PplWare Mobile

Android: Quais as marcas de smartphones mais problemáticas?


Pedro Pinto

Pedro Pinto é Administrador do site. É licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Politécnico da Guarda (IPG) e obteve o grau de Mestre em Computação Móvel pela mesma Instituição. É administrador de sistemas no Centro de Informática do IPG, docente na área da tecnologia e responsável pela Academia Cisco do IPG.

Destaques PPLWARE

81 Respostas

  1. Jota says:

    Que engraçado, as duas principais (para além da Hawei) ameaças ao iphone são logo as que mais problemas dão! Que conveniente! Até dá a ideia que este estudo foi encomendado!

    • Jorge says:

      dizes isso porque nunca tiveste um Samsung

      • Ramed Ahcor says:

        Eu já vou no SAMSUNG Galaxy S9+
        Ou seja, comecei no Gakaxy S1 e nunca mais parei…
        Por isso, quando leio comentários negativos sobre a Samsung, lembro-me de imediato da fábula antiga:
        – estão verdes, não prestam.
        Pois não, porque para comprar melões é preciso dinheiro.
        E para um Galaxy S9+, juntamente com una capa original, carregador sem fios, powerbank de 10.000 kwa e cartão de memória de 126 GB, são precisos muitos euros…

        • Fak says:

          Parabéns para ti mas nobody cares honestamente.
          tu és 1 entre triliões de pessoas, só porque a ti não te dão problemas não quer dizer que não dê a ninguem.

          • Heidi says:

            Eu também nunca tive problemas com a SAMSUNG. Saí da NOKIA, experimentei a marca atrás referida e nunca me dei mal. Agora no S9+ só acho que a marca não devia mentir. Por ex, algumas funções só são usadas no continente americano, mas não alteram a informação no que diz respeito ao continente europeu. E estou a falar do rádio, por ex. Aí está errado. Mas de resto? gostei e continuo a gostar.

          • Belmiro says:

            Fak, na família já temos desde S2 e Note 3 todos os modelos com excepção do S4 ao S6 (mantivemos o telemóveis) e agora S8 e S7 EDGE. Zero problemas.

            É necessário ver que o “estudo” parece englobar marcas que produzem modelos de 100 a 1000 euros e de certo que essa taxa não é igual em todos os segmentos.

            Em suma: problemas há em todas as marcas, não se admite é que seja em alta e principalmente acima de 300/400€. Mas pelo menos na Europa temos garantia de 2 anos, quem comprar via “priority line ” vindo do outro lado do mundo não deve ter a mesma sorte…

          • Fak says:

            Belmiro informe-se melhor porque o meu smartphone veio por priority line do outro lado do mundo, nem sequer é vendido em Portugal e teve garantia de 2 anos, terminou agora em maio.

        • pedro says:

          Oh Rocha de mar, who cares? Sao todos iguais à vista parecem caixões negros horrorosos. Basta velos tidos no wirten, fnac , RP e afins a apanharem pó.

          • Dani says:

            Tive um s3, um s4 e um s6, todos me deram problemas. Deixei de ser burro e abandonei a Samsung, passei para a Huawei. Software muito mais fiável.

      • Silva says:

        Eu já tive e continuo a ter e para melhor e contudo nunca,mas nunca tive qualquer problema. Bem de facto quando se quer tentar denegrir seja o que for vele sempre tudo. Muitos poderão ter problemas mas não quer dizer que sejam todos. Certo.

      • paulobraveheart says:

        eu tenho um s7 edge e nunca tive nepia nele.
        excelente a todos os niveis,nunca me falhou.
        exemplo a lg p mim e a pior,desde loopings que a empresa cagou… ate falhas de arranque entre outros.
        eu continuo a achar que a samsung e neste momento a melhor.
        mas tambem tem muito haver com a utulizacao,mas enfim esta sondagem nao me convence.

      • Martins says:

        Cá em casa só temos Samsung, já passamos varias gerações e até ao momento nenhum problema critico. Em mais de 20 equipamentos, nunca precisei da garantia. O único problema que tive foi um aquecimento um pouco anormal no Note 4, que parou de o fazer e é ainda hoje (apesar de estar parado) um excelente equipamento. Pode ser sorte, mas em tantos equipamentos, não me parece só sorte. (S, SII, SIII, S4, S5, S6 edge, S6 Edge +, Note 3, Note 4, S7 Edge, S8, Note 8)

    • JORGE says:

      Comcordo, Mas que lindo estudo..ou estão a ler os livros errados? Tenho Samsung de topo S9, e não o reinicio já vai para 980 horas, o zero problemas ou lag..este estudo vale o que vale.. usem primeiro.

