PplWare Mobile

Sistema operativo HongMengOS da Huawei será apresentado a 9 de agosto


Fonte: Tech.Ifeng

Desenvolveu desde cedo o gosto pela escrita e comunicação. Em leis formado, tem como hobbies a aquariofilia e a música. Mas é na tecnologia que encontrou o seu expoente máximo e no Pplware a plataforma ideal para a redação e produção de vídeo.

Destaques PPLWARE

  1. Divo says:

    Que venha o menino!

  2. David Guerreiro says:

    Também diziam que o Windows Phone era mais rápido do que o Android, e não foi por isso que vingou. Vamos assistir a uma empresa a remar contra a maré. A Nokia tentou fazer isso com o Symbian e foi o que foi…

    • Luis says:

      Lembre-se que Windows Phone não era baseado no Android ou iOS. Era um sistema a parte. Já esse sistema da Huawei é um a versão baseada no AOSP (Android Open Source Project) sem os lixos da Google e seus blobs. Ainda assim 100% compatível com Android já que ele é um híbrido do mesmo, só que especificamente do AOSP que deu origem ao Android.

  3. Nino says:

    Trump killed Google

  4. Marco says:

    Venha ele, e espero que tenha sucesso!
    Uma coisa é certa se for bom vai vingar, e vindo da Huawei só espero o melhor (e falo como utilizador actual da marca quer em smartphone, quer em tablet, vindo da Samsung), se a Apple consegue ter o seu próprio OS não vejo porque uma marca como a Huawei se trabalhar e desenvolver bem o seu OS não consiga ter o mesmo ou mais sucesso.

    • Jorge says:

      A apple tem o seu proprio OS porque o criou quando não havia competição. Na china, visto que não têm playstore e não, pode ser que vingue (e provavelmente vai vingar) mas no ocidente nunca, se a microsoft que é a microsoft não conseguiu vingar o windows phone com apenas 3 anos de atraso a huawei decididamente não vai conseguir vingar no ocidente e principalmente nos EUA, que é onde quer queiramos quer não importa, 13 anos depois do lançamento do IOS, isso será totalmente impossível. E eu sou um fã da Huawei, com um honor 10 e neste momento á espera da huawei band 4 e se precisasse agora de um Pc seria o matebook pro contudo o panorama atual dos SO não permite a entrada de mais ninguém, é muito tarde.

      • RPG says:

        Comparar com o windows phone não faz qualquer sentido. O windows tinha o grande problema de não correr os milhões de apps disponíveis do android, e devido à quota de mercado insignificante, muitas empresas optaram por não desenvolver uma versão para windows phone atempadamente. Que eu saiba o OS da Huawei não terá esse problema, e será compatível com as aplicações android, o que por si só já o torna uma alternativa perfeitamente viável. Existe sim, a pedra no sapato que será a store no ocidente, como dizes, mas que acredito que será relativamente fácil de contornar tendo em conta a grande quota de mercado que a Huawei tem neste momento. Também não entendo quando dizes que o mercado EUA é o que realmente importa lol.. A Huawei tem-se safado lindamente sem ter grande presença lá. Os grandes mercados a médio longo prazo são China, Índia e Europa.. EUA têm 300 milhões.. o equivalente à classe média na China atualmente, ou a pouco mais de 20% da população da China lol.

      • Luis says:

        Entusiastas anti-Google com certeza vão adorar a existência de tal opção no mercado, mesmo que a massa de manobra “escravos movidos a peer pressure” não gostem

    • Luis says:

      E nada impede de instalar o Google, os drogados

    • Marco says:

      Entendo o que quer dizer Jorge, concordo em parte e tenho noção que não será fácil para a Huawei ou qualquer outra marca criar atualmente um OS próprio ou em parceria com 3°s. Mas penso que vai entender o que penso, eu na minha vida e mesmo factualmente as coisas só são impossivéis e inalcansavéis até alguém as conseguir e tornar possivéis e alcancavéis, e se neste momento existe marca capaz a todos os nivéis hardware, IA, inovação, desenvolvimento sem dúvida é a Huawei, e temos por exemplo o caso do 5G em Inglaterra não correu bem, com a Huawei foi possivél.
      Há 5 anos atrás acreditava que alguma marca chinesa ia sequer chegar perto, quanto mais ultrapassar a Samsung ou a Apple? E alguém da Huawei disse que dentro de certo tempo a Huawei ia ser a 3a maior fabricante do mundo e foi, e que em 2 anos ia ultrapassar a Apple e ultrapassou, e tenho para mim sinceramente que este ano se não fossem os casos que se passaram (podendo estar errado obviamente é apenas a minha opinião) se não ultrapassa-se já em 2019, em 2020 era o mais certo, ultrapassar a Samsung na área mobile, têm os seus próprios processadores/CPU, tornou-se na marca referência em câmaras e a nivél fotográfico isto tudo em 4/5 anos, o que me leva pensar “Porque não dará certo o OS?”.
      Eu acredito que vai dar certo, tem tudo para dar (mais uma vez podendo estar enganado, é apenas a minha opinião), não acredito que a Huawei sabendo do panorama actual, e estando cimentada no mercado oriental e ocidental fosse avançar e dar este passo, gastar milhões se não soubesse o que está a fazer, no que se vai meter, nas consequências que terá e tenha uma base forte que terá pernas para andar.
      É um facto que a Apple surgiu com um OS quando existia pouca ou nenhuma concorrência, o Android aos trambolhões e bugs, o Symbian já desgastado e em morte anúnciada tanto que mesmo estando a vários anos no mercado foi completamente destroçado por 2 OS novos, com poucos recursos tal como o Windows Phone mais tarde que teve o mesmo destino e a Huawei terá esse exemplo de insucesso certamente!
      A meu ver tudo se resumirá a uma boa store, tendo isso acho que é aposta ganha, porque o OS em si será bem criado, desenvolvido e otimizado é uma convicção minha, mas a ver vamos o que o futuro nos mostrará!

