Quantcast
PplWare Mobile

Como activar a Doca e a barra de menus escurecida no Yosemite

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Simões


  1. Nuno Vieira says:

    Eu não percebo como é que isto torna a utilização do Yosemite mais agradável em ambientes menos iluminados, quando esta opção apenas escurece a barra de menus e o dock. Tudo o resto, incluindo as janelas, mantêm-se inalterados.

    Eu presumo que esta opção foi criada pela Apple apenas para quem queira mudar a estética do SO. Se a intenção era realmente tornar o SO mais agradável em ambientes mal iluminados, isto faria da Apple uns incompetentes.

    • Nunes says:

      Tb nunca tinha ouvido falar que a Apple tivesse desenvolvido isto por causo da luz ambiente. Isto é apenas uma alternativa para quem prefira ter algo que crie menos distracções, especialmente em trabalho com fotografia e video

    • Cristiano Alves says:

      O problema da internet é quando se dá aso à”imaginação” em detrimento do conhecimento…
      O principio de rege o ser mais agradavel em sistemas pouco iluminados é o mesmo do do flux ( https://pplware.sapo.pt/windows/software/f-lux-poupe-os-olhos-enquanto-trabalha/ )

      Sendo que o programa diminui mais os tons azuis, mas a verdade é que as cores claras ferem mais os olhos!

      • Nunes says:

        Se leres a descrição dada pela Apple, verificas que a intenção para ter desenvolvido isto não tem nada a ver com luz ambiente. O Dark Mode existe para quem quer que a barra de menus e a Dock criem menos distracções ou interfiram na visualização de cores em programas de fotografia e video. A Apple chegar a falar especificamente em trabalho profissional em fotografia e video.

  2. Luis FA says:

    O Ubuntu bebe muito no OS X e agora, vice versa!… 😉 É o caso por exemplo da “procura”, agora maior e ao meio…

    • Nunes says:

      Se queres encontrar alguma fonte de inspiração para o visual actual do Spotlight, não é no Ubuntu que encontras, mas em programas já com alguns anos no Mac, como o Alfred ou o LaunchBar mais antigo que o Unity do Ubuntu – aliás o LaunchBar já tem mais anos que o próprio Ubuntu. É até a pesquisa no Ubuntu que tem várias semelhanças no interface com a primeira versão do Spotlight.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.