Quantcast
PplWare Mobile

Xiaomi proibida de usar a marca Mi Pad na Europa devido ao iPad

                                    
                                

Autor: Daniel Jesus


  1. Tiago says:

    Mi tab e vem a Samsung também para tribunal

  2. Daniel says:

    outro “SkyDrive”…

  3. Amilcar Alho says:

    Parvoíce…

  4. Spoky says:

    Coitadinhos dos meninos da Apple, só faltava o mouse pad e touch pad serem proibidos também! Ah espera isso já não lhes convém!

    Que leis absurdas Mi pad é diferente de iPad embora utilize pad não significa que seja uma cópia! São siglas diferentes.

    Enfim touch pad e mouse pad pela lógica também haveriam de ser proibidos

    Coitados vêem a concorrência a apertar e a xiaomi a crescer de uma forma bruta já atacam com golpes baixos

    • Belmiro says:

      Não venhas com tangas. Os chineses copiam e imitam tudo o que podem, não são “inspirações”. Ser um tablet, ter inspirações de design e specs e curiosamente, foneticamente também soa parecido…

      Os chineses jogam sujo a maioria das vezes, daí que apesar de não ter Apple, não ter ações deles nem preferência, não se pode deixar abusar.

      Tu e muitos acham piada porque não produzem nada, querem é produtos parecidos com os grandes mas a preço de ganga, mas se tivessem um produto vosso que custou anos a desenvolver a vender bem ao preço e depois os chineses copiam e dão um nome parecido a uma fração de preço, iam achar muita piada iam…

    • MIGUEL says:

      Tem por acaso conhecimentos em direito da Propriedade Industrial? Duvido, pois se assim fosse saberia que uma marca para ser imitada não precisa de ser reproduzida. Aconselho a leitura do regulamento comunitário e já agora da decisão que, poderá consultar no site do EUIPO.

    • Matias says:

      Também deves usar uns Ardidas ou Nicke no desporto. Tem boa qualidade e não faz mal nenhum. Ser equivalente nao é a mesma coisa, como se viu em licenciaturas…

    • Pedro says:

      Só para informar: não tem a ver com o facto da utilização do Pad, mas com a sonoridade inerente aos dois nomes.
      (tal como acontece em Portugal com, por exemplo, o nome das empresas)

  5. Carlos Portugal says:

    Os Chineses são peritos em copiar o que os ocidentais fazem. Este fato destrói a inovação porque as leis chinesas são feitas para proteger as empresas chinesas, pouco se lixando para a ordem mundial. Sou Português e tenho empresa que fabrica equipamentos que os chineses copiaram e alterar o N pelo P, só para enganar os meus cliente, o resto é igual, só o tamanho é que é diferente bem como os componentes de baixíssima qualidade.

    • ..wtf.. says:

      ..wtf.. A pensar assim, então a apple não pode vender o iphone X, semelhanças muito grande para o Mi Mix e Mi Mix 2….

      • Belmiro says:

        WTF digo eu… parece-te que”áifóne X” foneticamente se assemelha a “máimix” ? E queres a lista de casos em que as empresas chinesas copiaram ou usaram coisas estrangeiras sem permissão vs. o mesmo por empresas americanas ou europeias? Lol

        Dá um salto à China e vê quantos produtos americanos e UE estão copiados. Depois da uma conta cá e nos EUA e diz quantos (produzidos nesses países) é que são cópias dos chineses …

        Na China há pouca lei: produzir, vender. Poluição, direitos de trabalho ou autor, salários decentes etc são mito.

      • Sujeito says:

        E achas tu que o Mi Mix apareceu do nada? Uma empresa que se baseia em reproduções de outros, já te passou pela cabeça que coisa que eles não fizeram foi desenvolver o Mix? É uma reprodução também. O facto de surgir antes no mercado não representa originalidade se perceberes como funcionam as logísticas desta área.

        • Nuno says:

          Sim, pois claro que não foram eles que desenvolveram. É uma empresa chinesa, logo têm que obrigatoriamente ter copiado. Mesmo que a Apple tenha lançado o seu primeiro smartphone do género depois do lançamento da segunda geração do smartphone deste tipo pela probrezinha da empresa chinesa. :facepalm

          • Toni da Adega says:

            Ele tem razao, normalmente aparecem as cópias, o pessoal testa experimenta e só depois passado uns anos é que surge o original.

        • Toni da Adega says:

          ” O facto de surgir antes no mercado não representa originalidade.”

          Mais nada e contra argumentos nao há factos.

      • Nuno says:

        Faltou-te a inteligência para perceber que o wtf não estava a fazer uma comparação à fonética do nome dos produtos, mas sim à aparência destes.

