Quantcast
PplWare Mobile

Tags: queixa

Telegram apresentou uma queixa formal contra a Apple à Comissão Europeia

Recentemente o fundador da rede social Telegram teceu duras críticas sobre a dinâmica da App Store relativamente aos programadores. Mas agora a aplicação acusou formalmente a empresa de Cupertino contra as suas supostas práticas anti competitivas.

A queixa formal do Telegram contra a Apple foi apresentada nesta quinta-feira à Comissão Europeia.


União Europeia vai investigar queixa do Spotify contra a Apple por concorrência desleal

A guerra do Spotify contra a Apple tem já vários anos. O maior serviço de streaming de música da Internet tem apontado o dedo várias vezes à empresa de Cupertino, por práticas desleais de concorrência.

Uma das medidas tomadas foi uma queixa junto da União Europeia contra algumas ações tomadas. Esta vai agora ser investigada e as sanções podem surgir em breve.

Apple Spotify União Europeia queixa concorrência


Consumo de dados excessivo do iOS9 leva Apple a tribunal

A Apple tem o hábito de trazer para o iOS novas funcionalidades, que por norma melhoram a utilização do iPhone e do iPad. O problema é que nem sempre as anuncia de forma clara.

Depois de terem surgidos consumos anormais de dados 3G/4G no iOS 9, que depressa foram identificados e tratados por muitos utilizadores, surge agora o sempre aguardado processo em tribunal…

iops_9_iphone_1


Queixa apresentada contra o uso ilegal de crianças em publicidade

Basta ligarmos a televisão e esperar pela publicidade para verificarmos que, em muitos dos anúncios, são utilizadas crianças, muitas bem pequeninas, onde são elas as protagonistas de determinada marca.

O tema das crianças na publicidade sempre foi muito controverso e, agora, a Associação Portuguesa de Direito ao Consumidor apresentou queixa à Direcção-Geral do Consumidor devido à utilização ilegal de crianças em publicidade.

Anuncios com crianças


MPAA obriga GitHub a colocar repositorios Popcorn Time offline

O Popcorn Time é um serviço de que todos desconfiam da sua legalidade. Tem sabido sobreviver de forma manter-se acessível, graças a vários grupos que insistem em tratar da sua disponibilização.

Várias foram as tentativas da industria para ao eliminar, sempre atacando a sua fonte mais lógica, o próprio serviço. Mas agora foi tomada uma nova abordagem, um pouco diferente do que pode ser considerado habitual.

A MPAA (Motion Picture Association of America) conseguiu que o GitHub retirasse do ar várias páginas e repositórios de código de clientes deste serviço.

popcorn_time_1