Quantcast
PplWare Mobile

Meo GO: TV “grátis” em qualquer lugar da sua casa

Download

Homepage: Meo Go
Preço: Gratuito

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Pedro Fernandes says:

    Bom dia. Não percebi qual é a novidade desta notícia. Isto não era possível de fazer já há uma série de tempo atrás?

    A NOS permite fazer o mesmo, a Vodafone também.

  2. Celso says:

    A única desvantagem dessa app em comparação com a da Nos é que na Nos temos um plafond de dados móveis grátis pelo menos acho que essa não tem

    • Miguel Santos says:

      Não é a única desvantagem.
      Também tem a desvantagem de só funcionar na rede MEO, enquanto que na Vodafone (e penso que NOS também) permite que seja usado em qualquer rede (inclusive fora do Portugal – que é uma mais valia quando queremos ver o Jornal por exemplo quando estamos em viagem).

      MEO está claramente atrás dos seus concorrentes, logo esta noticia não passa de mero markting.

      • João M. says:

        Miguel, errado.
        O MEo Go, versão grátis para todos os utilizadores MEO apenas pode ser usado na rede MEO do utilizador. Se usam fora de casa não dá (Seja que rede for).
        NO entanto, por uns 5€ mÊs (salvo erro), a app pode ser usada onde quiserem e como quiserem.

      • Jose says:

        Exactamente. Há anos que uso a da NOS em qualquer lugar! Em casa e na cozinha um velho tablet até substituiu um televisor, por ser mais pequeno e mais fácil de arrumar. O meu filho no quarto dele, deixou de usar a sintonia ou cabo, para utilizar a app da NOS e NOSPLAY na X-box, pois permite ter sinal independente do televisor principal da casa, sem mais cabos nem problemas.

    • Filipe says:

      Não é desvantagem na meonosso, pelo contrário. Na nos há um plafond só para quem tenha pacotes que incluam TV e telemóvel. Na meo, todos os utilizadores de móvel meo têm 10gb mensais para meo go, independentemente de terem TV da meo ou estarem a aceder ao meo go com o login do vizinho ou de um familiar

    • Flavio de Jesus says:

      Meo go fora da rede meo tem um plafond de 10gb.

  3. cat says:

    Falta esclarecer sobre algo essencial. A app só funciona ligada ao router lá de casa, enquanto as soluções da Vodafone – e creio da NOS – funcionam quando ligadas a qualquer router de qualquer outro fornecedor.

    Outra informação essencial, mais uma vez não referida neste artigo publicitário, é que a versão deste serviço meo, a funcionar sobre dados, é paga.

    Comparada com as soluções da concorrência, sinto que é algo limitada na sua abrangência. De qualquer forma, está muito bem concebida e funciona muito bem.

  4. guivas says:

    A pergunta é: Qual é a vantagem de ver TV? O instrumento mais inútil e ao mesmo tempo mais perigoso que infelizmente ainda tem gente que o conserva.

    • Jose says:

      Depende como se vê e do que se vê! Temos sempre a hipótese de desligar o televisor ou mudar de canal.

    • cat says:

      Vantagem ?! Qual é a vantagem de não a ver ?

      O que é que tem isto a ver com vantagens ? De contrário faria sentido perguntar:

      Qual a vantagem de olhar pela janela ? Ou, qual a vantagem em ouvir os pássaros a cantar ? Ou mesmo, qual a vantagem em pensar no infinito ?

      Se não vês nenhuma utilidade na TV, então não vejas. Que bom para ti. Outra coisa é não perceber que a grande maioria das pessoas têm outros argumentos para ver. E não, não tem nada a ver com vantagens,

      • guivas says:

        É evidente que o tema foi apresentado com a intenção de demonstrar que a app. sendo grátis é uma vantagem. Se não consegues perceber isso, é melhor que fiques assistindo televisão.

  5. Francisco Santos says:

    Fica aqui para os clientes NOWO pelo browser 😉 -> https://nowotv.nowo.pt/#/login

  6. Carlos says:

    Para mim isto é publicidade, falem da NOS, NOWO e Vodafone

  7. Luis says:

    De todas operadoras é o pior serviço, só funciona dentro da rede doméstica, fora e outras operadoras não funciona, antes tinha a Vodafone e funcionava em todo o lado.

