Quantcast
PplWare Mobile

monitorCovid19.pt: A app portuguesa para rastrear contágios de COVID-19

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Dark Sky says:

    A app/APIs da Apple+Google para Android e iOS começam a ser disponibilizada esta semana às entidades.

    Como alguém disse para explicar o motivo para a Alemanha ter abandonado este domingo o projeto PEPP-PT (Pan-European Privacy-Preserving Proximity Tracing) – com os dois pesos pesados a apresentar uma abordagem e protocolos descentralizados – e apps que funcionam, as abordagens centralizadas como o PEPP-PT (e a do post) não têm hipótese.

    Mas, a França e a Inglaterra ainda continuam a apoiar o PEPP-PT. Ainda não há decisões finais … que até podem não ser unânimes.

    Como a “bulha” já se decidiu na Alemanha, para se perceber melhor é útil ler esta página e links no Google Tradutor.
    https://www.spiegel.de/netzwelt/web/corona-app-ein-neuland-trauerspiel-mit-vorlaeufigem-happy-end-a-8e8bcd30-d091-4933-9f77-ebad350d466c

  2. Ld says:

    Tenho uma dúvida: É possível a comunicação por Bluetooth entre o iphone e o Android ?

    • eu2 says:

      diria que sim, pelo menos neste caso especial

    • Dark Sky says:

      Eu explico a coisa toda, tim-tim por tim-tim 🙂

      – Se por comunicação por Bluetooth entre iPhone e Android entendes – emparelhamento e troca de ficheiros, não é possível

      – Mas nas apps de que se está a falar (de contact-tracing por Bluetooth-LTE) não se trocam ficheiros, troca-se um “sinal” com muito poucos dados e isso é possível. Agora, relativamente ao iPhone, certas apps de contact-tracing precisavam que o iPhone estivesse permanentemente desbloqueado, com o Bluetooth ligado e com a app a correr em 1º plano. Para isso, a Apple tinha que alterar as definições do iPhone e a Apple recusou-se – por ser inconveniente para o utilizador por consumir bateria e permitiar ataques/publicidade por Bluetooth.

      Por causa dessa recusa da Apple – e por haver diferenças entre a abordagem centralizada da informação e descentralizada, a que correspondem diferentes níveis de segurança (sendo que em nenhum é de 100%) – muitas apps contact-tracing e abordagens centralizadas, com todo o seu mérito, vão para o galheiro e está-se à espera das app/API da Apple+Google para Android e iOS.

  3. Ld says:

    Alguém me explique como transferir ficheiros do iphone para Android via bluetooth. Obrigado.

  4. José Carvalho says:

    Fonte do artigo?

  5. toze says:

    E assim começa a monitorização dos cidadãos com a desculpa do COVID. Google e Apple já esfregam as mãos como este bonus de invasão de privacidade com o alto patrocinio dos governos. Começa como voluntário e com promessas de sigilo mas já sabemos como acaba.

  6. Carlos says:

    tem interesse sim, mas era melhor se em tempo real avisa-se da proximidade de alguém que deveria estar em quarentena e não está, isso é que era…

    • Dark Sky says:

      Carlos o caçador de Pokémons com Covid-19!
      E o que fazias quando encontrasses? Batias-lhe? Chamavas as autoridades? Andavas em sentido contrário?

  7. Daniel says:

    Nao encontro a app na apple…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.