    • Luis says:

      Exatamente. Deve ter sido encomenda

    • João says:

      Temos cá dois Xiaomi mi5, ha mais de 2 anos e uso intensivo,e tirando um fonte de alimentação q foi mudada há 2 semanas, tem sido máquinas incansáveis. Aliás, receberam o Android 8 ontem

    • macid says:

      tenho samsung desde que a telemoveis nunca tive problemas isto e uma treta de sondagem feita por encomenda

  2. Bruno Santos says:

    Relativamente aos xiaomi é bem verdade o que acontece a nível de câmara sobretudo quando comparadas com outras câmaras com a mesma resolução as fotos saem mais fracas já os Samsung alguns modelos que testei eram algo lentos ao abrir apps com ligação à web

    • Eu says:

      Comentário do meu pai e dum amigo, ambos na posse de Xiaomi, referem que a câmera não é nada de jeito. Funciona melhor à luz solar. Isto comparado com câmeras iguais noutros telemóveis

      • JoMa says:

        O artigo é relativo a avarias e não propriamente a qualidade ou performance. Todas elas funcionam melhor com luz solar. Têm passado alguns Xiaomi aqui por casa e , para mim, é das melhores relações custo/benefício. No entanto, “cada macaco no seu galho” – não me parece justo equiparar um aparelho de cento e poucos Euros com outros de 500 ou 600.

  3. Samuel says:

    Falta a ZTE pois tem uns problemas pois já não preciso de fogão para fazer comida basta por a frigideira em cima do ZTE Blade L3 que eu tenho 🙂

  4. David Guerreiro says:

    Vendem-se mais, logo a probabilidade de avarias é maior.

    • Ramed Ahcor says:

      Há dias, quando tive um problema no meu carro novo, fui reclamar. Ou melhor, solicitar a reparação.
      Quando indaguei o Chefe da oficina do concessionário sobre o caso, ele sorriu e respondeu:
      – eu tenho um Porsche. E quando vou lá para alguma assistência da marca, vejo no parque cerca de 80 a 90 carros. Acha que foram lá todos apenas mudar o óleo?… As marcas de topo também avariam.
      Eu entendi…

    • Fak says:

      Sim é verdade.
      normalmente se o total de avarias é superior a 40% do volume de vendas quer dizer que os smartphones não prestam. Ou seja: se vendes 100 e reclamam mais de 40 pessoas que o telemóvel funciona mal, isso é muito mau, é basicamente uma máquina morta antes sequer de estar viva por assim dizer…

    • Sérgio says:

      Era precisamente o que estava a pensar! Se são duas das marcas mais vendidas, há mais provabilidade de darem problemas e, consequentemente de haver reclamações.

      • Belmiro says:

        É por taxa, por isso já está relativamente ao que produzem. Se produzem 10 e 2 falham, é a mesma taxa que produzir 1000 e falharem 200.

        O “estudo” falha em discriminar por grupos de preço e modelos, ter uma marca que tem uma taxa de problemas de 40% num modelo A de 100 euros, mas produz modelos de B a Z e nesses têm 0%, ao englobar tudo está a induzir em erro o consumidor.

        Asco que a ideia do estudo encomendado é exatamente essa…

    • Silva says:

      Lindo raciocínio. É cada um.

  5. Aneves says:

    Até que enfim alguém que diga a verdade sobre esses telemóveis que são uma bosta

  6. Golden says:

    Por acaso além de 2 iPhone que tenho, tenho um S6 Edge Plus, que fez 2 anos em janeiro de 2018, até à data nunca tive um único problema com ele, mesmo esses pontos todos referidos.

    Acredito como é lógico, que muitos podem ter problemas, acho que isso já faz parte, como microfone, até a própria câmara, mas tenho de por todas essas marcas em causa do problema, quanto ao performance, aqui que aqui eles não se estão a referir aos topos de gama, nas marcas todas mencionadas, mas sim os de média baixa gama, quase de certeza abolouta.

    Quanto a samsung estar no topo dos problemas, também já era normal isso acontecer a meu ver, é a marca que no mundo Android vende mais, logo tem mais queixas, e deve aparecer mais avarias, por existirem muitos.

  7. Jorge Santos says:

    É natural que um Xiaomi Redmi 4A não tenha a mesma performance que um Mi5 … os preços também são diferentes. Quando compram um equipamento de 100 euros não podem esperar que a qualidade seja a de um topo de gama.

