Quantcast
PplWare Mobile

Tags: sustentabilidade ambiental

Ambientalistas defendem que só a energia nuclear poderá salvar o mundo

A saúde do planeta é um dos temas que mais se tem falado e existem já uma série de ações regulatórias de descarbonização energética que contribuem para um marco sustentável e eficiente para combater as mudanças climáticas. Contudo, não existe uma certeza unânime quanto ao caminho energético que seja o mais limpo para a Terra. Vemos a energia solar como uma promessa, o hidrogénio como uma esperança, mas há também quem aponte a energia nuclear como o caminho mais correto na luta contra as alterações climáticas. No entanto, os exemplos do passado atemorizam a humanidade e o nuclear parece estar fora das opções.

Um ambientalista vem agora referir que os receios infundados sobre a energia nuclear podem estar a prejudicar a luta contra as alterações climáticas. Ou seja, na sua opinião, a energia nuclear é o caminho e é a única coisa que poderá salvar o mundo.

Energia nuclear


Razer quer atingir neutralidade carbónica até 2030

Se é um aficionado gaming, já se deve ter cruzado com o nome Razer. Esta, que é uma empresa global de fabricação de hardware e um dos maiores nomes em jogos de PC, estabeleceu um objetivo sustentável muito ambicioso.

A empresa pretende atingir a neutralidade carbónica até 2030.

Razer lançará produtos mais sustentáveis


Responsabilidade ambiental faz do Huawei Mate 40 Pro o mais verde dos smartphones Huawei

A sustentabilidade ambiental é hoje pauta importante para as empresas em todo o mundo. As grandes tecnológicas são responsáveis pela colocação no mundo de muito lixo tecnológico e, por isso, são obrigadas a agir para conter este problema. Hoje falamos de mais um caso de empenho e preocupação com as questões ambientais. O caso da Huawei.

Além de muitas outras ações, o seu Huawei Mate 40 Pro surge como o “mais verde” smartphone da empresa.

Responsabilidade ambiental faz do Huawei Mate 40 Pro o mais verde dos smartphones Huawei