    • VP says:

      Funciona fora da rede doméstica mas têm de subscrever o Meo Go Multi, o que tem um custo mensal.
      A outra possibilidade para verem fora de casa é instalarem um servidor de VPN em casa. Ligam-se esta vpn, abrem o Meo Go que ele vai pensar que estão em casa e funciona lindamente e é grátis.

  8. Hélio Gonçalves says:

    O serviço deixa muito a desejar. Eu tenho pacote M4O (Satélite) e não tenho este serviço gratuito, ao contrário de quem tem Fibra ou ADSL. No entanto, no pagamento da fatura já é igual. Ridículo.

    • Íngreme says:

      Precisamente! Sou português de segunda, mas pago o mesmo que os portugueses de primeira. E como tenho a TV por satélite, se quiser usufruir do Meo Go tenho apenas a opção de subscrever a modalidade paga. Não só se trata de uma situação de discriminação que por qualquer razão a Anacom insiste em não ver, como também a informação de que quem tem satélite não tem direito ao serviço gratuito não está imediatamente acessível.

      • paulo rodrigues says:

        Dentro de casa é possível pela Fibra e é gratuito. Em satélite é tudo completamente diferente em muitos aspectos… quando vem para a rua passa, teoricamente, a estar em “pé de igualdade” com os que tem fibra.

        • Hélio Gonçalves says:

          E não é só o Meo Go, são vários serviços que não temos acesso, como poder recuar 7 dias para trás, por exemplo, e pagamos o mesmo.

          Onde vivo não existe fibra nem adsl, tenho internet por linha telefónica. Quando tive uma avaria na box que demoraram a resolver, ofereceram-me um mês de Meo Go gratuito para compensar e poder ver TV. Funcionou perfeitamente, portanto só não permitem aos clientes de serviço satélite poderem usufruir de Meo Go gratuito como os restantes… porque não querem! Não se trata de questões técnicas.

    • moonlightz says:

      Eu tinha ADSL 2/4mb+VOZ desde 2011, quando passei para satélite salvo erro em 2014.. única tv com box + net de 4mb + voz e sim meo go foi “oferta” cobrada durante 3 meses… cancelei ao fim de um mês… apesar de se pagar de 50 euros ou mais… e depois em 2017 veio a fibra por esta zona e com os incêndios que começam de noite, a meo massificou a fibra ainda mais e finalmente tenho net super rápida desde novembro 2017 depois de no ano de 2017 insistir com eles que havia um PDO a uns 20 metros. Um mal disto é que nesse dia eu não estava em casa e eles fizeram o que lhes apeteceu ao preencherem cabos por casa e ao colocarem o fibergateway atrás da tv do andar debaixo onde não se pode mexer para limpar ou substituir o movel.
      Os clientes de satélite sofrem mesmo mas vejamos que para se vêr tv no meo go numa ligação lenta de dsl, a transmissão pode sugar muitos dados e a qualidade fica afectada se se for fazer um download ou colocar outra instância do meo go a correr.
      E só o facto de se usar satelite, significa que a taxa de dsl é baixa porque se fosse tipo + de 8mbps, estariam a usar uma box ligada ao router.
      Eu em casa como disse agora tenho fibra o que me dá acesso pelo menos a 4 ecrãs de tv analógica ou digital cujo serviço raramente falha no rftv e depois eles algures em 2018, telefonaram pra casa a dizer que eu poderia ter giga e teria oferta de meo multi que continua a funcionar mesmo depois da renovação do contracto de fidelização.
      Portantos, se há fibra na vossa zona, quer tenham satelite ou dsl, aproveitem pra migrar, no entanto ficanto mantenham o olho no gajo que vos vai instalar a fibra pra nao colocarem o equipamento num sitio altamente propicio a pó e inacessivel porque se vão lá mexer por alguma razão desencravem algum cabo e o serviço deixar de funcionar.. vão ter de pagar para virem reparar.