    • E-Lektro says:

      Mas não é só com o Xiaomi que isso acontece, pena é a malta não olhar para a relação qualidade/preço. Se formos ver o caso do iPhone que é um excelente exemplo, não fizeram ainda nenhum modelo de que não resultasse em uma grande multidão para ir trocar a bateria.
      Quanto á Samsung deve ser a marca que traz mais “tralha” desnecessária.

      Mas o mais importante a reter daqui, é que existe um grande défice de conhecimento para utilizar smartphones, especialmente quando as pessoas só vêem as redes sociais á frente e se por algum motivo o smartphone não consegue conectar é logo culpa do aparelho e não das condições como qualidade de sinal, próprio serviço, etc…

  8. Baresi says:

    Eu tive um S4 e problemas 0, tenho um S6 que comprei em pré-reserva a 3 anos e meio quase e problemas 0 portanto não me posso queixar da Samsung, ou melhor o único problema que posso apontar é mesmo nas atualizações que são terrivéis e não dos equipamentos em si.
    Agora uma coisa é certa… problemas todos os equipamentos, de todas as marcas dão!

  9. Tolas says:

    Isso é mas é culpa dos totós dos utilizadores! Já tive Nokia, Samsung, Motorola, Alcatel, Siemens… e sempre me dei bem com todos!

  10. Jonh Doe says:

    Tenho um Xioami MI A1 (Android Stock), nem sequer chegou aos 200eur, tenho-o há meio ano e até agora não tive problemas nenhuns. Posso dizer com toda a certeza que a nível de performance encosta a um canto qualquer um nesta faixa de preço e muitos que custam o dobro, incluindo maçãs, tenho um iPhone 6s do trabalho e.. coitadito, é uma arrastadeira bem jeitosa ao lado deste.

    • João Dias says:

      Se estiver a falar daquilo que é vendido em lojas, sim. Mas o meu Le Pro 3 dá uma coça no A1 🙂

      • João Dias says:

        Btw, melhor desempenho que um 6s?!

        • Jonh Doe says:

          Sim, melhor desempenho que o 6s, eu tenho os dois. O 6s só tem melhor câmara, mas de resto não ganha em nada ao Xiaomi, o mi A1 é Android One, pode-se dizer que é o sucessor do Nexus 5X, para mim é a melhor experiência Android que se pode ter.

      • Jonh Doe says:

        Uma coça?! No Le Pro 3 tens um snapdragon 820, mas não tens Android Stock, por isso não sei se a nível de performance consegue ser tão fluído, não sei e nunca vi testes comparativos entre os dois, mas posso-te dizer que já tive um Nexus 5 e o 5X e apesar terem specs mais fraquitas que a concorrência (na sua época) conseguiam ter melhor performance, o sistema operativo faz mesmo muita diferença.

  11. Heldr says:

    Eu já tive Nokia, Sharp, Sony Ericsson, LG, Samsung e Apple.

    De todos os telemóveis que tive, o único que avariou foi a pior marca desse estudo.

  12. Hefesto,o Grande says:

    O que retenho deste artigo é que os 2 maiores problemas são a nível da performance(desempenho) e da câmara.E que o maior nível de queixas é aqui na Europa.Mas admira-me a Samsung estar no topo da lista.Uma super empresa tão credenciada e com smartphones “problemáticos” ?? Estranho isto e fico muito surpreendido. P.S.-então para que servem tantos testes e o chamado controlo de qualidade ?? 😐

  13. rui mira says:

    A Samsung coloca-se a jeito, e por vezes o pior nem é a marca falhar com a qualidade dos telemóveis, a exemplo hà uns anos tinha um S5 comprado em portugal, mas que tinham sído assemblados na Bulgària..e quem compra não sabe isso…resultado avariou a Mainboard, e a assistência pediu outra..que veio com problemas novamente, testes e mais teste porque não assumia uns números e não podia ser entregue ao cliente assim é caso persitisse a avaria teria de ser entregue um novo equipamento, mais uma semana de espera e telefonemas para saber do telemóvel..e de repente em vez do novo veio o mesmo com a explicação que não era importante o telemóvel ter assumido aqueles números..porque trabalhava na mesma, enfim assim que saí da loja ofereci o dito, e fui comprar um de outra marca.

    • rui mira says:

      e o que tenho agora também não será muito melhor…porque a treta da escrita automática, altera o textos.

