Quantcast
PplWare Mobile

Quase 60% dos leitores usa algum software pirata

                                    
                                

Autor: Marisa Pinto


  1. David Guerreiro says:

    Por vezes há quem esteja a utilizar software de forma ilegal sem se aperceber. Um caso que é o WinRAR, que é trialware, mas na prática há quem o utilize a vida toda, já que o mesmo acaba por nunca expirar. Outro caso é software gratuito para uso pessoal, a ser utilizado em ambiente comercial, sem que o utilizador tenha conhecimento de que está a incorrer num ilícito. Hoje em dia existe muito software gratuito que substitui software pago para muitas situações.

  2. Spoky says:

    Obvio que sim, não resta outra opção quando não há dinheiro. E não me venham com alternativas! Alternativas funcionam para um X ou Y situação, mas se for diariamente não tens alternativa.

    Têm de aceitar, alias os Estados Unidos são um dos piores paises no que toca a Pirataria, metessem em tudo o que é processos, ainda a dias saiu um processo ao dono do site 2conv.com onde o mesmo tem de ser julgado nos Estados Unidos.

    Ele vive na Russia e tem de ser julgado nos Estados Unidos, onde já se viu? Onde anda a jurisdição dos paises? Os Estados Unidos pensam que mandam em tudo, e mandam porque deixam. Se ignorassem, era a melhor coisa.

    Posto isto, pagar por Netflix para ver Filmes e Series que já sairam é um roubo, pagar por netflix quando as bibliotecas são limitadas por paises é outra razão.

    Se querem acabar ou reduzir com a pirataria, façam por isso! Eu não pago Netflix para estar a espera 3-4 meses ou mais até sair uma nova temporada, quando os sites piratas já o têm.

    Conquistam o consumidor, sendo rápido e eficazes. Enquanto andarem a demorar para por X ou Y temporada, os consumidores vão ir sempre para a Pirataria quer queiram ou não.

    Eu só pago Software que é mesmo essencial para mim e que goste, por exemplo Office. Acham mesmo que ia pagar por isso? Prefiro ir ao site de Keys e arranjo mais barato, mesmo que não sejam assim tão originais.

    Paciência, digo que não sabia e ta feito. Não gosto de usar Office, uso-o porque é necessário. Só pago aquilo que gosto e que realmente compensa.

    Outra coisa é a Sport TV, podiam adotar o sistema Pay per View, mas nem isso. Acham que vou pagar 29€, 39€ ou mais para ver 1 ou 2 jogos do meu clube por mês!? Nem pensar.

    E sim uso software alternativo em muitos casos, mesmo. Ou seja não recorro sempre a outros fins.
    Temos pena..

    • Jamaral says:

      “Obvio que sim, não resta outra opção quando não há dinheiro.”

      Portanto, debaixo desta premissa tudo se justifica.

      Roubar é óbvio porque não tenho dinheiro…
      Burlar é óbvio porque não tenho dinheiro…
      Matar é óbvio porque não tenho dinheiro…

      Portanto, qualquer crime se justifica porque não tenho dinheiro. Tenho é que ter as mesmas coisa que os outros, as privações dentro da minha capacidades é uma coisa impensável… antes o crime!

      Pobres mentes! Pobre sociedade!

      • Spoky says:

        Quero la saber, Portugal ja esta nas ruinas.

        Pareces aquelas pessoas de classe alta, faço te uma pergunta.

        Onde anda Jose Sócrates? Ricardo Salgado? Luis Filipe Vieira? Isabela dos Santos? Paulo Portas? Miguel Relvas? Caso porta 18, Lex? Novo Banco? BES?

        Foram condenados? Pois bem me parecia… foram castigados? Bem me parecia.

        Oh rapaz, se queres um mundo melhor começa pelos corruptos não pela pirataria porque isso é a minoria.

        • Jamaral says:

          A mim não me interessa onde outros andam, interessa-me, isso sim, onde a minha coluna dorsal anda. Mas tu, e outros como tu, não fazem a mínima ideia sobre o que falo.

          E para tua informação não faço parte da classe alta, comi o pão que o diabo amassou, mas na minha educação sempre me foram incutidos valores morais. Mais uma vez, não fazes ideia sobre aquilo a que refiro…

      • David Guerreiro says:

        É caso para responder: quem não tem dinheiro, não tem vícios.

      • SSD says:

        Deixa lá o Spoky arma-se em muito virtuoso mas depois tem estas posições, bastante discutíveis.
        De facto se eu não tiver dinheiro também vou andar aí a assaltar pessoas e depois dou essa justificação á policia e eles “Têm de aceitar”, senão “Paciência, digo que não sabia e ta feito.”

      • A maníaca says:

        +1 Jamaral, tens mais que razão, mas pessoas como o Spoky nunca vão entender *porque não querem entender*, terem menos ou pouco dinheiro para eles é uma carta verde “tudo está permitido”, roubar, tirar, vigaristas, mentir, etc.

        Posso dar-te mais exemplos de vários países nórdicos como Alemanha, Áustria, etc onde o salário médio é mais alto que em Portugal mas são países que têm muita população em “miséria” porque o que ganham e pagam de aluguer, comida etc é quase igual, ou seja, não chega para poupar.

        Ora nesses países os nativos são educados, muito mais justos e correctos (logo tens as máfias russas e de leste, gente proveniente de leste com outra (não) educação…). Ora se em Portugal ganhas 600 e gastas 500 em aluguer e comida, é o mesmo que na Suécia se ganhas 1300 e gastas 1200 (exemplo não real).

        Mas os tugas têm sempre que justificar o errado com outros exemplos: ah o meu vizinho roubou um carro, então eu também posso.

  3. jimmypt says:

    Eu peço desculpa! Votei que não usava ‘software’ pirata, mas afinal uso.
    E haverá outros utilizadores na mesma posição, enganaram-se no voto!