      • Hélio Gonçalves says:

        Onde vivo não existe fibra nem adsl, tenho internet por linha telefónica. Quando tive uma avaria na box que demoraram a resolver, ofereceram-me um mês de Meo Go gratuito para compensar e poder ver TV. Funcionou perfeitamente, portanto só não permitem aos clientes de serviço satélite poderem usufruir de Meo Go gratuito como os restantes… porque não querem! Não se trata de questões técnicas.

        • paulo rodrigues says:

          Então internet por linha telefónica não é ADSL… o que é então?

          • Hélio Gonçalves says:

            Não sei, não sou especialista nesses nomes. O que sei é que não tenho TV por ADSL porque, segundo a MEO, não existem condições técnicas para isso. Tenho TV por Satélite e Internet por linha telefónica com velocidade de 2MB (e pago uma velocidade de 40M). Se isso também se chama ADSL, que seja, não parece muito diferente daquela que se tinha há 15 anos atrás, que até se ouvia o router a fazer barulho durante a ligação. A questão não são os nomes das coisas, são as injustiças para clientes Satélite.

        • paulo rodrigues says:

          Sim é ADSL…. a oferta no satélite é muito inferior ao IPTV nos operadores, principalmente na Meo… por exemplo no sat Meo não tens RTP1 HD quando já existe em Nos (não há muito tempo)… as Sportvs 4 e 5 estão em SD, entre outros, acrescendo a situação da limitação de número de receptores e a instalação que, na maioria das habitações, não está prepara para a recepção por satélite. Esse MeoGo que funcionou perfeitamente foi onde? Em casa/noutro lugar e com que dispositivo(s)?

          • Hélio Gonçalves says:

            Em casa, no PC através do site e no Smartphone através da App, ambos ligados por Wi-Fi à internet da linha telefónica. A Meo só não disponibiliza este serviço de forma gratuita aos clientes Satélite porque não quer.

          • paulo rodrigues says:

            E quando ligado o MeoGo como ficava a velocidade de internet? Continuava tudo como dantes com esses 2mb?

          • Hélio Gonçalves says:

            Claro que não, ficava mais lento. Mas desenrascou…

          • paulo rodrigues says:

            Claro que ficava mais lento… isto porque onde está é ADSL e, como afirma que tem 2mb, com o MeoGo só piorou. Por isso é que eles (Meo) não fornecem este serviço a cliente MeoSat.. o MeoSat é para residências como a sua no que concerne a velocidade de internet… o que eles lhe deveriam ter oferecido era o valor da factura pelo tempo que esteve sem tv! Já agora a app MeoGo precisará de menos velocidade do que a box IPTV Meo, o que só reforça o que afirmo.

  9. Miguel says:

    É pena não fazerem como a nowo e suportarem Android TV. Nem toda a gente tem € para uma Apple TV ou quer dar lucro à Apple..

  10. paulo rodrigues says:

    Bem não esquecer de que a rede wifi tem que chegar a todo lado dentro de casa… Nem a Meo, a Nos ou a Vodafone ou seja lá quem for nos fornece esta função da forma como é feita por um equipamento E2.

    Poder-se-á aceder a todos os canais disponíveis, ao disco, entre muitas outras funções… e desde que tenha rede capaz (download) nem que esteja na China (não aí, não, é a fonte da pandemia!) vejo o que tiver… incluindo o que quer que tenha em termos de IPTV… Ainda nem se sonhava com isto, e já lá vão uns anos, o ZapDreamBox já era uma realidade…

  11. João Matos says:

    Além da já falada limitação de apenas funcionar em casa.
    Podiam disponibilizar também a APP para Android TV. Ao menos era um factor diferenciador em relação a concorrência já que no resto estão atrás.

