Quantcast
PplWare Mobile

My Tracks – A Google ajuda-o a registar trilhos GPS

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Pinto


  1. Marco Magalhães says:

    Embora seja um pouco off-topic, aproveito para perguntar: para (muito) grandes velocidades, os GPS dos smartphones deixam de ter precisão ou o “problema” está nas configurações das aplicações (my tracks, speedview, etc.)?

    Se alguém puder elucidar um pouco sobre o assunto, agradecia.

    • Pedro Pinto says:

      Boas Marco,
      Uso várias aplicações para registar os meus trilhos de BTT e também as minhas voltas em bicicleta de ciclismo. A precisão não é perfeita a 100% mas estamos a falar numa discrepância entre 3 e 5 m.

      • Marco Magalhães says:

        Pedro, a minha intenção era mesmo GRANDES velocidades, duvido que de BTT consigas tal proeza. :p

        Mas bom, para ser mais específico, na ordem de até 200km/h parece não haver grandes discrepâncias nas velocidades apresentadas, já para bem além dessas velocidades, a coisa tende a apresentar velocidades irreais e diferentes para com a realidade.

        Ora, apenas não sei se a limitação está no equipamento (já foram usados vários smartphones) ou se está nas aplicações usadas. Já tentei fazer pesquisas, mas não há muita informação relativa ao que quero, daí perguntar aqui.

        De qualquer das formas agradeço pela ajuda. 🙂

  2. Sergio J says:

    O GPS civil não tem grande precisão. Os softwares de navegação é que tentam colar a nossa localização à estrada mais próxima (desde que esta esteja dentro da margem de erro)

    • Sergio J says:

      Obviamente isto era uma resposta para o Marco

    • Marco Magalhães says:

      E esquecendo um pouco a localização em específico e focando mais na velocidade e na distância percorrida, essa precisão continua a ser “fraca” para o efeito?

      Eu pergunto porque, normalmente, a velocidade dos veículos não é 100% correcta, quanto maior é a velocidade, maior tende a ser o seu erro no velocímetro. Ora, muita gente recorre a GPS para obter uma velocidade mais aferida…

      Contudo, quando essa mesma velocidade é já bem elevada, não sei até que ponto é que o GPS continua a ser preciso. É aqui que me questiono se o “defeito” é do hardware do GPS (nunca testei um GPS que não fosse um smartphone) ou se há limitação no software (basta ver nas configurações que há muitas opções de como o GPS deve “trabalhar”).

      • Sergio J says:

        Eu percebo a tua duvida.

        Vamos tentar pensar alto de uma forma muito naif.

        A velocidade é calculada em por delta x / delta t

        O delta t vai ser sempre constante, vai ser o nosso tempo de amostragem.
        A velocidades maiores significa que o delta x será maior, logo o erro de posição associado terá um peso menor nas contas. De uma forma muito naif diria que quanto maior for a velocidade menor deveria ser o erro

        Podemos argumentar que a velocidades maiores esperamos que o delta t seja menor para que gaja maior relação ba velocidade. Nesse caso o delta t diminuiria e consequentemente o delta x também. Poderíamos agora argumentar que para um mesmo delta x (relativamente a uma velocidade bem menor) teríamos um delta t bem menor, podendo desta forma registar-se tempos de relação maiores. Aí concordo que a capacidade de hardware teria bastante influencia.

        Como disse, isto é eu agora aqui a pensar alto, sem me debruçar muito sobre o assunto. Talvez haja aqui alguém que me possa contradizer, ou concordar e aprofundar mais o assunto.

        • Marco Magalhães says:

          Sérgio, um GPS faz um “check” de X em X metros, correcto? (estou mesmo a perguntar pois também não sei bem como funcionam)

          Ora, verificando esses pontos e o tempo percorrido entre eles, assim se obtém a nossa velocidade. A uma grande velocidade, passa-se muitos mais pontos em menor tempo e provavelmente o GPS terá mais erros devido a não conseguir acompanhar cada “checkpoint” (penso eu). Pelo menos penso que seja assim que funciona e que seja essa a causa do GPS perder a precisão a grandes velocidades. Só não sei se isso pode ser ultrapassado com software ou se o “problema” é mesmo hardware.

          nothing to! já encontrei um desses GPS, suponho que aquilo se ligue através do bluetooth pois nem visor tinha, mas queria mesmo não ter que investir visto os smartphones já possuírem tal tecnologia.

