PplWare Mobile

Chegou o Opera 51! 38% mais rápido que o Firefox Quantum


Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

21 Respostas

  1. Amilcar Alho says:

    Vou testar!

  2. Ricardo says:

    Lá vou eu testar outra vez… só espero que não me aconteça o mesmo do último…super rápido, brutal…. um dia depois lento…lento… lento….

  3. Mindful Peasant says:

    Velocidade não é tudo, foi devido ao acharem que a velocidade é tudo, ou quase tudo, que os processadores Intel têm problemas de design, a segurança foi descurada de forma a privilegiar o desempenho.
    Outro exemplo é o Firefox, sim, as versões mais recentes são mais rápidas mas tornaram addons úteis incompatíveis, espero que novas versões ou similares desses addons apareçam…

  4. Miguel Costa says:

    Está mais rápido mas, tal como o firefox, passou a consumir quase o dobro dos recursos que a versão 47 consumia. Em vez de voltarem a reduzir o consumo de CPU e RAM, cada vez usam mais. A vantagem do Opera é mesmo a VPN.

  5. DREFON says:

    O Vivaldi faz 78 (Sem quaisquer extensões) e 69 com 5 extensões ativas

  6. carlos p says:

    é tudo muito bonito, mas na hora de usar a história é outra

  7. Guedesnet1969 says:

    Ja testei no mac, por enquanto estou bastante satisfeito!!!

  8. Pedro says:

    Opera é otimo no início…dps fica lento. Prefiro chrome e safari, dependendo do dispositivo

  9. josé galamba says:

    chinese spyware…
    e não tem vpn nenhuma, é um proxy!!!

  10. joao terra says:

    O problema nem é do browser ser rápido ou não. se a antena ou fluxo de dados só der até X de velocidade, não vai adiantar de nada

  11. Regis says:

    A nova funcionalidade de scroll parece não funcionar em todos os sites.

  12. Arkan says:

    de que adianta ser rapido se nao bloqueia 99% das propagandas ?

  13. Jorge Fernandes says:

    Daqui a pouco os browsers são tão rápidos que os “filhos vão nascer antes de serem feitos!”

  14. CMatomic says:

    Aqui fica a receita para sistemas GNU/Linux para gerar uma appimage do Opera ” tipo .dmg ”
    https://github.com/AppImage/AppImages/blob/master/legacy/opera/Recipe

  15. lmx says:

    ha anos com Opera e nem penso em voltar atras.
    Já foi excelente v12 até a google começar com jogadas baxas, tornando tudo ncompativel…
    era a forma da Google se puder superiorizar..

    Mas o Opera deu a volta, usando o Chrome como base, e está de volta, em força!
    O melhor browser do mercado sem duvida.

  16. filipe says:

    Chrome, 2 separadores abertos, 5 extensões activas, 103.

  17. bola says:

    O Yandex já tem essas funcionalidades e outras à séculos, nada de novo portanto (apenas novo no Opera), a velocidade é relativa ao número de extenções que ambos têm e também se forem ver benchmarks nada comprova esses número de 38%.

    PS: os meus browsers de eleição por ordem que uso:
    – Yandex
    – Slimjet
    – Firefox
    – Edge

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.