    • Spoky says:

      Na realidade toda a gente usa. Basta imprimir uma frase, imagem, texto, fotografia de um livro escolar, ou outro livro qualquer ja é considerado “pirataria”

      Quem é que nunca imprimiu fichas de trabalho para os filhos de amigos, familiares?

      • SSD says:

        Não, isso não é considerado pirataria.
        Não tentes arranjar desculpas sem noções para justificar que andes a usurpar dinheiro de certas organizações e indiretamente de outras pessoas

        • Spoky says:

          Enquanto houver corrupção estou me a lixar para tudo o que digas. Corrupção esta acima de tudo.

          Mas se te importas mais com uns piratazecos que corruptos que andam a levar o nosso pais para as banca rota, problemas familiares e financeiros muito bem.

          Aplaudo pareces-me mais um de classe alta. É normal, identificam-se como pessoas responsáveis no fundo preferem a corrupção.

          • SSD says:

            Importo-me com tudo. Ao contrário de ti que estás a tentar levantar poeira para esconder as ilegalidades que praticas eu posso condenar as 2 coisas ao mesmo tempo.
            Isso é o mesmo que dizer que enquanto houver homicídios no pais mais nenhum crime interessa.

          • Tatso says:

            Eu dou toda a razão. Os que não dão, contribuem para o país podre em que vivemos, quase a ser ultrapassados por todas as economias mais pobres que nós. Atacam o que não tem relevância e defendem os grandes criminosos. Com tugas destes a quererem debitar moralidade para justificar pagar para os outros e a dizer amém, ficam os que nos levam à ruína a festejar.

          • Euéquesei says:

            Spoky, deixe, não vale a pena.
            O que por aí não falta é Tugas do género “agarrem me senão eu vou me a ele” quando alguém diz que usa algo de ilegal mas que em nada contribui para a desgraça deste pobre país mas que ficam caladinhos que nem ratos perante os Salgados, os Sócrates e demais bandidos que todos conhecemos.

            Estamos bem tramados porque a maioria das pessoas são desta estirpe.
            É um dia de cada vez e o último a sair que apague a luz.

            Entretanto, só para acalmar, a dívida pública subiu 20 mil milhões de euros em 2020.
            Já vai nos estratosféricos 271 mil milhões de euros.

            Vá lá Spoky, não está a ver que é a licença do Winrar que vc não pagou que permitiu isto?

            A força da democracia é ao mesmo tempo a sua maior fraqueza.

            Um povo constituído na sua maioria por ignorantes, invejosos e chico espertos, em que cada voto de um desses equivale a um voto de alguém honesto e trabalhador e que sabe o que quer para o país, está a ver onde chegámos.
            Por isto somos governados há décadas por corruptos, incompetentes, ladrões e bandidos da pior espécie.
            Por isto, novamente, estamos outra vez na bancarrota e na ruína total, económica e moral, deste país que já foi grande…

            Quem puder e quiser, que emigre. Aqui será sempre o país mendigo coitadinho a quem dão uns trocos de vez em quando.

            É uma vergonha como numa altura de crescimento económico a dívida pública não parou de subir.
            Escandaloso.

            Vá lá pagar o Winrar que a culpa de tudo isto é por esse factor…

          • SSD says:

            Claro, criticar uns crimes e deixar passar outros porque são “menos relevantes” é que deixa o país podre.
            Robin hood só é herói nos livros mesmo, na vida real é mais um ladrão, que de maior ou menor dimensão continua a cometer ilegalidades

        • Infinity says:

          Deves ser mesmo um santo. vais dizer que nunca usaste nenhum software pirata?!

      • nimboos says:

        Spoky, isso é software? A questão semanal está relacionada com software.

    • Samuel MG says:

      Parece que sou o único que não usa software pirata!! LOL!!

      • Vitor says:

        Acho que somos dois…eu também não uso software pirata. Mas isso não quer dizer que compre…existe software gratuito para quase todas as utilizações! Pago apenas uso o “Office”…embora existam boas alternativas gratuitas!

  4. Ricardo Mendes says:

    No meu caso há muitos anos que não uso nenhum software piratariado. Actualmente tenho alternativas gratuitas para todas as minhas necessidades:
    – 7-zip para compressão/descompressão
    – VLC para vídeos
    – gimp para quando preciso de fazer edições de imagem muito rudentares (sei q não é um photoshop e honestamente a minha fraca perícia não precisa de tanto)
    – visual studio community edition para programar c# e c++
    – visual studio code para pythons e afins
    – google docs para as minhas raras necessidades de criar documentos ou precisar de um spreadsheet.
    – blender 3D quando preciso de modelar/animar algo

    Tudo o resto como jogos, apps mobile e afins simplesmente compro desde que o preço seja justo (caso não seja simplesmente não uso).

    • gr33nbits says:

      O comment mais inteligente que vi até agora, nem vou ler mais o Ricardo Mendes leva a bicicleta.
      Aqui está um gajo com cérebro e usa-o até nos “forums”.

    • iDroid says:

      Concordo plenamente com tudo o que disseste. Acrescento também :

      – Da Vinci Resolve 17, para edição de vídeo ;

      – Inkscape, para desenho vectorial

  5. Jonny says:

    Aqui é tudo pirata e o que não é porque só há há versão free

    • SSD says:

      Ainda bem que as pessoas ainda se orgulham disso. Espero que se alguém dia lançarem alguma coisa para o mercado (atrevia-me a dizer que é difícil visto que essas pessoas têm respeito pelo trabalho dos outros e não querem que o mesmo lhes aconteça), não fiquem chateados se alguém arranjar forma de dar a volta á coisa e arranjar o produto mais barato ou de graça noutros lados

  6. Miguel says:

    Uso Linux e software open source, usava Windows e software pirata para edição de som e imagem mas migrei para Linux para poder fazer tudo de forma mais legal. Para já não falar que o sistema da microsoft sendo um sistema muito bom, torna-se muito pesado agora com o feed de noticias que ocupa 150 mb de memória em segundo plano. Assim tenho um portátil de 2008 com 4GB de Ram, ocupa 1,2GB em modo idle.

