Quantcast
PplWare Mobile

Samsung quer trazer de volta aos smartphones uma das mais controversas funcionalidades

                                    
                                

Autor: Pedro Simões


  1. LG says:

    Mas estou mesmo muito curioso porquê acham que isto poderá ser um “caso arriscado” ? Admira-me como conseguem dramatizar tanto este assunto.

  2. André R. says:

    Welcome back Jack

  3. Jorge says:

    Tenho um s10 (telemovel com 1 ano) e quando olho para baixo do mesmo vejo a tal celebre entrada jack3.5 que não estava presente há uns anos…
    A fobia da apple é tal que desconhecem os outros produtos.

  4. Filipe F. says:

    Não acharia estranho de todo. Alias a Samsung largou isso nos topo de gama durante 1 ano e meio mas continuou a ter na gama média o jack de audio.

    Independentemente da marca, vemos ainda muita gente seja em gama média ou alta a usar phones com fio, ou a não preferir/querer sem fio. E neste sentido, os adaptadores para phones são algo ja muito antigo também e ocupar uma porta de carregamento com um adaptador para phones não é de todo a coisa mais ‘bonita’. Sendo o famoso jack de audio algo tão simples mas funcional e de tão baixo custo, não era de admirar voltar-se a essa era, do que andar-se com adaptadores e a ocupar portas de carregamento e dados para ligar headphones que não requerem energia ou melhor, não vão tirar partido da porta usb-c

    Sim ha phones com qualidade xpto por cabo que requerem o uso da usb-c mas nesses casos quem é que os usa mesmo? provavelmente quem os pode usar, prefere comprar algo sem fios.

    Uma coisa é certa e com base no feedback em todas as apresentações e videos, ha sempre centenas de pessoas a pedirem a jack de audio de volta, portanto arriscado é continuar a ir contra o que a maioria pede. Era um passo certeiro. Não incomoda quem não usa esse tipo de ‘old tech’, mas agrada aos muitos que ainda a usam

  5. asdf says:

    Não sei é o porquê de remover o jack de audio. Na apple é compreensivel, como no resto do ecosistema temos a trolley com os cabos, fios e adaptadores para tudo, mais 1 não ocupa espaço.
    As outras marcas não sei porque foram fazer o mesmo…

    • Monte Gordo says:

      A Apple apenas garantiu que o futuro seja melhor e mais descomplicado, as outras marcas seguiram (no caso do carregamento wireless ou nfc foram outras marcas, coisa que a Apple também devia ter seguido muito mais rápido e cedo).

      Coisas que impliquem cabos, peso, etc têm que acabar, já que há alternativas excelentes. Se ainda assim querem cabos, eu acabei de comprar por uns 15 euros um adaptador minúsculo USB C com DAC 24-bit para porta 3.5, no entanto para mim é para usar um microfone e não ouvir música (para música uso auscultadores wireless de alta qualidade).

      A questão aqui é: o futuro são carros eléctricos ou combustão? Nos Smartphones a questão é igual. Wireless ou cabos?

      Todos os que respondem combustão/ cabos deveriam repensar a vida…

      • Garen says:

        Até podem ser o futuro, mas não podes dar o passo maior que a perna. Eu até uso phones wireless, mas consigo ver que ainda não estão ao nível de certos phones com fios, especialmente a questão da bateria que também ainda dura pouco na maior parte deles, logo para quem quer ouvir música no telemóvel um dia inteiro ter de usar phones wireless não é uma boa opção.

        Bottom line: Só faz sentido abolir uma tecnologia quando ela se torna completamente obsoleta, e não para pressionar um futuro que ainda não está pronta para substituir a 100% a tecnologia anterior

        • F Gomes says:

          concordo plenamente. Tenho vários modelos de phones com e sem fios. Normalmente os com fio, o cabo serve de antena o que aumenta a capacidade de recepção em alguns locais onde o sinal é mais fraco, os earbuds ainda possuem uma capacidade reduzida, mesmo utilizando a caixa de carregamento que faz parte do conjunto. E o nível de audição não é o melhor. Os meus Xiaomi Mi Dual Driv
          e teem menor volume de audição que uns Samsung antigos; Os meus Huawei Honor wireless earbuds X1, ainda menos audição possuem em termos de volume. Faço ideia a dificuldade para quem possui dificuldades auditivas, utilizarem estes auriculares na rua ou em locais com altos ruídos ambientes.

