Quantcast
PplWare Mobile

Telegram quer que as atualizações da app sejam feitas fora da Play Store da Google

                                    
                                

Fonte: Telegram

Autor: Pedro Simões


  1. miguel says:

    Nós bem sabemos porque o Telegram pede isso, porque a qualquer momento a Google pode banir a aplicação devido a politica Americana, ainda a pouco tempo esteve para ser banida porque diziam que os apoiantes do Trump comunicavam por lá…

    Nem é mais nem menos seguro do que a Playstore se o download for feito pelos canais oficiais.

    Os criadores tem que criar estratégias para não ficarem dependentes de empresas como a Apple ou Google.

  2. Bruno Santos says:

    Uso o telegram há alguns anos, enquanto o actualizas pelo play Store da Google, de vez em quando tinha problemas com as actualizações, saí das actualizações da Google nunca mais tive problemas como tinha antea

  3. David Guerreiro says:

    Deve ser para lançarem a Kremlin Edition que envia tudo para Moscovo

  4. Artur Peralta says:

    f-droid?

  5. Informático amador says:

    Isto vai contra o que nos dizem, de não fazer actualizações ou instalações fora da loja da Google. Percebe-se a ideia, mas é sempre um risco. Se calhar seria mais prudente manter tudo na loja Google, e só se Telegram for banido ou drasticamente limitado, então passar a utilizar o site próprio. Digo eu.

  6. Jonas says:

    Telegram-x faz isso há mto tempo…

  7. Xanato says:

    E não será para assim não pagarem tanto á Google?

  8. José Lopes says:

    Boa tarde .
    Podem informar qual a diferença entre telegram e o telegram x.
    Obrigado

  9. jorge says:

    Eu nao o posso informar porque nao uso aplicaçoes de telecomunicaçoes, sou alergico, prefiro pagar tenho mais segurança, ainda nao é desta vez que os russos me vao vigiar.

  10. Joao Ptt says:

    Faz sentido fugir às lojas de aplicações que podem por sua iniciativa, pressão publica, ou ordens judiciais, fazer a aplicação desaparecer e desinstalar as ditas aplicações dos dispositivos sem interacção do utilizador… isto sem falar nas comissões de vendas que são muitíssimo elevadas, e de restrições do género que qualquer espécie de pagamento que a pessoa faça tenha de passa obrigatoriamente pela loja virtual da Apple ou Google… e com isso receberem a comissão… mesmo que o vendedor pudesse perfeitamente fazer tudo fora do sistema deles, se eles não forçassem a isso.

    No fundo é como o Windows e muitos sistemas operativos sempre operaram… cada um instala o que quiser, quando quiser, como quiser. No caso do Windows eles estão a tentar banir a instalação do que quer que seja de fora da loja deles.

  11. J.P. says:

    Este artigo não explica detalhes técnicos interessantes como as diferencas entre as 2 versões nas funcionalidades que se perdem/ganham e quais as vulnerabilidades relativas a acessos previligiados da playstore/applestore ou somente através do site oficial do telegram.

    Em princípio esta alternativa deve ser por causa de possiveis proibições/politicas dos EUA relativas a dados/publicidade/propaganda política/ privacidade ou somente por uma questão de não pagarem comissões à Google/Apple.

    Apoufundem mais um bocado sff.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.