    Para produção musical posso usar o reaper e comprar a licença por pouco mais de 60€.

  7. Atento says:

    mas se por exemplo meterem o spotify ou deezer piratas ou apks, vão-se lixar à grande!!

  8. Patinhas The Third says:

    Todos os que compram as chaves que a Pplware está constantemente a publicitar. São chaves e não licenças.

    • Tatso says:

      Na realidade no sentido prático e objetivo, é a mesma coisa. Se quiseres divagar na semântica da subjetivade, podes defender que não e escrever um testamento a defender o significado explicativo com ajuda do priberam.

      • Sandro says:

        A maioria deste sites vendem chaves OEM ou Volume License Keys. A licença a que estas chaves estão associadas é muitas vezes incompativel com o uso que se lhe dá. Ter uma chave e uma licença não é o mesmo.
        Eu posso comprar uma licença de utilização do Windows HOME que corresponde a uma chave. No entanto, se usar essa chave num PC que uso numa empresa, embora tenha uma chave, na realidade estou a violar a licença que explicitamente proibe o uso do software em ambiente empresarial.
        No caso das OEM, a licença é válida para uma máquina apenas (muitas vezes de uma determinada marca) e só é válida se o fabricante dessa máquina tenha um contracto OEM com a MS (por exemplo) para esse hardware especifico.

    • Paulo fraga. says:

      As chaves são válidas, porque é a Microsoft que as vende e autêntica. Eu comprei para as lojas todas e foi tudo autenticado e atualizado. Antes comprava nos revendedores oficiais que vendiam licenças OEM para serem mais baratas e valia na mesma. As empresas podem comprar estas licenças só não têm fatura para deduzir o iva mas podem deduzir a despesa da compra on-line.

      Fora isso, zero problemas e já me foi dito por alguém da MS que com estas chaves está a diminuir a pirataria do Windows e Office lateralmente só não podem dizer isto em voz alta por causa dos revendedores que mamam uma margem de 100% quando as vendem cá no burgo.

  9. Nhonho says:

    Só há dois tipos de utilizadores. Os que usam software pirata e os que dizem que não usam. Tenho dito.

    • Ricardo Mendes says:

      Podes ver no meu comentário que o q dizes não faz sentido. Eu não tenho qualquer necessidade de usar software pirata desde há muitos anos. Não preciso de um photoshop parq fazer um crop de uma imagem ou um word para escrever um documento simples.

    • Samuel MG says:

      Esqueceste o terceiro tipo o que usa software gratuito!!

  10. Silver says:

    Usava mas parei de o fazer. Filmes e Séries continuo a descarregar mas se poder pagar irei pagar.

  11. Marquinho says:

    O piratear existe claro mas é relativo estão na net quem ouve no YouTube está a piratear? Quem ouve na rádio está a piratear? ou ambas pagam aos autores e editoras/artistas por cada vez que alguém ouve a música na plataforma ou passa na rádio centenas dr vezes? Antes do Spotify por exemplo então a malta só ouvia música de cassetes, e CD… decerteza… os carros vêm equipados com USB mas é só para por as atualizações do GPS porque aposto que a malta que fala em pirataria nunca pôs músicas numa pen e usou :)… Ah claro comprou as edições digitais, descarregou e passou para a pen… Ou antes do streaming nunca viu um. filme baixado por USB :D!
    A malta parte um ecrã no smartphone na marca custa 300 ou 400€, na loja da esquina 100€ aposto que toda a gente mete os de 300€ ou 400€ porque ao colocar um de marca branca, não é recomendado pela marca e como tal é pirata, quem compra um carro e faz revisões na oficina de esquina quando a marca recomenda ir a oficinas próprias enfim… existe pirataria claro, mas também várias perspectivas e formas de a ver e avaliar.

    Cada um é livre de escolher o que é melhor para si e temos de respeitar é simples.

    Numa coisa concordo com o Spoky a partir do momento em que vivemos num pais de corruptos, de ladrões, de vigaristas, enriquecem e ainda são tratados como reis, e tem ruas em nome deles, que roubam pobres e riem-se em mansões de luxo, em iates, em aviões e praias parasidiacas e não pagam pelo que fizeram, onde existem assassinos e violadores e depois falasse em pirataria… até dá vontade de rir!
    O pobre que não pode ter e consegue do jeito que pode sem prejudicar ninguém diretamente ou gravemente até porque quem criou certamente será bem mais rico do que quem usufruiu de forma não oficial já é criminoso e censurado etc… Por favor tenho educação, tenho valores, não falto ao respeito a ninguém, sou educado, não roubo nada a ninguém, usufruo sim do que já existe e é mais em conta. Os moralistas estão nos direito deles, mas prefiro usufruir de algo já existente e mais barato e ser como sou, do que vir para aqui mandar andorinhas para o ar e quem sabe fazer coisas mais vergonhosas na vida… tenho dito.

  12. Miguel says:

    Vamos imaginar que alguem segue as séries, Game Of Thrones, See, Lucifer, WandaVision e TheGrandTour por exemplo, cada um pertence ao seu próprio serviço, Netflix (8.99€), Disney+(Cerca de 8€), HBO (4.99€), Amazon Prime (cerca de 5€), Apple TV+ (5€). Só aqui já vão 28€, depois essa mesma pessoa gosta também de ver um jogo do Benfica e de vez em quando um jogo do sporting, e aos domingos ver corridas de F1 e motogp. Eleven sports + Sport TV + Benfica TV (34.99€), Contrato com operadora para televisão+telefone+net+telemovel(30€).
    Com estes serviços todos são 93€ todos os meses, isto em Portugal para uma pessoa que ganhe o ordenado minimo, e ainda tenha de pagar renda, luz, água… é completamente ridículo. É absolutamente normal que utilizem pirataria.

