Android ainda cresce pouco nas novas versões


Destaques PPLWARE

24 Respostas

  1. Arkan says:

    ah é pq essa fragmentacao do android é de matar, a samsung, sony alias nem sony pq no meu país ela nao tem nem expressividade, mas lenovo motorola, e outras, fazem tanta bagunça no o.s que vira um congresso nacional.

    google deveria ser a unica responsavel por atualizar os aparelhos, ou enviar para os fabricantes e eles jamais customizarem. Mas o google é um monte de crianças brincando de deuses….

    gosto do android, mas irrita 1 ano ou menos, versao tal nao poder ser instalada. e tb o tnto de app google que vem.

    • Helder says:

      Ai sim?

      No caso do Android Wear, é a Google também que é responsável por atualizar todos os aparelhos, e a situação é a mesma. Vários aparelhos recentes que não têm atualizações.

    • Toder says:

      Mesmo se fosse a Google responsável ira ser quase a mesma coisa. Ela mesmo nos seus aparelhos nao da mais de 1-3 updates max

  2. Jorge Rodrigues says:

    Penso que não existe nenhum incentivo para os fabricantes actualizarem ou mesmo lançarem equipamentos de baixa e média gama com software actualizado.

    E mesmo topos de gama com anos muitas vezes não recebem os updates.

    Depois ocasionalmente o utilizador passa-se da marmita e faz a reclamação junto do fabricante e termina com “abram os olhos comprei um iphone” (que pelo menos recebe updates por 3 ou 4 anos)

    • The Onee says:

      Pois, ainda existem dispositivos com android 5.1 e 6.0 à venda… :/

      • Joel Reis says:

        Eu acabei de comprar um Tablet com o 5.1, para substituir o que os miúdos partiram e que me tinha custado mais de 400 euros… E não é que aquilo funciona mesmo com um SO desatualizado?? É não é que os miúdos o usam e se divertem na mesma? E aposto que vão acabar por dar cabo dele tal como fizeram com o anterior, a diferença é que o prejuízo é 4 ou 5 vezes menor.

    • Joel Reis says:

      “Olhem, em vez de 100 euros, dei 1000 por um iPhone que me vai durar 4 ou 5 vezes mais (e só custou 10x mais)”
      As atualizações garantidas pagam-se e é preciso que o cliente esteja disposto a pagar por isso, é preciso que veja valor acrescentado nisso, que justifique o valor. Não é com isso que os clientes reclamam nos telemóveis, quem se preocupa com isso, sabe os telemóveis que deve comprar para o garantir, a maioria das pessoas não faz sequer ideia da versão de SO ou sequer o que é um SO.

    • Antonio says:

      Tenho um tablet com Android 5.1. Telemovel com Android 6. E outro telemovel com 4.4.
      Não é que funcionam todos?
      Não é que as diferenças são minimas?
      Desde o 4.1 Jelly Bean. As diferenças de versões são minimas e todas as apps funcionam e continuaram a funcionar por 2 e 3 anos tranquilamente.

      Não percebo a obeceção das pessoas por updates 😐

      • android says:

        simples, existe muitas app’s que vão acompanhando as evoluções de android, logo se app for desenvolvida para correr em android 7 e ainda tiveres android 5 a dita não irá funcionar, este é um dos problemas, existe muitos mais, dai a fragmentação do android ser grande, demasiados aparelhos a serem lançados constantemente, nunca com a ultima versão android, e muitos nem chegam a ter updates, e quando chegam a ter já saiu outra versão mais recente porque isto não depende da Google, mas sim dos fabricantes…

        preferia que houvesse menos modelos smartphones , e se concentrassem em manter o suporte durante dois anos consecutivos, do que ter carradas de modelos de n marcas e cada um com uma versão de android, e suporte duvidoso…

  3. César Oliveira says:

    Eu comprei há 2 dias o Nokia 5 com Android 7.1.
    Estou muito satisfeito com o telemóvel.

    Eu tinha um HUAWEI com Android 6. Não gostava do telemóvel.

    Em relação as aplicações Android tomara eu poder usar minSdkVersion 21.

    Contudo vou actualizar as minhas aplicações todas para minSdkVersion 19.

    Se alguém quiser ver pode ver aqui:

    https://goo.gl/FYlOIR

    https://goo.gl/CvQS03

    https://goo.gl/vQO1ra

    https://goo.gl/VR1n9b

    https://goo.gl/sQqqju

    https://goo.gl/qCwgwa

    Cumprimentos
    César Oliveira

  4. Foodverse says:

    Nãu usem as roms de fábrica ou então não comprem telemóveis em lojas fisicas. No outro dia vi um telemóvel com o android 4.4.2 (Kitkat) há venda, o que ridiculo.

    • torf says:

      A compra em lojas físicas ainda está bem enraizada. E o habito vai sendo aos poucos alterado.
      O que viste é ridículo. Verdade. Mas o mal vem de cima. Provavelmente o aparelho que viste primeiro nem deve ter actualização. Depois mesmo que tenha pode até ficar pior e depois ainda tens a parte que na loja não se dão ao trabalho de actualizar. Antes a compra de um telemóvel era simples. Comprar e usar com tudo a funcionar. Hoje não. Escolher um telemóvel exige uma pesquisa previa ou corre-se o risco de comprar um chaço (já foi pior) a menos que compres um gama media-alta/alta gama. Mas há muita gente que não está para dar balúrdios e quer algo simples barato e minimamente funcional.
      Lembro uma altura que a minha namorada comprou um Lg (180€) que passadas 2/3 semanas dava problemas por todo lado que só se resolveram com uma rom XDA afinada (o que foi uma sorte). Óbvio que quem pesquisou e alterou as coisas fui eu até pk fui eu que vim a ficar com ele. Ela simplesmente queria algo pronto a usar e acabou por comprar depois outro melhor. E como ela há milhares de pessoas que apenas querem comprar e ter algo pronto a usar. É indecente mas é isso que vende.

  5. Rui says:

    Outra vez arroz?

  6. wolf says:

    Nada contra fragmentação ou desfragmentação. O parque zoológico cresce e a biodiversidade fica assegurada. A maioria dos utilizadores são básicos e utilizam sempre as mesmas 3-4 apps independentemente do SO utilizado. Conclusão: updates só aparecerão em novos modelos por marketing.

  7. iDespairing says:

    Cada vez mais o cresce e aparece faz sentido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*

Aviso: Todo e qualquer texto publicado na internet através deste sistema não reflete, necessariamente, a opinião deste site ou do(s) seu(s) autor(es). Os comentários publicados através deste sistema são de exclusiva e integral responsabilidade e autoria dos leitores que dele fizerem uso. A administração deste site reserva-se, desde já, no direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros. Textos de caráter promocional ou inseridos no sistema sem a devida identificação do seu autor (nome completo e endereço válido de email) também poderão ser excluídos.