Quantcast
PplWare Mobile

Incrível: Xiaomi vende 350 mil unidades do Mi 11 em 5 minutos

                                    
                                

Autor: Pedro Pinto


  1. Manuel Santos says:

    Não comprei nenhum.

  2. Hidelberto says:

    Vendem muito em 5 mins mas no final do ano o mais vendido é o iphone 12 e o mi11 nem aparece no top 10.

    • Mario Martins says:

      E os ressabiados que dão balúrdios pelos IPhones não viessem fazer comentário.
      Boa máquina, boas características “O novo Mi 11 da Xiaomi é o smartphone do momento! Para além de ser o primeiro com o SoC Snapdragon 888 da Qualcomm”
      Só compra quem quer, minha mulher tem Redmi3 com uns 5/6 anos, eu Xiaomi A3, zero problemas.

    • Rui says:

      Depende do ponto de vista.. segundo o conceituado Dxomark, há um Xiaomi que aparece no TOP3, o iphone 12 está em 5º lugar….

      1 – Huawei Mate 40 Pro+ 139
      2 – Huawei Mate 40 Pro 136
      3 – Xiaomi Mi 10 Ultra 133
      4 – Huawei P40 Pro 132
      5 – Apple iPhone 12 Pro Max 130

      • Galo says:

        E esse Xiaomi é a geração antiga, sendo que o Iphone 12 pro max é a ultima geração 😀
        Vamos ver o que este novo mi 11 altera na tabela.

        • Raquel says:

          Sao ambos de 2020 logo mesma geracao. Ou 2021 comecou em outubro e ninguem me avisou?

          • Galo says:

            Iphone 12 pro max É o topo de gama ATUAL e mais RECENTE da Apple, lançado para venda em NOVEMBRO de 2020. O mi 10 Ultra FOI o topo de gama da Xiaomi (agosto de 2020) até o mi 11 começar a ser comercializado (Janeiro de 2021) 😉

    • Napoleão Bonaparte says:

      Adalberto!
      Tás na provocação, Adalberto?!
      Sorte a tua seres um alinhado da maçã!
      Se fosses um adepto da concorrência, um utilizador android a provocar os utilizadores da maçã, estou certo que um dos moderadores cá do sítio já te tinham arrumado!
      Vê só quanto tempo um comentário como este consegue durar num sítio como esse…!

    • GC says:

      Claro…
      Um (o -coiso) está no mercado desde outubro, o mi11 desde o dia 28 de dezembro e este devia aparecer no top dos mais vendidos!!!
      Pensar antes de postar…

    • SP says:

      Realmente a Xiaomi faz uma comichão ao Mr Hildeberto que ainda hei-de perceber. Se a Apple é assim tão superior porque é está sempre tão preocupado em rebaixar outra marca?

      • RM says:

        Quem compra iPhone quer ter o ‘melhor’ e ser visto com o ‘melhor’ e quando alguma marca lança algo melhor que o iPhone, não querem admitir que possa haver melhor que o iPhone que têm, pois isso afectaria o mundinho em que vivem.

        • Galo says:

          Disseste tudo.
          Infelizmente a maioria das pessoas com iphone/equipamentos da Apple são assim.

          • Maria says:

            Tretas.
            O meu iPhone 7 128gb está para as curvas.
            Mas o Huawey P40pro enche as medidas.
            Coisa Mai querida.
            Passava logo o iPhone 7 antigo ao marido, que aqui em casa quem compra novo sou eu.

    • Galo says:

      Hidelberto, no fim de contas, Xiaomi vende muito mais que a Apple. Por alguma razão está à frente da Apple…

  3. Zk says:

    Eu tenho um samsung de entrada de gama e chega para a utilização que faço dele.
    Se comprasse um topo de gama serie um iphone. Os topos de gama android ou nao android são praticamente todos do mesmo preço.

    • Napoleão Bonaparte says:

      O meu Samsung é de média gama.
      Os equipamentos dos meus filhos são ambos modelos Redmi Note 9Pro.
      Eu tive de utilizar um deles no passado mês de dezembro enquanto reparava pela segunda vez o meu Samsung através daquela marca, onde volto sempre.
      Tenho que vos dizer que o desempenho do Redmi é sem dúvida muito bom para o preço que dei por ele, que fica abaixo de metade do que paguei pelo meu Samsung. Até acho que ombreia com o desempenho do meu equipamento! É certamente um caso de ótima relação preço/desempenho.
      E como é em caso de problemas? Não deve ser pior do que a Samsung, se também forem repará-lo através dos serviços da Decsis, onde o meu foi reparado inicialmente (pois, eles também reparam os equipamentos Xiaomi!): ao fim da tarde em que o levantei reparado, estava novamente inutilizável!
      Felizmente que aqueles onde volto sempre fizeram um pouco melhor: reparação do circuito de rede, substituição da fita de ligação interna, atualização do software do equipamento, substituição da placa principal do equipamento mantendo o mesmo IMEI… e ficou como novo!
      Por isso, se o Redmi Note 9 Pro me impressionou, acho que o Mi 11 me deixaria encantado.
      Mas desde o meu último OnePlus deixei de comprar topos de gama: o investimento é grande e com as atualizações perdem sempre desempenho. Se tivermos a infelicidade de ficarmos sem o equipamento, o prejuízo é brutal. Porque os seguros para equipamento são… nada!

  4. V.T. says:

    Excelente máquina, mas Xiaomi nunca compraria, aquela MiUi… Jasus!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.