    Dentro dos softwares pagos as coisas são ainda piores, certas áreas como video editing ou certas ferramentas de segurança tem preços que apenas podem ser cobrados a empresas grandes, um bom exemplo é por exemplo, IDA Pro, uma das melhores ferramentas para análise estática de malware, que para ter acesso por tudo em completo é perto de 10.000€ anuais, obviamente uma pessoa não pode pagar estes valores absurdos apenas para um hobby.
    E depois ainda temos windows, office… Que ainda sendo mais acessiveis, fazendo as contas ao final do ano não sobra nada de poupanças…
    Enquanto continuarem a praticar principalmente, este tipo de subscrição mensal/anual para cada um dos seus serviços, os serviços pirateados cotinuarão a existir e talvez a aumentar.

    • SSD says:

      Mas isso é um exagero de todo o tamanho. Mesmo que alguém passasse todo o santo dia todo a coçar o direito, todo os dias não tinha como fazer compensar, 5 serviços de streaming, 3 canais de desporto e possivelmente ainda ver alguma coisa nos outros.
      Obviamente que tens de fazer escolhas e ver que serviços compensam para ti. Eu não critico ninguém por fazer download de uma série de vez em quando ou ver uma stream de um jogo, agora constantemente é que não. Não podes querer ver tudo, ter acesso a tudo e pagar 0.

      • Miguel says:

        Eu não me importo de pagar, o problema aqui é que atualmente cada série que vai “viral” é de um serviço streaming diferente, e se quiseres ver tens de pagar uma subscrição para aquela série apenas! O que não faz qualquer tipo de sentido, se unissem todas as séries numa plataforma, diminuía a pirataria, e os estúdios continuariam a fazer dinheiro através royalties ou algo do gênero, o atual sistema afeta tanto o cliente final como as empresas responsável por cada serviço.
        A norma atualmente é por cada produto lançado, fazer um serviço de subscrição do mesmo em vez de um pagamento vitalício, isto dá a falsa sensação ao utilizador que o serviço é barato, mas fazendo as contas, após algum tempo isto está longe da verdade.
        Por exemplo alguns BMWs agora vem com um sistema integrado de aquecimento de bancos, mas tu só o podes utilizar se pagares mensalmente ou anualmente á BMW. É claro que este serviço de subscrição é necessário principalmente para atualizações de software críticas, mas para grande parte é simplesmente uma óptima campanha de marketing para as empresas.

        • Spoky says:

          Não percas o teu latim com o SSD, ele vai te acusar de pirataria e que fazes ilegalidades. Nem provas tem e já acusa qualquer um.

          Basta ver que é um covidista de todo o tamanho… Estas a espera do quê de uma mente fechada? Não consegue sair out-of-box. A argumentação dele é essa.

          Nem é os corruptos, nem gente que põe o pais a ir a falência. A preocupaçãozinha dele é se tu usas um software ilegal ou não.

          Como se isso fosse adiantar de alguma coisa, uma vez que a dívida em Portugal esta aumentar cada vez mais.

          Descobrir, prender e julgar os corruptos está quieto, é melhor ir atrás dos piratazecos, afinal são eles que deixaram pessoas sem nada no BES, Novobanco etc.

          E é isto, isto são apenas pessoas de classe altas a falar, falam mais de pirataria do que a própria corrupção, porquê? Estão se a marimbar, fazem parte do sistema é perfeitamente natural e normal que estejam a agir desta forma.

          Argumentar com o SSD é a mesma coisa que argumentar contra um HDD, alias eu ainda estou na dúvida se não é um HDD.

          • SSD says:

            Queres parecer tão adulto e tena uma mentalidade tão infantil.
            O que é que uma coisa tem a ver com a outra? Primeiro essa mania de eu que sou fixe porque estou a remar contra a maré já passou de moda. E depois se formos por aí realmente é melhor dar ouvidos a um negacionista de tal maneira obcecado que tem de puxar o assunto para todo o lado e que mais rápido acredita numa conspiração do youtube do que no conselho de milhões de médicos, acho que sim.
            E depois, mais uma vez isso não é desculpa aliás nem é relacionado. Não é por haver corrupção que desculpe os outros que só roubam “um bocadinho”. Sim, porque essa cabecinha pensadora pode não chegar lá mas quando recorres a um programa pirata é dinheiro que estás a roubar de alguma empresa.
            Essa justificação vale 0. Eu já disse e volto a repetir não é por o homicídio existir que eu possa andar por ai a espancar pessoas com a justificação que há quem faça pior.
            Por isso podes continuar a levantar areia e a fazer-te passar por falso virtuoso, no final a verdade é só uma, não so andas a cometer ilegalidades como ainda tens orgulho nisso.

        • SSD says:

          Concordo nesse ponto mas a resposta não pode ir de pagar a 5 serviços a não pagar nenhum e ver tudo á pala. Pode não ser a melhor solução mas tenho um amigo que vai trocando o serviço que usa a cada par de meses e vai vendo o que lhe apetece na altura pagando um só serviço. E entre nós arranjamos forma de ter malta suficiente para cumprir os planos familiares e pagamos, por exemplo, 5€ para ter Netflix e Disney+.
          Fora isso é como te digo, não te vou cortar a mão por “sacares” de uma serie de vez em quando mas acho que há que ter noção das coisas também.

          • scp says:

            Se calhar podiam praticar preços mais razoáveis, se um plano familiar ou até a dois compensa mais que sozinho, então a pessoa sozinha vai sempre optar por pirataria. Vejamos o caso da netflix, por 10,99 tens para duas pessoas em qualidade Full HD, dividido por dois dá 5,49. Alguém sozinho tem de pagar 7,99 para ver em qualidade SD.

