Quantcast
PplWare Mobile

Dica: Como fazer screenshot de uma página inteira no iPhone

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. Há cada gajo says:

    Eu olho para aquelas fotos do iOS e só me lembro do Windows Phone.

  2. António says:

    Que iPhones dão para fazer isso? O meu 8 pois não aparece opção de selecionar página inteira

  3. António says:

    Retifico. Deveriam informar que só dá para fazer no browser Safari

  4. euclides machado says:

    Pode-se também pressionar, em simultâneo, o botão ligar/desligar e o botão Home. A partir da versão 14 do iOS, nas versões mais recentes do iPhone (incluindo o novo SE), consegue-se o mesmo tocando duas vezes na parte de trás do iPhone.

  5. Bruno Mota says:

    Se o IOS fosse intuitivo como é o Android, não seria necessário um tutorial para saber como fazer um simples print screen…

  6. woot! says:

    Pensava que o iOS era super user friendly afinal é preciso um tutorial para tirar um print a uma página inteira…há uns anos era um tutorial de como apagar números na calculadora…enfim.

    • Vítor M. says:

      E não é? Basta um botão e ele manda logo para PDF, mas o SO está tão completo, que pode passar despercebido e com um guia prático, relembramos esta funcionalidade. Além de user friendly é muito completo. Aliás, fazemos o mesmo com qualquer sistema operativo, sendo ou não user friendly 😉

    • PTO says:

      Realmente tens razão. Em vez de um tutorial, o que realmente dava jeito era mesmo um manual para perceber a motivação por trás de comentários imaturos e mesquinhos como o teu.

      Isso é que era de valor!

  7. Rebenta anilhas says:

    Ok… Só funciona no Safari… Fazer screenshots do resto continua na mesma. Depois vanglorizam este sistema ultra ultrapassado

    • Vítor M. says:

      Diria que é dos mais avançados da atualidade, ombreando lado a lado com o Android, melhor numas coisas, pior noutras. Relembro que o iOS foi o primeiro assente em tecnologia litográfica de 5 nm e traz ferramentas das mais modernas da atualidade. Se repararmos, a maior empresa de software do mundo, a Microsoft, cada vez desenvolve mais software para esta plataforma. Sinal que está a crescer.

      Além disso, a Google, outra gigante do software e pesquisas, paga milhões para cá estar dentro do ecossistema;) Portanto, quem desconhece, sim, dirá que está ultrapassado, mas só por desconhecimento, porque de facto o SO é muito avançado e muito otimizado. 😉

      Abraço.

    • PTO says:

      O teu nome confere na perfeição com a tua argumentação: vulgar e ignorante.

  8. ervilhoid says:

    as apps é que nada

  9. Ru says:

    Que violência 🙂
    Uma coisa é tentar “vender” a marca como se fosse a melhor do mundo. Outra é fazer um tutorial que até pode ser útil para alguém. Vejo muita gente que não percebe nada de screenshots em Android. Sabe tirar o básico e mais nada.
    Não vejo nada na Apple que me atraia, mas desta vez o Vítor M. esteve bem.

  10. PTO says:

    Excelente dica, desconhecia esta funcionalidade.
    Vai-me dar bastante jeito na partilha de notícias e outros textos.
    Impecável!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.