  5. winstontomates says:

    Ai eu não sabia que …

    “Além de prometer ser mais rápido que o Android e mais versátil que o macOS, há mais novidades!”

    Afinal o macOS corre … nos IPhones!!!!

  6. Xnelox says:

    Venha ele cheio de energia e sucesso!

  7. Jorge Gomes says:

    So publicidade enganosa, e a tugolandia como sempre foram mais que burros acreditam, a tugolandia quer é barato, nao importa, quando a tugolandia for chinesa, até vao abrir a boca de foma, vai ser pior que durante a guerra de 39-45, e gostava de ca estar para me rir dessa tugolandia incompetente que mais nao fazem que viver de creditos.

  8. kuna1 says:

    Tudo do seu TM vai ser enviado para o secretariado de partido comunista….

    • RPG says:

      hahaha claro, coitados n têm mais nada para fazer eles. É só génios da conspiração ultimamente.

    • Daniel says:

      Se é de código aberto fica complicado, a não ser que metam coisas proprietários.

    • A.M. says:

      Os meus consumos de electricidade já eles conhecem, querendo, e eu não os convidei.
      Partilha de informação está na ordem do dia, se vai para a CIA/NFL por que não pode também ser partilhada com os chineses? Confio tanto nuns como nos outros… haja equidade, lol, os chineses são os próximos DDT, os americanos são o presente em plano inclinado, já com odor a passado. Perigosos são ambos, quem detém o poder exerce-o de acordo com os SEUS interesses próprios.

    • Alberto Fonseca says:

      Tu estás (já) e vais continuar a ser espiado. Só tens é de escolher quem te espia: Google/NSA ou Huawei/China. Se eu tivesse que escolher, talvez até escolhesse os chineses. Não têm tanta influência na Europa pelo que seria mais difícil de usarem qualquer informação pessoal contra mim! 🙂 🙂 Onde nós chegamos!!!

  9. Jorge says:

    So leio comentarios de engenheiros, que na maior parte das vezes se não escrevessem nada até ficavam melhor na fotografia, todo mundo sabe que Android é linux, mas linux por sua vez é unix, como macOS é unix, essas são as bases, o resto são complementos.

  10. João says:

    Acredito sim que venha e vença mesmo que não seja 60% mais rápido e que sejam 30 % seria muito bom, tou a ver que há quem tenha medo de ser espiado, Google não o faz.

    • fak says:

      é provavel que até seja 30%. não digo 60%, toda a gente sabe que as marcas tendem a gerar as melhores condições de teste possiveis para os seus produtos, fiquemos à espera de um teste independente, seja de alguma empresa ou mesmo um zé do youtube, nos dias de hoje o zé do youtube tem mais credibilidade que uma marca lol.

  11. sakura says:

    Não uso software made in China (Linux) mas se tiver licença
    WTFPL, veremos.

    http://www.wtfpl.net/

    • fak says:

      é tudo made in china, japão, malaysia, koreia do sul, etc…
      devias era estar mais preocupado com quem é que manda fazer os made in china, se é que me estás a perceber…

  12. Luis says:

    Já estava mais que na hora de criarem um híbrido do AOSP com maior apelo mundial.

    Também estou batalhe ansioso com o Project /e/ phone.

    Será que vão usar micro? Galera é super dependente do Google quase como uma doença.
    É igual tentar tirar a cocaína do viciado.

  13. Ministry of State Security says:

    Uma fork de android com “cenaças” China. Xi Jinping ficará satisfeito um OS para os MSS poderem verificar o mundo, sem lá estarem. Afinal de contas o Trump ajudou a China e ser “independente” e NSA não ira por defeito entrar em devices com HongMeng OS. Let the war begin!

  14. Roni says:

    Mais um OS, mais discussões de fanboys..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.