            São este tipo de práticas que levam muita gente à pirataria, e também o facto de tanto conteúdo bom estar espalhado por mil plataformas. Outra razão é o grande atraso de novas temporadas ou episódios em plataformas pagas quando não é conteúdo original da mesma.

            No entanto no mundo dos jogos mesmo com várias plataformas tens quase os mesmos jogos em todas. Na Steam encontras jogos da Epic, da EA, da Ubisoft, e de muitas mais empresas. No entanto muito da pirataria dos jogos em PC é também devido a países com baixo poder de compra, mas aí também mal conseguem correr um jogo novo se não tiverem um bom pc.

    • Spoky says:

      ++++1 .. O SSD é que ainda nao percebeu isso. Nem vai. Porque ele não é um SSD mas sim um HDD… temos que dar tempo ao rapaz para fazer a desfragmentação.

      • SSD says:

        Perceber pessoas que roubam e ainda arranjam desculpas de caca para isso?? Não nunca hei-de perceber.
        Até porque a tua desculpa pode chegar para os visionários como tu mas comigo não cola. Não é por haver homicídios que alguém que dê um enfardamento a outro não seja julgado porque deixou o outro vivo

        • scp says:

          Qualquer dia vão cobrar o ar que respiras, aí já vais achar demais? Ou vais apoiar porque são eles que gastam recursos em filtrar o ar para se tornar saudável? Não reclamaste antes quando andavam a poluir, agora fazem-te pagar pelo ar. Isto é uma analogia à desigualdade social devido aos sistemas políticos e económicos, devido à corrupção, à inflação, às bolhas especulativas, aos vistos gold, à fuga de impostos das empresas grandes, aos paraísos fiscais, à poluição do meio ambiente pelas empresas de produção e às coimas se um cidadão deitar um papel para o chão mas nada às empresas que despejam para os rios. Se calhar se não houvesse isso as pessoas viviam melhor e tinham mais dinheiro disponível para pagar o entretenimento. Ainda me esqueci do dinheiro constantemente injetado nos bancos para nos roubarem com mais comissões. Sobre isto ninguém vai para a rua? Mais rapidamente vejo manifestações para implementarem uma taxa audiovisual do que lutarem contra a corrupção nas ruas e ao desperdício do dinheiro em empresas que não ajudam o país a desenvolver-se.

          • SSD says:

            Sim, com a pequena grande diferença que não tens de ter esses serviços. Não querem pagar, não usam, resolvido.
            Quanto ao resto pura treta.
            Felizmente ainda consigo ser contra várias coisas ao mesmo tempo. Não sei porque é que na vossas cabecinhas a justificação que há quem faça pior é válida seja para o que for mas enfim.
            Não houve protestos por causa do BES e do salgado?? Não houve protestos por causa da TAP? Ou vocês é que só vêm o que vos interessa?

        • scp says:

          “Sim, com a pequena grande diferença que não tens de ter esses serviços. Não querem pagar, não usam, resolvido.
          Quanto ao resto pura treta.
          Felizmente ainda consigo ser contra várias coisas ao mesmo tempo. Não sei porque é que na vossas cabecinhas a justificação que há quem faça pior é válida seja para o que for mas enfim.
          Não houve protestos por causa do BES e do salgado?? Não houve protestos por causa da TAP? Ou vocês é que só vêm o que vos interessa?”

          Não é no sentido de quem faça pior que nós também podemos cometer ilegalidades. É no sentido de que devido a todas as ilegalidades cometidas ao longo das décadas a nível político, administrativo, financeiro, levaram a baixo poder de compra e pouca disponibilidade de poupança dos Portugueses e essa para mim é uma das justificações de haver consumo de conteúdo de forma pirata, outra justificação pode ser, como mencionei num comentário acima é de muito conteúdo estar disperso por n plataformas umas mais caras que as outras. Combater a pirataria pode-se fazer através de outros métodos que não criminalizar quem o faz mas alterar as causas à raiz.

          Já agora, nós não temos de levar com publicidade em todo o lado, na rua, nas televisões, nos conteúdos (sejam pagos ou grátis). Alguém nos consultou quanto a capitalizar as pessoas? Se eles fazem anúncios sem nos pedir a permissão ou nos dar dinheiro a troco disso, nós também podemos fazer o mesmo com o conteúdo deles. Ninguém pediu a permissão de ninguém, os dois exploram-se. É mais uma questão que podes pensar no teu dia a dia. Ou então a tua resposta poderia ser, vai viver para a floresta se não queres levar com publicidade, já que “não querem pagar, não usam”. Quem te pediu permissão para te estamparem publicidade e tornar-te num produto económico?

          • SSD says:

            “Alguém nos consultou quanto a capitalizar as pessoas? Se eles fazem anúncios sem nos pedir a permissão ou nos dar dinheiro a troco disso, nós também podemos fazer o mesmo com o conteúdo deles”

            Essa parte faz parte de um sketch certo?? Agora as empresas fazerem publicidade também é desculpa para pirataria?? Fds nem vou perder tempo sinceramente

    • Marquinho says:

      +1

      E adicionar ao que mencionaste quem paga carro, tem seguros, tem selos, inspeções, revisões, combustível, material de desgaste, paga-se o condomínio, passe em alguns casos e quem tem filhos alimentação, vestuário, material escolar etc… Essa do quem não tem dinheiro não tem vícios é só uma piada de alguém quadrado, então quem não tem um ordenado de 10 ou 15.000€ para fazer face a despesas e sustentar a chulice que vem de todo o lado não tem o direito de viver, se divertir e desfrutar minimamente de algo que gosta… Concordo plenamente pelo menos as operadoras podiam se quisessem fazer melhores pacotes, melhores preços e packs com valores mais reduzidos portanto não querem estão no direito deles, mas o consumidor também está de optar por outra alternativa mais em conta e que pode pagar.
      E infelizmente só via iptv é que existe “concorrência” as operadoras, se não tinham e têm a bem dizer o monopólio e digo mais, se agora existiu baixa de preços nos canais premium nomeadamente os desportivos, e os packs desportivos mais baratinhos acredito piamente que se deve a pirataria e a malta fugir das operadoras para a iptv, começou a fazer moça e esperem lá que se não fazemos qualquer coisa daqui pouco temos só meia duzia de clientes com canais premium eba continuar baixam mais e aqui estaremos para ver, infelizmente só assim pensam minimamente no consumidor e menos em lucros.
      Quem ganha bem e pode quer pagar está no seu direito e faz bem, tem é de respeitar quem não pode e opta pela possibilidade que tem de ter as coisas é simples, agora julgar e censurar isso não entendo, porque ninguém é ninguém para o fazer e ninguém é santo se não estava no céu e não na terra.