    • Louro says:

      @Carlos Portugal,
      Sabes que o pessoal quando nunca fez nada na vida a nao ser comprar tudo ja feito nao percebe isso.

      O que importa é que a Apple tem margens de XXX% e eles queriam que eles baixassem o lucro deles…vem um chinoca que vende algo similar mas de fraca qualidade a um preco mais baixo é ja sao os melhores.

      Esta malta parece que ja se esqueceu onde foi parar grande parte do comercio tradicional em Portugal e por causa de quem é que grande parte dele desapareceu.

      Continuem a defender os chinocas, eles agradecem.

    • ze says:

      Neste caso (Xiaomi) não tem componentes de baixa qualidade!
      Só o nome é que é parecido de resto o “mi phone” é superior ao “iphone”!
      Se tem uma fabrica de equipamentos muitas peças utilizadas devem vir da china.

      • Louro says:

        @Ze,
        Sim, sempre que me lembro de marcas como Xiaomi e afins a primeira coisa que me vem a memória é qualidade.

        Razao pela qual já passaram por cá 3, RedMi, Mi4, Mi5 e todos eles duraram uns meses e já estavam a mostrar a fraca qualidade de todos os componentes e do seu fabrico.

        • Nuno says:

          Das duas uma, ou és masoquista ou mentiroso. Quem é que compra três telemóveis da mesma marca que duram apenas uns meses e volta a comprar? Faz 0 sentido. É curioso que eu tenho um Xiaomi e prefiro-o ao meu antigo Galaxy S4, tirando o ecrã. Costuma-se dizer que à primeira toda a gente cai, à segunda só cai quem quer e à terceira só cai quem é (…)! Tudo o que é site diz bem dos últimos Xiaomi, já desde o Mi4 e principalmente do Mi5 que a qualidade dos smartphones é muito boa. Mas és do contra, mais um hater…

        • ze says:

          “Louro” Devias pesquisar melhor a marca antes de falares! Todas as marcas tem defeitos e a Xiaomi tem alguns, mas não é da qualidade, componentes e fabrico.. (Componentes: samsung, sony, qualcomm, etc…)
          Na família existe 8 Xiaomi! e um deles já tem + de 3anos e continua a ser superior a modelos que saíram a pouco tempo! Todos funcionam! E com utilizações semanais.
          E só estou a falar de smartphones, a Xiaomi não vende só estes produtos…

      • Matias says:

        Ser superior ou não , nao interessa. Nem se tivesdem o mesmo sistema operativo. Como nao têm tudo o resto é a opinião de quem paga, que nunca se engana. Opiniões tautolisticas e previsíveis.

      • Sujeito says:

        Superior? No quê? Em preço? qualidade? Software? Suporte? Design? Salários pagos aos trabalhadores?

        Eu agora digo-te que o Dacia feito de peças recondicionadas da Renault é superior a um BMW. E pronto, achas que faz sentido?

        • Philippe Starck says:

          Não percebo @Sujeito, não gosto de Dacia, Renault, bmw… para mim são iguais!
          Qual é a fiabilidade de um bmw vs Dacia?
          Se falares de Honda, Lexus… Compreendo melhor!

  6. Eric Mac Fadden says:

    Não posso mais abrir as janelas sem permissão da Microsoft também?

  7. LG says:

    Oh não! A Apple detêm a letra “i”

    Sorte a Samsung evitar essa letra…

  8. Alex Webster says:

    Cada tiro, cada melro. A Apple não tem já chatices que chegue com os seus produtos, também tem que meter o bedelho naquilo que é dos outros…

  9. Frederico says:

    Parvalhoteira!!!

  10. Alexandre Tavares says:

    Isso é fácil de resolver, muda o nome para mi tablet.

  11. lulu@rroz says:

    Não sei como ainda existe pessoal a defender esta marca!

  12. tony carreira says:

    não gosto de plágio nessa materia a apple tem razao

  13. sakura says:

    A apple que deixe de entupir os tribunais europeus (pagos por Todos) e que se vá queixar para Jersey (uma pequena ilha no Canal Britânico ).

