Quantcast
PplWare Mobile

Tags: kim dotcom

Kim DotCom pode em breve ser extraditado para os EUA

Foi em 2012 que a longa batalha de Kim DotCom contra o estado norte americano foi iniciada. Num processo anormalmente grande, todos os seus bens foram apreendidos e iniciou-se o processo para o trazer para os EUA.

Agora, 6 anos depois do fecho do MegaUpload, Kim DotCom volta a estar nos destaques, com uma decisão de um tribunal Neozelandês, que decidiu que este pode ser extraditado para os EUA a qualquer momento.

Kim DotCom EUA extraditado tribunal


Megaupload 2.0 vai aumentar segurança e recompensar quem usa

Kim Dotcom tem planos bem definidos para o novo Megaupload. O seu serviço de alojamento de ficheiros tem de crescer e tornar-se uma referência na Internet. Esta não é uma ideia nova, mas agora parece tomar uma nova força e um novo rumo.

Usando a sua conta do Twitter, Kim Dotcom voltou a prometer muito mais para o seu serviço Cloud, apresentando novas ideias e novos conceitos. Tudo passará por uma maior anonimização e uma fuga à censura, com uma vertente mais economicista, prometendo pagamentos a quem usar o seu serviço.

Megaupload Kim Dotcom


Kim DotCom prepara-se para lançar um serviço melhor que o Mega

A história de Kim Dotcom mistura-se com todos os serviços que tem lançado e com os problemas que estes levantam. Depois do MegaUpload e dos problemas que teve com a justiça criou o serviço cloud Mega.

Mas, segundo o próprio Kim Dotcom, um novo serviço vai surgir, muito melhor que o Mega e com características únicas.

Kim Dotcom


Mega vai acabar? Kim Dotcom recomenda que façam backups

O Mega é o serviço de alojamento de ficheiros que o controverso Kim DotCom criou depois de todos os processos e problemas que teve. Com 50GB de espaço disponível, o Mega é um dos serviços Cloud mais seguros e por isso dos mais usados.

Mas algo de importante se passa no Mega, que Kim DotCom já não controla, pois este veio alertar os utilizadores para que façam cópias de segurança dos seus ficheiros.

Kim DotCom


Kim Dotcom: Tribunal neozelandês permite extradição para EUA

Há quase 4 anos que o famoso site Megaupload foi encerrado pelo FBI, tendo o seu fundador sido detido.

O emblemático Kim Dotcom, conhecido também pela sua ostentação de bens, e pelas as curiosas matrículas dos seus carros, teve uma prenda de natal antecipada, e envenenada, pois um tribunal neozelandês deu luz verde para a sua extradição para os EUA para aí ser julgado do crime de pirataria.

dotcomtitan