PplWare Mobile

Empresa de mineração de Bitcoin lucra mais de $3 mil milhões


Tomás Santiago

A tecnologia e aquilo que é possível fazer com ela sempre foi algo que me cativou bastante. Estudo Ciência de Computadores na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto. Adoro programar e desenvolvimento de aplicações móveis, principalmente para iOS. É a escrever para o Pplware que partilho os meus conhecimentos. Sigam-me no Twitter: @mrtomasantiago

Destaques PPLWARE

25 Respostas

  1. binteseix says:

    A Bitmain já é um dos maiores clientes da TSMC, pelo que deve ter acesso às mais novas tecnologias antes dos outros rivais de produção de Asics..
    O que acaba por ir contra a natureza descentralizada que está na essência do bitcoin.

  2. Kn0xx says:

    A partir do momento em que as empresas tomam “redeas” das cripto moedas e o seu “sucesso”, passa a haver “lobbys” da mesma.
    Portanto, as cripto-moedas mesmo pelos beneficios que trás, faz com que estejam dependente das “farms”.
    Voltamos a estaca zero, e terá de haver um organisco que regulamente as operações.
    Basicamente, se a TSMC quiser, faz uma farm, e desenvolve tecnologia/produz as moedas que quer… monopólio.

  3. joao sampaio says:

    primeiro a qualquer momento pode se mudar a encriptação do POW
    e adeus fortuna e lobbys
    segunda a bitmain não foi pioneira nos chips asics já existe desde 2011 avalons

  4. Joel Reis says:

    Isto não vai correr bem, muitos vão ficar a arder quando a bolha rebentar.

  5. José says:

    Isto do Bitcoin, deveria ser de imediato, considerado de moeda fals. Não é preciso dizer muito mais, a não ser que anda todo o Mundo doido, menos eu.

  6. Rui says:

    “… e que, há custa delas …”, se fosse sem custos para a língua portuguesa, seria mellhor.

  7. Corvo says:

    serei apenas eu o único achar que muito está por detrás do “albergar código nos milhões de máquinas por este mundo fora”, não será este processamento gigantesco algo que ainda estaremos por descobrir?!?! just saying!

  8. eu says:

    Isto dos bitcoins (uma moda) parece-se com as moedas virtuais dos jogos mobile que se ganham a passar de nível e dão para comprar extras do jogo.
    OK, são milionários para poderem trocar o dinheiro (se é que podemos chamar de dinheiro) por alguns bens (muito poucos) e que estão disponíveis porque o vendedor acha-se cool até se fartar da moda.
    Parece-me de tal forma limitado (não conseguem facilmente ir a um stand comprar um carro ou comprar uma casa) que não conseguem gastar todo o dinheiro que têm.
    Têm 3 biliões de ferro virtual para comprar uma casa virtual e um carro virtual.

  9. M3mn0t says:

    O que muitos de vocês não entendem é o seguinte:

    A riqueza está na tecnologia e NÃO no valor monetário que se ganha com a mesma!! BLOCKCHAIN!!!!!!!!

  10. Hugo Nobre says:

    Uma pessoa vê com cada uma.
    Há pra aqui gente a opinar mas quem nem sabe o que é a blockchain (o + básico).
    Não sabem analisar os gráficos e não sabem com as moedas funcionam.
    E também não sabem o que é uma bolha.
    Pela lógica de mts os bancos são bolhas, as corporações são bolhas…

  11. dajosova says:

    Bitmain, Roger Ver, Craig Wright… enfim, uma linda escumalha!
    A ver se fizeram alguma coisa decente no sentido de melhorar a Bitcoin!!!! Nem uma proposta de BIP… marketeiros gananciosos com o Bitcoin Tra$h

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.

Blogs do Ano - Nomeado Inovação e Tecnologia