      • PeterOak says:

        “Todos os que respondem combustão/ cabos deveriam repensar a vida…”
        Eu prefiro cabos e combustão porque me esqueço de colocar à carga os earphones bluetooth e o Zoe. Depois fico com dois dispositvos inuteis, sem carga.
        Devo-me matar?

        • Cláudio says:

          Sim, porque em Portugal, a energia electrica usada para carregar o Zoe não provem de centrais a combustão. É toda energia gerada por anjos.

          • rjSampaio says:

            Eficiência e conversão de energia, já ouviste falar?
            Mesmo que 100% da energia eléctrica viesse de centrais a combustão, continua a ser preferível e mais eficiente.

      • Realista says:

        A vida não é toda a uma cor, nem pode ser de outra forma! Há gostos e cada um tem o seu, ponto.

        Há quem goste de carros antigos, há quem goste de carros modernos, há quem goste (ou necessite) de carrinhas, jipes, monolugares, combustão, híbridos, eléctricos, carroças, e há até os que preferem motas ou andar a pé… e desde que a utilização de um não atrapalhe a do outro não tens nada a ver com isso.

        Até posso dar o exemplo dos relógios de pulso: A invenção do relógio de quartzo acabou com a industria de relógios mecânicos que eram obsoletos em todo e qualquer aspecto que possas imaginar. E agora o silício tornou obsoleto os relógios de quartzo já que com um relógio de pulso tens um computador no teu pulso, mas nenhum deles se aproxima à sensação de um relógio mecânico e por isso qualquer pessoa amante de relógios quer ter na sua colecção um Patek Philippe, Vacheron Constantin ou Jaeger lecoultre, etc que são todos mecânicos…

        E voltando ao headphone jack, atrapalha ter um no telefone ou inviabiliza a utilização do outro? Claro que não…

      • hfilipe says:

        “Todos os que respondem combustão/ cabos deveriam repensar a vida…”, realmente é um caso de vida ou morte. Se respondem combustão/cabos deveriam colocar um término ..

      • asdf says:

        Eu tendo phones wireless, confesso que por vezes preciso dos phones com fio quando os outros estão a carregar ou faço longas horas de reunião (PC). No telefone acaba por acontecer o mesmo as baterias não sao infinitas é sempre necessário carregar.
        Neste momento queria fazer uma chamada com o telefone e reparo que não tenho o jack comigo, lá vou eu ter de estar com o telefone encostado à cara porque os phones estão a carregar.

      • asdf says:

        Se formos a ver, pelo menos a Xiaomi tenta sempre manter esse jack nas linhas Redmi, mesmo estas já terem USB-C , não sei porque um telefone de 1000 euros não tem e um de 150 tem.

      • onurb82 says:

        Em relação aos cabos digo que na minha opinião serão sempre superiores ao wireless (Mas sem esses adaptadores manhosos de X euros)…
        Em relação à combustão eu também na minha modesta opinião, em relação ao custo benefício, prefiro de longe os veículos movidos a “gasolina”.

      • Cláudio says:

        Mais descomplicado? Trocar um cabo por mais uma treta com bateria para carregar? Nao vejo simplicidade nenhuma.

      • Toni da Adega says:

        Bem sei que não é do conhecimento geral, mas mesmo tendo jack de audio, é possível utilizar auscultadores wireless. Aliás é dito que a existência do jack de áudio em nada diminui a qualidade do som de auscultadores wireless.

      • BR says:

        A Apple retirou a porta 3,5 para conseguir vender headphones wireless. Goste se ou não essa é a realidade. Dificilmente se justificaria a compra de headphones wireless a 6 ou 7vx o custo de uns bons headphones com fios. Aliás os telefones já tinham capacidade para o wireless muito antes da retirada do 3,5. É preciso ser muito limitado para não se constatar isto…não foi mais que uma jogada comercial para justificar e forçar a compra de airpods. Há gostos para tudo, e deve ser dada oportunidade para se usarem as duas tecnologias. Tal como ainda hoje há quem goste mais de vinil…. E quem prefira ficheiros de som de alta….. Agora vir apregoar que a Apple descobriu o caminho e apontou o futuro…. Lol….