  12. Ramiro says:

    Para um artigo pago, estava à espera que anunciassem o lançamento do serviço para Android TV. Estava enganado

  13. Joak says:

    A da Nos é bem superior, pode se usar noutra país bastando se ligar a uma rede Wi-Fi, a da meo só funciona com a rede da própria casa, para quem menciona que a meo tem a opção de 5€ para ver fora de casa, a nos faz isso por defeito sem pagamento extro, é uma grande desvantagem que senti quando mudei da nos para a meo…

  14. Jorge Mendonça says:

    Boas, importante , muito importante mesmo, para lá de tudo o que já dito antes, é o saber de que o MeoGo tem limitações a três equipamentos “contectados” com as nossa credenciais na s/rede; ie, ao longo dos tempos temos equipamentos que vamos ligando, um, outro e mais outro; desfazemo-nos de equipamentos e nem nos lembramos em qual ou quais fomos conectando e, em determinado momento em uso, o MeoGo pára e informa de que foram excedidos o número de equipamentos permitidos conectados (3). O complicado é de que não existe uma maneira para identificarmos qual ou quais os equipamentos que foram entretanto ao longo dos tempos conectados e, por esse facto, o MeoGo não só pára como só permite uma nova visualização (dentro da n/rede wifi, por regra em casa) 72h depois dessa última utilização.

    A questão é a de saber, porque diabo não é dado ao cliente acesso a essa possibilidade e com isso desconectar equipamentos que porventura já nem os temos mais ?!… Não se entende.

    • paulo rodrigues says:

      Deve existir forma de “apagar” os equipamentos que não temos… na Área de Cliente, talvez… nunca usei esse MeoGo, apesar de ser cliente Meo Fibra, posso ver o quero por outros meios não necessariamente “piratas”.

  15. LSousa says:

    Na NOS dá para ver em qualquer local mesmo fora de casa e através de outro operador.

  16. jon says:

    Uso MEO GO no Amazon FireStick na TV da cozinha sem box
    Já era tempo de deixarem usar fora de casa sem estar na rede MEO e grátis.

  17. Um tuga tech says:

    A NOS também tem uma funcionalidade destas implementada há já imenso tempo… Mas como a net deles é do piorio, acredito que não seja fácil usar a NOS TV, para além de que muitas vezes nem são proporcionadas condições para ver TV online, quanto mais enviar mensagens pelas redes sociais ou enviar ou receber e-mails.
    Amigos, um conselho… Se procuram net em condições, evitem a NOS. Já estou farto de me sentir burlado por esta operadora, e mal acabe a fidelização do meu contrato, tenciono mudar de operador.

    • JLP says:

      Isso acontece com todos os operadores, tinha NOS e sentia os mesmos problemas que tu, quando acabou a fidelização troquei para a Meo, e surpresa das surpresas, os problemas passado um par de meses voltaram, quebra de sinal, velocidade fraca (principalmente em dia de jogos de futebol), reclamei com a Meo, e uma das soluções que me propuseram foi a compra de um router 4G… Como vês as diferenças são mínimas, quando puder vou tentar a Vodafone…

      • Filipe says:

        Estás errado. Pela conversa do 4g depreendo que tenhas meo mas ADSL, caso em que sim, é igual ou pior que a nos. No entanto meo ou vdf FIBRA tens sempre a velocidade contratada em qualquer altura, GARANTIDO

        • JLP says:

          Infelizmente não estou errado, tenho em casa fibra da Meo, não garantas aquilo que não sabes.

          • Filipe says:

            Pois, mas sei perfeitamente, agora problemas técnicos existem. Certamente que se reclamantes te reparam isso. Quebras de velocidade em FTTH é coisa que não existe, está aliás no contrato que te garantem a velocidade.

            Estás também a fazer confusão nalgum lado, porque tendo fibra nunca te proporiam um router 4g para fazer face a eventuais problemas de velocidade. A tua história não bate certo

          • JLP says:

            A minha história pode não bater certo para ti, porém é a mais pura das verdades.
            E sim está no contrato que garantem velocidade, mas por vezes é mais fácil desligar o wi-fi e consumir dados nos telemóveis do que esperar que as quebras passem.

          • Filipe says:

            Ok, a confusão está confirmada. Estás a falar de quebras no wi-fi e não na linha… O wi-fi depende apenas do router instalado, do local da casa onde está instalado, etc. De todos os operadores o fiberworks da meo é o melhor router

      • João Campina says:

        E tinhas fibra MEO?

