Sim, a Bash do Linux vai chegar ao Windows 10


Destaques PPLWARE

105 Respostas

  1. Miguel says:

    E o Windows 10 Mobile vai ter tiles interativas? 😀

  2. RVM says:

    Wtf? Eles fizeram uma estrutura a imitar o Linux? O que é que vem a seguir? Acabarem com o Registry?

    Quanto à bash, eis a minha review:

    chsh -s /bin/zsh

  3. Luis M. says:

    Se eu quisesse Linux não tinha Windows. O que não falta são distros para todos os gostos e malta a evangelizar.

    • Paulo says:

      Ninguém tá obrigando você usar o bash, apenas vai estar disponível.

    • José Antonio Maria says:

      Eu quero windows com bash. Umas das principais razões porque usei linux no trabalho foi poder escrever:
      sudo apt-get install X
      e tenho uma aplicação instalada.
      Poder correr comandos de aplicações que instalei antes sem ter de fazer 20mil cliques para chegar a variavel de ambiente, ter de ir pesquisar onde a applicação foi instalada e por lá no path.
      Isto é mind blowing.
      Grande passo em frente da microsoft!

      • int3 says:

        o facto de ter bash não significa que vai ter o apt…. *facepalm*

        • kekes says:

          “Running bash on Windows hits in the sweet spot. It behaves like Linux because it executes real Linux binaries. Just hit the Windows Key and type bash.

          After you’re setup, run apt-get update and get a few developer packages. I wanted Redis and Emacs. I did an apt-get install emacs23 to get emacs. Note this is the actual emacs retrieved from Ubuntu’s feed.”

          Por acaso tem! *facepalm*

          • int3 says:

            LOL kekes. cala-te meu.
            “it executes real Linux binaries”. Ok then.
            O BASH não tem software nenhum. Tem os builtin e dentro do userspace do ubuntu tens os cores utils e alguns binários ELF que correm no dito “emulador” que andam a fazer. O GNU Screen e TMUX não funcionam por exemplo.

            Quando fazes “whatever -somearg” se for um builtin então sim a bash tem esse programa. O APT não é um builtin.

          • kekes says:

            Ó puto, tem respeito. Eu posso não perceber nada disto, não é a minha area de mas apenas estou a citar pessoas que estão no projecto. Citei um dos mens da MS e se queres cito agora um da canonical:
            “Here’s let’s break it down slowly…
            Windows 10 users
            Can open the Windows Start menu
            And type “bash” [enter]
            Which opens a cmd.exe console
            Running Ubuntu’s /bin/bash
            With full access to all of Ubuntu user space
            Yes, that means apt, ssh, rsync, find, grep, awk, sed, sort, xargs, md5sum, gpg, curl, wget, apache, mysql, python, perl, ruby, php, gcc, tar, vim, emacs, diff, patch…
            And most of the tens of thousands binary packages available in the Ubuntu archives!”
            Permite correr software compilado para Ubuntu e isso basta, agora todos sabemos que não é Linux de raiz. Não trates os outros por burros quando é facil compreender o que vai possibilitar esta ferramenta sem ser um mestre de Linux

            Deixo-te outra citação:
            “Is everything working exactly as expected? No, not quite. Not yet, at least. The vast majority of the LTP passes and works well. But there are some imperfections still, especially around tty’s an the vt100. My beloved byobu, screen, and tmux don’t quite work yet, but they’re getting close!” Pode ainda não correr essas ferramentas mas estão a trabalhar nisso.
            Não há necessidade de entrar aqui, começar a disparar a torto e a direito só por ideologias.
            Por atitudes como estas é que o linux está como está. Cada um acha que faz melhor que o outro e depois temos 30000 projectos iguais mas nenhum bem feito.

          • int3 says:

            kekes se não percebes mais vale não falar.
            Se for para falar é para dizeres disparates.
            É a minha área académico e profissional. Sei o que estou a dizer.
            “With full access to all of Ubuntu user space
            Yes, that means apt, ssh, rsync…”
            full access to all ubuntu user space.
            Não sabes o que é uma shell. esquece. I’m out.

          • int3 says:

            E? CentOS, Fedora, OpenSUSE, FreeBSD, OSX também tem TODOS a BASH e não tem APT…
            O APT é um software usado, normalmente, pela linhagem do Debian para gerir software por repositórios.

      • RedM says:

        Keep dreaming.