      • Luis Martins says:

        No futuro é ver os jovens de hoje a morrerem às carradas de doenças derivadas às radiações electro magnéticas . Quando a ignorância é grande, o povo acredita em tudo, e come àquilo que lhe puserem à frente como se fosse um grande avanço tecnológico.

      • GM says:

        Dispenso phones wireless. Nem sequer é pela maior ou menor qualidade audio. Simplesmente não quero um aparelhinho emissor de ondas de rádio colado ao cérebro. Além de que nem sequer é de utilização simples e intuitiva (por toques???). Uns auscultadores de fio com comando ON/OFF e controlo de volume é mais que suficiente e de simples utilização. Nem consome energia extra.

    • O Verdadeiro says:

      Dum ponto de vista técnico e audiófilo, o Jack de 3,5 é uma tecnologia antiga e limitada. Uns fones com USB-C têm muito mais qualidade sonora que um Jack 3,5 pois é capaz de transmitir muito mais informação e já antes de removerem o Jack, os audiófilos (eu incluído) utilizavam o USB em detrimento do Jack 3,5 para ligar um DAC/AMP e ter sinal digital em vez de analógico.
      A eliminação do Jack não só é uma evolução a nível de qualidade, como também permite aproveitar o espaço que antes era ocupado pelo mesmo para outros propósitos, assim como melhorar a resistência à água.
      Não foi retirado só porque sim.

      • Mr.T says:

        Quando os preços de phones sem fios forem equiparáveis a phones com fio, e a bateria aguentar mais que umas miseras horas, então ai sim, sao alternativas. Até lá, não são alternativa de jeito, e apenas servem para fazer gastar dinheiro.
        Claro que nao foi retirado só porque sim. Foi retirado para tentar aumentar as vendas de phones sem fio a preços pornográficos. Chama-se a isso, criar a necessidade para um produto já mais que batido.
        No meu caso, não noto grande diferença entre uns phones decentes com fio ou sem fio. talvez os meus ouvidos não sejam ouvidos “topo de gama”, mas o que é certo é que oiço bastante bem.
        Querem mais exemplos da criação de necessidade para coisas batidas no mercado? Baterias amoviveis, radioFM, phones com fio, cartaoSD, etc… Tudo coisas que existiam e eram funcionais, mas que alguem decidiu que não serviam os propósitos das massas, e entao, vai de mudar para obrigar as massas a gastarem mais dinheiro, sejam em phones wireless, sejam em plafons de dados moveis, ou ate em serviços da marca pra trocar baterias ou forçar a compra de novos telemóveis. Enfim capitalismo no seu melhor. Quem não percebe isto, claramente esta no bolso das mega empresas capitalistas.

      • Pedro says:

        Acho que todos compreendem que em certos aspectos, wireless tem as suas vantagens, como wired tem as suas. Agora dizer que o Jack foi tirado para colocar outros componentes e para ajudar a resistência à água, não é de todo vdd. Basta assistir a qualquer vídeo de um iPhone a ser restaurado e verifica que no lugar do Jack está um pedaço de plástico que não serve para nada. E a resistência à água, tive um Galaxy S5 2017 com certificado IP68 e tinha jack.

        • Ribeiro says:

          Também eu e caiu a piscina e morreu. AHAHAH
          Só uso phones sem fios para fazer exercícios para o fio não atrapalhar mas detesto aquela logística toda de colocar a carregar, meter na caixinha e depois a caxinha não cabe bem no bolso etc. Vou pegra neles e nao tenho bat. GRRRRRRR
          tenho os dois
          LOL

      • Filipe says:

        Temo que não percebas muito do assunto… Nunca poderás ter “audio digital” já que o audio é por sua natureza analogico. O que falas é entre usar o DAC do telemovel e passar já analógico pela porta 3.5 ou passar dados por USB-C e ter um DAC externo a fazer a conversão.

        A qualidade do som pela porta 3.5 vai depender da qualidade do DAC do telemovel e do ficheiro de origem, exatamente como acontece quando usas um DAC externo

      • PTO says:

        O que ouves é SEMPRE o sinal analógico e conseguias o mesmo efeito com um jack 3,5 ligado ao teu DAC/AMP.
        A eliminação do jack não é uma evolução a nível de qualidade sonora, aliás nem sequer foi essa a razão da sua eliminação.
        Ainda estou para ouvir uns phones de bluetooth que tenham sequer 20% da qualidade dos meus B&W P7. É que nem perto disso chegam.