      • SSD says:

        Ponto e vírgula. Tal como disse não há de vir mal ao mundo por alguem fazer download de alguma série ou por vir algum jogo de vez em quando, agora essa do quem tem menos posses também tem direito nem é argumento. Eu também adorava andar de jato, agora não é por não ter dinheiro para tal que justifica que invada um. Tal como não justifica que alguém abuse sucessivamente dos serviços

        • Spoky says:

          O Relvas abusou da sua licenciatura, abusou nas suas “skills”, abusou nas suas qualificações que supostamente deveriam ser legítimas e não foi condenado.

          • Jamaral says:

            Percebia tua linha de “pensamento”…

            Arrogas-te o direito a ser ignorante por já há ignorantes a atingir presidências…

        • Marquinho says:

          Nem me referia a ti concretamente, mas a alguns comentários que vi no início e a outros dados aqui e noutros locais, que são pelo que leio uns exemplos de perfeição humana a nível mundial.
          Ai não? Então? São só pessoas maluqinhas que usam alternativas tendo possibilidades de pagar e usar pela via oficial só porque é fixe e lhe apetece?
          Claro que não, mas estamos a falar de coisas distintas… se puderes pagar por andar no jato de alguém não pagas se puderes? Eu também sonho ter um Lamborghini não vou roubar um como é óbvio, mas se for a Itália por exemplo (possivelmente cá também existirá não sei, ou noutros paises mas como tenho a certeza que em Itália existe essa possibilidade) lá tem várias marcas de automóveis de luxo que pagas para dar um passeio se quiser poderei fazê-lo… e é por isso que estou a tirar clientes a Lamborghini ou usar uma via não oficial Lamborghini para andar num? Só porque não fui a um stand da Lamborghini e estou a pagar a um proprietário de um estou a incorrer a um crime? Comprar em. 2a mão também é crime porque as pessoas assim não compram novo? Isso é que não é argumento desculpa a sinceridade, é a tua opinião respeito obviamente, mas que não entendo não, mas como disse respeito e tu e outros tantos até mais radicais só têm de fazer o mesmo em relação a quem não segue o mesmo caminho é simples.

          • SSD says:

            Completamente diferente. Aliás nos exemplos que deste em todos eles pagas para isso.
            Se recorres á pirataria, o que é que pagas? A grande diferença está aí. Alguns ainda pagam a caixa pirata, outros nem isso. Pah, eu como eu te digo, não vai cair nada se de vez em quando fizeres download de um filme, de uma série, vires um jogo.
            Agora, isso do quem não pode também tem direito é que não é desculpa. Tu não tens culpa (alguns têm bastante, se cortassem em alguns vicios, como o tabaco, ou idas diárias ao café, acredita que conheço quem faça isso e depois se queixe que não pode pagar isto ou aquilo, entre outras coisas) de não conseguires pagar o serviço, mas os estudios tambem e são eles que saem prejudicados.
            Há outras alternativas, eu juntei-me com umas pessoas e pago menos de 5€ por Netflix e Disney por exemplo.

  13. Sardinha Enlatada says:

    Desde que uso software livre ja faz imenso tempo que nao uso software pirata, mas ja usei uma vez que tive de usar o powerpoint da microsoft no linux, entre outros. Mas em relacao a corrupcao o Spoky esta cobberto de razao, ha muitos piratas por ai, nomeadamente a maioria dos politicos, e para esses nao se passa nada. Pirataria na casa das pessoas e o menor dos problemas. Ja os milhoes nas offshores isso e outra conversa. Ups nao era para revelar ? 😀

    • scp says:

      Já agora, fica aqui a dica que basta mudar o dns no windows para o dns da google (pesquisa na net, é fácil de configurar) e deixa de aparecer a mensagem “conteúdo bloqueado por ordem judicial”.

  14. Marcos Rodrigues says:

    Por que diabos usam software pirata se existe alternativa gratuita para quase tudo?

  15. Kevin says:

    Comparar entre roubo de um carro e cópia de software/video não faz sentido.
    Num caso há uma subtração de riqueza de A para B por via ilicita (eu roubo uma laranja no hipermercado, o hipermercado fica com menos uma laranja para vender) na cópia pode existir num extremo uma perda potencial de criação de riqueza (eu copio o windows xp para usar no meu pc, TALVEZ a microsoft tenha perdido valor de um potencial clt ou talvez usa-se linux).
    Se nos andos já indos a microsoft não tive-se “permitido” a cópia do windows, hoje provavelmente não teria a posição dominante que tem, por isso talvez não tenha tido real prejuizo em cada cópia do win95/xp etc pirateada

  16. Gigbola says:

    Actualmente apenas tenho o Office como software ilegal…..mas já fiz centenas senão milhares de instalações ilegais, a maioria quando era puto/ estudante. Com os anos e tendo algum poder de compra comecei a pensar diferente, o maior investimento que fiz foi uma licença de 2 anos do Avast, promoção é claro.
    O truque para ter a promoção passa por instalar a versão free, avançar para a compra da Pro, e qdo chegar a hora de pagar fechar tudo, eventualmente irá surgir uma notificação de promoção, se não for no dia será nos seguintes