      • Ricardo Pontes says:

        Bash não tem nada a ver com apt.

      • Paulo :D says:

        José António Maria, existe uma “coisa” paracecida com o apt-get para Linux mas em windows. Já ouviste falar do https://chocolatey.org/

  4. Tiago says:

    Gostava de saber a utilidade da linha de comandos Linux num ambiente Windows, alguém me explica?

    • RVM says:

      Eu sei usar a bash.

      Basta pesquisar no Google para arranjar scripts para Bash a fazer tudo.

      Não sei usar a PowerShell, nem vou aprender, porque não vale a pena.

      Motivos que chegue, não sou o único.

      • Kekes says:

        Eu igual. Além que não me ficou claro se vai correr software de Linux. Se assim fosse seria fantástico! Ssh de forma nativa, etc…

        • RVM says:

          Segundo outras fontes, sim, vai correr software para Linux, traduzindo a API da kernel.

          Quanto a SSH é certo já há bastante tempo que vinha para Windows.

          • kekes says:

            Fixe, agora já deixo de ter razão para usar linux! Se a unica vez que o corria era para usar o terminal para correr scripts em python e tal…

    • José Antonio Maria says:

      uma das maiores vantagens que vejo é:
      sudo apt-get install X
      pyp install X
      ls
      find

      e para quem trabalha com servidores linux/unix, a uniformidade. Uma das coisas que me faz nunca usar linha de comandos windows é não querer aprender a usa-la por ser tão diferente do batch, começa logo pelos comandos basicos:
      ls
      rm
      mkdir
      grep
      >>

    • Andrey Oliveira says:

      A utilidade é automatizar tarefas por meio de scripts e com isso ganhar produtividade ou tempo.

      Muita coisa já é possível fazer pelo prompt de comando (cmd.exe), Powershell. Kix, Vbscript, etc.

      Agora vai ter uma opção a mais.

  5. Altair says:

    Eu ainda Não consegui engolir todas essas noticias, eu gostaria de saber, será que essa integração do linux dentro do windows não sera negativo para o comunidade Linux?
    Quem usa linux e pq não quer usar windows, e agora com o windows se tornando meio que um linux, e muito estranho, eu realmente não sei o q pode acontecer daqui pra frente, não sei o que o pessoal do software livre vai pensar a respeito dessa situação.
    Outra coisa isso tudo esta parecendo de uma via so, o linux ajudando o windows, agora cade a ajuda do windows pro mundo do linux?

    • Gil says:

      Não quero tomar partidos nem expressar a minha opinião. Acabei de ler a noticia e tenho de reflectir sobre este assunto. Mas a MS já não é o que era em relação ao linux. E ao longo dos ultimos tempos assiste-se a uma aproximação. Por exemplo, o lançamento do VSC para linux no ano passado (se a memória não me falha. Até pode ser muito positivo ter a bash no windows, por exemplo para quem é obrigado a usar windows por alguma reazão sempre terá acesso a algumas funcionalidades do linux. Se vai ser possivel instalar pacotes linux adicionais ou até mesmo um DE sobre essa bash acho que ninguém sabe.
      Enfim, apenas um pequeno comentário. Façam o que fizerem não vou trocar o meu debian por nada!

  6. censo says:

    O que é a perfeição?

  7. Sergio J says:

    Não podemos antes dizer, as ferramentas GNU vão chegar ao Windows?

  8. Ivan says:

    Se apenas se tratar da shell bash, vai dar ao mesmo, estar la powershell ou bash ou sh , so muda a sintax, para o funcionamento do bash ficar semelhante ao dos sistemas *nix , a ms teria tambem que integrar ae restantes ferramentas gnu.

  9. CMatomic says:

    A noticia é relevante , mas a Microsoft é uma empresa , linux é um kernel gerido por uma comunidade sobre a chefia de linus torvalds .
    Não podemos estar a falar em linux mas sim um aplicativo para windows , portanto não se trata de linux .
    Mas vejo que a Microsoft se aproxima cada vez mais dos ambientes UNIX , mão será impossível prever que num futuro a própria Microsoft tenha a sua própria distro linux para desktop , onde não se paga pelo sistema operativo em si , mas sim pelos aplicativos da Microsoft .