  18. Bms says:

    Por acaso que eu sabia houve Pacotes em que o MEOGO Multi estava disponível mas esses era dos tops mas recentemente percebi que isso já não aparece e vi que esse serviço ficou disponível em todos os Pacotes mas não sei se é verdade mas foi no próprio site que vi isso

  19. João Matos says:

    Verdade, na Vodafone vejo em qualquer rede sem limitação (NOS julgo ser igual). Na MEO fora de casa…PAGA-SE!!! – MEO GO MULTI a 5€ por mês.

  20. MFM says:

    Um par de dicas: em linux podemos usar a versão web; uma VPN permite usar fora de casa (não sei se infringe termos e condições); em Android, se no YouTube partilharmos com a app remote, a set-top-box da MEO reproduz o vídeo.

  21. Misadu says:

    Vou deixar de seguir esta página visto que na minha opinião a algum tempo que não são idonios em relação às operadoras.
    Quando falam da Vodafone ou NOS é tudo mau. Quando falam na meo e tudo ótimo até um serviço que em relação a concorrência está desatualizado dizem maravilhas.
    Dá a parecer que são pagos para favorecer certas marcar.

  22. A.M. says:

    Uma coisa que acho que aqui ninguém refere, e que é uma grande limitação: se instalar em, salvo erro mais de 4 dispositivos, o 5º que instalar já não dá. Podiam também retirar esta limitação, pois não faz sentido!!!

  23. Cris says:

    Olá.

    Obrigado pela boa novidade.

    Notei, já há dias, a possibilidade, que até aí não tinha verificado, de poder ver o único canal que aprecio, o canal 180. Até aí só na box.

    Agradeço a iniciativa da MEO.

    Muito provavelmente conquistaram um cliente para um novo período de fidelização.

    Um reparo porém, para a MEO, claro. Ela que tinha tido conhecimento prévio desta minha necessidade de assistir ao canal fora da box, podia ter-se organizado para comunicar esse “avanço” ao cliente, mais cedo e por canais internos à empresa. Só lhe ficava como uma cereja em cima do bolo.

    Por último, que esta possibilidade não seja desfeita por algum estado de alma de algum iluminado na cadeia de decisão, que veja a necessidade de regredir, saberá lá ele porquê

    Obrigado

  24. moonlightz says:

    Isto é uma notícia de encher chouriços. O artigo parece favorecer a meo e nas desvantagens.
    Se quiserem, ponham mais desvantagens abaixo mas vou colocar as que encontrei…
    • Os clientes de satélite não têm acesso natural ao serviço, visto se têm satélite, têm net lenta e a factura já de si caríssima, teriam de pagar 5 euros por mês a mais na factura e depois ver-se que o video tem péssima qualidade na sua rede já de si lenta.
    • O meo go, a aplicação pra windows através da microsoft store, NÃO contém todas as funcionalidades e NÃO é nada intuitivo, visto que tenho algumas gravações na box e quando vou â aplicação e escolho gravações manuais, não tenho o que tenho na box e não parece existir maneira de ligar esta aplicação à box. O mesmo acontece na aplicação para android, mesmo seleccionando meo box.
    • A aplicação para windows do meo go pára de dar som e video se minimizarmos. No meu caso, tenho de estar ali a aplicação e deixar em fundo enquanto trabalho noutra coisa e mesmo assim… interfere… visto que é uma aplicação que come alguns recursos.

    • Vítor M. says:

      O teu problema é com tudo, não é só isto, porque tens um serviço por satélite. Mete fibra… não tens a passar? Nenhum operador? Nem 4G?

      • Hélio Gonçalves says:

        Se for como eu, nem fibra nem ADSL. TV por satélite e Internet por linha telefónica. Mas tive o Meo Go um mês, e funcionou perfeitamente. Só não permitem aos clientes de satélite terem Meo Go gratuito porque não querem! Mas lá está, para pagar somos iguais aos outros.