          • Sergio J says:

            Marco, as contas a serem feitas são ao contrario. O delta t é constante e o que varia é o delta x
            Por outras palavras, imagina que o delta t é 1 segundo. Medes a tua posição agora, daqui a 1 segundo voltas a medir e calculas a tua posição. a velocidade é data v = delta x / delta t

            para o mesmo delta t, signifca que quanto maior a velocidade maior será a distancia entre pontos. Como tens um erro associado à posição, quanto menor for a variação do delta x, maior será o erro. Exemplificando

            se num segundo andares 30 m e tiveres um erro associado de 5 metros, significa que a tua velocidade vai variar entre 25 e 35 metros por segundo.
            Se por outro lado andres 300m num segundo, vais ter na mesma um erro de 5m, logo a tua velocidade poderá variar entre 295 e 305m
            Como podes ver quanto maior for a velocidade menor será o erro.
            No GPS comercial é muito dificil teres um velocidade instantanea (com delta t muito pequeno). os erros de precisão associados são grandes

      • nothing to! says:

        Há GPS próprios para as grandes velocidades, aliás quando registam recordes de velocidade em carros usam sempre esse tal GPS especifico, ja vi em vários documentários. Agora onde se compra os brinquedos ja não sei 😉

      • Nunes says:

        O GPS dos smartphones para além de ser menos preciso é tb menos sensível aos sinais dos satélites (o que tb explica a pior precisão), o que significa que em muitas condições possa não ser capaz de determinar uma posição por GPS!
        Esta é uma das razões porque os telemóveis são equipados com A-GPS, que pode usar os sinais das torres das operadoras para fazer a triangulação em vez do verdadeiro GPS.
        Eu imagino que a explicação para o que vês possa estar aqui! Ou porque transita de GPS para triangulação pelas torres, ou porque vai transitando por diferentes torres o que altera significativamente o cálculo de velocidade, dada a relativa baixa precisão do método

        Há alguns acessórios para carro que usam melhores antenas para o GPS do telemóvel, pelo menos lembro-me de ter visto isso há uns anos. Pode ser que isso sirva para melhorar a precisão

        • Nunes says:

          Só para corrigir. O A-GPS não é a triangulação por torres, é apenas um sistema para melhorar o tempo de resposta do GPS no telemóvel. Mas o uso de triangulação por torres é uma realidade, e muitas vezes os telemóveis “caiem” nesse método até para poupar energia!

        • Marco Magalhães says:

          Nunes, acontece que quando eu testei, nunca usei A-GPS, apenas o GPS normal mesmo. Ou seja, não se aplica o que dizes neste caso, no entanto, continua a haver o tal erro.

          Mas creio eu que seja limitação de hardware, afinal de contas, uns 100 metros por segundo, ainda é dose. Penso eu.. 🙂

          • Nunes says:

            Pois, 100 metros por segundo dá 360km/h. Isso parece ser mais um erro de software associado à falta de precisão do hardware, pois parece que está a fazer o cálculo em intervalos de tempo muito curtos, o que seria uma velocidade instantânea.
            Se consegues obter localização qualquer que seja o método não vais ter um erro dessa magnitude com velocidade média. Mas se fores a calcular a velocidade instantânea imagino que já é possível ter esse erro, pois se a precisão cair para volta de 70 metros, podes estar desviado 35 metros para um lado ou para o outro e esse erro num segundo já dá para chegar ao erro que encontras!

            Mas se o teu interesse é mesmo ter a velocidade instantânea e não te interessa a velocidade média em por exemplo 1 minuto, então tens que arranjar um GPS de grande precisão

          • Marco Magalhães says:

            Nunes, se calhar eu expliquei-me mal ou então percebi mal.

            O erro que me dá não é indicar que vai a 100m por segundo, o erro é indicar incorrectamente para a mesma velocidade, ou seja, a 300km/h, no teste1 indicar 290, no teste2 indicar 280, no teste3 indicar 310.

            Estes valores são apenas um exemplo, mas é na ordem dessas velocidades e os erros variam entre 10km/h a 50km-h, o que faz com que o GPS seja ainda mais impreciso.

            Não tenho grande interesse na velocidade instantânea (no entanto se mostrar correctamente tanto melhor), mas importa-me mais as velocidades médias, máximas, distância percorrida e tempo.

          • Nunes says:

            Pois não percebi isso!
            Esses erros são mais pequenos, mas ainda assim, para velocidade média são muito grandes para serem erros de precisão na determinação de posição! Só se a distância percorrida for muito curta!
            Por isso acho que isso pode ser um erro de software, ou então estar mal adaptado para a utilização dada!

  3. Fred says:

    Ai que programa tão util para os Estados Unidos e o Patriot Act..

    Para fazer tracking de desportos o Endomondo. Muito bom.

    E para fazer log de GPS use o GPS Logger. Ele loga para um file o percurso todo e uso isso para fazer geotagging das minhas fotos da reflex no Adobe Lightroom. Visto ter um UI e funcionalidade muito simples aposto que eh mais suave na bateria do que o My Tracks da Google.

    • Hugo says:

      Endomondo!? Certamente não dás uso à altimetria, porque senão vias as falhas que existem nesse campo que é de extrema importância para alguns (muitos) desportos.

  4. fornost says:

    aparentemente dá pra instalar android v2.3.6; estou fazendo o teste agora

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.