  10. int3 says:

    OMG esta gente aqui nos comentários.
    Meus amigos, a BASH não é o APT nem os utilitários GNU por exemplo:
    -dd
    -read
    -ls
    A BASH não é nada mais que uma shell como o powershell.
    O APT é um software de manutenção de software através de repositórios…
    O que está incluído na BASH pode ser consultado: https://www.gnu.org/software/bash/manual/html_node/Shell-Builtin-Commands.html
    A microsoft pode ter portado o GNU coreutils para PE (PortableExecutable).
    Mas não digam que vão poder usar APT para instalar software que está nos repos do ubuntu ou debian por favor não se envergonhem…

  11. Gil says:

    Ninguém está a dizer que vai ser possivel instalar pacotes a partir dos repositorios do ubuntu ou de outra distribuição qualquer. Mas existem outras formas de instalar software, tais como como exemplo utilizando os pacotes deb ou rpm, ou compilar a partir da fonte. Claro que só a bash por si não permitirá isso em ambiente windows porque falta tudo o resto, nomeadamente o kernel. Mas também é certo que ainda não se conhecem os pormenores desta noticia, nem o que será portado para o windows com a bash. Até lá só poderemos especular um pouco.

    • Paulo Trindade says:

      Não se trata de especulação mas realidade. Basicamente, todas as ferramentas Ubuntu estarão disponíveis, juntamente com a bash.

      “Did you get that?!? Don’t worry, it took me a few laps around that track, before I fully comprehended it when I first heard such crazy talk a few months ago 🙂

      Here’s let’s break it down slowly…

      Windows 10 users
      Can open the Windows Start menu
      And type “bash” [enter]
      Which opens a cmd.exe console
      Running Ubuntu’s /bin/bash
      With full access to all of Ubuntu user space
      Yes, that means apt, ssh, rsync, find, grep, awk, sed, sort, xargs, md5sum, gpg, curl, wget, apache, mysql, python, perl, ruby, php, gcc, tar, vim, emacs, diff, patch…”

      http://insights.ubuntu.com/2016/03/30/ubuntu-on-windows-the-ubuntu-userspace-for-windows-developers/

      • Pedro Silva says:

        Estava-se mesmo a ver que mais uma vez a M$ tinha que roubar mais uma ideia a outra plataforma, só não vê quem não quer.
        Espero ansiosamente o SO secreto da GOOGLE, 100 %compatível com o Android para mandar a M$ às favas

        • Paulo Trindade says:

          Andas a ver uma guerra que não existe. Trata-se de uma parceria entre a Microsoft e a Canonical (companhia por detrás do Ubuntu).

          Isto vai permitir ter o core do Ubuntu a correr como subsistema no Windows.

          Quem usa Ubuntu ou outra distro Linux vai continuar a usar. Isto irá permitir utilizar ferramentas Linux no Windows, mais ou menos (pese a comparação espatafurdia) como fazemos com o Wine no Linux para correr apps windows.

          Isto não significa que vás ter uma experiência de utilização Linux dentro do Windows. Para isso terás que usar Linux.

  12. Rafael Matias Silva says:

    A Microsoft não pode mais jogar contra o Linux e nem vice e versa… não é lucrativo tão pouco inteligente.

    Diversas funcionalidades Microsoft x Linux já são compatíveis e totalmente integradas entre os Sistemas Operacionais.

    É recente o SQL for Linux, e Switchs no Azure em plataforma Linux… o bash é só mais uma funcionalidade e esperem que muito mais coisas virão por aí!

    Agora não misturem as coisas, ainda existe Windows e Linux… não é mesma coisa!

  13. pentestbox says:

    Tanto faz como tanto fez, só quero ver a questão da licença como vai ficar, e espero q as pessoas não deixem de usar Linux por causa disso, a mim não vai influenciar em nada, continuarei usando ubuntu.

  14. Luis says:

    Este caminho que a MS está percorrer é reconhecer que o windows não tem futuro e o caminho é mesmo o Linux.

    • KURT says:

      Ia comentar a questão do apt mas graças a deus já alguém se adiantou por isso tive que procurar outra estupidez, foste o escolhido, desculpa xD

      A Microsoft tem plena consciência daquilo que é bom em Linux, faz parte de qualquer boa empresa conhecer o que está do lado oposto. Por reconhecer isso é que avançou com esta medida, para tornar o seu sistema ainda mais completo, reduzir as falhas/desvantagens em relação ao Linux e com isto ganhar ainda mais terreno. Depois disto, na minha opinião, confirma-se que o Windows 10 será o sistema mais completo de sempre a todos os níveis, reconhecendo também que ficam a faltar alguns pontos sendo perfeitamente alcançáveis depois disto, para atingir a perfeição (sendo a perfeição e na falta de melhor definição, um único sistema que reúne o melhor de cada família).