      • rui mira says:

        E constantemente efectua alterações, sem terem sido solicitadas, e tenho um dos que menos problemas dá segundo essa estatística….por certo a única coisa que me falta é enviar o dito do ONE PUS, para a fabrica, porque desliga-se durante as chamadas, dizem que é a sensibilidade do touch screen, a qualidade do som que deixa a desejar, e a terrível bateria…enfim

  14. Luis Martins says:

    Microsoft…
    NO PROBLEMS

  15. RickPinto says:

    Podiam pelo menos colocar o estudo todo, incluíndo equipamentos da Apple…
    Senão até parece que este site é de Apple lovers…

    https://www.gsmarena.com/blancco_samsung_phones_most_prone_to_failing_in_q1_2018-news-32198.php

    • Justiceiro says:

      +1
      PS: a maioria dos editores deste blog são todos defensores da maçã a e por conseguinte anti-Android.
      Disclaimer: sou utilizador BlackBerry, mas trabalho em telecom e considero-me neutro, ahahah

  16. Miguel Amaral says:

    Este artigo está muito, muito longe da verdade.

  17. Miguel Alves says:

    Podem defender o que quiserem, eu só levei dois telemóveis à garantia, um Nokia e um Samsung.
    Trabalhei numa loja de telemóveis e os Samsungs apareciam mais vezes.
    Defendem muito a marca, mas é um facto.
    Porém, é um facto também, que os telemóveis estão cada vez melhores e com menos falhas de fabrico, o que há menos probabilidades de dar chatices.
    Quanto aos críticos a falar de iPhones, que eu saiba o título está escrito Android, as primeiras palavras do artigo diz “No mundo Android”.

    • Sergio says:

      Trabalhei numa vodafone, e se vendia 200 samsungs por mes e apenas 40 de outras marcas é normal ter mais apelos à garantia nos samsungs.
      Eu estou me a marimbar para a Apple Smasung Microsoft e afins, sei o que é melhor para mim.. mas estes estudos terem datados telemoveis de android de 100€ vs apple é injusto.

    • Heidi says:

      O meu anterior tlm era SAMSUNG tal como este, durou 8 anos. E só teve problemas porque não resistiu a duas crianças e um gato. 🙂 Mas foi forte enquanto pode. Agora voltou a comprar um novo SAMSUNG, mais actualizado, claro… e estou a gostar na mesma. Noto bem a evolução. Se anteriormente eu tinha o primeiro tlm com touch screen, agora vai tudo além disso. É um universo completamente diferente. Claro que nada se compara com o meu velhinho NOKIA 3310. Um verdadeiro guerreiro e do qual tenho imensas saudades. 😛 Mas para tudo temos gostos. Uns defendem umas coisas… outros outras. Por norma, desconfio sempre dos estudos. São encomendados por quem? onde? e com que objectivo? a concorrência é gigante nesta área. E temos de ser nós a experimentar para ver se gostamos. Não nos podem indicar um caminho somente com vista à compra dos que não estiverem na lista.

  18. Carlos Eduardo Rosa da Silveira says:

    Tenho S6, a minha mulher o A3 e zero problemas até agora 😉

  19. Alex Ferreira says:

    Tambem o estudo podia dizer que a marca que mais vende no mundo é Samsung , por isso a probabilidade de ter mais problemas é obvia.

  20. AskMe says:

    Logico se não as marcas mais vendidas claro que vai dar uma margem maior em equipamentos com avarias.

  21. Fatima Barros Araújo Araujo says:

    Tenho um Huawei p8lite com três anos completinhos,até hoje problemas 0, só tenho pena que não receba mais actualização agora,……

  22. Certamente45 says:

    Mais um estudo completamente idiota, de certeza financiado pela Apple, essa sim, uma marca que dá sucessivamente problemas a nível de bateria, sensor de impressão digital e qualquer queda ou utilização normal do telefone provoca logo danos no chassis. Já tive Samsung galaxy note 2, note 3, note 4, S7 edge e note 8 e nunca tive qualquer tipo de problemas com estes telefones. O Note 8 que tenho actualmente só é reinicializado quando tem updates,nunca se desligou, a bateria dura perfeitamente 1 dia em utilização intensiva, continua tão rápido como no dia em que o comprei. Por isso, antes de escreverem asneiras falem com o consumidor real, não se baseiem em estudos subornados pela concorrência.

  23. Mentecaptor says:

    Nokia, Sony Ericsson, Siemens, Bosch, Samsung, LG, Xiaomi… Zero problemas!
    O problema da Samsung é vender telemóveis baratos (e fracos) mas com a marca Samsung, que leva as pessoas a exigir mais qualidade e a reclamar mais.

