Xiaomi já prepara o novo Pinecone Surge S2


Destaques PPLWARE

64 Respostas

  1. V.T. says:

    Uma jogada arriscada, mas com tudo para dar certo.

    • Guiomar says:

      Como é que é arriscada e ao mesmo tempo com tudo para dar certo? Uma coisa arriscada é algo com probabilidade considerável para dar errado, para não ter tudo o necessário para dar certo.

  2. Vítor Nóbrega says:

    A Xiaomi devia de uma vez por todas começar a produzir smartphones com a B20. Não entendo esta política de “limitar” a rede móvel dos seus smartphones.

    • PAlez says:

      Procura lá bem…
      Exitem Xiaomi´s com B20, como tal, tenho um aqui um na minha mão!
      Xiaomi redmi note 3 pro versão global snap. 650, 32gb A bombar 4g da vodaf. aqui na aldeia, muito bom!

      • Vítor Nóbrega says:

        1 equipamento apenas em tantos modelos….

      • João Jacinto says:

        Pois, mas se reparares bem, embora Seja um RN3pro, esta versão a única vantagem que tem, é mesmo e só apenas essa, pois a partir daí é só desvantagens que decorrem pelo o facto de ser maior por causa da antena da Banda 20. Vejo várias pessoas a queixarem-se na dificuldades de arranjar material /acessórios para ele, a começar nas capas, passando pelo o ecrã, entre outros.
        Que se saiba, é/foi o único equipamento a ter mais bandas desbloqueadas, pois feito de propósito (salvo erro) para a Tailândia. A xiaomi, de momento não está oficialmente interessada em vender para o ocidente, daí não ter a banda 20 (entre outras) desbloqueadas, pois tem custos, mas segundo parece, poderá estar para breve uma solução, pois uma das redes mais importantes da China, vai operar na banda 20.
        É esperar para ver

  3. Soraka says:

    Estes copiam a apple em tudo mas em socs os da Apple de 2014 ainda n tem rival a altura em 2017 da concorrencia

    • Belmiro says:

      Em que mundo? No nosso não faltam SoCs … já para não falar que tu estás a atribuir uma performance que depende do SO em grande parte. Em todo o caso os SoC 82x e 83x da Qualcomm, Exynos da Samsung e os K1/X1 da Nvidia são topo.

      • Soraka says:

        o A9x da apple do ano passado faz 3013 singlecore no geekbench..o snapdragon 835 nem 2000 chega

      • Guiomar says:

        Que desculpa esfarrapada. Muitos testes dependem pouco da contribuição do sistema operativo, como o Geekbench, que no máximo depende da qualidade do compilador C++ para cada caso, sendo que ninguém vai dizer que há uma grande diferença na qualidade dos compiladores.

        • Guiomar says:

          * Geekbench num só núcleo

          • Belmiro says:

            Ele razona com tanta inteligência que compara score de um núcleo. Para ele só um é que está lá a funcionar, os outros estão na praia a tomar umas Minis e a apanhar sol. As empresas é que não sabem nada, fazem SoC com 8 núcleos e 7 estão parados lololol a teoria dele é muito boa 😀

          • Pedro says:

            Ha mais apps a usar singlecore que multicore e nesse aspecto ele tem razao

          • Guiomar says:

            Belmiro, a pontuação dum só núcleo num teste do geekbench é um exemplo de performance que não depende quase nada do sistema, ao contrário do que tu andas a afirmar. Em segundo lugar já te expliquei noutra altura o que é que estes testes medem e que a importância da performance em singlecore não tem nada a ver com o sistema ficar a usar apenas um só núcleo.

  4. korrigan says:

    Perdoem-me a questão off-topic que coloco, mas estou a pensar em adquirir um xiaomi Redmi 3s 16GB através do site geek vida pt. Alguém me sabe informar se o site é confiável e se o que eles publicitam sobre o envio do armazém de Espanha sem taxa alfândegárias é mesmo verdade?

    Desde já agradeço.

    • Soraka says:

      Esses sites sao altamente perigosos pois arriscas ficar sem o dinheiro..prefere sempre loja fisica como a pcdiga

    • Joao Jacinto says:

      boas. tens uma loja on-line portuguesa, com a qual já adquiri alguns produtos, já tive algumas intervenções, e até agora nada a apontar. É claro que os preços são mais elevados que as lojas on-line conhecidas, mas também é verdade que esta oferece 2 anos de garantia. Alem disso, esta loja/equipa, está em directo contacto com a xiaomi, na correcção das rom´s para a tradução entre outros.
      Para quem esteja interessado, Kepphones.com

    • Ruben says:

      Kerrigan, comprei para a minha esposa o xiaomi mi 5 da geek vida.pt e veio tudo impecável, chegou em dois dias e de Espanha, com ROM internacional e ofereceram um adaptador para carregador europeu. Foram impecáveis em tudo e o telemóvel é de topo, mesmo. Ela está mesmo satisfeita com o serviço.