      • Realista says:

        Foi retirado porque a aple comprou a Beats e capitalizou na venda de Airpods…

        A linha Samsung S tinha resistência à água e não é pelo audiojack que melhora. Aliás, basta ter o mínimo de ideia de como a ligação AJ funciona. O buraco é estanque e referirem a resistência à agua só prova que são isheeps…

      • asdf says:

        Ao transmitir mais informação para o adaptador USB-C que volta a ligar a um jack o que é que evolui?
        E um audiófilio certamente não aprecia musica pelo telefone com jack’s ou wireless, conhecendo eu alguns…

      • asdf says:

        Quem pretender aceder a um bom som WAV:beatport

  6. João says:

    Já agora tragam também de volta o rádio nativo, que nunca deviam ter tirado!

  7. Pedro says:

    Algo que nunca devia ter saído dos smartphones….

  8. Fulano says:

    Eu não compro nenhum telemóvel que não tenha jack.

  9. TiGaSPT says:

    Nunca devia de ter saido dos telemóveis, ha muita gente incluindo eu que nao me da jeito usar fones sem fio e prefiro usar fones com o jack 3.5mm

  10. PGomes says:

    O jack 2.5mm nunca devia ter sido retirado.

  11. ervilhoid says:

    Samsung sendo Samsung, faz uma coisa e depois volta atrás

  12. João Tavares says:

    Melhor mudança era acabarem com os ecrãs curvos

  13. LA says:

    Para mim o maior problema é o jack de audio se encontrar na parte debaixo dos smartphones. Quando estamos deitados a ouvir musica e a mexer no telemóvel, acabamos por forçar o cabo do auricular, uma vez que o mesmo vai ficar assente e dobrado, em cima do nosso peito.

    • PTO says:

      Completamente de acordo. Essa foi outra mudança sem sentido, mesmo quando estás no carro e queres ligar o tlm que está num suporte a uma entrada AUX. Ou tens de o tirar do suporte ou não o consegues ligar.

    • GM says:

      Na NOKIA está na posição correcta, no topo superior. Pelo menos no modelo que possuo.

  14. Pedro says:

    Por acaso, todos os smartphones que acabo por comprar, têm tido sempre o Jack. Fico feliz porque por mais simples que sejam os wireless, o custo de uns sites é muito inferior,l e não tenho que me preocupar em ter mais um dispositivo para carregar.

  15. Marco says:

    Jack 3.5mm vai continuar a ser usado por muitos bons anos, simples fácil de usar, eu uso com cabo e por vezes Bluetooth mas não esqueçam que existem pessoas com dificuldade em usar auscultadores Bluetooth.

  16. AJ says:

    O meu humilde A70 tem belo jack 3,5mm…

  17. José Armindo says:

    Procuro um telefone com minijack (imprescindível), mais de 4 giga de RAM , com écran até 6 polegadas , 4000 de bateria , até 300 euros. Alguma sugestão? Obrigado!

  18. PTO says:

    Funcionalidade controversa?
    A única controvérsia que existiu foi a de irem todos a correr atrás da Apple e a retirar a entrada de phones, provavelmente a ideia mais imbecil de sempre no que diz respeito a áudio portátil.
    Ganhar espaço sacrificando a qualidade do som, que génios.

  19. Gervas69 says:

    Prefiro com fio, quando jogo no telemóvel nota-se imenso o lag output nos fones bluetooth, melhoraram qualquer coisa mas ainda assim com fio continua a ser melhor

  20. pj says:

    para mim o jack é uma mais valia.
    quem quiser usar usa quem não quiser usa sem fios.
    retiram só para poupar uns tostões.

  21. Pedro Mota says:

    O futuro é wireless e os aparelhos deveriam evoluir para que não existisse qualquer entrada ou cabo associado ao seu uso. Nesse prisma, isto é um retrocesso.
    “Hit the road jack and don’t you come back no more.”

  22. Luís Alberto Negrão Gonçalves says:

    Além de andarem a perder constantemente os fones sem fio, quando queres ligar audio a um sistemaa partir do telefone…não ligas!…retirar o jack é uma idiotice, podiam era manter os dois sistemas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.