  17. Marquinho says:

    Pago claro, só não pago é os dobro ou triplo pela via oficial, mas não deixa de ser considerado pirataria o serviço IPTV, e o ter pago 20€ por 1 ano de Netflix… lá está mas paguei! Pago os serviços, porque da mesma maneira que os estúdios, as operadoras etc gastam tempo, recursos e dinheiro quem me fornece os serviços também o faz de forma a que o serviço chegue a minha casa, se houver alguma falha comunico e estão lá para resolver, e isto pode ser visto de várias maneiras estão-se a aproveitar e a chular a malta a fornecer serviços de outras fontes, ou que são quem ajuda a malta que não pode pagar os serviços da fonte oficial dando o serviço a um preço mais baixo… é o copo meio vazio ou meio cheio!
    Já pensas-te se as operadoras tivessem e fizessem preços mais justos, e packs mais apelativos a maioria da malta deixava a pirataria e eles ganhavam os clientes que tinham e novo aderentes? Imagina pack Sport TV, Eleven, PFC e todos os canais de desporto disponíveis 16.90€, e com BTV 19.90€ por exemplo… eu próprio mesmo pagando mais que o meu serviço IPTV aderia na hora… Pack desporto, Pack cinema etc com todos os canais do género a preços justos e apelativos era certo adesões em massa, agora aos preços que praticam não tem como, vão sempre para a alternativa mais barata porque são preços absurdos e exploratórios.
    Agora concordo a 100% contigo a muita gente que não pode dar 10€ por mês por um serviço, mas dá 50 ou 60€ para tabaco etc… isso é uma verdade, mas a malta que não tem para luxos.
    E na pandemia não te esqueças que com malta trancada em casa, malta sem trabalho, em lay off com menos rendimento e as operadoras de streaming baixam a qualidade do streaming e nem 1 cêntimo baixam nos seus serviços, baixam a qualidade do serviço por causa da sobrecarga de Internet por parte dos usuários mas o preço? No caso da Netflix até aumentou na pandemia, e a malta ainda pensa na pirataria no trabalho das empresas e dos atores blà, blà, blà mas o Zé que teve de ficar fechado em casa meses, ficou sem trabalho e vive com os tustos contados que se lixe, não tem para não pagar, não tem entretem-se a ver os aviões a janela, e os filhos a ver a RTP 2 e os desenhos animados que passam… Isso é que não consigo entender a malta se meter do lado dos grandes com milhões, mas não entender o lados dos pequenos dos tostões… só vêm um lado, o outro que se lixe! São opiniões e respeito, eu fico do lado de quem realmente precisa e nada pode fazer para mudar as coisas, não de quem tem milhões e pode fazer algo mas não faz porque os lucros são mais importantes que as pessoas, esquecendo que mais vale vender 1000 produtos a 10€ que 100 a 20€… mas são opiniões!

    • Jamaral says:

      Se o gajo do talho vender o filé mignon a 5€ em vez de 48€ é capaz de vender 200Kg/dia em vez de 1Kg/dia. Mas como é ele que decide o preço e não tenho possibilidades, bora lá rouba-lo…

      Eu tenho é de ter o mesmo filé mignon que os outros, viver dentro das minhas possibilidades e comer a simples bifaninha é que está fora de questão. Então se posso roubar o gajo… que já ganha tanto…

      Eu não sou ladrão, não… os outros é que vendem muito caro… Bandidos… Como se atrevem???

      • Marquinho says:

        Mas quem é que está a roubar? Devia estar bom o teu almoço devia… ou a sobremesa! Ladrão só se fores tu porque se te referes a mim estás muito enganado/a, e mesmo que fosse o problema era meu não tinhas nada a ver com isso. Depois disseste e bem tu que és ou pelo demonstras (se és ou não isso é outra conversa, pela net somos o que quisermos ser) o Jeff Bezos cá do sitio pagas 48€ o kg do teu filé mignon que são as tuas possibilidades, quem não é ou demonstra ser o Jeff Bezos como tu e tem um talho ao lado que vende mais barato paga os 5€ o kg que são as suas possibilidades é simples… ou são todos obrigados a ir ao mesmo talho que tu?
        Eu acho que o teu problema nem é a pirataria é mesmo os outros poderem ter o mesmo acesso ao filé mignon que os que pagam 48€ o kg, e ainda pagar apenas 1/3 do preço isso é que te ressabia… temos pena! Quem é rico compra e tem o melhor que pode, quem é pobre compra e tem o que pode ao melhor preço que pode é simples e cada um faz o que acha melhor.
        É como já disse santos só no céu, na terra não existem portanto… Ah quem talvez faça coisas mais vergonhosas na vida e vem para aqui atirar andorinhas para o ar e criticar, censurar os outros!

  18. Marquinho says:

    Roubar? Quem é que está a roubar? Só se fores tu, porque eu não estou decerteza, e também não sou ladrão embora se fosse era problema meu, como se tu fores é problema teu nem eu nem ninguém tem nada a ver com isso.
    Exato cada um vive dentro das suas possibilidades tu pelo vistos és o Jeff Bezos cá do sitio pelo menos ao que demonstras (se és ou não é outra conversa, na net somos o que quisermos) e podes pagar 48€ o kg pelo teu filé mignon, se existe um talho ao lado que vende o mesmo filé mignon a 5€ o kg porque é quem não pode ou não quer dar 48€/kg não pode comprar a 5€ o kg no talho ao lado? No limite prendam o talhante por vender a um preço abaixo do talho ao lado que tu compras, ou por concorrência desleal… agora o cliente compra onde quiser.
    O teu problema não é a pirataria, o teu problema é a malta ter o mesmo filé mignon que tu e pagar 1/3 do preço… temos pena!
    Como disse santos só no céu, na terra não existem, só seres humanos e talvez façam ou tenham atitudes na vida bem mais vergonhosas e vêm para aqui atirar andorinhas para o ar e criticar, censurar os outros. Cada faz o que for melhor para si e ninguém tem nada a ver com isso, chama-se respeito pelos outros e isso muita gente não tem nem se consegue arranjar pirata.