  14. Aníbal Alves says:

    ” Depois de 1 ano de investigação, o tribunal geral da União Europeia decidiu a favor da Apple alegando que a parecença de My iPad (o meu iPad) para Mi Pad era demasiada e poderia confundir os consumidores.”
    ________________

    Infelizmente os ditos representantes do povo na União Europeia, consideram que os consumidores europeus são burros ou ineptos.
    Deixemo-nos de tretas isto é por pó de talco no rabinho da Apple e defender interesse corporativos. Aonde pára a livre concorrência???
    Como fica a liberdade de analise e escolha do consumidor???
    Interessante verificar que desperdiçaram(1) um ano de trabalho e de dinheiro dos contribuintes para chegarem há brilhante e esclarecedora conclusão de que quem lhes paga os ordenados não tem discernimento e/ou conhecimento para efectuar uma escolha informada.
    Somos de facto confundidos ou F…, por sustentar esta corja de parasitas!!!
    ????????????????????????????

  15. B@rão Vermelho says:

    A própria Xiaomi é vítima da contrafação, por aqui na Ásia o que não falta é cópias dos produtos Xiaomi.
    Mas uma coisa é certa os Chineses são homens de negócios exímios, por todo o sudoeste Asiático o que mais se vê são prédios e empreendimentos chinês, e quando vês um super carro lá dentro vai um chinês a provar isso mesmo.
    Mas não concordo com a maneira de ser do povo chinês não respeitam nada nem ninguém, são um povo estranho, muito trabalhador mas estranho, tudo vale para fazer dinheiro, não há limites o dinheiro comanda a vida.
    E concordo os Asiáticos adoram coisas Americanas, há já alguns anos que me dedicado a conhecer a Ásia, e atualmente a Apple através do IPhone é o expoente máximo, em cada 10 telefones diria que 7 são IPhones, muitos são modelos mais antigos, ainda muitos IPhones 4 e 5, outra coisa é a Naike, também tem uma popularidade enorme.

  16. Stiago says:

    Xiaomi é uma marca perfeitamente válida e a aple apenas se sente ameaçada tal como outras “grandes” marcas. O processo e o seu desfecho é um pouco triste e nada acrescenta, mas algo normal no mundo corporativo. A Xiaomi poderá se tornar brevemente numa marca que fale de igual para igual com as de “topo” como aconteceu com a huawei num curto espaço de tempo. De resto a apple, continuará por aí uns dias mais rica outros um pouco menos, mas em principio sempre de boa saúde. A apple conseguiu criar um produto de desejo, irracional, de status, ao ponto de se ver crianças a pedir ou exigir aos pais um iPad ou um iphone. Os preços dos produtos são pornográficos mas tal como qualquer outro, só compra quem quer e quem pode, no entanto usei este exemplo das crianças porque acho que espelha bem o que a apple conseguiu e bem.
    Podem custar 1000, 2000, 10000 irão sempre vender bem, devido ao que representam na sociedade e não pelo valor que têm como ferramentas/utilidade/qualidade. Estou com isto a dizer que a apple não tem qualidade? Não, de forma alguma, a apple já tinha uma presença muito forte nos profissionais que trabalhavam com edição por exemplo, no entanto era usada como ferramenta de trabalho, cara, mas um investimento. Hoje em dia para a maioria das pessoas é apenas um objecto de desejo, status e pouco mais. E não se metam a defender marcas como se vos pagassem para isso, ou lá no vosso subconsciente queiram justificar o porque de pagaram uma pipa de massa por algo que se arranja a metade do preço, mas muito acima de metade da qualidade.
    Serei eu um moralista? Nada disso, eu mesmo comprei um Samsung S6 Edge já um bom tempo depois de lançado, no entanto foi um tlm caro, e sei que existiam opções mais baratas bem mais racionais. Mas acabei por pagar caro uma das melhores cameras na altura. Mesmo assim não me vão apanhar a defender a samsung como se me pagassem para isso. Nunca se esqueçam que eles é que precisam de nós, não o oposto.

    • rodrigo says:

      olha outro que diz que Apple ‘e so status…FFS
      Todos os meus produtos são da Apple (Apple Watch, Apple TV, iPad, iPhone, macbook pro) e td comprado em 2a mao. Sera que comprei pq quero status ou pq o conjunto faz coisas que mais nenhuma marca faz e faz tao bem??

      • Stiago says:

        Amigo, se te sentes ofendido com algo, pelo menos le tudo o que escrevi antes de começares a disparar. Como por exemplo: “Estou com isto a dizer que a apple não tem qualidade? Não, de forma alguma…”

        O que digo, defendo e acredito é que a apple não é a melhor qualidade/preço, e nota antes de começares a disparar que não disse nem qualidade nem preço de forma isolada.