  15. Pedro Silva says:

    “A Microsoft tem estado a criar o sistema operativo que está perto da perfeição”,
    Esta era para ser a chalaça de 1 de Abril?
    O W10 é só o Windows com mais bsods de sempre, por experiência própria e basta percorrer os sites da especialidade e os fóruns, de repente parece que 1 em cada pc novo vêm com hardware avariado, o W10 é tão mau….

    • Paulo Trindade says:

      Um gajo tem que se rir um bocado. Deixa lá.

      Nem uma referência a que é o core do Ubuntu que vai correr como subsistema no Windows.

    • KURT says:

      Isso não tem a ver com o hardware nem tão pouco é responsabilidade do Windows, as drivers fornecidas pelos fabricantes é que têm problemas de compatibilidade e devem ser actualizadas, um dos mais evidentes é o gestor de energia.
      Tive esse debate há uns tempos atrás com um fabricante e com a Microsoft.

      • Anón says:

        Mas se é perfeito então não deveria padecer dessas “dependências”.

        Senão, na sua linha de pensamento: O Flash tb é perfeito. O hardware é que aquece e a bateria gasta depressa…

        • KURT says:

          Qualquer hardware tem drivers que têm de ser actualizadas e compatibilizadas de acordo com os OS, não há nenhum OS que funcione sem essa “dependência”, tudo depende do fabricante.
          Nestes casos o problema é do Software, da mesma forma que o Flash tem problemas de optimização e segurança que podem danificar o Hardware os fabricantes também distribuem software com problemas de compatibilidade com o Windows 10 (e já tinham com o Windows 8) que podem causar problemas no Hardware.

          Isso não tem nada a ver com a noção que perfeição que é possível atingir uma vez que um OS independente do software do hardware não existe e nem tão pouco é da responsabilidade da Microsoft (neste caso), perfeição, na falta de melhor definição e dentro do contexto, é um OS que reúne o melhor de cada família.

          Para terminar posso-te garantir que neste momento muitos dos utilizadores de Windows e da maioria dos fabricantes estão salvaguardados contra qualquer problema de hardware no período de garantia que seja justificado pelo fabricantes como não abrangido por “excesso de uso/uso indevido” de alguns componentes como baterias, teclados, problemas de aquecimento, etc etc, bastando apenas um pequeno documento da Microsoft a confirmar se o vosso equipamento tiver problemas por causa do software disponibilizado pelo fabricante.

  16. Tiago Pereira says:

    Mais uma passo em frente dado pela Microsoft. Trabalho com Windows, Mac os X e linux e acho que vai ser muito bom poder executar comando linux no windows. Para além disso mais tarde vamos poder correr SQL Server em linux, o que vai abrir mais variedade no mundo do linux o que é bastante positivo.

  17. sakura says:

    e pq o windows não pode ter algo parecido a “chroot”???
    e falta ver o cliente para mac e windows DOCKER.

  18. Edisson says:

    Acho que a próxima versão do windows vai ser windows linux, lógico que com o kernel linux. Sim Linus Torvalds, você venceu.

  19. CMatomic says:

    Para quem queira tirar as duvidas em relação a noticia veja o seguinte video feito pela Microsoft

  20. Celeste says:

    Mas quais binarios para linux? So se for o zip e o wget ou pouco mais. Para comecar tudo o que é grafico nao vai correr e tudo o resto vai ser quase nada. Bom, sempre é melhor ter grep e find do nao ter nada.

  21. tuga says:

    se já têm a powershell pra que é que querem a porcaria da bash??

  22. Nome says:

    O Windows 10 está cada vez mais aberto à NSA, FBI, GCHQ, etc.

  23. Katia says:

    Isto é apenas para o dia das mentiras… so acredita quem quer. Lol

  24. RR says:

    E para quando é que será esta actualização ?…..alguém me sabe dizer ?

  1. 31 de Março de 2016

    […] parceria com a Canonical, a empresa responsável pelo Ubuntu, a empresa de Redmond trará o famoso shell Bash ao Windows 10, algo simplesmente inimaginável há poucos […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.