Quantcast
PplWare Mobile

Tags: Ransomware

Paciente morre porque hospital foi atacado por Ransomware

Um ataque de ransomware levou à morte de um paciente! Como temos vindo a informar, os ataques informáticos têm vindo a aumentar significativamente. Apesar de o mundo estar a lutar contra uma pandemia provocada pela COVID-19, os cibercriminosos continuam muito ativos e a fazer estragos.

De acordo com informações recentes, um paciente acabou por morrer por consequência de um ataque por ransomware. Saiba o que aconteceu.

Paciente morre porque hospital foi atacado por Ransomware


Tesla e FBI impedem ataque de ransomware a Gigafactory de Nevada

Tesla colaborou com o FBI de forma a evitar ataque de ransomware dirigido à fábrica de Elon Musk, a Gigafactory de Nevada.

O ataque veio de um cidadão russo de 27 anos que contactou um funcionário da empresa para instalar software malicioso nos computadores da empresa em troca de um milhão de dólares.

Tesla e FBI impedem ataque de ransomware a Gigafactory de Nevada


Canon parece ter sido vítima também de um ataque de ransomware

Ao que parece, o crime compensa. Pelo menos depois de ter saído a informação que a Garmin terá pago “uns milhões” para se livrar do ataque à sua estrutura é a vez da Canon. Segundo informações, os dados e sistemas pertencentes à empresa de tecnologia japonesa Canon estão a ser mantidos como reféns.

A empresa nipónica poderá ter sido roubada e 10 TB de dados da empresa desviados, colocando a empresa em paralisação.

Ilustração máquina da Canon, empresa que está a ser atacada com ransomware depois da Garmin


Garmin terá pago resgate de “vários milhões de dólares” para recuperar serviços

A Garmin, no dia 23 de julho, sofreu um ataque por ransomware que afetou vários serviços. Com os seus dados cifrados e inacessíveis, estava a ser pedido um resgate por parte dos atacantes no valor de 10 milhões de dólares. Neste tipo de ataques, o procedimento aconselhado às vítimas é não pagar.

Mas, com os serviços repostos, é avançada agora a notícia de que a Garmin poderá ter recuperado os seus dados depois de ter pago “vários milhões de dólares” pelo resgate.

Garmin terá pago resgate de


WastedLocker: Como funciona o novo ransomware Evil Corp que atacou a Garmin

A Garmin está desde a passada quinta-feira com os seus serviços afetados depois de ter sido atacada por ransomware. Conforme foi confirmado por fontes próximas ao ataque e aos funcionários da Bleeping Computer, por trás deste cibercrime está o ransomware WastedLocker. Os serviços Garmin Connect foram obrigados a parar, os funcionários desligaram-se da rede da empresa e há já um dano grave na atividade da empresa.

WastedLocker tem assinatura da Evil Corp, uma organização russa ligada ao cibercrime e que já pediu o resgate dos dados da empresa.

Ilustração do ransomware WastedLocker que atacou a Garmin