcionava bem.

      Já agora, em relação ao som, o menu de som a abrir da tray (ao pé do relogio) tem menos informação, não te diz imediatamente qual a placa de som ativa. Mas pode ser que seja só na preview.

      Os menus de settings do windows estão mais fixes em aspeto mas em funcionalidade, é a mesma merda que o 10. Quando queres algo mais a sério, vais ao velho painel de controlo que está la tudo. Falta muita coisa no novo e não acredito que seja por ser a preview, isto foi assim o win10 todo. O que significa que continuamos com a estupidez de settings espalhados por vários sitios diferentes que de vez em quando mudam de sitio com os updates sem melhor razão do que alguem acordar mal disposto na microsoft.

      O menu iniciar, bem, realmente está diferente. Mas para mim sofre do mesmo problema que o do 10 sofria – continuo a ter que fazer scroll para encontrar algo. A grande vantagem do menu do win7 era mostrar tudo de uma vez sem precisar de mais input do user após abrir o menu. Podia usar mais ecrã, não há razão para não o fazer tirando ser uma decisão estética.
      Mais uma vez, coisas que necessitam de mais input do user para fazer o mesmo que já faziam = mau. Começa a parecer um tema recorrente.

      Mas o resto, janelas, animações, etc. estão na direção certa. Está agradável.
      Também não crasha, não dá bluescreens nem nada do género, o que é excelente considerando o early release.
      É estável para uso de dia a dia, apenas com algumas annoyances. Tudo que corria no 10, corre aqui sem qualquer problema, ainda não encontrei nada que não desse. Também não tive problemas de drivers nem de compatibilidade.

      O update 10 -> 11 via windows update foi SUPER transparente, sem qualquer tipo de problema. Nem sequer demorou muito. Já estou a usar a algum tempo. Eles lançam updates de segurança ao defender, o que é bom.

  2. jota says:

    O Windows 11 ainda não saiu para o grande público e o pplware já começou com os “fartos”!

  3. Daniel Junior says:

    bom eu estou usando desde antes de ser anunciado oficialmente na edição vazada e nao tenho do que reclamar, ja teve varios updates, uso na minha maquina principal de jogos com um 3060ti e os jogos estão perfeitos, HDR automatico achei sensacional ele ativando sozinho, nao vi nada negativo ainda para reclamar, apenas que nao tem ainda a opção de rodar apks de android

    • Vítor M. says:

      Apesar de haver já milhões de utilizadores com o Windows 11, o sistema continua em afinação. É este tipo de feedback que a MS precisa e muitos utilizadores já se queixaram de várias novidades que serão tidas em conta nas muitas opções de utilização.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.