    • JORGE says:

      Ora aí está, bem dito o problema passa por aí mesmo, quantidade de equipamento fracos Samsung que existe gera muita reclamação e na maioria do proprio utilizador acha que por ser Samsung tem de dar para tudo, um bom Samsung de topo S8, S9 ou Note, é caro, mas vale a pena, para mim supera qualquer outra marca, bem explorado com funcionalidades fabulosas, 0 problemas.

  24. Calvin says:

    Samsung é a mais problemática mas é uma das únicas que tem uma GUI pra instalar root e custom ROMs. O chamado Odin.
    O outros é tudo manual, na unha, via adb. Desbloquear o bootloader pode ser uma dor de cabeça em alguns smarts.

  25. Lazer Danzer says:

    Huawei P20 Pro… Qualquer Apple X!

  26. Filipe F. says:

    Está certo… As marcas com mais telemóveis (maior diversidade) e que têm telemóveis de baixa, media e gama alta são as que dão mais problemas. Isto não tem nada de surpreendente e é bastante normal.
    As marcas com menos modelos, ou cuja sua gama é geralmente superior e não tem equipamentos de gama baixa ou média , são as que apresentam melhores resultados.

    Não sei porquê tanto comentário de indignação.
    Se a Samsung tem um portefolio maior que as outras todas do estudo, e vende mais que as outras, é normal haver mais unidades com defeito a circular, e também haver modelos cuja qualidade de construção e hardware possa ser mais duvidosa (a chamada gama baixa ou média).

    Agora se o estudo detalhasse coisas como, comparar a linha Galaxy S com iPhone ou com OnePlus (isto é, gamas cujo hardware é do melhor e são os dispositivos premium) se calhar a failure rate era tão baixa ou mais baixa que esses rivais…

    Para um bom entendedor e usando um exemplo mais facil de entender, não se pode dizer que a Mercedes é pior que a porsche quando a Mercedes tem carros desde os 24 mil euros, carrinhas comerciais etc, e a Porsche vende apenas premium. Há que interpretar que o estudo não diz que os melhores de cada marca são piores que ”os melhores da outra”. Compara sim um caso geral e saem penalizadas por falta de discriminação nos resultados, as marcas que mais vendem e portanto mais unidades por defeito têm a circular, e que mais oferta têm.

  27. Paulo Oliveira says:

    Curioso, deixei de ter problemas quando comprei um Xiaomi!!!!

  28. Jorge says:

    48% das queixas são da performance e da câmera, claramente são pessoas que compraram um qualquer telemóvel sub200 euros e agora estão se a queixar que o seu telemóvel não é tão bom como o iphone (aka. qualquer outro topo de gama) do amigo.

  29. JMGG says:

    Galaxy S7 (G930F):

    Sempre que o ecrâ desliga o wi-fi desliga. Ecrâ liga, wi-fi liga…

    Zona com pouca cobertura mas em que todos os telemoveis (iphone 5s, p10 lite, vernee mix 2, bq m5) utilizam a rede wi-fi o meu dispositivo nem identifica.

    Crashs constantes em certas apps…

    NÃO O DISPOSITIVO NÃO É LIXO, deixa muito a desejar em termos de conectividade e SO, mas tambem tém muitos pros como o display, camara, ip68…

    • JORGE says:

      Mas isso de deligar o wifi com o ecrã, está nas definições avançadas do wifi, vê la o galaxy s8 até adivinha que cheguei a casa e liga o wifi, mesmo estando completamente desligado e sem a localização ligada..há cada coisa..

  30. António Marques says:

    O artigo é sobre Android e na foto vem um IPhone lol

  31. Kabindas says:

    Em casa temos dois Xiaomi , um 5s e um mi A1 com uso intensivo, cada um funciona como escritório e até hoje impecável.

  32. Hugo Miguel Batista Trindade says:

    Ta, mas que modelos dao problemas? Essa porcentagem é em quantos telemoveis? Materia tendenciosa..

    • Vítor M. says:

      Lê bem, os dados estão nas fontes do estudo e, já agora, o que te leva a dizer que a matéria é tendenciosa? Que dados tens que possam ser úteis para contrariar estes nuneros?

      Cump.

    • Vítor M. says:

      Lê bem, os dados estão nas fontes do estudo e, já agora, o que te leva a dizer que a matéria é tendenciosa? Que dados tens que possam ser úteis para contrariar estes nuneros?

      Cump.

  33. Tito says:

    Os dados baseiam-se em reclamações feitas por clientes independente do modelo . As taxas que são apresentadas refletem o do total de reclamações recebidas de todas as marcas, logo se a Samsung é a que mais smartphones tem no mercado , naturalmente que lidera esta tabela.

  34. Peter says:

    Xiaomi+1
    Nenhuns problemas so far so good!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.