        • Vítor M. says:

          Sem dúvida, a pagar somos todos iguais e as operadoras deveriam ter isso em total consideração. Contudo, o que movimenta a vontade de investimento é o lucro que a estrutura vai dar ao ser disponibilizada. Nestes casos, a MEO e a Vodafone têm chegado a mais locais, principalmente a MEO tem estruturas (fibra, satélite e linha de cobre) em locais que de certeza que lucro não dão. Mas claro, as pessoas pagam para ter um serviço em condições e não têm.

          • paulo rodrigues says:

            No que toca ao satélite não tem lucro porque? Os transpodenres no Hispasat já estão alugados pela Meo, quantos mais assinantes por sat tiverem melhor! Cobre é a primeira infra-estrutura, existe desde os TLP, se não desse lucro estes não teriam sido privatizados… quanto à Fibra poderão existir alguns sítios que não sejam rentáveis mas, espante-se, em Lisboa muitos áreas não tem cobertura por FIbra mas, e já lá vai muito tempo, conheço becos em “lugarejos” ma província com meia dúzia de casas, residentes já de idade avançada que não usam internet, com Fibra… Sei de uma situação então que não lembra a ninguém: um imóvel com várias casas, imóvel que se encontrava implantado em duas ruas (fazia esquina) e para este imóvel só podia levar Fibra na parte da rua onde estava o PDO… a outra não podia levar porque não existia na base de dados perto de um PDO! Finalmente lá resolveram, mas foi preciso uma “cunha” para virem ao local verificar que não fazia sentido.

          • Vítor M. says:

            Penso que não, porque estão dependentes de terceiros e não deve ser barato manter uma estrutura para poucos clientes. Depois, a qualidade de serviços que a MEO e as restantes operadoras querem vender, não têm como o fazer por satélite. A internet por satélite não é de qualidade e as operadoras têm muito mais oferta que não funciona e que é mais vantajoso para o negócio.

      • Filipe says:

        Essa resposta é no mínimo de alguém que não percebe o privilégio que tem ao achar que a fibra está ao alcance de qualquer um…. Eu tenho casa no distrito de Lisboa, no centro de uma povoação, uma vila de tamanho já bastante razoável e só há meo adsl, mais nada. Imagino noutras partes do país…. Também não há cobertura móvel de nenhum dos operadores, não há 3g, muito menos 4g. É 2g fraco, com quebras frequentes

  25. paulo rodrigues says:

    A tv por satélite existe há muito tempo… vem do tempo da Tv Cabo. Quando a aparece a Meo esta, também, cria o seu próprio serviço de tv por satélite. Isto existe porque existem sítios sem cobertura ADSL (à data) ou cuja cobertura era limitada não permitindo o IPTV. Estes sítios ainda existem, infelizmente, pelo que o serviço irá continuar, à semelhança com o que acontece por esta Europa fora, para não sair do continente europeu. Entretanto a Meo e a Nos partilham transponderes entre si, diminuindo o custo junto do Hispasat. A Meo neste momento é que assegura a TDT complementar, que é suportada pelo satélite, novamente o Hispasat usando os seus transponderes que alugou, utilizando o mesmo sistema de encriptação do seu serviço pago…hoje é a Meo, amanhã quem será? O sat ainda tem muitos anos de vida e, acredita, é mais fiável que a transmissão (tv) por rede fixa… os carros não chegam lá e derrubam o sat como fazem com os postes! E para complemento do sinal por sat, temos muitos países a usarem o HbbTV, que poderia suportar alguns desses “afamados” serviços que pretendem vender… na minha óptica, puro lixo na sua maioria! Não temos, por exemplo, um único canal com som DD 5.1, que se vê lá por fora com frequência mas, “tretas” não faltam…

  26. aster says:

    Acontece que estou fora do pais e vejo perfeitamente a MEO GO ligado a uma rede qualquer 🙂

  27. Tiago says:

    Boa tarde eu tou no estrangeiro e usava a MEO Go e há uns 3-4 deixou de conseguir fazer o login (pago 5€) por mês para poder ver. Alguém lhe aconteceu o mesmo?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.