        O facto de teres tudo apple é uma decisão tua que boa ou má só tu tens de arcar com ela.
        Mas se me conseguires explicar porque uma criança pede aos pais um iphone ou um ipad, penso que entenderás quando falo na questão do status e no que a marca conseguiu criar.
        Eu nem estou tão pouco a falar mal da marca, aliás acho que criaram uma forma de “fidelização” muito boa e vantajosa para eles. Tão pouco estou a falar mal de quem compra essa marca como qualquer outra, eu por exemplo tenho um tlm da marca rival que representa muitos aspectos iguais ao nível do que refiro na apple.

        Confesso que me faz um bocado de confusão o pessoal a defender marcas como se de clubes de futebol se tratassem.

  17. rodrigo says:

    ‘E verdade que aquilo que disse ‘e apenas a minha humilde opinião e vale o que vale. Mas ‘e uma opinião informada.
    Sou utilizador de Windows desde o windows 95, sou utilizador do android desde o samsung galaxy s1, utilizei o windows mobile e o windows phone durante anos, utilizei/utilizo linux (mint) 10+ anos e sou utilizador dos produtos apple ha mais ou menos 1 ano e digo sem sombra de duvidas que nada bate o ecossistema da apple. Apesar de utilizar menos tempo do que os outros SO’s/equipamentos deu para entender o seu valor como conjunto. Não ha nada que se compara.
    ‘E caro? Sim ‘e mas ‘e por isso que comprei td em segunda mão apesar de ter poder de compra para comprar td novo.
    E vc pode dizer o mesmo sobre a sua opinião? Quando foi a ultima vez que atendeu um telefonema no Mac em vez de atender no iPhone? Quando foi a ultima vez que esteve a ver um video no seu iPad e passou o video para a televisão através do Apple TV com apenas 2 toques? Diga-me se consegue fazer isso com a sua marca rival nativamente.

    E isso das crianças a pedirem iPhones pro natal – ‘e um fenómeno engraçado mas não deixa de ter uma explicação lógica.
    1o – As crianças pedem um iPhone pq ‘e algo que ouvem os seus pais a falar, os seus tios, primos, vizinhos, na televisão, nas noticias, etc. Uns falam mal..outros falam bem mas na verdade todos falam.
    2o – E como os putos estão cada vez mais tecnologicamente sábios ‘e normal que peçam um iPhone..tal como vão pedir um Xbox ou um iPad ou um portátil,etc. A única parte de ‘status’ que tanto gosta de falar so tem a ver de ter ou não ter algo para mostrar aos colegas!

    • Stiago says:

      Viva uma vez mais,

      Assim já estamos a falar melhor e a tirar algo de útil da conversa, na tua primeira resposta foste buscar um excerto de um texto com várias linhas e resumiste tudo em torno disso distorcendo o que disse, mas já lá vai.

      Respondendo ás perguntas, nenhuma, sendo que no passado experimentei um software da vodafone que permitia atender as chamadas no pc e acho honestamente inútil. A questão dos vídeos não sendo muito relevante para mim, essa reconheço como útil. E algo que provavelmente gostasse de usar uma vez ou outra.

      Se isso para ti tem bastante valor e justifica o entrosamento de todos esses dispositivos, pois fazes bem. Sempre que precisares de trocar, será logicamente dispendioso, no entanto em segunda mão podes fazer melhores ou piores negócios é tudo relativo. E que assim não fosse o dinheiro é para gastar, e se achas que o teu é bem gasto nesses produtos e não te faz falta em algo mais essencial, acho que fazes muito bem.

      Acho que me interpretas-te como um anti-apple e não é o caso, apenas me limito a dar a minha opinião.
      Durante anos a apple foi rainha com o ipod e não tinha concorrência à altura ainda recentemente acho que foram inteligentes no iphone SE que apanha o mercado abandonado das 4″ com um equipamento que lhes ficou barato na concessão e tem umas especificações muito boas entre outros…

      A questão de status que falei não acontece apenas na apple e não quis dizer que todos compram apple ou topos de gama da samsung por esse motivo. Mas acho que se olhares à tua volta percebes o que digo, aliás disseste muito na resposta que deste acerca das crianças o que reflecte em parte o comportamento dos adultos.

      Eu tenho um samsung e podes dar uma opinião negativa sobre a marca que eu não me aborreço muito com isso.
      Aliás poderei até ajudar em alguns aspectos, mas vários utilizadores apple por uma razão que desconheço sempre que ouvem algo negativo sobre a marca, tomam como ofensa própria. Isso é trabalho das marcas, não nosso.
      É como ires comprar um carro, entras no stand da toyota por exemplo, e o vendedor diz-te “Amigo e sabe como é, é um toyota…..”. Entras no stand da vw a mesma coisa, e por aí fora. Eles sim têm obrigação de fazer esse trabalho não nós!
      Cumps!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.