    • Vitor Afonso says:

      Gearbest com priority line via Espanha. Deste modo não passa na alfândega. Em 15 dias tens a coisa em casa. Se der para o torto metes o PayPal ao barulho e pronto. Ainda ontem recebi material da gearbest. Uso o geartrack.hdn.pt para fazer o tracking da encomenda.

    • joka243 says:

      Em junho de 2016 mandei vir um redmi 3 nesse mesmo site e foi rápido , 2dias (armazém em Espanha). Antes coloquei questões por mail, prontamente respondidas. Até hoje funciona sem problemas. A garantia é 2anos, pelo menos é o que dizem.

  5. David Ramos says:

    Vejam bem as vossas fontes de informação. Não vão ser de 10nm devido ao alto custo de produção

  6. ze says:

    Da geekvida não sei responder. Mas tem atenção se vem com a rom oficial e pede para a caixa vir selada! (não queiras a rom martelada)
    Eu comprei na gearbest (Priority Direct Mail) vem da china sem taxa de alfândega.

    • Guiomar says:

      ” vem da china sem taxa de alfândega”
      Mas por que é que as pessoas continuam a alimentar a falcatrua dos chineses a fugirem aos impostos? O Reino Unido está prestes a levar com uma multa de 2 mil milhões de euros por não controlar como deve ser as importações de produtos chineses que depois fogem aos impostos.

      • Vlad says:

        Que eu saiba, quem paga os impostos e taxas alfandegárias és tu e não os vendedores. Logo como é que estão a fugir aos impostos?

        A multa que o UK foi ameaçada tem a ver com a entrada de produtos contrafeitos por criminosos. Não tem nada a ver com o caso em questão.

        • Soraka says:

          Se nao sabes o que dizes mais valia estares calado pois se compras na china n pagas iva ca logo foges aos impostos

          • Hugo says:

            “na china n pagas iva ca logo foges aos impostos”

            Oi? Mas tu sabes do que falas? Não faltava mais nada a questão dos impostos ser da responsabilidade do consumidor lol
            De qualquer forma, haja fuga por parte das lojas ou não, who cares?
            Vivemos num país corrupto e minado de corruptos.
            Só há duas formas de proceder: ser sincero e papado pelos corruptos ou ser corrupto e ser papado pelos corruptos. Venha o diabo e escolha.

          • Vlad says:

            Acho que ainda não aprendeste a ler. O Guiomar disse que os VENDEDORES fugiam aos impostos. Oura coisa, que não consegues perceber é que encomendar algo fora da UE não equivale a evasão fiscal. Para isso é que existem os serviços alfandegários e estes determinam se é ou não necessário o pagamento de impostos. Mas porquês este rancor todos pelos chineses. O mesmo se passa se encomendares algo dos EUA, ou qualquer outro país fora da EU.

          • Guiomar says:

            Vlad, quando os vendedores montam esquemas de armazéns na Europa, são eles que fogem aos impostos da compra feita, pois enviam para a pessoa a partir dum ponto dentro da União Europeia, o que obrigaria a cobrarem o IVA da transacção comercial. Mas põem a pessoa a pagar à China por produtos que enfiam na Europa com papelada falsa, o que lhes permite vender muito mais barato do que seria legal, aproveitando-se de deficiências na fiscalização e legislação.

          • Vitor Afonso says:

            Vendessem as coisas aqui mais baratas que ninguém fugia aos impostos…

          • Guiomar says:

            Vitor, tens noção que se está a falar de esquemas montados por empresas?

          • Vlad says:

            @Guiomar
            Todas as noticias que li referem a gangs criminosos e não a empresas.

            Mas a EU é muito preocupada com a evasão fiscal. Pena aquando o Lux Leaks não se ter preocupado com Jean-Claude Juncker, o actual presidente da comissão europeia. Aliás nem a comunicação social esteve muito preocupada com isto passando a noticia para segundo plano.

