Quantcast
PplWare Mobile

Apps do Android já correm no Chrome OS

                                    
                                

Este artigo tem mais de um ano


Autor: Pedro Simões


  1. Mylittlelife says:

    O futuro é unificar o Android e o Chrome, aliás nem vejo o que fazer com um PC que se baseia só quase em cloud e browser sendo que a maior parte das coisas ainda não existem em cloud, são lentas e exigem permanente conexão de Internet.

  2. Portimão says:

    Não é por isto que vai ultrapassar o Windows.
    Nunca o Chrome OS vai chegar aos calcanhares do Windows, principalmente agora, com a versão 10, que está fantástica.

    Quem nasceu ChromeOS e Linux nunca será macOS e Windows.
    Lamento.

    • Gonçalo says:

      Não diria melhor. Uma coisa são modas, outra coisa é qualidade e muitos anos de experiência. E nesse aspecto o Windows é imbatível. Sem ter controle no hardware onde irá ser colocado consegue sem quase sempre 100% funcional. Merece o seu merito, sem sombra de dúvida…

    • Cristiano Palma says:

      Porquê essa competição?
      Diversidade de Sistemas Operativos nunca fez mal a ninguém… e cada um julga o melhor para as suas tarefas…

    • Freitas says:

      Eu uso os 3 e cada um tem as suas vanragens e linux tem evoluído muito.

    • Miguel says:

      Tambem diziam o mesmo do Android quando ele saiu, tambem diziam o mesmo do browser chome que nunca iria apanhar o IE e o Firefox.

      Quando certas empresas se colocam a sombra da bananeira normalmente tem supresas.

      Porque achas que a Microsoft começou a oferecer o Windows 10? Achas que estão a dormir?

      • Portimão says:

        A Microsoft nunca se pôs à sombra da bananeira no que diz respeito ao Windows desktop.
        Na versão mobile sim, mas na versão Desktop cada vez mais se empenha.
        E o Windows 10 está simplesmente brutal, evoluido, bonito, funcional e fluido. Por isso não é desta que o ChromeOS chega aos calcanhares do Windows.

    • CMatomic says:

      “Quem nasceu ChromeOS e Linux nunca será macOS e Windows.
      Lamento.”
      Porque pessoas se dizem entendidas em sistemas operativos comentam desta forma ?

    • EC says:

      De facto lamento do teu comentário… Deves viver no passado ou tens pouca noção da realidade por que estamos a passar.
      Numa visão mais alargada, a tua afirmação é completamente estapafúrdia, pois nos moldes que a tecnologia actual exige, cada vez mais o Windows e MacOS terão se tornar aquilo que ChromeOS tem estado a realizar, sob o risco de ficarem obsoletos.
      ChromeOS é um SO recente e em crescimento, projectado para um intuito distinto ao do Windows e MacOSX (agora MacOS). O ChromeOS foi projectado em torno duma realidade onde a mobilidade, conectividade e a optimização de recursos são os objectivos deste sistema, enquanto o Windows e MacOS são sistemas criados há bastante tempo com finalidades originalmente distintas à realidade actual e têm sido modificados ao longo do tempo.
      Com isso não digo que o ChromeOS será o OS do futuro, mas é inegável que está a ser um pioneiro e até mesmo uma referência para os outros Sistemas Operativos.

      • Portimão says:

        Sim claro, o Windows e o macOS têm de se tornar sistemas totalmente dependentes da Internet e que não servem para mais nada senão browsing para não ficarem obsoletos.
        De certeza que é o Windows e o macOS que têm de mudar?

    • Limbus says:

      Não é por isto que vai ultrapassar o Windows.
      Nunca o MacOS vai chegar aos calcanhares do Windows, principalmente agora, com a versão 10, que está fantástica.

      Quem nasceu MacOs nunca será Windows.
      Lamento.

      • Freitas says:

        Se a Apple vendesse portáteis ao preço que vem com o Windows, o mais provável é o Windows ficar para trás.

        • Limbus says:

          Tretas. Há muitas vantagens do Windows sobre o Mac em muitos aspectos, sobretudo ao nível dos programas disponíveis.

          • Freitas says:

            Se os mesmo começarem a fabricar para o Mac diz me la o que acontece, e se perguntares numa sala e aula hoje em dia aos putos que querem um Mac ou um outro pc, lógico que a resposta é Mac, foi nisto que ma baseei, esta na moda Apple e tudo que é Apple

          • Limbus says:

            Não sei se isso será verdade, tendo em conta o maior potencial do Windows para jogos, que são do interesse dos “putos”. Quem se interessa por macs por “moda” deixava de se interessar se estes fossem baratos e/ou toda a gente tivesse, correcto?

          • João Moreira says:

            Há muitas vantagens de uns sobre os outros. Esta é daquelas conversas que não levam a lado nenhum.