    • Jamaral says:

      “pago 20€ por 1 ano de Netflix…”

      Diz-me lá quanto anos tens que eu faço o desenho adaptado ao teu nível cognitivo!

      • Marquinho says:

        “PAGO… (VOU INSISTIR QUE JÁ VI POR AI O INTELECTO FICOU NOS TEUS 2 ANOS E DAI TERES DICULDADES DE INTERPRETAÇÃO)… PAGO 20€ por 1 ano de Netflix…” não sei qual foi a parte do PAGO que não deu para entender… Mas também não me interessa podia dizer então que também roubas o serviço de eletricidade, água, luz, gás, alimentação, vestuário e por ai fora 2o a tua ideologia e conceito de roubar mas… mais que fazer! Tens a tua opinião, tenho a minha.

        • Jamaral says:

          Pois… Também há quem pague por auto-rádios, peças de ouro, relógios de marca… tudo, é claro, legalmente comprado à beira da estrada.

          Como pagas não importa de onde vem, nem quem fica prejudicado pelo caminho. Tu pagaste, se mataram o gajo para te venderem o produto, já não é problema teu… tu pagaste!

          Creio que já não queres é perceber, ninguém pode ser assim tão ignorante. Ou pode?!

          • Marquinho says:

            Loool exato é isso mesmo ignorância só, agora da parte de quem… Vamos ver as coisas como tu vês pagas o teu serviço se os donos, accionistas, atores o que seja ganharem 300 milhões e só declararem 10 milhões ao fisco não é problema teu certo? Porque tu pagas-te, não importa para onde o teu dinheiro vai, nem quem prejudica… se o estado seja prejudicado, e os contribuintes prejudicados e andem a pagar os impostos com custo e os senhores dos milhões a rir e a por ao bolso… isso não interessa já sei porque tu tal como eu pagamos legalmente com o nosso trabalho o que dai advém… isso nem eu sei, nem tu sabes, nem ninguém saberá.
            Agora querer apontar o dedo, censurar e criticar só porque nos achamos a última bolacha fo pacote, o exemplo de ser humano e intelectualmente superiores aos outros… Não tentando entender o outro lado, o porquê do que leva as pessoas a optarem por outro caminho que não o nosso isso é não respeitar os outros, e as suas opções /opiniões, falta de compreensão, e uma enorme limitação porque lá está intelectualmente nos achamos superiores… mas no fundo lá está é só ignorância!
            Não obrigado, antes sacar 3.500 filmes no torrent, pagar 20€ por ano na netflix, e 10€ de iptv, e 5€ o kg de filé mignon do que ser ou ter a postura que tens.

  19. Jamaral says:

    Cabecinha tão destrambelhada…

  20. Sardinha Enlatada says:

    E a loucura pessoal. Como eu gostava que uma grande maioria dos Portugueses discutisse a corrupcao como discute temas sobre o futebol, pirataria e afins. Isso e que era de valor mas discussoes dessas nem ve-las e acho que nem interessa a muitos de voces. Deviam de fazer como fazem com o covid, alertas de situacoes de corrupcao ate a exaustao para as pessoas comecarem a interiorizar isso sim o cancro da sociedade Portuguesa, mas pronto as comunicacoes sociais e os sites nunca falam dessas coisas. Nao e importante para eles. E assim vamos nos, qualquer dia a corrupcao e banalizada e a maioria resignada faz pressao para os opositores que acabam por ser cada vez menos. Se isto tem a ver com pirataria ? Nao tem mas ve-se o fervor dos vossos comentarios sobre assuntos da treta e outros mais importantes nem uma palavra.

    • SSD says:

      Se calhar não vês, da mesma forma que não vês discussões sobre o preço da gasolina ou sobre o preço do pão ou semelhantes. Nenhuma dessas discussões entra no tema do site, não têm nada a ver com ciências ou tecnologias.
      Eu se quiser discutir esses assuntos não vai ser aqui de certeza, não quer dizer que não os discuta com o mesmo interesse.
      E repetindo, quantos protestos é que já houve por causa do BES ou por causa da TAP (entre outros)? Agora não vais ver essas discussões aqui da mesma forma que não vais ver no site do jornal “O Jogo” ou “A Bola”. O que é isso tem a ver com o tema da página? Zero.

    • Marquinho says:

      Concordo a 100%, mas se les-te alguns dos meus comentários mencionei precisamente esse assunto que te referes e bem.
      Mas pelo menos aqui num blog/site de tek é normal que não se fale no assunto, e sendo o artigo sobre pirataria a malta falar de pirataria… Não se vai a uma funerária preparar um casamento, nem a um restaurante fazer a revisão ao carro como é óbvio, tudo tem o seu tempo e local para ser tratado e neste caso que referes falado e debatido.

      • Jamaral says:

        Tu és um ladrão, ponto.

        As tuas concordâncias valem zero, ponto, ponto.

        O argumento de que se os outros roubam então posso roubar também é a imbecilidade elevada à décima potencia, ponto, ponto, ponto!

        • Marquinho says:

          lol
          E tu és um atrasado mental!
          Agora vai-te deitar que tenho mais que fazer que falar com gente sem nada que fazer e vem só ser estúpido/a para um fórum/blog… Fala sozinho/a que ninguém vai notar. Fui

          • Jamaral says:

            E o cabrito que já ai mora, compraste-o ao homem que tenta honestamente ganhar a vida ou foi também ao gajo da esquina sem te importar de onde foi roubado?

            Para ti é indiferente não é? O importante é que estejas servido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.