          • Guiomar says:

            Vlad, para andar a fazer import/export é preciso no mínimo uma empresa de fachada para a papelada (que é dito existir), é indiferente se são “criminal gangs” ou qualquer outra organização criminosa, não é por isso que deixa de haver empresas envolvidas.
            Em segundo lugar o caso da multa serve como exemplo de como há esquemas montados de fuga a impostos nas alfândegas, não é para dizer que são aqueles gangs que estão envolvidos nestas lojas online. Uma simples pesquisa por “China VAT fraud” vai te mostrar muitas notícias sobre problemas com este tipo de fraude no Reino Unido, havendo inclusive uma investigação pelas autoridades britânicas.
            O que é que interessa para a existência ou não de esquemas de fraude, a tua opinião sobre o nível de preocupação da EU (para além de queres desviar para uma discussão acessória)? O tema não é de agora, as reclamações não são de agora, o problema existe há bastante tempo, há mais casos…

        • Guiomar says:

          Vlad, devias ler as notícias com mais atenção, a multa não tem nada a ver com o que estás para aí a dizer, tem a ver com não haver o controlo alfandegário devido, levando a fuga de impostos sobre essas mercadorias por falsas declarações de valor. Devias também fazer uma pesquisa sobre os efeitos que este e outros tipos de fraude nos impostos pagos nas importações chinesas, tem tido em muitas lojas inglesas – existe até um site dedicado.
          Quanto a quem paga os impostos, serias tu se a coisa funcionasse como é suposto numa importação directa para o consumidor, mas muitas destas lojas online arranjam esquemas de armazéns para fugir ao total de impostos a pagar, e depois anunciam às pessoas que é livre de taxas alfandegárias.

          • ze says:

            Já comprei vários produtos na gearbest e chegam sempre sem pagar alfandega. ( o problema é o tempo 15dias e 1ano de garantia ser sempre complicado se tiveres que activar) Lê vários comentários e faz o teu filtro, como sabes existe vendedores por aqui ou de outros sites e cada um tem a sua opinião. Mas dar 400€ por um produto que o preço original na china é 200€ é obra!

          • Vlad says:

            https://www.theguardian.com/world/2017/mar/08/uk-faces-2bn-fine-over-chinese-imports-scam-say-eu-anti-fraud-investigators

            “The British government faces a €2bn (£1.7bn) fine for negligence that allowed criminal gangs to flood European black markets with illegal Chinese goods, EU anti-fraud investigators have said.”

          • Guiomar says:

            Vlad, e que tal leres o que é dito no resto da notícia antes de quereres interpretar que ilegal significa produto contrafeito, como se essa fosse a única interpretação da palavra? Ilegal é também produtos com papelada de transporte falsa e valor declarado errado, as coisas que são enunciadas na notícia.

          • Guiomar says:

            ze, e o que é que a opinião de quem usa tem a ver com ser ou não falcatrua ao nível de taxas ou impostos?

          • Vlad says:

            @Guiomar
            Fonix. tu é que parece que não leste o artigo em questão. Não são todas as encomendas que vêm da china que são postas em questão.

            Claro que para ti isso é algo altamente gravoso, no entanto o mesmo se passa por artigos vindos dos EUA e não te vejo a bradar pelos ares o teu ódio.

            A verdadeira razão pela ameaça de sanções é o Brexit. A EU não aceita nem nunca aceitará a desagregação de um membro e tudo fará para a travar ou enterrar esse membro. Isto porque democracia é algo que não existe na EU.

          • Guiomar says:

            Vlad, onde é que eu disse que tudo o que vem da China é posto em questão??? Por favor, não inventes coisas só porque não tens outros argumentos. O que eu disse é que há esquemas arquitectados para fuga de impostos na alfândega com importações chinesas! Algo que muitas dessas lojas online chinesas fazem.
            Essa dos Estados Unidos é pura falácia argumentativa… não me conheces para saberes o que é que penso sobre casos dos Estados Unidos, nem torna a situação menos falcatrua.

            Este género de coisas há vários anos que é reclamado por pequenas empresas dentro do próprio Reino Unido, não é algo de agora, e não foi agora que passou a ser falcatrua. A União Europeia só agora querer cobrar não o torna menos falcatrua.

          • ze says:

            Guiomar deves trabalhar na Alfandega! Ou tens alguma loja fixa que vende produtos ao dobro do preço.
            Eu vou continuar a comprar onde eu quiser!

          • Guiomar says:

            ze, é preciso ser uma coisa ou outra para uma pessoa se preocupar com a questão? Continua a comprar onde bem quiseres, mas ao menos depois tem algum pingo de vergonha quando te começar a atingir na pele directa ou indirectamente – é sempre bom quando a chatice é só com os outros.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.