            Eu não tenho um Mac porque não tenho dinheiro para ele. A verdade é que se tivesse, compraria um porque na área em que trabalho, é de longe melhor. Não só melhor, como tinha maior diversidade de plugins etc para determinadas aplicações que uso. Há sempre alternativas para windows, mas na maioria, não estão muito bem conseguidas.

            No entanto, não dispenso um bom computador com windows para outro tipo de trabalhos e para matar o vício dos jogos.

        • Goncalo says:

          Se a Apple vendesse equipamentos por um preco justo (e nao a roubar como faz), teriam com certeza mais “adeptos”, mas isso nao faria do Mac OS o melhor OS, pois esta bem longe do Windows 10, e cada vez mais o Windows 10 se distancia na lideranca em termos de inovacao, e diversidade de componentes, conteudos, e tecnologias.

      • Roberto says:

        MacOS e windows são sistemas diferentes, o MacOS está totalmente ao nível do windows, e até em nível superior em muitas vertentes! Não vamos comparar dois sistemas completamente diferentes desta forma! é como comprar iOS e Android! Usei Windows e linux durante muitos anos, agora uso MacOS e é o sistema mais pratico que já usei! e melhor que todos os OS que já usei no passado em muita coisa! o Windows tem a seu favor o numero de aplicações que tem exclusivo! eu tenho no meu mac Boot Camp porque há apps que não correm em MacOs este é o maior defeito que tenho a apontar a este OS! mas O MacOs está bem nos calcanhares de Windows!

        • Limbus says:

          Concordo contigo, o meu comentário apenas seguiu os moldes de ridículo do original.

          • Portimão says:

            Ridículo é o teu primo.
            Tu não concordas com nada, tu quiseste foi virar o jogo para criar guerra entre Windows e Apple, porque tudo o que seja contra a Apple deixa-te feliz.

        • Mylittlelife says:

          Roberto, a ideia é simples:
          – o Windows é (como o Android nos pequenos aparelhos) o melhor SO global que funciona em “todos” e para todos

          – o MacOS é (como o iOS) um SO com restrições e daí com prós e contras: por essas restrições é mais polido e rápido, mas também não corre muita coisa e dá menos liberdade ao utilizador.

          Cada um tem prós e contas, daí que tem que ser o utilizador a decidir por si. O único que posso dizer é que muitas das vantagens que via no osx o Windows 10 veio colmatar.

          Para ser honesto o pouco que vejo de vantagem do OSX é o bom escalonamento nos dpi (no Windows as apps fora da loja Microsoft são horríveis nisso, incluindo Chrome, Firefox, etc) e ser coerente no UI. No W10 ainda temos muitos elementos antigos lá pelo meio.

          PS: os meus comentários vao ser para sempre moderados? Começo a perder a vontade de dizer algo e só passado muuuuuito tempo são autorizados …

          • Roberto says:

            Concordo plenamente com isso! Mas a simplificação do MacOs é simplesmente brutal em comparação com o Windows! mas sem duvida que esta ultima atualização veio mudar muita coisa!

          • Limbus says:

            O Windows aproxima-se do que o Mac OS tem de bom e vice-versa.

  3. Roger says:

    Acredito que o ChromeOS venho para somar e não tomar a liderança de outro OS.
    O mundo da tecnologia está cada vez mais avançada.E os sistema diversificados ajudam bastante.
    Quem ganha são todos nós.

  4. Paulo says:

    As pessoas pensam que não ter o AutoCAD e o Photoshop faz diferença para muita gente…

    Para muita gente faz diferença é não ter o WhatsApp, o Candy Crush, e outras Apps móveis!

    Muito perigoso se tornou esse ChromeOS.

  5. tugatech says:

    Comparar ChromeOS e Linux com Windows e MacOS parece-me que não fará muito sentido, pois têm objectivos distintos e enquadramentos de dispositivos diferentes. O Windows e o MacOS estão mais vocacionados para funções desktop e para correr aplicações localmente. Apesar do novo Windows ter capacidades para ser usado em tablet ou telemóveis, será facil perceber que esta aposta da Microsoft não correu muito bem. O Linux estará mais vocacionado para funções de servidor ou para serviços dedicados de âmbito cientifico e educacional. O Linux também tem capacidades desktop e também serve de base para muitos disposistivos, mas na área desktop será dificil conseguir ultrapassar o Windows. O ChromeOS é um sistema operativo mais virado para entretenimento e com grande dependencia da internet, mas poderá correr em dispositivos com capacidades mais limitadas. Parece-me que este ChromeOS poderia ser mais facilmente enquadrado num contexto de Android e iOS do que num contexto de Windows, MacOS, Linux.

  6. Zé Walter says:

    como baixo essa versão de desenvolvedor para testar? me interesso

  7. derp says:

    Quem tem conhecimento mínimo de servidores, sabe que em cada 100 máquinas com CentOS há uma máquina Windows Server.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.