Quantcast
PplWare Mobile

Tags: bash

Chegou a Bash 5.0! Conheça as principais novidades desta Shell

Bash é a sigla para Bourne Again SHell do Projeto GNU, usada para implementação da especificação da shell POSIX, mas que serve também para a edição de linha de comando, controlo de tarefas em arquiteturas que o suportam e oferece recursos semelhantes à csh

Recentemente foi lançada a versão Bash 5.0 para cumprir melhor as especificações do POSIX (Portable Operating System Interface).


5 dicas para escrever melhores Scripts em Bash

Bash é uma das linguagens de scripting mais úteis para quem trabalha ou quer aprender a trabalhar com GNU/Linux. Além disso, é algo que todos os administradores de sistemas deviamm saber para automatizar tarefas através de scripts.

Neste artigo irei partilhar consigo 5 dicas práticas e muito úteis para escrever bons scripts em Bash.


Personalize a Prompt de comandos da Bash no Linux

A linha de comandos dos sistemas UNIX é algo incrivelmente poderosa que qualquer um pode experimentar e aprender. Basta dispensar algum tempo para experimentar tudo aquilo que existe à disposição.

Deixamos um desafio: será que se atreve a escrever umas linhas de comando? Vá, nós ajudamos.

Pensativa sobre a Bash


Dica: Como lembrar-se facilmente dos comandos Linux

Quem percebe e usa minimamente sistemas Linux reconhece o poder da shell. Num terminal que normalmente é preto com letras brancas, podemos realizar as mais diversas ações e de uma forma mais automatizada.

Comandos são milhares e é comum os utilizadores esquecerem-se de alguns deles. Quais as soluções?


Bash do Windows 10: Troque o Ubuntu pelo SUSE

A decisão da Microsoft de trazer o Linux para dentro do Windows 10 foi arriscada, mas abriu portas para muitas possibilidades. Funcionando como um subsistema do Ubuntu, a Microsoft trouxe para o seu sistema todos os comandos que muitos conhecem da bash.

Mas se até agora tudo se limitava a correr dentro do Ubuntu, chegou uma alternativa. O SUSE também já pode correr dentro do Windows 10 e o Pplware vai explicar como o pode fazer.

SUSE