Quantcast
PplWare Mobile

Tags: BatteryGate

Portugal irá avançar com ação judicial contra a Apple por obsolescência programada do iPhone

A Apple é das marcas que mais tempo de atualizações oferece do sistema operativo no segmento dos smartphones. Contudo, pelo preço que os dispositivos custam e pela importância que estes produtos têm na sociedade moderna, ainda há um sentimento que a empresa de Cupertino poderia dar muito mais. Assim, a associação de consumidores italiana Altroconsumo disse nesta segunda-feira que havia declarado à Apple que havia lançado uma ação coletiva contra a gigante de tecnologia dos Estados Unidos pela prática de obsolescência programada. Portugal também irá ter uma ação do mesmo género.

A entidade de defesa do consumidor pede de indemnização 60 milhões de euros à gigante de Cupertino.

Imagem Apple Portugal


BatteryGate: Portugal poderá avançar com ações judiciais contra a Apple

Foi há quase duas semanas que a Apple se comprometeu a pagar 113 milhões de dólares para colocar um ponto final no caso “BatteryGate”. Este processo vinha a desenrolar-se desde 2018 e, aparentemente, estaria então tudo finalizado.

Contudo, grupos de defesa dos consumidores, avançou com uma nova série de ações judiciais onde a Apple é acusa de baixar o desempenho dos iPhones mais antigos intencionalmente. Portugal poderá entrar também com processos contra a Apple.

BatteryGate: Portugal e outros três países avançam com novo processo contra a Apple


Apple vai pagar 113 milhões de dólares para resolver o caso “BatteryGate”

Em 2018 a Apple foi acusada de degradar propositadamente o desempenho dos iPhones mais antigos, quando vida das baterias estava próxima do fim. O caso ficou apelidado de “BatteryGate” e o problema foi introduzido nos telefones da maçã através de uma atualização que não podia ser removida.

Mas agora, passados dois anos, a empresa de Cupertino aceitou pagar 113 milhões de dólares para que este assunto fique resolvido.