PplWare Mobile

Huawei nega roubo de patente e pondera processar Rui Pedro Oliveira


Rui Bacelar

Desenvolveu desde cedo o gosto pela escrita e comunicação. Em leis formado, tem como hobbies a aquariofilia e a música. Mas é na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e no Pplware a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.

Destaques PPLWARE

  1. Alguem says:

    Agora começa o bullying judicial

  2. BlackFerdyPT says:

    Se tiver a Huawei apenas usado a ideia genérica do inventor português, vai o último certamente perder o caso dele em Tribunal…

    E, eu não estou a ver a Huawei a arriscar uma enorme perda económica, e também a sua grande imagem pública, só por causa de um (único) acessório para smartphones – isto é, muito provavelmente, uma tão grande empresa como a Huawei tomou as necessárias precauções para não vir a ser (bem-sucedidamente) processada.

    Esta é, aliás, uma prática comum que é feita desde, pelo menos, o início do século passado – e cujo um membro da família Ford até ensinou uma vez a um dos dois grupos de inventores que concorriam para fabricar os primeiros aviões.

    Estuda-se o que a concorrência já fez, de modo a perceber a lógica de como funcionam os seus mecanismos, e depois aplica-se o mesmo princípio, mas com um mecanismo alterado apenas o suficiente de modo a poder ser considerado diferente do mecanismo original. E, deste modo, por ser um mecanismo diferente que apenas desempenha a mesma função genérica, não se pode ser processado por roubo de patentes.

    É a mesma história de que com a Pepsi-Cola e a Coca-Cola, por exemplo…

    Um dos mais velhos truques capitalistas, que este ingénuo inventor português, aparentemente, desconhece.

    • Tekman says:

      «não estou a ver a Huawei a arriscar uma enorme perda económica, e também a sua grande imagem pública…»

      Está a falar de uma empresa que, entre outras, tem sido sistematicamente apanhada a publicitar fotografias tiradas com máquinas profissionais como se tivessem sido tiradas com os seus telemóveis.

      • Nuno V says:

        Errado, a huawey nunca informou que as fotografias eram tiradas com a sua máquina. E esta prática é comum entre todos os fabricantes, só que está-se a fazer caso de uma marca e a ignorar as restantes.

  3. system says:

    Mas quem é Rui Pedro Oliveira?

  4. Abel Silva says:

    É por isso que eu não compro nada dessa marca e evito comprar todo o que é Chinês, não são raros os produtos que eles copiam, alteram um pouco a estética e vendem a metade do preço, acabando com toda a concorrência e empregos em Portugal e muitos outros países. Basta fazer uma pequena pesquisa e verificar isso. Se todos fizessem isso podia ser que se tornassem mais justos e honestos.

    • Nuno V says:

      Ou seja, tens uma escolha muito reduzida porque uma boa percentagem de tudo o que é vendido cá, principalmente no que toca à tecnologia, é feito lá. Ou a tua retórica só se aplica a empresas que são chinesas, mas depois abres uma excepção às restantes marcas?

    • RPG says:

      Tens duas palas nesses olhos que mais parecem duas velas de barco fds.. aqui em Portugal tudo o que se produz é só ideias originais nunca antes vistas no universo é o que vale.. nada se copia do que é feito lá fora.. naaaadinha.. e quem diz Portugal, diz qualquer país que exista LOL.. alías.. SE um dia viermos a ter uma marca produtora de telemoveis “Made in tugalândia”, em nada vão copiar outras marcas, pois claro que não.. deve ser por isso que não temos nenhuma.

    • Paulo Santos says:

      Agora fiquei, curioso , senão compras o que é chinês, compras o que?

    • Abel Silva says:

      Paulo Santos, se reparares eu não disse que não comprava nada Chinês, pois isso neste momento é impossível, apena evito comprar coisas desses países e ir a lojas deles, prefiro ir a um supermercado ou loja gerida por Portugueses. Mas quando vou às compras se vir o que pretendo fabricado em outro país ao lado de um chines, prefiro comprar esse produto. Ricardo Silva, é completamente diferente comprar produtos fabricados na China ou na Coreia do Sul, um é uma ditadura o outro uma democracia, ou também achas que a Coreia do Norte e do Sul são iguais? RPG, para ti só tenho estas palavras, se a ignorância pagasse impostos já não tinhas sitio para carimbar. É claro que praticamente tudo o que é produzido já não são ideias originais, mas é diferente produzir com a patente já caducada do que copiar a ideia de um produto novo. É de novas ideias que evoluímos. Já agora se quiseres comprar um telemóvel MADE IN PORTUGAL montado com mão-de-obra portuguesa podes adquirir um Iki Mobile. A Auto Europa também não é portuguesa mas é a empresa que mais contribui para o desenvolvimento de Portugal, mais exporta e emprega milhares de Portugueses.
      Já agora porque acham que existe um protecionismo tão grande do governo Chinês às suas empresas e em todas elas estão representantes do partido?

      • RPG says:

        Oh Abel, para além de uma mentalidade xenófoba e completamente degradada que sua excelência apresenta, ainda tem a lata de denominar outro de ignorante ao mesmo tempo que define a China como uma ditadura hahah.. mais vale ficarmos por aqui que falar consigo é como recuar no tempo 50 anos. incrível como generaliza dessa forma um país com o dobro da dimensão de por exemplo uma Europa, quer em tamanho, quer em população, quer em poder economico..

        • Abel Silva says:

          Mentalidade xenófoba, mas onde é que você vê xenofobia? Agora dizer que tendo alternativas, prefiro não comprar produtos chineses é xenofobia? Realmente você deve ser daqueles que vê xenofobia e racismo em todo o lugar, sem questionar o porquê das coisas. Já agora, se esse pais é tão democrático diga-me lá quando é que foram realizadas as últimas eleições livres, em que o povo de elegeu democraticamente os seus representantes? Quando se realizou a última manifestação livre, fora das regiões administrativas autónomas (de nome) pois os seus representantes são escolhidos pelos órgãos do partido? Porque é que o Tibete ainda continua ocupado e sujeito a genocídio populacional? Vá estudar para a china e fique por lá com a liberdade e democracia desse país que vai longe.

        • Lrf says:

          RPG, concordo com a questão das ditaduras, mas em relação às contas na comparação com a Europa talvez possa fazer novas contas mais verídicas.

  5. Ricardo Silva says:

    Não é só a huawei que é chinesa, por exemplo, a Samsung não é chinesa mas é sul-coreana o que vai dar quase na mesma coisa pois o mercado é o mesmo.

  6. Jorge Gomes says:

    Nunca vi os chineses a copiar fosse la o que fosse eles reinventam tudo.

  7. nop90 says:

    Chineses a copiar? e novidades? há?

  8. RUI AUGUSTO says:

    Vou estragar o telemóvel
    O telele
    Eu vou partir o telemóvel
    O teu e o meu
    E eu vou estragar o telemóvel
    Eu quero viver e escangalhar o telemóvel
    E se eu partir o telemóvel
    Eu só parto aquilo que é meu

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.