PplWare Mobile

5 plataformas top gratuitas para virtualização de Sistemas Operativos


Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

  1. Sam says:

    Então e o VMware Workstation Player?

  2. TSSRK says:

    O hyper-v emula o driver da grafica? ou é como o virtual box? é que tenho tido problemas com o thinapp por causa do driver que usa o virtual box

  3. Manuel Pereira says:

    “plataformas top gratuitas” parece-me ser um excelente exemplo da lingua Portuguesa ao serviço do jornalismo…

    • João Silva says:

      Enfim que comentário tão pertinente e que tanto trás à discussão em causa.
      Pedro! Muda-me esse título então para “Top 5 de palataforma gratuitas” – melhor, não uses a palavra top que o doutor (deve ser licenciado certamente) Manuel Pereira fica ofendido, esquece o estrangeirismo e arranja aí um sinónimo que depois vai deixar o título gigantesco.

      Deixem-se de ser uns coninhas de primeira, foda-se, que virgens ofendidads.

      • Mateus Pinto says:

        João Silva, a tua linguagem é um exemplo que a educação em portugal (ou de portugueses fora de portugal) anda muito na mão de baixo…

      • Miguel Sousa says:

        João Silva, Manuel Pereira tem todo direito a ter uma opinião sem ser censurado.
        João Silva, usando a sua própria terminologia, você está a ser bem mais “coninhas” do que o Manuel Pereira. Manuel Pereira pelo menos usou o seu tempo para defender um bem precioso. Você, deu-se ao trabalho para quê? Apenas para faltar ao respeito e defender a falta de zelo?

    • Pedro Pinto says:

      Manuel, não é propriamente um titulo para um romance, mas para um artigo serve 😀

    • Jose says:

      O comentário mais intelectual do momento

  4. Hugo Nabais says:

    Proxmox é TOP?!
    Já usei há uns anos, mas duvido que tenha melhorado muito. Só tive foi problemas!

  5. Crow- says:

    Há mais soluções interessantes para uso doméstico, especialmente quem usa Linux, como KVM e QEMU. Com um GUI como o virt-manager ou o Gnome Boxes funcionam impecável.

  6. Maxlen Santos says:

    O Ovirt entrega um plataforma robusta para virtualização de servidores e também permite entrega de VDI para Desktops

  7. Pedro says:

    Nao sendo gratuito :/ a Vmware arrasa toda a competiçao

  8. Mateus Pinto says:

    é possível ter um windows 10 numa pen ou hdd externo e correr em qualquer pc? tipo no trabalho arrancar a partir do hdd externo e logo trabalhar como se fosse em casa? ou correr do hdd externo uma máquina virtual “live” em que na realidade é o windows 10 lá de casa?

    • Flavius says:

      @Mateus Pinto, Por tudo que li, e experimentei, ainda não existe nada acerca de correr o Windows em modo virtual num Disco externo como se fosse uma pen, e em casa e no trabalho.
      Não era mau pensado, acho que, quem conseguir fazer isso funcionar, será TOP.
      Até lá , tem a ver sempre com o ID da máquina no sitio instalado, tinhas que andar sempre a Importar a VM tanto no trabalho como em casa, para poderes efetuar isso, e depois tinhas que reativar o Windows devido ao hardware

    • Hugo Nabais says:

      Windows To Go

  9. Diogo says:

    Recentemente na empresa onde trabalho instalou-se o Debian no servidor e depois Proxmox. Apesar de funcionar tudo 5 estrelas, com o Windows Server 2016, nota-se que não é fluído quando se acede remotamente comparando quando estava instalada sem nenhum sistema de virtualização. Parece que tem Lag (tipo teamviewer)
    É normal?
    Obrigado

    • Flavius says:

      @Diogo, desculpe mas tou a tentar perceber o que pretendes saber ?
      Se o Proxmox está com lag, ou tens WIN server 2016 em cima ?

    • Flavius says:

      O Windows server 2016 GUI (não e muito fluido) , eu tive que desinstalar e desativar (através de PowerShell) N serviços que vem preinstalados e a correr sem uso nenhum, para poder usar o SQL Server management sem lags

      • Diogo says:

        No sevidor tenho Debian, depois Proxmox para virtualizar e tenho depois o instalado o Windows Server 2016 o SQL Server e o Primavera…
        Acontece que antes de usarmos a virtualização, tinhamos o Windows instalado normalmente no servidor e o mesmo quando acediamos remotamente para manutenção o Windows era fluído como se tivesse aceder no próprio PC.
        Com o Windows virtualizado pelo Proxmox ao aceder remotamente nota-se lag do rato arrastar, abrir pastas. Não é fluído.
        Queria saber se é normal.
        O disco é HDD não SSD.

        • Flavius says:

          Em termos de virtualização, o Windows server 2016 tanto esteja num HDD ou SSD, ele será sempre lento, se não desativar esses serviços (há PowerShell scripts na NET próprios para fazer isso, não e nada de especial)
          O meu Windows Server 2016 está num raid 1 SSD e a base de Dados está numa partição (que e um raid 5 SSD), mas o próprio SO não foi muito pensado para modo GUI, mas sim em modo Core, em modo GUI e menos fluido que o Windows server 2008 ….
          Faz uma pesquisa simples n Google scripts to disable windows server 2016 services, serviços inúteis

  10. Flavius says:

    Eu uso Hyper V, mais intuitivo, e até agora sem chatices.
    Tenho uma VM no meu PC de trabalho, aonde faço o trabalho quase diário,
    programação e projetoss…etc
    Depois tenho 2 servidores, 1 a correr o Hyper V 2016 Core (free edition)(sem acesso na internet) que tem 4 VM’S uma das quais e o Servidor de Domínio, e 1 a correr o Windows Server 2016 (sem acesso a net) com a VM Server 2016 que tem a plataforma/sistema da empresa, todo o backup e feito através de PowerShell scripts por meio de JOBs, para uma NAS externa , 1 Vez por mês e 1 vês todas as semanas.
    Simples e eficaz.

  11. Ronas says:

    Citrix Xenserver também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.